Log In

Opinião Reviews

Santa in the Slush, o episódio de Bones que todos os fãs esperavam

Pin it

Cena de Bones

Se o mais esperado por qualquer fã de Bones era um beijo entre Brennan e Booth eu achei que este episódio entregou muito mais que isso. E Caroline Julian (a personagem da atriz Patricia Belcher) se torna cada dia mais querida, por seu humor, por seu jeito e por fazer com que isso aconteça.

Se o primeiro beijo não foi tão intenso quanto esperávamos do primeiro beijo dos dois, a cara aparvalhada de ambos após o beijo e o chiclete de Brennan na boca de Booth foram os toques finais necessários.

O episódio especial de Natal teve direito a clima de festa, comemorações em família, explicações psicológicas sobre os benefícios de deixarmos que nossas crianças acreditem em Papai Noel, renas e em magia, Sweets e seu chapéu de duende (”Sou todo ouvidos.”) .

Tudo começa com Papai Noel sendo encontrado morto em um esgoto. Mais que um homem vestido com uma fantasia de Papai Noel, o homem encontrado morto tem nome de Papo Noel (Kris Kringle), mora em cima de uma loja de brinquedos, tem uma casa recheada de coisas natalinas, um pijama com estampa de pequenos papais noéis no guarda-roupa, biscoitos, leite e cenouras em sua geladeira.

Tudo isso é mais que motivo para Bones e Booth começarem suas discussões sobre o que é ou não certo, o que existe e o que não existe. Tudo isso para nos lembrar as diferenças entre os dois, que, apesar de grandes, geram os mais interessantes diálogos.

Parte da magia é afetada quando um monte de dinheiro é achado em uma das gavetas do Papai Noel. Para aumentar o mistério, na cena onde a morte realmente ocorreu, Booth e Hodgins encontram várias carteiras sem dinheiro. Seria o Papai Noel um batedor de carteiras?

Enquanto investigam o caso, Brennan tem mais coisas para lidar: seu pai quer comemorar o Natal em família, na prisão. Mas Russ não quer que as meninas descubram que ele está preso. Além disso, Bones está de viagem marcada para o Peru (”Ossos não combinam com o Natal!” – dizem Booth e Mike, não no mesmo momento).

Booth aconselha a Brennan a conseguir um trailler conjugal na prisão e usá-lo para que toda família fique junta. E aí chegamos a razão do beijo: Caroline pode arrumar o trailer, sem árvore de Natal, desde que Brennan dê um beijo na boca de Booth que dure mais que cinco barcos… (Tô rindo até agora dessa história).

Convencida por Sweets sobre os benefícios da magia do Natal para crianças e sobre algumas mentiras serem permitidas (apesar dela não entender a sistemática toda disso mentiras – adoro a Bones), ela resolve conseguir o trailer e dá um aviso profissional, apenas para que Booth não se assuste, pendura um visgo no teto e se posiciona adequadamente enquanto Caroline se aproxima… E dá um beijo, ou melhor, dá O BEIJO.

Um beijo de irmãos… Ah, tá, ela realmente deve gostar de eu irmão (como bem disse Caroline com sua cara aparvalhada). Se existiam dúvidas quanto ao envolvimento de línguas (pergunta feita por Sweets), ela acaba quando Booth retira o chiclete de Bones de sua boca (tá, eu nunca tinha vista a Brennan mascando chicletes antes).

E como se todo o resto do episódio tivesse importância, descobrimos que o Papai Noel morto realmente era um Papai Noel dedicado, era seu emprego durante todo o ano, com exceção da noite de Natal, na qual ele entregaria presentes. Ele descobre que um outro rapaz, também Papai Noel, está usando a fantasia para bater carteiras e o confronta, acabando morto. Detalhe: para pegar o criminoso, Booth e Brennan precisam cheirar o traseiro de todos os papais noéis da empresa.

E o feriado de Natal, que começou miserável para os dois personagens, Brennan indo para o Peru e Booth ficando sem Parker, que ia viajar com o Senhor Fantástico, acaba bem melhor que começou: Brennan resolve ficar com a família e Parker foge de casa para ficar com o pai.

Apesar de ter adorado o beijo, minha cena preferida, de longe, não é essa, mas, sim, a cena em que o telefone de Brennan toca no trailler e Booth pede a ela que olhe pela janela. Fora das grades, Booth e Parker estão ao lado do carro e acendem uma linda árvore de Natal. O olhares de Booth e Brennan e o fato dele ter feito aquilo apenas para deixá-la feliz aqueceu meu coração e acabei com lágrimas nos olhos (nas duas vezes que assisti, diga-se).

Cena de Bones

* * *

É claro que tinha que ser um review com vídeo, ou eu não ia repetir aqui o beijo mais esperado pelos fãs de Bones? E não é qualquer vídeo, aqui é o behind the scenes:

O episódio Santa In The Slush foi ao ar nesta segunda-feira (14/7) na Fox. Reprisa neste domingo, ao meio-dia.
Texto publicado originalmente no weblog Só Seriados de TV.
A Simone Miletic escreve reviews semanais de Bones em seu weblog, acompanhe aqui.

