Log In

Notícias

Scrubs pode continuar sem Zach Braff

Pin it

Zach Braff na coletiva de imprensaAcredite, mas Scrubs pode dar uma de ER. A comédia ambientada em um hospital deverá perder ao final desta temporada seu protagonista, Zach Braff, que faz o papel do médico JD, e ainda assim permanecer no ar.

Em coletiva de imprensa para a Associação dos Críticos de Televisão nesta quarta-feira (16/7), o produtor executivo da série, Bill Lawrence, falou que planeja introduzir ao longo desta oitava temporada um grupo novos personagens, mais jovens, que poderão se tornar os protagonistas de futuras temporadas do seriado.

Qual o motivo da saída? Braff, que participou da coletiva de imprensa foi econômico:

Eu sinto que este é o meu último ano.

O ator, no entanto, planeja ficar por perto:

Eu espero poder visitá-los e dirigir alguns episódios e também algun trabalho manual, se ele precisarem de ajuda.

A oitava temporada de Scrubs estréia em janeiro de 2009 em um novo canal – cancelado pela rede NBC, a série passa a ser exibida pela ABC. Antes da nova temporada estrear, a série ganhará uma série de seis webisódios, que serão disponibilizados no site do canal.

Séries citadas:

Os textos assinados pela Redaçao TeleSéries são textos de autoria coletiva ou notícias escritas por um redator anônimo, mas sempre revisadas com a máxima precisão jornalística.

12 Comments

  1. Thiago

    Foi a mesma coisa na notícia da saída de Grisson em CSI. Vá lá, eu fui dos primeiros a dizer que a semelhança parecia notável, mas…

    Poxa, agora “dar uma de ER”, pra dizer que o programa segue sem seu elenco principal, vai ser o legado do drama médico da NBC daqui pra frente? Damn XD…

    Quanto a SCRUBS…
    Adoro a série. Começou bem, teve MUITOS deslizes e teve uma penúltima temporada muito, muito fraca. Já a mais recente, que deveria ter sido a última, me foi uma grata surpresa e graças a greve vai continuar.

    Mas não sei se deveria ir além disso. A audiência não é a melhor coisa do mundo, e perder o JD, protagonista que narra a história, seria um baque muito forte. Penso em linhas de roteiro, como Dr. Cox em negação com a saída do cara que no fundo ele gostava, de Turk em depressão procurando por um melhor amigo, Elliot tentando amadurecer por isso e o zelador procurando um novo algo pra sua ira.

    Mas isso seria rápido… Não imagino Scrubs sem Zach Braff

  2. Paulo Antunes

    Thiago,

    Não me culpe por ter feito a redação final deste texto, culpe o John Wells. Lembra que quando saiu o Anthony Edwards ele veio com um papinho que a série era sobre o Carter. E aí, quando saiu o Noah Wyle, o que ele disse?

    Tá na verdade a minha abertura foi pura provocação.

    O Bill Lawrence sempre foi muito franco sobre os rumos de Scrubs. Ele não gostava da idéia das coisas da série não mudar e tentou fazer mudanças na séries – uma dela foi tirar a Elliot do hospital, mas sei lá porque raios ele voltou atrás, e depois a colocou de “private doctor” mas ainda dentro do hospital! Em outras palavras, ele sempre quis mostrar a série como uma comédia que anda pra frente – exemplo são os bebês e agora a aposentadoria do Kelso.

    Mas ainda assim soa oportunista esta proposta.

    O problema é que Scrubs é uma série de narrador-personagem. Quem narra a história é o JD, os episódios se chamam todos (tirando um por temporada) My Alguma Coisa. Não é só um personagem que está saindo. É toda a concepção da série que irá mudar.

    E, bom, publiquei a nota acima porque tinha que publicar. Mas não levo fé nela não.

    Acho que das duas uma: 1) A série não vai melhorar o rating das sitcoms da ABC e se tiver o mesmo desempenho que According to Jim e Carpoolers vai acabar cancelada; ou 2) Vai ter um bom desempenho e a ABC vai decidir cobrir o salário do Zach Braff por mais um ano, pelo menos mais meio ano.

    No ano passado anunciamos que ele estava ganhando 350 mil por episódio – o mesmo que o Charlie Sheen, que dá três vezes mais audiência. Acho que este salário deve ter sido cortado ao longo da temporada. A ABC nã deve estar pagando tanto pelo programa.

  3. Thomaz Jr.

    “Não é só um personagem que está saindo. É toda a concepção da série que irá mudar.”

    Paulo, vc foi certeiro nas suas palavras. Não existe Scrubs sem JD.

  4. Rô Floripa

    Até imagino CSI sem Grissom, afinal é uma série de procedimentos. Mas Scubbs sem JD, não dá.

  5. Leonardo Toma

    Penso que diferente de ER e CSI, Scrubs se sustenta muito mais nos personagens do que no formato em si.

    Tudo bem que Mark Greene e Grissom eram A cara de suas respectivas séries, mas o seriado tem um formato fixo que se seugue por temporadas e temporadas. Scrubs não.

  6. Hanna

    É melhor cancelar e terminar com dignidade do que fazer uma maluquice dessas…

  7. Paulo

    Braff passa um ar de estrela..
    Profissionalmente ele é otimo e Scrubs obviamente nao seria a mesma coisa sem ele..
    Tbm acho que a série poderia continuar sem ele, nao seria a mesma coisa, claro, nao teria a mesma graça, a serie poderia sim continuar sem ele.

  8. Lucas "Gandalf" Leal

    falaram bem…pra fazer isso é mais fácil fazer um spin-off da série com alguns dos personagens principais e colocando outro nome!!!
    pois ocmo falaram vai mudar a concepção INTEIRA da série!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account