Log In

Notícias

Sem emissora, reality show sobre deficientes auditivos vai parar no YouTube

Pin it

Marlee Martin
A atriz Marlee Martin, vencedora de um Oscar e estrela de séries como The L Word, é surda, e por causa da sua deficiência, teve uma grande ideia: mostrar a realidade de pessoas como ela na TV.

Martin produziu então o piloto de My Deaf Family (Minha Família Surda), atração que mostra a vida da família Firls e é narrada pelo garoto Jared, de 15 anos – apena ele e um dos irmãos não é deficiente auditivo.

O reality show, no entanto, parece ser real demais para as emissoras e o acabou recusado pelos canais americanos. Para os executivos das emissoras, o grande público não estaria preparado para lidar com esse tipo de assunto.

Lutando contra celebridades desfuncionais e programas de sobrevivência, o piloto de My Deaf Family foi então parar na Internet, mais precisamente no YouTube.

Marlee releva que a iniciativa que colocar a série no YouTube era para desmistificar a ideia de que as pessoas nao estariam preparadas para esse tipo de show. Ela espera por uma resposta rápida do público, que pode assistir o piloto e comentar no canal da série. A iniciativa está dando certo, mais de 101 mil já assistiram ao vídeo de nove minutos.

Marlee também informou que sua decisão de levar a série ao YouTube foi por causa da nova tecnologia que está sendo implementada pelo Google. “É um sistema para integrar o som da fala ao discurso escrito”. Por enquanto, o sistema ainda está em fases de teste.

Você pode assistir o piloto no canal da série no YouTube.

Com informações do Los Angeles Times.

Séries citadas:

30 anos, é formada em jornalismo pela Unesp e em Letras Inglês e Literaturas pela UFRN. No "TeleSéries", já foi colaboradora e editora de Notícias, agora é Editora de Conteúdo e escreve a coluna mensal "Sintonia". Já passou pelo Vírgula e pela Rede BomDia, do DIário de S. Paulo. No tempo livre, vê Bones, Hot in Cleveland, It's Always Sunny in Philadelphia, entre muitas outras séries. Fã do Clark Kent e música country.

Website: http://naliteral.blogspot.com.br/

9 Comments

  1. Smaug

    Sinceramente? Eu acho que o grande público não só não está preparado como também não está *interessado* nesse tipo de assunto (apesar das tais 101.000 clicadas no YouTube, porque uma coisa é ver uns minutinhos no computador e outra é sentar no sofá e assistir o programa inteirinho na TV. São tecnologias totalmente diversas).

  2. Rubens

    Concordo totalmente com você, Smaug… Os executivos tiveram que ser delicados e dizer que o público “não está preparado”, quando na verdade eles queriam dizer que “não está interessado”…

    Infelizmente, neste mundinho atual onde se fica patrulhando os outros e exigindo que todos sejam “politicamente corretos”, ninguem pode falar francamente e de uma forma clara. Talvez o brasileiro, que adora uma desgraça, gostasse, mas eu duvide-o-dó que o público norte-americano “comprasse” esse tipo de programa.

    Pior: já imaginou se a ideia pega e dá certo? Os próximos (em todos os canais) seriam reality shows com cegos, com débeis mentais, com gente com Alzheimer, leprosos, descontrole do esfíncter… 8-D

    (mas “é feio” pensar assim, então vamos ficar com o “o público não está preparado”…)

  3. Gabriela

    “Cara… como passamos de deficiência auditiva para descontrole de esfíncter?” [2]

  4. André

    Uau, um pouco assustadores esses comentários! Desde quando ser surdo é ‘desgraça’? Quantas pessoas surdas existem nos EUA — eles não fazem parte do ‘público’ então? Geez.

  5. Bruno Piola

    Totalmente atônito por esses comentários. Não daria certo porque eles são deficientes? Acordem! A TV precisa de coisas novas para se renovar, e essa série parece ser uma boa promessa. Se conhecermos melhor o mundo dos deficientes auditivos, podemos nos interessar por eles, e assim podemoz fazer algo a respeito dos problemas que enfrentam. Pode, por exemplo, ajudar a acabar com o preconceito que se tem contra eles. A Inglaterra já pensa diferente, pois já exibiu realities como “Britain’s Missiong Top Model” (modelos com algum tipo de deficiência, sendo que a melhor era surda) e “Cast Offs” (cada episódio centrado numa pessoa com deficiência). E eu também gostaria de saber de onde que o Smaug e o Rubens tiraram que o público não está interessado. Certamente não fizeram pesquisas a respeito? Eu só posso responder por mim: estopu muito interessado em assistir, e espero que a série encontrem uma emissora (Showtime, talvez?).

  6. Rubens

    Um pequeno comentário para quem nao me conhece: eu tenho deficiencia auditiva em um ouvido (nao sou 100% surdo, mas tenho deficiencia). E continuo achando que o publico nao quer saber disso em um programa de tv. :-)

  7. Paullo kidmann

    Concordo com o gabriel…
    tem muito lixo na tv hj em dia…
    então o publico ta preparado p ver sacanagem e besteirol mais uma coisa série, uma realidade o publico não está ahammm sei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account