Log In

Comic Con Notícias

‘Sleepy Hollow’ na Comic-Con: primeiro episódio é exibido e agrada público presente

Pin it

Durante o painel de Sleepy Hollow, na Comic-Con, estavam presentes as estrelas Tom Mison, Nicole Beharie e Orlando Jones, além dos criadores Alex Kurtzman e Roberto Orci – dupla responsável por Star Trek –  e do produtor Len Wiseman (Anjos da Noite). Embora alguns dos nomes mais importantes de Hollywood estivessem ali, a maior parte do painel serviu para exibir o episódio piloto da série ao público.

Nada que fizesse os fãs “perderem a cabeça”: eles eram os primeiros a terem acesso ao capítulo na íntegra. O episódio foi muito bem recebido pelos espectadores, que gritaram e aplaudiram ao final da exibição. E, depois disso, alguns sortudos ainda tiveram a oportunidade de fazer (poucas) perguntas ao elenco e produtores.

Conto clássico

Sleepy Hollow, como o próprio nome indica, é inspirada no conto A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça, do escritor Washington Irving – que, por sua vez, deu origem ao filme de Tim Burton, protagonizado por Johnny Depp. Mas se você já leu a obra ou viu o filme –  constante no Corujão da Globo –  e é um grande fã do enredo, pode, literalmente, tirar seu “cavalinho” da chuva: a série se trata de uma versão ultra moderna da história clássica e quase nada tem a ver com ela.

Sinopse

O britânico Tom Mison (do filme Um Dia) será Ichabod Crane, um soldado que, durante a Guerra da Independência dos Estados Unidos, no século 18, decapita a cabeça de um cavaleiro e, como num passe de mágica, viaja para o futuro. Nos dias de hoje, enquanto ainda está perdido em meio às tecnologias desconhecidas por ele, Crane forma uma parceria com a detetive Abbie Archer (Nicole Beharie) e, juntos, eles combatem o mal – incluindo o “cavaleiro sem cabeça”, que também veio da passado para se vingar do personagem principal.

Por isso mesmo, os produtores da nova atração da Fox disseram que não estavam preocupados em manter-se fiel às páginas escritas por Irving; até porque, o material era escasso. “A história original só tem 17 páginas, então, nós vamos tivemos que mostrar que existe todo um outro lado a ser explorado da Guerra da Independência, como George Mason [delegado autor da Constituição de Direitos de Virginia] ter sido maçom e os nativos americanos nos mostraram muito sobre como a democracia funciona”, contou Orci.

Mundo moderno e mitologias

Mison, que revelou ter lido o conto original há muitos anos e ter ficado aterrorizado diante de todo o suspense, disse estar empolgado com a oportunidade de levar o personagem do livro para um universo totalmente diferente – nos dias de hoje, Crane fica perplexo com a quantidade de Starbucks existentes na cidade e até com o fato de uma afro-descendente  (papel de Beharie) andar livremente pelas ruas. Já a atriz contou que a personagem dela tem um passado complexo e manchado, então, é como se ela estivesse sentada analisando toda a nova situação. Uma vez que ela perceber os indícios de verdade, formará uma parceria com Crane.

O enredo, no entanto, não se resumirá à batalha contra o Cavaleiro Sem Cabeça, em encontrar uma forma de exterminá-lo de vez. Com o passar do tempo, descobriremos que ele é, na verdade, um dos quatro Cavaleiros do Apocalipse. E uma enorme mitologia deve surgir daí.

Se o mundo tem data para acabar, a gente não sabe. Mas Sleepy Hollow estreia no dia 16 de setembro, às 21h, na Fox.

//

Para a Comic-Con, cerca de doze “cavaleiros sem cabeça” andavam pelos estandes da convenção. O ator Orlando Jones mostrou os bastidores – as fantasias levaram um mês para serem feitas.

 

 

Com informações do Hitfix.

Séries citadas:

É jornalista formada pela Unesp e pós-graduanda em Gestão Cultural. No TeleSéries, escreve mensalmente a coluna Estilo. Aficionada pelas histórias de terror, sobrenaturais e de mistério, também não dispensa aquela comediazinha romântica... Pushing Daisies, Jeannie é um Gênio, A Feiticeira, Riget, Lost in Austen, Wonderfalls, Samantha Who?, Copper, Harper's Island e Hannibal estão entre suas séries preferidas de todos os tempos! :)

1 Comment

  1. Paullo Kidmann

    #Whatthefox kkkk foi ótimo, confesso que não estou muito animado para ver essa série não, principalmente agora que soube desse lance de mitologia… sei lá ando meio sem paciência para essas coisas digamos complexas…Mirabolantes por isso que deixei de assistir Revolution :(

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account