Log In

Ficção (séries virtuais)

Série Virtual – Destination Anywhere – É Hora de Recomeçar

Pin it

Série: Destination Anywhere
Episódio:
É Hora de Recomeçar
Temporada:

Número do Episódio:
1×03


CENA 1 – EXT. CASA DOS GRAHAM – MANHÃ

[MÚSICA – SHE WILL BE LOVED, MAROON 5]

ALEXIA está vestida com o seu uniforme de líder de torcida. Ela passa a pequena porteira branca, que separa a rua de uma modesta propriedade com estilo bucólico. O horizonte ainda aroseado denuncia que a manhã acabara de despontar. A garota olha para uma janela no segundo andar da casa, à procura de alguém que pudesse presenciar o que ela estava fazendo, mas ninguém estava por perto. ALEXIA vai até a sacada e posiciona uma escada na janela superior.

ALEXIA: Isso parecia bem mais fácil na tv.

Com a escada posicionada, a garota começa a subir com um pouco de receio. Ao chegar ao topo, ela abre a janela com cuidado, pega os pompons que estavam presos em sua cintura e entra no quarto azul. Ela olha para a cama, Matt ainda estava dormindo. A garota olha para o namorado por alguns instantes, ela sorri e depois pula em sua cama.

[MÚSICA BAIXA]

Matt: [Assustado] O que é isso?

ALEXIA sorri e se aproxima do garoto.

ALEXIA: [Sussurra na orelha de Matt]: Me dê um M.

MATT: [Rindo] Você enlouqueceu!

ALEXIA: [Sussurrando] Me dê um A!

MATT: Ally, a minha tia vai acordar daqui a pouco.

ALEXIA: [Sussurra e beija ele] Me dê um T!

MATT: E como você conseguiu acordar tão cedo?

ALEXIA: [Sussurrando] E outro T!

MATT: Você subiu pela escada?

ALEXIA ajoelha-se ao lado dele, entorta a cabeça um pouco para a direita e levanta os pompons.

ALEXIA: Matt!

Ele faz um gesto para que ela deite-se ao seu lado. Ela encosta a cabeça no peito do namorado, que a cobre com seu cobertor.

ALEXIA: Você acredita que hoje fazemos 1 anos de namoro?

MATT: Quem diria que o fazendeiro ficaria com a filha do prefeito. Estamos quebrando as regras da sociedade sulista.

ALEXIA: [Rindo] Você é tão filosófico!

Alguém bate na porta do quarto do MATTHEW. ALEXIA se esconde embaixo da coberta.

LOU: [Voice Over] Tudo bem aí Matt?

MATT: Tudo sim, tia! Algum problema?

LOU: [Voice Over] Eu escutei uns sons estranhos vindo do seu quarto.

MATT: Não tem nada de estranho aqui!

LOU entra no quarto, ela olha para a cama e vê apenas Matt.

LOU: Já que você está acordado, que tal me ajudar com o café?

MATT: Ah! Claro… Desço em um segundo.

LOU analisa o local por uma instante.

LOU: Alexia, você pode vir se quiser.

LOU sorri e sai do quarto. ALEXIA sai debaixo das cobertas rindo.

ALEXIA: Ops.

MATT: Vamos descer? Eu preparo panquecas para você.

ALEXIA: Tentador, mas eu não posso. Fiquei de pegar a Becky hoje.

MATT: Hoje à noite eu tenho uma surpresa para você.

ALEXIA: O que é??

MATT: Você vai ver. Eu passaria na sua casa, mas acho melhor você me encontrar na frente do Red’s.

ALEXIA: Do Red’s?? Por quê? Tulsa não é tão pequena. Tenho certeza que há outros lugares para nos encontrarmos.

MATT: Não precisa entrar lá.

ALEXIA: Okay…

MATT: Às 7 está bom?

ALEXIA: O que posso fazer? Estarei lá às 7!

MATT abraça ALEXIA carinhosamente.

ALEXIA: Bom, será que a sua tia se importa se você se atrasar um pouco?

MATT: Alley…

MATT se levanta e faz um gesto para que ALEXIA o siga. Os dois descem a escada. LOU que estava na sala olha com a cara de abismada para a garota.

[MÚSICA FADE OUT]

LOU: Você usa isso fora da escola?

ALEXIA: [Irônica] Só em ocasiões especiais.

ALEXIA dá um beijo em MATT e se despede de LOU, que acompanha a garota até a porta. Ela vira-se para MATT que já estava saindo do cômodo em direção da cozinha.

LOU: Matthew Graham!

MATT: [Nervoso] Não é nada disso que você está pensando! Ela acabou de aparecer!

LOU: Eu não sei se algo relacionado à Alexia pode ser inocente, mas não quero sobrinho meu por ai trazendo líderes de torcida pro quarto. [Ri] Agora venha, me ajude com o café, depois você pode fazer o que você quiser.

MATT: Certo.

MATT parece um pouco constrangido.

 

CENA 2 – INT. CASA DOS MACKENZIE – ESCRITÓRIO – MANHÃ

ANNA está sentada em uma cadeira branca falando ao telefone.

ANNA: E que horas são aí, pai?

 

CENA 3 – INT. LUGAR INDETERMINADO

SR. MACKENZIE: [Jeffrey Nordling] São quase 11 da noite aqui em Tóquio.

