Log In

Reviews

Rookie Blue – For Better, for Worse

Pin it
Série: Rookie Blue
Episódio: For Better, for Worse
Número do Episódio: 4x08
Exibição nos EUA: 8/08/2013
86
4.3
3

Rookie Blue está fazendo uma temporada bastante regular. Mas ainda falta um episódio bombástico, eletrizante, que prenda a atenção do início ao fim. Um episódio DAQUELES. E essa falta começa a pesar, especialmente porque passamos da metade da temporada. Só restam cinco episódios para encerrar essa quarta temporada, e é hora das coisas darem uma movimentadinha.

Quanto ao desenvolvimento dos personagens, não tenho queixas. As histórias estão indo bem, os plots estão se desenvolvendo de maneira legal. Mas os casos – e consequentemente as situações nas quais eles deixam os policiais – estão deixando a desejar.

O caso dessa semana, por exemplo: deixou quase todo mundo preso na delegacia, só interrogando. Faltou ação, faltou expectativa. E faltou a vontade de saber quem, no final das contas, era o culpado pelo assalto aos velhinhos da van.

Paralelamente, tivemos o desenrolar do caso do sumiço de Noelle, que até despertou um pouco mais de atenção, mas também não foi aquela coca-cola toda. O mais interessante foi ver a parceria de Traci e Steve Peck. Torço pela permanência de Adam MacDonald na série, já que as aparições dele tem rendido melhores histórias pra Traci. Eu só fico um pouco com o pé atrás porque vislumbro a ideia dos roteiristas de transformá-los em um casal, e não sei se isso seria necessário. Mas mesmo que o envolvimento role, acho que vale a pena vermos mais de Steve. Vida longa ao personagem, então.

Sobre o casamento, foi bem estúpida a ideia de Noelle, de fugir. Ainda mais por causa de uma possível doença, e sem dar satisfações para Frank. E especialmente porque eles tem uma filha. Ninguém parte sem olhar pra trás, assim, deixando um bebezinho. Que bom que ela acabou indo conversar com ele e casou (sim, foi a noiva a se arrumar mais rápido na história dos seriados).

O que eu mais curti, em relação ao casamento foi como os convidados reagiram a ele. A interação de Traci e Peck pra salvar o dia, Gail mais afiada do que nunca (eu sabia, o plot “vou virar lésbica” seria desenvolvido. O fato da legista ter rejeitado Gail só atiçou a curiosidade da loira), Chloe e Dov sendo fofos, Oliver recomeçando a vida ao lado da “bruxa”, e, obviamente, Andy e Nick.

Tem como não amar Nick? Não, especialmente depois dele ter ligado para Dov e pedido para Epstein colocar o telefone no viva voz só para Andy poder participar do casamento. E, obviamente, depois dele ter, tão lindamente, aberto seus sentimentos para a colega. Os dois são fofos e divertidos juntos e eu estou torcendo definitivamente pra que o tempo que Andy precisa para refletir sobre a proposta seja curto e eles virem um casal BEM em breve.

Sim, como vocês podem perceber, sou uma ex-Sandy. Especialmente porque Sam está a cada episódio mais babaca. Eu não consigo compreender o porquê da sua inércia. Ele não ama Marlo, e é gritante que ele ainda ama Andy. Ao contrário do que ele disse para Oliver, ele não está tentando ser feliz. E perdeu a oportunidade mais uma vez. Então, ele não ajuda a manter minha vontade de vê-lo com McNally novamente, simplesmente porque ele não merece ela. Que, aliás, ao contrário dele, está tentando ser feliz. Sorri bobamente ao ver ela cantando More than Words no carro, com Nick. Porque é evidente que ele tem um efeito positivo nela, ainda que ela não tenha descoberto isso.

Mais uma vez, encerro dizendo que espero que o próximo episódio seja AQUELE. Pra dar um up na temporada. Que vem bem, mas precisa de uma movimentada.

P.S.: quando vi que Marlo viajaria, achei que Sam e Andy teriam um momento no casamento que me faria voltar a shippá-los. Ledo engano. Pffff.

Séries citadas:

Editora Chefe do TeleSéries, gasta boa parte da sua semana com séries. Sua estréia foi com ER, e atualmente assiste - entre várias outras - Grey's Anatomy, Game of Thrones, Suits, Castle e Rookie Blue. Ainda assim, arrumou um tempinho para maratonar Friends, The X Files e Chuck - pela qual se apaixonou, recente e irremediavelmente. Está saindo da crise de abstinência de Fringe graças à Orphan Black.

4 Comments

  1. Larissa Gonçalves

    Vim aqui elogiar a review, eu sei que é uma opinião pessoal mas eu concordo 100% com o que foi dito aí em cima.
    Estou achando a 4ª temporada boa, mas realmente falta um episódio mais emocionante.

    Chris não apareceu mas eu não senti falta, estava achando a história dele meio chatinha..
    Sam me parece meio perdido na série, porque a história dele com a Andy está andando pra trás e com a Marlo já é meio claro que não vai durar muito tempo.
    Quanto aos outros personagens, gostei do destaque que eles receberam nesse episódio (principalmente o Oliver).
    Os Web episódios da série dão um bom complemento ao episódio, deixando mais divertida a história.

  2. Patricia Emy

    É… a temporada tá morna mesmo… E esse plot da Gail, sei lá… espero que não caiam no clichê da garota que sofre desilusão amorosa e resolve “jogar no outro time” — como se alguém “virasse lésbica” como quem aperta um botão (Oh, I’m feeling really gay today! :P ). Gail está mais pra uma bi-curious… e pela personalidade dela não ficaria surpresa se ela resolvesse embarcar nessa só pra ver no que vai dar… :D
    Sam e Andy já estão me irritando (mais ainda). Espero que Marlo ganhe espaço, independente de estar com Sam, especialmente por trazer uma personagem que não é um amontoado de clichês (felizmente não a retrataram como a “bipolar tresloucada” e espero que não caiam nessa armadilha). No mais, assim como você ainda espero pelo episódio que vai sacudir um pouco esse marasmo. ;)

  3. Mariela

    Também acho que a Gail vai ir nessa pela curiosidade. E por ter sido “dispensada”. Orgulhinho ferido. E Marlo pode ser uma boa personagem, mesmo. Não “a namorada” do chato do Sam! =P

  4. Mariela

    Foi legal mesmo o destaque nos demais personagens. É algo que eu sinto falta, e quando acontece, sempre fico feliz.

  5. Pingback: Destaques na TV – sábado, 20/09 e domingo, 21/09 » TeleSéries

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account