Log In

Reviews

Sleepy Hollow – Go Where I Send Thee… e The Weeping Lady

Pin it

Série: Sleepy Hollow
Episódios: Go Where I Send Thee… e The Weeping Lady
Número dos episódios: 2×04 e 2×05
Exibição nos EUA: 13 e 20/10/2014
Nota dos Episódios: 7.5

A nova temporada de Sleepy Hollow já desacelerou seu ritmo. Vê-se menos armas, tiros, lutas e derivados, mas isso não é de todo ruim. Na verdade, podemos até dizer que teve um lado bom, como por exemplo explorar elementos que estão fora desse meio de ação, como a Katrina, e até destacar Nick Hawley, o mais recente personagem introduzido na trama.

Primeiramente, sobre Nick: ele apareceu há poucos episódios e ainda pairava no ar a dúvida se ele permaneceria por ali ou não. Agora, algumas semanas depois, parece que ele realmente veio para ficar. O personagem ainda passa a impressão de estar batalhando para conquistar o seu espaço na trama – ao contrário de Henry, por exemplo, que entrou na série e não causou nenhum tipo de estranhamento –, mas é o tipo de elemento que mesmo ainda causando um pouco de estranhamento, se mostra com chances de ter alguma utilidade no futuro.

Nick

A respeito de Katrina, finalmente vimos a moça fazer alguma magia interessante, e só isso já é motivo de comemoração, mas algo ainda mais interessante do que as bruxarias é a crise no casamento dela com Ichabod. O fato de o protagonista ser compromissado tornava Sleepy Hollow uma série sofrível para o público que ama torcer para que o casal principal fique junto, e o tal casamento existente de Crane soava ainda pior por conta da inatividade. Agora, Ichabod parece estar cada vez mais priorizando Abbie – o que não é pra menos, já que sempre que conseguiu se reunir com a esposa, esta preferia ficar para trás – enquanto Katrina se apega ao Cavaleiro, também conhecido como seu ex-noivo. Lembrando que os vilões são Henry e o próprio Cavaleiro, ou seja, Katrina pode ter uma inclinação para um dia ir para o lado negro da história, e isso poderia lhe dar mais destaque, além de parecer ser uma ideia com ótimo apelo.

As batalhas deixadas um pouco de lado também deram a oportunidade para que os casos sem relação com o Apocalipse voltassem. Não que a versão do Flautista de Hamelin na série tenha sido tão boa, mas ajudou a dar uma função para o Nick na história – embora não seja das melhores, já que ele só é fiel ao dinheiro e isso pode ser um problema – e de quebra apresentou o mistério sobre o que o Henry queria com o artefato do ser, embora a certeza seja de que ele está tramando algo… Contra Katrina.

Cavaleiro_Katrina

Sim, o que estes dois episódios deram a entender, principalmente o segundo, é que muita coisa anda girando em torno da bruxa até então inútil na série. Ao que parece, agora ela é um dos Vasos Infernais. Ninguém sabe o que é isso ainda, mas aparentemente é muito importante ao ponto de Moloch dar uma bronca no próprio Henry para que ele não ponha a vida de Katrina em risco. Ou seja, mais um sinal de que ela pode sim se juntar ao lado malvado (talvez nem sendo por sua própria vontade). A única dúvida que resta é quando tais guerras e um foco maior no Apocalipse, cavaleiros e tudo mais voltará para resgatar o propósito inicial da história, e talvez seja a própria Katrina que “ajude” nisso.

P. S.: Por falar em cavaleiros, só eu que senti falta do Kindred? Se Abbie e Ichabod criaram um monstro para caçar o Sem Cabeça, o bicho não deveria estar rodeando a casa e até tentando invadir a mesma pra matar o vilão? Espero que este não seja mais um caso de “personagem esquecido” em uma trama.

Séries citadas:

Cinéfila, louca por séries de televisão, leitora compulsiva e movida à música. Cineasta por formação e escritora por paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account