 

CENA 4 – INT. CASA DOS MACKENZIE – ESCRITÓRIO – MANHÃ

ANNA: Legal! Eu sempre quis ir ao Japão.

SR. MACKENZIE: [Voice Over] Quem sabe um dia você não viaja comigo?

ANNA sorri.

ANNA: Sinto sua falta, pai. Sinto falta do Brasil, dos meus amigos, do clima.

 

CENA 5 – INT. LUGAR INDETERMINADO

SR. MACKENZIE: Eu sei minha filha. Mas acho que você já tem idade suficiente pra administrar isso. Além do mais, se você quiser voltar pro Brasil, você sabe que eu estarei sempre pronto pra te receber.

 

CENA 6 – INT. CASA DOS MACKENZIE – ESCRITÓRIO – MANHÃ

ANNA: Eu sei pai. Mas eu não posso deixar a mamãe sozinha. Ela pode ter aquele jeito destrambelhado dela mas eu sou tudo que ela tem. Eu não estou tomando o lado dela na separação de vocês, só que ela teria menos chance de sobreviver sem mim.

SR. MACKENZIE: [Voice Over] Eu te entendo, querida. Nunca questionei as suas razões. Mas quando você disse que queria ir para Tulsa com a sua mãe eu pensei que você gostaria de voltar. Afinal você nos infernizou por anos pra voltar.

ANNA: As coisas ainda estão se acertando. Além do mais em 7 anos muita coisa pode mudar.

 

CENA 7 – INT. LUGAR INDETERMINADO

Um HOMEM de terno entra no quarto onde o SR. MACKENZIE está.

HOMEM: Senhor Edward Mackenzie?

EDWARD: Sim?

HOMEM: O senhor Yoshinori Shimozak o espera no salão principal.

EDWARD: Obrigado. Já estou indo.

ANNA: [Voice Over] Eu escutei… até mais, papai.

EDWARD: Tudo certo, querida. Eu ligo para você em breve.

 

CENA 8 – INT. CASA DOS MACKENZIE – ESCRITÓRIO – MANHÃ

ANNA desliga o telefone bem na hora em que um carro buzina na frente da sua casa. ANNA pega a sua mochila e corre até a varanda. O carro de SAM está parado do outro lado da rua. MEL e SAM acenam para a garota, que corre até eles. Ela entra no carro.

ANNA: Bom dia.

SAM e MEL: Bom dia.

ANNA: Eu não sei como agradecer pelas caronas. Ir para a escola com a minha mãe estava me dando gastrite.

SAM: Fico feliz por ajudar a preservar sua sáude.

SAM dá partida no carro.

 

[ABERTURA]

[MÚSICA TEMA: PROMISES – LILLIX]

 

CENA 9 – INT. CASA DOS SAWYER – SALA DE JANTA – MANHÃ

REBECCA, sentada à mesa, está usando o uniforme da torcida da escola. A garota ler uma revista enquanto toma um copo de suco, aparentemente de laranja. Ouve-se um barulho de passos. Scott e um homem aparecem no local.

SCOTT: Você vai ao jogo amanhã, pai? [Senta-se à mesa]

SR. SAWYER: [Greg Kean] Claro que sim. Eu não perderia isso por nada.

O homem comprimenta o filho com tapinhas amigáveis nas costas do garoto. REBECCA continua lendo sua revista, parecendo ignorar a presença de mais alguém no local.

SR. SAWYER: Então o Graham continua sendo o capitão?

SCOTT: Sim.

SR. SAWYER: Todo mundo sabe que o Phillip é bem melhor que ele. O que é isso? Algum caso de caridade?

REBECCA levanta-se da mesa sem dizer nada.

SR. SAWYER: Já terminou querida?

BECKY: Não, papai. Mas essa conversa está me fazendo perder o apetite.

Ouve-se uma buzina.

BECKY: Bom, eu vou com a Ally hoje pra escola. Tenham um bom dia. Papai, licença.

SCOTT ri da irmã.

 

CENA 10 – EXT. DIA

A tomada aérea mostra uma cidade muito arborizada, apesar dos prédios altos e modernos do centro contrastarem com a paisagem bucólica do suburbio. Mostra a fachada da escola Will Rogers.

 

CENA 11 – EXT. ESCOLA

AALEXIA e BECKY estão paradas na frente da escola. BECKY começa a rir, despertando um olhar estranho da amiga.

ALEXIA: O quê?

BECKY: [Rindo] Estou imaginando você subindo em uma escada.

ALLEY empurra a amiga de leve.

ALEXIA: Eu já te falei da roupa que vou usar hoje à noite?

BECKY: Sim, Alley. Umas dez vezes.

ALEXIA: Então eu vou contar pela décima-primeira vez. [Sorri] Eu comprei esse vestido lindo da Hoolister. Ele é branco, com uns detalhes rosas.

BECKY sorri ao ver a empolgação da amiga.

BECKY: E uma bota cano curto de salto para dá um ar sulista na composição.

ALEXIA: Ei! Eu não falei nada sobre “ar sulista”.

BECKY: E você já falou para seu pai que você não vai à festa do partido?

ALEXIA: Eu tenho certeza que ele nem vai notar.

MATT aparece por trás de ALEXIA, surpreendendo as duas.

MATT: Oi.

O garoto abraça a namorada e dá um beijo em sua bochecha.

ALEXIA: Já estava com saudades.

BECKY: Ok. Eu posso ir agora. [Sorri] Vejo vocês por ai.

