Log In

Reviews

Smash – Let’s Be Bad

Pin it

Série: Smash
Episódio: Let's Be Bad
Número do Episódio: 1×05
Exibição nos EUA: 05/03/2012

A insegurança de Ivy continua crescendo. Chegar ao ensaio e ver Karen dançando com Derek não ajudou nem um pouco. A sensação que passa é que a aspirante a estrela está incorporando demais a personagem. Para complicar ainda mais, Derek pede que Karen a ajude a acertar o tom da canção. Gosto que os roteiristas não nos deixam esquecer em nenhum momento o ponto forte de cada personagem e que a decisão foi apertada porque ambas tem talento.

Eileen perdeu seu assistente para o ex-marido e encontra um Ellis disposto a ajudá-la. Isso vai dar errado ou vai dar totalmente errado? Porque se tem alguém que não merece confiança é o Ellis. Prevejo problema bem rápido nessa nova “parceria”.

Karen também precisa lidar com insegurança, mas no caso dela tem a ver com Dev. Confesso que também acho que a companheira de trabalho do rapaz parece muito solicita. Porém gostei que em nenhum momento Karen criou barraco e no final ainda conseguiu a informação que o namorado tanto precisava.

Julia, oh, Julia. Fuja para as montanhas porque sua vida provavelmente vai virar de cabeça para baixo, e não demora muito. Toda essa insistência de Michael em se encontrar com Julia realmente me irritou, mas a química entre os atores é muito boa. Só perdem para a química entre Davenport e McPhee.

Voltando a Julia e Michael é óbvio que em algum momento o filho dela iria descobrir sobre o caso dos dois. No momento que Michael desiste de entrar no carro eu pensei: os dois irão se beijar e o moleque vai estar na janela. Batata! Não estou gostando muito dos rumos até porque o ator que interpreta Leo é muito fraco. Não acho que ele dará conta do “drama” que poderá surgir dessa história.

Quando Michael apareceu a primeira vez acreditava que ele e Julia lutariam contra as lembranças do passado mas agora começo a desconfiar que Michael vai usar o antigo romance para infernizar a vida dela de alguma maneira. Estou achando todas as atitudes dele um tanto quanto “assustadoras”. Honestamente esse lado da história não me interessa e pode até prejudicar a minha relação com a série.

Já a “batalha” entre Ivy e Karen é bem interessante de acompanhar. Ivy no início parecia ter nascido para o papel justamente por sua experiência, além do porte físico, mas Karen vem demonstrando um crescimento que começo a questionar quem realmente é a melhor. Igualzinho no piloto quando eu não sabia para quem torcer. Adoraria que esse clima continuasse para sempre.

Séries citadas:

Pós-graduada em História Contemporânea, pretende fazer mestrado usando séries como fonte. Seriados fazem parte da sua vida desde sempre. Magnum, Casal 20, Macgyver, Super Vicky são alguns deles. Assiste aproximadamente 40 séries (incluindo algumas já canceladas). Está aprendendo a abandonar séries mas sempre acaba colocando outras no lugar.

4 Comments

  1. Gabriela Machado

    tô amando a quimica entre Julia e Michael <3 vc realmente me atentou ao fato que ele tem agido um pouco desesperado demais, não tinha atentado a isso, isso vai dar um rolo!!

  2. Pingback: Destaques da Semana – Brasil – 23/4 a 29/4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account