Séries citadas:

20 Comments

  1. Thaysa

    também ameei esse episódio!!
    adoro a relação desses dois, é
    minha série favorita :)

  2. Manu-Floripa

    Adoro Bones e adorei o resumo. Concordo em gênero, número e grau.

  3. Rô Floripa

    Eu gosto muito de Bones. Comecei a assistir de bobeira achando que seria bem chinfrim, mas é bem bacana, entretenimento bom. Mas é um suplício assistir dubaldo na Raposa.

  4. Sandra W.

    Adorei o review. Fez com que relembra-se a emoção do episodio. A única coisa que estraga é a dublagem… nada contra o ator que faz o a voz dele, mas o David Boreanaz tem um a voz totalmente diferente. No mínimo deveriam ter deixado o rapaz que fazia a dublagem em Angel, ficaria bem melhor. Eu assisti no original e na 2a. pela Fox. Garanto, a emoção, com a dublagem, não foi a mesma.

  5. Euler

    Boa série..Gosto de todo o elenco e esse episodio, em especial, foi muito bacana. Adoro as cenas deles nas sessões do analista…são muito boas

  6. Ma

    Adorei o episodio é por essas e outras que eu aguento asistir a serie dublada.

  7. Priscila

    Adorei o episodio. A interação dos dois é superbacana. Acho que gostei mais do final também. Consegui ver com legenda, ainda bem que funcionou legal, é bem melhor do que dublado.

  8. katia

    A voz do dublador em Angel era muito bonita, até combinava com o ator. Agora, esta voz do dublador do Booth é simplesmente horrorosa!!!!

  9. Fernando dos Santos

    Eu achei este episódio mediano.O único destaque é a já famosa cena do beijo.

  10. Tati

    Ai a cena final é linda…o beijo foi legal e tal, mais essa cena é linda e emocionante.
    Amo Bones :)

  11. douglas

    com certeza Katia, ninguem merece o dublador de booth.. só revejo bones pq aki em casa tem sky. mas enfim, finalmente falaram de bones, uma série tão legal mas q nunca é lembrada aki no site, assim como how i met your mother. realmente foi um episódio bem legal, q nem se importou mto com o assassinato e sim com os diferentes sentimentos q são dispertados no natal!!!

  12. Andrea

    ‘ninguem merece o dublador de booth’ (3)
    E da Bones tb, a atriz tem uma voz mais marcante; acho que a voz da Cam era a perfeita, mas como não fui eu quem escolhi… paciência.

    Como sempre, o pessoal que analisa as séries aqui faz um resumo tão detalhado que nem sobra muito o que falar :D Só peço que comentem mais Bones, com dublagem ou não, pois é muito simpática!

    E só um comentário antagônico: mesmo adorando o beijão lá, a desculpa foi muito esfarrapada! :D Eu fiquei assim ‘ih eles querem se agarrar mas não tem história pra encaixar isso’ e vieram com a ‘Caroline está naughty’ (esqueci a palavra). SEI! HAHAH Muito suspeito!

    Parabéns again ao site e seus resumos deliciosos!

  13. Andrea

    Ah droga, esqueci: achei falta de tato a Bones falar ‘lenga lenga de Salvador’ sobre Jesus; como cientista, mesmo obviamente não acreditando, ela deveria encarar como ‘peculiar’ a crença, não ridicularizá-la. É como chegar em Machu Picchu e falar ‘oh esses maias e seus calendários malucos’.

  14. Douglas

    Ahh Andrea, mas acho q eh isso q torna brenan tão interessante. Eeu sou católico… a gnt n pode encarar isso como “falta de tato”, é a visão da personagem. Assim como a Bones critica, o Booth defende. Mais ou menos o mesmo tipo de brincadeira q os seriados fazem com gays, judeus, negros…acho legal essa liberdade q de expressão q os escritores (aparentemente) têm por lá. Aqui seria um caos!

  15. Rubens

    “o mais esperado por QUALQUER fã de Bones” era um beijo???!?! Nossa, mulher gosta de uma novela mesmo… A serie pode ser policial, sfi-fi, terror, o que for, mas a mulherada so quer saber de romance e beijos… 8-D

    Depois fazem um seriado só com romance e tem gente que ainda quer brigar que não é coisa de mulherzinha…

  16. Gessica

    Ela colocou o chiclete na boca por causa do hálito!!
    E não é q. mulher gosta de novela mas a tensão sexual entre eles existe sim e é bem aproveitado na série

  17. douglas

    bem lembrado rubens. eu, sinceramente, n torcia por um bjo dos dois… n queria q eles tivessem um caso, detesto essas coisas q “têm” q acontecer entre as personagens!!

  18. laryssa

    rubens e douglas não é só mulher que gosta de novela não, tem muito homen(homen com “H” maiusculo) que se intereça por romances assim e torce para que coisas assim aconteceam…..
    ___________________________________________(voltando as episodio)…

    adorei esse epi. é um dos meu favoritos. quando eu vi na TV nao me aguemtei e gritei de felicidade, pulava, chutava, dentre outras coisas loucas….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account