BECKY vai na direção da entrada do Will Rogers, enquanto MATT e ALEXIA ficam de mãos dadas no mesmo local. A garota vira-se para MATT e o encara.

MATT: O quê?

ALEXIA: Eu tenho que ir pro treino.

Ela o beijo e MATT a abraça, não deixando que ela vá embora. A garota sorri, e se desvencilha lentamente. Ela acena e sai em passo acelerados, deixando MATT para trás.

 

CENA 12 – INT. ESCOLA – CORREDOR

SAM, ANNA e MELISSA estão conversando no corredor, tomado de alunos por todos os lados. MATT entra no local, ajeitando a mochila nas costas, o garoto levanta a cabeça e se depara com os três. MELISSA sorri e acena para o amigo, que sai do local apressado, sumindo em um dos salões da escola.

MEL: Nossa! O que deu nele?

ANNA olha para baixo.

ANNA: Eu acho melhor eu ir também.

MELISSA olha para ANNA e depois para SAM, fazendo cara de desentendida.

MEL: O que houve aqui?

SAM: Eu não sei de nada.


CENA 13 – INT. ESCOLA – CORREDOR

ANNA corre a procura de MATT. Ela avista o garoto entrando em uma sala.

ANNA: [Grita] Matt!

[MÚSICAALL YOU WANT, MICHELLE BRANCH]

O garoto não escuta. ANNA corre até a sala, e ve MATT sentado perto de um piano. Na porta da sala há uma placa azul com letras brancas: “Sala de Música”. A garota observa o amigo de infância por alguns segundos antes de entrar na sala.

ANNA: Matt?

MATTHEW levanta-se. ANNA se põe na frente da porta e abre os braços.

ANNA: Não, não, não. Você não vai fugir outra vez. Onde já se viu? Tem uma semana que estamos nessa brincadeirinha, e te confesso que eu já estou cansada.

MATT fica encarando a garota, sério e com os braços cruzados.

ANNA: Mais cedo ou mais tarde a gente vai ter que se falar. Tulsa não é muito grande, estudamos na mesma escola, a aparentemente temos os mesmos amigos.

MATT ri.

MATT: Seus amigos?

ANNA: Matt, será que não podemos conversar?

MATT: Acho que não temos muito assunto em comum.

ANNA: Você realmente cresceu, Matt! Só faltaram te avisar isso.

MATT: [Irônico] O que você esperava? Que eu te recebesse de braços abertos? Que fizesse uma festa ou algo do tipo? Eu nem te conheço mais.

ANNA: Você tem razão. Mas nesses 7 anos quem não quis falar comigo foi você.

MATT olha revoltado para ANNA.

MATT: Quer saber de uma coisa? Seja bem vinda Mary Anna! Eu ficaria para a festa mas eu tenho que ir para o treino.

MATT vai embora. ANNA ainda pensa em ir atrás, mas ela desiste

[MÚSICA FADE OUT]

 

CENA 14 – EXT. ESCOLA – CAMPO DE FUTEBOL – TARDE

Algumas pessoas estão sentadas nas arquibancadas assistindo os garotos treinarem o esporte preferido da escola. ALEXIA, REBECCA e sua turma estão sentadas no campo, vestidas em seus uniformes. O treinador JAMES CARTER corre de um lado para o outro checando sua prancheta cada vez que necessário. MATT corre pela lateral direita do campo, passando pelas meninas. ALEXIA grita, ele sorri, mas aparentemente seus pensamentos estavam direcionados pra outra coisa e não era o futebol. Antes que o garoto percebesse, PHILL rouba a bola dele, deixando-o no chão. CARTER sopra o apito.

CARTER: [Gritando] Tempo!

Os garotos do Rogers se posicionam no centro do campo.

CARTER: Amanhã é um grande jogo! O Primeiro jogo da temporada e cabe à nós, do Will Rogers, sediar com grande estilo esse evento.

GAROTO: Grande estilo é vencer!

CARTER: Isso mesmo. E para vencer alguns de nós precisamos nos concentrar. [Ele olha para Matt] É muito importante lembrar que somos um time, e que temos uma só mente! [Ele olha pra Scott] Sawyer, você vai entrar como titular no jogo.

SCOTT, que estava vestido de goleiro, dá um pequeno sorriso de vitória.

CARTER: [Pra Phill] Danes, você tá na defesa! Continue o bom trabalho! Hanson, Davis e Metz, vocês ficam no meio campo. O resto de vocês sabe o que fazer! Agora chega de aquecimento e vamos ao treinamento!

Os garotos se levantam e se colocam em seus lugares, menos MATT, que continua sentado.

CARTER: Graham!

MATT olha assustado.

CARTER: Algum problema, filho?

MATT: Não , não senhor.

MATTHEW levanta-se e se junta aos outros.

CENA 15 – INT. CASA DOS GRAHAM – SALA – NOITE

A campanhia toca algumas vezes até LOU vir atender a porta. Ela está falando ao telefone e olha pela sala e não há ninguém.

LOU: Não, não senhor. As minhas galinhas não têm hormônio. Quem disse isso está querendo me sabotar, nós temos os melhores animais de Tulsa.

Ela vai andando até a porta e olha no “olho-mágico”. A mulher sorri e abre a porta.

LOU: [Para Mel] Oi! Docinho! [Para o telefone] Não, eu não chamei o senhor de “docinho”. Senhor Walker, por que o senhor não vem aqui e eu terei o prazer de fazer um “tour” com toda a sua equipe.

