Log In

Opinião

Rodrigo Santoro solta pum na ilha e audiência de Lost cai 10%

Pin it
Rodrigo Santoro no quarto episódio da temporada

Agora que consegui a atenção de vocês, vou fazer algumas perguntas. A cobertura de Lost na imprensa brasileira não está over demais? Não tem muita gente escrevendo sobre televisão sem entender do assunto? A cobertura da mídia não dá muitas vezes a impressão de estar torcendo contra o Rodrigo Santoro, contando seus diálogos, seu tempo na tela e descrevendo suas cenas em tom jocoso? Quando você lê “Episódio de Santoro em Lost amarga pior ibope da temporada” ou “Estréia de Rodrigo Santoro em Lost fracassa” em um site ou no jornal, não fica com a impressão de que a imprensa está relacionando a chegada do ator com todos os reais motivos que possam estar prejudicando a audiência da série?

Alguém se arrisca a comentar?

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

48 Comments

  1. Cesar

    É uma “eterna” discussão esta sobre a imprensa. Tem que ser livre, fiscalizadora, o eventual “4º poder”. Entretanto, em todos os segmentos – e em particular os que acompanho com mais frequência, que são Economia, Esportes e Entretenimento – o que “vende” não é notícia boa; é sangue!

    Por isso há destaques para tudo que é negativo, e apenas notas para coisas interessantes. O que vende mais: falar que Santoro faz sucesso ou que é um fracasso? Dizer que uma equipe está bem ou que o clube atrasa salários? O destaque é maior quando a inflação sobe ou quando desce?

    Não me causa estranheza este tipo de abordagem. Não é uma questão de concordar ou não; trata-se de avaliar o comportamento.

    Batendo um papo um dia desses com um jornalista esportivo conceituado da nova geração, ele me disse: “O que vende é barraco, é coisa negativa. Analisar futebol te dá credibilidade, mas não dá dinheiro. Promover bate-boca e discussão é a receita do sucesso financeiro”. Felizmente ele prefere a credibilidade.

    E isto vale para todo o restante da imprensa. Não dá para levar a sério, mas é o que acaba nos ouvidos do grande público.

  2. Miguel

    Vcs se esqueceram da cobertura ad nauseam sobre o fato do Rodrigo não ter tido falas em As Panteras – Detonando? Eu já imaginava antes da estréia dele em Lost que tudo se repetiria. Não é nenhuma surpresa. É quase como se eles sentissem prazer em falar mal dele. Como o Cesar disse, o que vende é isso. Sabe-se lá pq, já que eu acho repugnante esse tipo de abordagem.

  3. Kravis

    Isso estaria acontecendo COM ou SEM Santoro, e independente se sua participação no episódio já fosse, de cara, ENORME, o que, muito pelo contrário, não é. E é claro que sua participação agora é pequena. Ele acabou de chegar! Mas se é sangue novo no seriado, pode e deve crescer!

    Eu sempre teorizei que notícias trágicas, ou melhor, notícias ruins, não necessariamente catastróficas, apenas lamentáveis o suficiente, fazem sucesso por que talvez façam as pessoas “se sentirem melhores”. Tipo… Ver toda aquela desgraça acontecendo e saber que não é com eles, o que os faz, de certa forma, estar em melhor situação. Seja o tsunami lá num país distante, seja o acidente de carro que matou três numa rua da sua cidade.
    Não que as pessoas sejam más, mas é como se o sofremimento alheio lhe fizesse dar graças pela sua situação não estar tão ruim.

    PS: E eu gostei dessa cena do golfe…

  4. George

    Bando d jornalistas mal informados q nao entendem bosta nenhuma da série!!!!!!!!!

  5. Rogério

    O cara já apareceu em que? Dois ou três episódios e já é responsável pelo “suposto” fracasso da terceira temporada do seriado? Ou é o fato de já no primeiro episódio em que apareceu não ter o seu flashback? Huahuahuahuahuaha. Ah, fala sério. Só o fato do cara, um latino, brasileiro, já estar ganhando um papel como o dele em uma série como Lost, é um motivo para deixar neguinho muito do orgulhoso.

  6. Mônica Monte de Souza

    Engraçada a postura da imprensa, porque qdo foi anunciado que ele participaria do seriado dava até nojo do tanto que foi noticiado esse fato. E ele como sempre na dele, sem fazer muito alarde e sempre dizendo que era um papel pequeno, como nas outras produções estrangeiras que tinha participado. Agora ficam massacrando o ator porque a série não vai bem. Não acompanho Lost, então não posso comentar, mas acredito que o excesso de mistérios sem solução que está afastando o público e isso já vem acontecendo desde a temporada passada.

  7. Marcio

    E o pior é que não é só jornalista que não entende de televisão que faz isso… Muitos ditos “críticos de tv” (ou seja, aqueles cujo trabalho é falar das novelas da Globo) também adotam essa postura…

  8. Leon

    Paulo você conseguiu dizer, nesse artigo, exatamente o que eu penso sobre isso tudo. Parece que não só a imprensa mas até mesmo a audiencia brasileira. Eu já vi gente dizendo “ele não falou nada, pra variar” (pra comentar a primeira aparição). Isso é rídiculo. O cara é um “representante” nosso por lá e chegou aonde sonia braga, por exemplo, nunca chegou. Torçamos por ele, e não, contra ele. Não sei se por inveja ou coisa do tipo. Mas o pessoal não tem o que fazer e fica falando besteira. Boa sorte Santoro !

