Log In

Reviews

Rookie Blue – A Little Faith

Pin it

Série: Rookie Blue
Episódio: A Little Faith
Temporada:
Número do Episódio: 2×11
Datas de Exibição nos EUA: 1°/09/2011

Qual a palavra para definir esse episódio de Rookie Blue? Pegação define. Sei que o episódio não se resumiu a isso. Aliás, longe disso. Mas minha mente ‘shipper’ não consegue pensar em outra coisa quando falo de A Little Faith. Mas, deixemos esses comentários para o momento oportuno.

Em A Little Faith, Dov, Traci e Andy foram escolhidos para sair à paisana, com nada exceto uma passagem de ônibus. O desafio era retornar na manha seguinte, vivos, uniformizados, e com a maior quantidade possível de drogas e dinheiro.Dov resolveu se arriscar, e foi procurar um antigo amigo do irmão, que sabia ter ligação com drogas. Enquanto isso, Candice e Doreen (‘a.k.a’ Andy e Traci) resolveram arriscar a sorte em uma mesa de sinuca.

E, devido ao talento da “dançarina erótica” Nash na sinuca, as novatas conseguiram um bom dinheiro. As coisas, que já estavam boas, melhoraram quando Traci e MacNally conhecem novos desafiantes – JD e seu chefe –, ou melhor, Swarek e o criminoso com o qual está trabalhando. Após duas partidas de sinuca e alguns poucos momentos de interação, Nash pega o contato de um vendedor de drogas, para comprar a mercadoria antes de voltar pra delegacia.

No outro lado da cidade, Epstein “Granulado” revisitava seu passado, e graças a isso ficamos sabendo do grave problema de seu irmão com as drogas, o que acabou culminando em seu suicídio. Mas Dov conseguiu, de certa forma, vingar-se do traficante. Ele ganhou a confiança do amigo do irmão, e na primeira oportunidade pegou as drogas que ele tinha no carro e fugiu.

E Gail, que circulava com Chris pela cidade, percebe cada vez mais que passou “da casinha do cachorro” para o relento. Realmente, parece que o namoro dos dois não tem mais volta. É bastante evidente que o ex-namorado está magoado ao extremo com a sua conduta, o que o transformou em uma pessoa insegura, irritada e irônica. E isso fez com que Diaz desse um mau conselho para um adolescente vítima de ‘bullying’. Após ter “instigado” o garoto a vingar-se de seus agressores (o que resultou numa tijolada cheia de danos), Chris procura um padre que conheceu no início do episódio e pede para que ele auxilie o garoto, colocando-o em seus trabalhos voluntários, a fim de diminuir sua condenação. Chris demonstrou que continua acreditando, no fundo, no melhor das pessoas. Minha única dúvida é: como vai acabar a temporada para o mais “emotivo” dos novatos. Ele irá perdoar a traição da namorada e do melhor amigo, e voltará a ter fé nos relacionamentos, ou vai acabar amargurado? Sinceramente, torço para que ele mantenha sua essência, mesmo que não retome os relacionamentos.

Enquanto isso … na “pousada”, Andy e Traci conseguiram comprar drogas com um traficante loucão. Mas acabaram tendo que modificar seus planos, já que uma outra “consumidora” estava tendo  uma overdose, e elas queriam salvar a vida da garota.

Traci segue com a drogada para o hospital, mas Andy decide permanecer na pousada. E faz exatamente o que Nash pediu que ela evitasse: volta para falar com Swarek. Momentos de tensão: ele não aceita o convite de “vamos usar minhas últimas horas na cidade juntos”. Mas, após a liberação do chefe, acaba procurando MacNally, e eles seguem juntos para seu apartamento.

Sam ainda se oferece para chamar um táxi para Andy. Mas ela, decidida, diz que vai ficar. E eis que aos 34 minutos e 20 segundos do 11° episódio da 2ª temporada de Rookie Blue aconteceu o que 95% dos fãs estavam esperando. Finalmente Sam e Andy ficaram juntos, em todos os sentidos possíveis. E foi lindo, fofo, e quente.

É totalmente aceitável que Andy tenha voltado pra delegacia com o uniforme bagunçado e nada mais do que 20 doláres e uma moeda no bolso. Apesar de Dov ter (depois de apunhalar alguém que confiava nele pelas costas, segundo suas próprias palavras) vencido o desafio, a verdadeira ganhadora foi Andy. Afinal, sua noite foi celestial, e não poderia ter sido diferente.

Agora, restam apenas dois episódios de Rookie Blue nessa linda temporada. E ambos vão ao ar no dia 08/09, na ‘Season Finale’ de duas horas. Tá ansioso? Preocupado? Então, assista aqui e aqui os vídeos promocionais dos próximos episódios. Mas, cuidado! Seu coração pode não agüentar. Nos “vemos” semana que vem!

P.S.1: adorei ver a Nash fora do papel mãezona. Nesse episódio, ela se transformou de fada do dente em ‘striper’ especialista em sinuca. Confesso que prefiro esse segundo papel.

P.S.2: tivemos apenas uma cena, muito rápida, entre Noelle e Frank. Mas foi suficiente para manter o nível de fofura do casal nas alturas.

P.S.3: tá certo que Luke merece habitar a “casinha do cachorro” para toda a eternidade. Mas acabou o serviço do departamento de homicídios? Se antes ele não era apenas o namorado da Andy, por que agora ele precisa ser apenas o ex-namorado dela? Consigam serviço pra ele, roteiristas.

Séries citadas:

Editora Chefe do TeleSéries, gasta boa parte da sua semana com séries. Sua estréia foi com ER, e atualmente assiste - entre várias outras - Grey's Anatomy, Game of Thrones, Suits, Castle e Rookie Blue. Ainda assim, arrumou um tempinho para maratonar Friends, The X Files e Chuck - pela qual se apaixonou, recente e irremediavelmente. Está saindo da crise de abstinência de Fringe graças à Orphan Black.

4 Comments

  1. Gessyrr

    Lindo, fofo e quente….Seriously???
    Adorei que finalmente aconteceu… mas foi umas cenas tão mal feitas…
    faltou emoção, esperava muito mais

  2. Mariela Assmann

    Nossa, gostei tanto da cena! Achei bem feita. É claro que já vimos muita cena melhor em outras séries, mas considerando o nível da série, achei boa. =)

  3. Mônica Almeida

    Também adorei a cena caliente de Andy e Sam. Não tinha nada de mal feita nela.
    O episódio foi bem legal. Agora, o Dov e a Gail se beijaram? Eu não vi essa cena. Ele fez a maior declaração e ela ficou visivelmente perturbada, mas não aconteceu mais nada. Ou então não foi mostrado. Acho o Diaz um fofo e a Gail uma chatinha, mas acho que eles deveriam ao menos conversar. Mesmo que eles terminem o namoro. Acho que o Diaz tá sendo meio infantil com esse papo de “não quero mais saber de você.”
    E que venham os últimos episódios.

  4. Mariela Assmann

    Mônica, eu também não vi o beijo não. Acho que eles cortaram da versão final, e cometeram a gafe de deixar o comentário sobre o beijo depois. Enfim, até onde eu sei, não rolou beijo, só a declaração do Dov mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account