LOU faz sinal para MEL entrar e depois fecha a porta.

LOU: Claro! Sábado pela manhã está ótimo. Não será nenhum incomodo. Foi um prazer. Tchau!

LOU desliga o telefone. Ela parece cansada.

MEL: Cliente chato?

LOU suspira.

MEL: O Matt está?

LOU: Você está bem? Parece sem fôlego.

MEL: É que eu vim andando.

LOU: Ele está lá em cima, querida. Quer que eu o chame?

MEL: Não não… eu vou subir.

LOU: Tudo bem. Qualquer coisa grite!

 

CENA 16 – INT. CASA DOS GRAHAM – QUARTO DO MATT

[MÚSICA – DON´T DREAM IT´S OVER , SIXPENCE NONE THE RICHER]

MELISSA bate na porta antes de entrar. Ela olha pelo quarto mais não havia ninguém, só um monte de roupas espalhadas pela cama.

MEL: Matthew?

MATT: No banheiro!

MELISSA senta na cama e fica olhando para as roupas.

MEL: Quer ajuda?

MATT: Não obrigado!

MATT sai do banheiro enrolado em uma toalha azul. MELISSA encara o chão quando o garoto passa por ela. MATT segue em direção de um grande guarda-roupa do outro lado do quarto.

MATT: Eu não sabia que você vinha aqui hoje.

MEL: É… eu estava passando por perto e percebi que faz tempo que a gente não conversa, não fofoca um pouco, não assiste Grease…

MATT: [Rindo] Eu não vejo esse filme desde o dia que você quebrou a minha cama tentando fazer a ultima cena do filme.

MEL: Eu não estava sozinha nessa! Você e o Sam são bem mais pesados que eu…

MATT: Mas nós não ficamos pulando feito umas gazelas.

MEL: [Rindo] A historia não foi bem assim!

MEL levanta-se da cama e vai até a janela.

MEL: Então… você vai sair?

MATT: Sim, vamos ter que deixar Grease para outro dia! Eu vou jantar com a Ally. Hoje fazemos 1 ano de namoro!

MEL: [Sorrindo] 1 ano? Quem diria…

MATT: Olha, eu desisto…

MEL: Desiste? De quê? Da Alexia? [Ri]

MATT: Desisto de procurar uma roupa decente.

MEL: Olha, eu não sou a melhor pessoa pra você falar desse assunto…

Matt ri. O garoto vira-se em direção da amiga, segurando uma calça marron e uma blusa branca.

MATT: Que tal essa?

MEL: Onde vocês vão?

MATT: Vou levar a Alley no La Tavola.

MEL: Poxa… Aquele restaurante chique?

MATT faz sinal de “sim” com a cabeça.

MEL: [Aponta para algumas roupas na cama] É, eu prefiro essa daqui.

MATT: Qual?

MEL: Essa calça preta, essa blusa social azul marinho e …. esse smoking preto.

MATT pega a roupa e dá um beijo na bochecha da amiga.

MATT: Não importa o que digam, Mel, você é um anjo!

MEL: E você não presta! Agora vá se trocar! Você enrolado nessa toalha está me dando nos nervos.


CENA 17 – INT. CASA DOS DANES – QUARTO DA ALEXIA – NOITE

ALEXIA está sentada em frente à um enorme espelho. A garota tem alguns rolos na cabeça, e está se maquiando. Ela está falando no celular.

ALEXIA: E ele está todo misterioso… não me disse onde vai me levar.

BECKY: [Voice Over] Hum…. espero que não seja algo proibido. Alley, eu preciso me vestir para a festa do partido.

ALEXIA: Uh… boa sorte com isso.

BECKY: [Voice Over] Boa sorte com o seu pai!

ALEXIA: Valeu, amiga. Tchau!

ALEXIA começa a tirar os rolos do cabelo.

[MÚSICA FADE OUT]


CENA 18 – INT. CASA DOS DANES – SALA DE ESTAR – NOITE

ALEXIA está vestindo um vestido branco com detalhes rosa. Ela segura um par de botas de salto alto e uma pequena bolsa em suas mãos. A garota anda na ponta dos dedos até a escada, ela olha para o andar de baixo e vê toda a família reunida. Ela suspira e calça as botas.

Uma senhora que estava vestindo roupas de gala com bastante brilho olha para a escada.

SRA. DANES: [Sharon Lawrence] Olhe, Wilson. Veja só quem resolveu dar o ar da graça.

WILSON DANES: [Todd Field] Vejo que já está pronta pra festa.

ALEXIA: Será que eu tenho que ir mesmo?

PHILL: Ih… lá vem confusão.

ALEXIA: É que hoje eu tenho um compromisso muito importante, papai.

PHILL: Com o Matthew Graham?

ALEXIA: É com o Matt sim, seu entromedito.

SRA. DANES: Minha filha! Essa festa é importante.

WILSON DANES: A família do prefeito tem que comparecer aàfesta do partido, não acha? Todas as famílias importantes de Tulsa estarão lá.

ALEXIA: Mas pai… até pouco tempo essas pessoas nem sabiam que eu existia!

PHILLIP ri.

SRA. DANES: Isso não é verdade, querida.

ALEXIA: Eu não vou discutir esse assunto de novo mamãe! Por favor, só hoje à noite. Eu prometo ir para todos os eventos que o senhor tiver, papai! E prometo que serei a filha perfeita, pelo menos na frente dos seus eleitores.

WILSON DANES: Não faça disso um drama, Alexia. Tudo o que e peço de você é um pouco de cooperação! Você vai pra festa, e ponto final.

PHILLIP continua rindo. ALEXIA bate no irmão, que se cala.

ALEXIA: Você realmente sabe como fazer uma pessoa feliz, papai.

A garota parece extremamente decepcionada.

 

CENA 19 – EXT. CASA DOS GRAHAM – NOITE

MEL: Você tem certeza de que ela não vai se importar?

MATT: Bom, certeza eu não tenho. Mas você é a minha melhor amiga, e ela tem que entender isso. Vamos, Melissa. Eu estou indo pra lanchonete, seria estúpido você recusar a minha carona, o Red’s não fica tão perto assim.

MEL: [Sorri] Bom, eu vim andando, dá pra voltar andando. Na verdade eu acho que vou pra casa.

MATT: Eu te levo, Mel. Vamos!

MELISSA entra no carro.


CENA 20 – LOCAL INDEFINIDO – NOITE

ALEXIA sai do carro e corre em direção de REBECCA e SCOTT, que estavam em frente à um prédio enorme, com bastante gente do lado de fora. Os dois irmãos estavam com roupas de festa, BECKY veste um vestido preto e SCOTT está de smoking.

ALEXIA: Eu não consegui.

BECKY: Estou vendo. E agora?

ALEXIA: Eu liguei pra casa dele ele já tinha saído, depois liguei pro celular, e chamou até cair na caixa postal. Eu não sei o que faço, amiga.

BECKY: Calma, Alley. Ele vai perceber que tem algo de errado e vai te ligar.

ALEXIA: Eu vou ligar mais uma vez.


CENA 21 – EXT. CASA DOS BAKER – NOITE

MATT e MELISSA estão se despedindo quando o garoto escuta o telefone tocar.

MATT: É melhor eu ir.

MEL: Tenha uma boa noite.

MELISSA entra dentro de casa e MATT corre até seu carro. Seu celular estava jogado no banco de trás. O garoto pega o aparelho e lê “1 ligação perdida”. Ele mexe no telefone e vê o nome Alley na tela.

 

CENA 22 – INT. LOCAL INDEFINIDO – SALÃO DE FESTAS – NOITE

[MÚSICA AMBIENTE – COWBOY, TAKE ME AWAY, DIXIE CHICS]

ALEXIA, REBECCA, SCOTT e PHILLIP estão sentados em uma mesma mesa. Todos estão calados, olhando para baixo. ALEXIA batia os dedos na mesa freneticamente, enquanto BECKY cantarolava um música. SCOTT olhava não muito discretamente para algumas garotas que passavam no local, e PHILL parecia totalmente distraído.

ALEXIA: [Grita] Becky!

BECKY: O quê? O que foi?

ALEXIA: Vamos ali?

BECKY: Ali?

ALEXIA: Ali…

PHILLIP olha pra irmã desconfiado.

PHILL: Pensa que vai fugir é? Se você aprontar alguma, você já sabe o que o papai faz, né?

ALEXIA: Duh! Eu não vou á lugar nenhum… Agora me dê licença!

ALEXIA puxa a amiga até o banheiro. PHILL fica olhando o itinerário das garotas.

PHILL: Scott, me empresta seu celular?

SCOTT: Claro!

PHILL tira um papel amassado de seu bolso, e disca alguns números.

PHILL: Alô?

ANNA: [Voice Over] Alô? Quem fala?

PHILL: É o Phill. Seu herói! [Ri] Eu sei que isso é de última hora, mas você estaria a fim de me acompanhar hoje em uma festa chata e careta?

 

CENA 23 – INT. QUARTO DA ANNA – NOITE

ANNA: Nossa! Chata e careta? [Ri] Olha, obrigada por convidar, mas eu acho que não… se ao menos fosse chata, careta, e depressiva, talvez eu fosse.

PHILL: [Voice Over] Vamos, Anna… é a décima vez que eu te chamo para sair e você inventa uma desculpa qualquer… não custa nada dar o ar da graça pela cidade, se divertir um pouco, fazer novos amigos!

ANNA: Eu… eu tenho que estudar. Eu estou muito pra trás na escola e…

PHILL: [Voice Over] Não é como se você fosse reprovar e esses tipos de festinhas não rolam muito por aqui. Me diz qual o problema em se divertir um pouco? Anna Mackenzie não recusa uma boa farra, recusa?

ANNA morde o canto do lábio e coça a cabeça. Ela fecha os olhos e suspira, pensa um pouquinho e responde.

ANNA: Está certo. Mas eu não vou poder ficar muito.

[CORTA]

PHILL: Eu te pego daqui a pouco! Certo? Até mais!

SCOTT olha para o amigo, que estava sorrindo estranhamente. ALEXIA e BECKY voltam para mesa.

PHILL: Alley, se você vai fingir que está tendo um ataque ou algo assim, pode desistir que não vai colar.

ALEXIA rola os olhos.

PHILL: Olha, pra você não dizer que eu sou um irmão ruim. Por que você não convida o fazendeiro?

O celular da garota toca. Ela se anima ao ver o visor do aparelho.

ALEXIA: É o Matt.

PHILL: Viu? É um sinal, maninha… chama ele.

Alexia: Matt! Eu tentei te ligar… aconteceu um imprevisto.


CENA 24 – ESTRADA – CARRO- NOITE

MATT: Eu entendo… vou sim. Depois a gente dá um jeito de sair daí.

MATT faz uma manobra no carro e para em frente uma floricultura.


CENA 25 – INT. QUARTO DA ANNA – NOITE

Alguém bate na porta enquanto ANNA está prendendo os cabelos.

ANNA: Pode entrar!

KATHERINE: Tem um rapaz ali embaixo querendo falar com você. Anna? O que você faz com esse vestido?

ANNA: Ah! Mamãe, eu vou à uma festa!

KATHERINE: E quando você pretendia me contar?

ANNA: Na verdade eu não pretendia, mas já que você perguntou.

KATHERINE: Você vai pra festa com aquele rapaz?

ANNA: Vou, sim.

KATHERINE: Está certo. Pelo menos ele está de smoking.

ANNA: Eu sabia que você me compreenderia. Bom, [Beija a mãe no rosto] estou indo!

KATHERINE: Divirta-se, querida!


CENA 26 – EXT. LOCAL DA FESTA – NOITE

MATT estaciona o carro perto do local do evento. Ele parece preocupado, anda apreçado com as flores na mão. O garoto vê ALEXIA no topo da escadaria. Ele corre até ela e o abraça.

ALEXIA: Desculpa por estragar tudo!

MATT: Não tem problema, Ally. Eu estou aqui agora! Olha. [Mostra as flores] São pra você.

ALEXIA sorri e o beija ternamente.

MATT: De nada! Alley, tem certeza que a gente não pode ir pra outro lugar? Eu não me sentiria bem numa festa dessas.

ALEXIA: Ah! Eu não me sinto bem também, mas eu tenho que ficar. Pelo menos por enquanto.

MATT: E o seu irmão?

ALEXIA: Ele saiu. Foi atrás de uma dessas idiotas que caem no papo dele!

MATT ainda conserva uma expressão de incerteza.

ALEXIA: Vamos?

Os dois entram no salão.


CENA 27 – INT. SALÃO DE FESTAS

Algumas pessoas olham para o casal. Um fotógrafo tira uma foto deixando MATT constrangido, ao contrário de ALEXIA, que esquece a expressão triste no rosto rapidamente e sorri para a câmera.

ALEXIA: Vamos sentar ali! [Alexia aponta pra mesa em que estão Becky e Scott]

MATT olha pra SCOTT e passa a mão no cabelo.

MATT: Você tem certeza?

ALEXIA: Vamos…

Os dois caminham até a mesa. BECKY cumprimenta MATTHEW e sorri pra ALEXIA.


CENA 28 – ESTRADA – CARRO – NOITE

PHILL: Você está realmente muito bonita…

ANNA: [Rindo] Nem se dê ao trabalho, Phill. Eu posso ser maluca de ter aceitado sair com você, mas ainda não perdi as minhas faculdades mentais. Você não me engana com esse papinho.

PHILL: Eu não estou querendo enganar você, Anny.

ANNA: Anny? O que houve com o “Banana”?

PHILL: [Olhando para Anna] Ficou no passado.

PHILL estaciona o carro e corre até a porta da sua nova amiga.

PHILL: Deixa que eu abro!

ANNA: Você não acha que está exagerando?

PHILL: Não se eu quiser que você saia comigo novamente…

ANNA desce do carro e olha abismada para o luxo do local. Eles entram no salão e algumas pessoas olham para os dois. Uma banda de cordas começa a tocar. ALEXIA, REBECCA e SCOTT estavam sentados na mesma mesa. ALLY encara o irmão fazendo esforço para descobrir quem havia sido a nova vítima dele.

ALEXIA: Quem é aquela? Eu não estou conseguindo…

BECKY: Anna Mackenzie.

ALEXIA: A novata? Jura? Meu irmão não perde tempo.

SCOTT: O seu namorado conhece a Anna!

BECKY dá um tapa no irmão.

SCOTT: Ué, mas não é verdade?

ALEXIA: [Para Rebecca] O Matt conhece essa “tal” de onde?

Antes que BECKY pudesse dizer algo, MATT volta à mesa com dois drinks. Ele dá um para ALEXIA e o outro para REBECCA. ALEXIA fica encarando ele.

MATT: O que houve?

ALEXIA: Por que você não me contou que conhecia a novata?

MATT: Calma! Não vá fazer um escândalo.

ALEXIA: [Calma] Eu só fiz uma simples pergunta.

MATT: Eu não achei que fosse importante, só isso.

SCOTT: [Rindo] Nossa, cara! A Anna era sua melhor amiga. Como assim ela não é importante?

BECKY: Scott! Vê se cresce!

ALEXIA: [Confusa] Melhor amiga?

MATT: Eu conheci a Anna há 10 anos atrás, Alley. Ela se mudou pra outro país e nós nunca mais nos falamos.

ALEXIA respira fundo e sorri.

ALEXIA: Que história mais bonitinha!

BECKY olha para a amiga com uma cara de reprovação.

[CORTA]

[MESMO LOCAL]

ANNA e PHILL estavam do outro lado do salão procurando uma mesa para ficar.

PHILL: Nós podemos nos sentar ali [Aponta para uma mesa vazia] ou ali [Aponta para mesa onde estavam sua irmã e os outros]. Você quem escolhe…

ANNA franze os olhos ao ver MATT sentado com ALEXIA. Ela fica aparentemente nervosa.

ANNA: Eu… eu acho melhor eu ir para casa.

PHILL: O que houve? Não gostou da festa? Eu falei que era careta.

ANNA: Não é isso.

[CORTA]

[MESMO LOCAL]

MATT: Por que essas perguntas sobre a Anna, agora?

SCOTT: Por que ela acabou de entrar no salão com o Phillip.

MATT olha confuso para o cunhado e depois para sua “velha amiga”.

CENA 29 – INT.CASA DOS WOOD – QUARTO DO SAMUEL – NOITE

SAMUEL estava sentado em sua cama tocando violão. Seu quarto é pequeno, mas tudo parecia estar em seu devido lugar. Livros, cadernos, revistas, algumas miniaturas de carro, o uniforme da banda pendurado na parede ao lado de uma grande corneta.
Ele anota alguns acordes em um papel que estava em cima da sua escrivaninha. O garoto posiciona o violão no suporte e liga o som, ele põe um cd.

[MÚSICA – YOU´RE THE STORM, THE CARDIGANS]

O telefone toca. SAM pega o aparelho e deita-se na cama.

SAM: Alô?


CENA 30 – INT. CASA DOS BAKER – SALA- NOITE

MELISSA está deitada em um sofá de couro preto segurando um telefone transparente verde limão. O local tinha uma decoração estranha, quase de mau gosto.

MEL: Adivinha quem está falando?

SAM: [Voice Over] Kirsty Alley?

MEL: Quase. O que você está fazendo?

SAM: [Voice Over] Nada. E você?

MEL: Mesma coisa… Sam, que música é essa?

SAM: [Voice Over] Hum… que música?

MEL: Essa aí que você está ouvindo?

SAM: [Voice Over] Ahn…

MEL: Meu Deus! Você está ouvindo música country??

SAM: [Voice Over] Não… é Cardigans.

MEL: [Rindo] Então você confessa??


CENA 31 – QUARTO DO SAM

SAM: [Rindo] ‘Cê não tem jeito. Ligou só para me tirar do sério?

MEL: [Voice over] Não… liguei por que estou entediada.

SAM: Olha, obrigado pela sinceridade!

SAM pega uma foto da REBECCA que estava em uma das gavetas da sua escrivaninha.

MEL: [Voice over] Não tem nada pra fazer aqui hoje…

SAM: Amanhã pelo menos tem o jogo.

SAM fica olhando para a foto.

MEL: [Voice over] É, passa aqui em casa um pouco antes, tá bom?

SAM: Claro!

MEL: [Voice over] Agora eu tenho que ir… vou deixar você sonhando com a [Voz fininha] “Becky”!

SAM: Eu não estava pensando nela.

MEL: [Voice over] Tchau, Sam!

Ele desliga o telefone e coloca a foto da garota em cima da cama.


CENA 32 – INT. CASA DOS BAKER – SALA

A garota desliga o tel e pega o controle da TV. Ela aperta um botão e aparece “Grease” na tela. Ela encara a TV por alguns segundos, e a desliga em seguida. MEL balança a cabeça negativamente e vai correndo para seu quarto.

[MÚSICA FADE OUT]


CENA 33 – INT. SALÃO DE FESTAS – NOITE

PHILL olha para MATT e depois para ANNA.

PHILL: Pensei que vocês dois fossem amigos.

ANNA: Sete anos depois fica um pouco difícil manter uma amizade, não acha?

PHILL: [Ri] Você fala sério? [Para de rir] É sério? Olha, se você não quer ficar aqui por causa dele eu te levo para casa.

ANNA: Não é por causa dele…

PHILL: Se não é por causa dele é por causa do quê?

ANNA: Eu vou ficar!

PHILL: É assim que se fala!

ANNA: Eu já sou grandinha, sou dona da minha vida? Que pena que as coisas não saíram do jeito que eu queria, mas eu não vou ficar em casa lamuriando a vida que eu poderia ter tido, certo?

PHILL: É…claro, claro!

ANNA: E além do mais, acho que ninguém nesse mundo sabe mais de recomeços do que eu! Está na hora de recomeçar.

ANNA e PHILL sentam-se na mesa que estava vazia. O garoto cumprimenta algumas pessoas e depois olha para ANNA.

PHILL: Quer beber alguma coisa?

ANNA: Não, obrigada. Eu estou bem.

PHILL: Então você morava no México?

[MUDA DE FOCO]

ALEXIA e REBECCA conversavam entusiasmadamente. MATT ri e disfarçadamente olha para a mesa de seu cunhado. ALEXIA percebe e abraça o namorado. SCOTT se levanta ao ver que uma garota está sorrindo para ele.

SCOTT: Becky, não me espere hoje, ok?

Ele esfrega uma mão na outra e vai até a garota.

BECKY: Eu quase sinto pena dela.

ALEXIA vê que ANNA se levantou e está indo em direção do banheiro.

ALEXIA: Matt, eu vou retocar a maquiagem, volto já…

BECKY: Mas amiga, você está ótima…

ALEXIA: Bondade sua, Becky. Eu estou terrível.

MATT: Você está linda!

ALEXIA: Sua opinião não conta. [Ri] Volto já, amores!

ALEXIA vai discretamente atrás da ANNA. A garota entra no banheiro e vê que a novata está olhando para o espelho, passando batom. ALLEY fica ao lado da garota e sorri. ANNA parece um pouco desconfortável com a presença da líder de torcida, mas disfarça.

ANNA: Quer o batom emprestado?

ALEXIA ri, e aceita o batom.

ALEXIA: [Olhando para o espelho enquanto Anna termina de ajeitar a maquiagem] Então, você é amiga do Matt?

ANNA: [Olhando para o espelho] Eu sou, quer dizer, era.

ALEXIA: Ele nunca me falou sobre você. Por que será?

ANNA termina de se arrumar. ALEXIA vira-se para ANNA.

ALEXIA: Mas é a vida, não? Um dia achamos que somos importantes, outro dia não somos mais. É melhor você seguir em frente.

ANNA: [Desconfiada] Obrigada pelo conselho.

ALEXIA: É o mínimo que posso fazer depois de te recepcionar tão bem na escola.

ANNA sorri constrangida.

ALEXIA: Meu nome é Alexia, namorada do Matthew.

ANNA: Me chamo Anna. Acho que você já sabe.

ALEXIA: Certo, Anna. Eu não ligo se em alguma época de suas vidas vocês quiseram brincar de “Meu Primeiro Amor”… A idéia do filme até era bonitinha.

ANNA tenta dizer alguma coisa mas desiste.

ALEXIA: Então, não preciso dizer que se você se meter na vida do Matt, eu transformo sua vida em um inferno.

ANNA reage surpresa. ALEXIA sorri, e deixa o local.


CENA 34 – EXT. LOCAL DA FESTA NOITE

Algumas pessoas já estavam saindo da festa. MATT e ALEXIA desciam a escadaria que dava para a avenida em direção do carro do garoto, que estava estacionado do outro lado da rua.

ALEXIA: Tem certeza que você não quer ficar mais?

MATT: Eu não posso… Você sabe? Amanhã é o jogo e eu preciso descansar.

ALEXIA: O Scott e o Phill também jogam e eu não acho que eles vão para casa tão cedo.

MATT baixa a cabeça e passa a mão no rosto.

MATT: Se você quiser pode ficar.

ALEXIA: Não, não, eu vou com você.

MATT: Então eu te deixo em casa.

ALEXIA: Como quiser. [Triste]

Eles entram no carro, que some rapidamente em uma curva.

 

CENA 35 – EXT. CASA DOS DANES – VARANDA – NOITE

ALEXIA: Tem certeza que você não quer entrar? Não tem ninguém em casa…

MATT: Alley, eu não posso.

ALEXIA: Tudo bem, tudo bem! Você tem que dormir cedo… entendi.

MATT sorri.

MATT: Boa noite.

Os dois se beijam. ALEXIA fica observando MATT entrar no carro, e só entra em casa depois dele ir embora. A garota fica séria e suspira.


CENA 36 – EXT. CASA DOS MACKENZIE – NOITE

[MÚSICA – YOUR WINTER, SITER HAZEL]

Visto de longe, o carro do PHILLll está parado em frente à casa da ANNA. O motor ainda ligado dá a idéia de que o filho do prefeito não irá demorar. ANNA desce do carro e dá “tchau” para PHILL.

PHILL: Eu posso te acompanhar até a porta?

ANNA: [Ri] Eu acho que você já fez o bastante por hoje.

PHILL: Sem problema! Quando quiser eu estou a disposição.

ANNA: Obrigada, Phillip! A festa estava chata, mas eu me diverti.

PHILL: De nada. Eu tenho que ir. A gente se vê amanhã no jogo.

ANNA: Até.

ANNA segue em direção de sua casa. O garoto buzina e vai embora. Ela entra em casa. MATT sai de trás de uma árvore, ele se aproxima da casa da ANNA, olha para a janela dela, e depois vai embora andando até desaparecer na escuridão.

[MÚSICA FADE OUT]

 

ELENCO
Jonathan Bennett como Matthew Graham
Natalie Portman como Anna Mackenzie
Mena Suvari como Rebecca Sawyer
Lindsay Lohan como Melissa Baker
Austin O´Brian como Scott Sawyer
Joseph Gordon-Levitt como Samuel Wood
Kate Bosworth como Alexia Danes
Brad Renfro como Phillip Danes
Marisa Tomei como Lou Graham

ATORES CONVIDADOS
John Wesley Shipp como James Carter
Paula Cale como Katherine Mackenzie
Jeffrey Nordling como Edward Mackenzie
Sharon Lawrence como Sally Danes
Greg Kean como David Sawyer
Todd Field como Wilson Danes

MÚSICA TEMA
Promises, Lillix.

TRILHA SONORA
She Will Be Loved, Maroon 5
All You Want, Michelle Branch
You´re The Storm, The Cardigans
Don´t Dream It’s Over, Sixpence None The Richer
Cowboy, Take Me Home, Dixie Chics
Your Winter, Sister Hazel

ESCRITO POR
Clara Lima
Sarah Lima

DIRIGIDO POR
Clara Lima

GRÁFICOS POR
Clara Lima

CRIADO POR
Clara Lima
Sarah Lima

AGRADECIMENTOS ESPECIAIS
Rafael Pires
Camila Martins

DISTRIBUÍDO POR
TVSN

® 2004-2006.

Séries citadas:

Os textos assinados pela Redaçao TeleSéries são textos de autoria coletiva ou notícias escritas por um redator anônimo, mas sempre revisadas com a máxima precisão jornalística.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account