  9. Luiz Marcelo

    Bruno Campos, brasileiro, apareceu em “Jesse”, “ER” e agora em “Nip/Tuck”. E a imprensa nem cita ele!

  10. Marcio

    Morena Baccarin também é brasileira e já fez Firefly e agora está na décima temporada de Stargate SG-1. O problema é que tanto ela quanto o Bruno Campos não são atores conhecidos do povão pelas novelas daqui.
    Detalhe: ambos são cariocas.

  11. Ronald Rios

    Exatamente, Paulo. Exatamente.

    Eu torço para que ele se dê bem. Não sou fã dele, nem muito patriota. Mas gosto da idéia de ter algum brasileiro se dando bem lá fora. Se o personagem evoluir e se tornar vital para a série, vou ficar feliz.

    Esse “tom jocoso” é presente em quase todas as publicações grandesm, que vai na onda da série do momento. Parece que só torce pelo sucesso do cara, a turma dos blogs, que conhece as séries e sabe que uma coisa não tem nada a ver com a outra. Se Lost tá maomeno, é porque tá maomeno mesmo. Contar falas e tempo na tela? Tem americano que apareceu bem menos em série de menor sucesso. O Santoro nem pela fase de figuração passou. Ele tá indo bem e que isso continue.

  12. Rami

    Sinceramente acho que em grande parte a imprensa está só noticiando que o episódio em que o Santoro estreou não teve boa audiência (e quando eles colocaram que foi a pior da temporada é porque a mesma está decepcionando, por sinal aposto que a dessa semana foi pior ainda, mesmo com mais falas do “Paulo”). Os fãs e jornalista que tentam tratar com mair seriedade e profundidade o assunto é que ficam criticano a imprensa demais.

    Fato é que por menores que sejam as participações internacionais do Rodrigo Santoro elas já superaram em muito vários artistas que tiveram mais tempo para desesnvolver suas carreiras.

    Panteras Detonando realmnete foi uma participação pifia (mas dada a qualidade do filme não faz tanta diferença assim), em Simplesmente Amor ninguem esperava que ele tivesse a mesma participação de Hugh Grant ou Liam Neeson ( Pô o cara fez A Lista de Schindler) que promoviam o filme, mas ele sim tem uma participação interessante no desenvolvimento do filme. Em 300 embora irrenconhescivel ele é o lider dos persas. Isso tudo serve pra provar que ele está desenvolvendo um trabalho progressivo e pode ser que consiga alguma consistencia agora em Lost.

    Só tenho pena dele que depois de tanto esforço de entrar nesse mercado pouco receptivo a latinos e conseguido um papel em Lost série que até então era maravilhosa ela esteja decepcionando tanto ao ponto de em nenhum desses episódios da terceira temporada os flash backs tenham algum nexo ou os episódios tenham finais instigantes. Perdeu-se os suspense de Lost, o que equivale a dizer que o Lost em si perdeu-se, está fora de rumo.

    Ps: e que reclama muito das participações dele em Lost midiga o que foi que a Nikki fez nesse episódio, ou o Eko. Quer personagens principais? O Locke disse alguma palavra? Pois é nem tah tão mal assim.

  13. Miguel

    Luiz, isso não é verdade. Não sei qto à outras publicações, mas antes da estréia dessa temporada de Nip/Tuck, saiu uma matéria, incluindo até uma entrevista c/ ele na Revista da TV do jornal O Globo. Mas a diferença tb é q o Rodrigo é muito popular aqui no Brasil enquanto poucas pessoas conhecem o Bruno. E justamente por isso a imprensa gosta de criticar o Santoro, já q vende mais.

  14. Eric Fernandes

    Lost é hype! Todo mundo vê, todo mundo comenta. Já Nip/Tuck não tem tanta publicidade mas vi algumas matéria sobre ele. Mas comparando com o Santoro….
    Toda semana tem umas 10.

  15. Luiz Alexandre

    Creio que Bruno Campos é quase mais americano do que brasileiro, pois fez sua carreira toda lá(exceto pela participação em O Quatrilho). De qualquer modo, é injusto criticar Rodrigo Santoro, aliás, é o que a mídia mais faz. Penso que é um bom ator. Sobre a queda de audiência de Lost, embora assista a série, tenho que admitir que seu fôlego já está acabando, a terceira temporada já começou e dá-lhe enrolação.

  16. Ale Rocha

    Sobre o Bruno Campos, ele é brasileiro, mas nem tanto assim. Explicando melhor: a carreira dele foi construída basicamente lá fora. Estava vendo uma entrevista dele no “Vitrine” e até sotaque inglês ele tem.

    Claro que isso não é demérito algum. Mas a participação dele não é tão noticiada pois ele, nem de longe, tem a fama que o Rodrigo Santoro goza por aqui.

    Sobre a cobertura de “Lost”, concordo que ela é imensa. Só não sei se ela é exagerada. Diria que ela é proporcional ao sucesso do seriado por aqui. Não só no AXN, mas também na Globo, nas locadoras, nas lojas, na internet e nos camelos.

    Com a chegada do Rodrigo Santoro, claro que iria aumentar a cobertura. E aí, meus caros, é aquela velha história. Entram no barco um monte de gente que mal entende do que escreve originalmente. Advinha quando pinta uma novidade (falo dos sites de fofocas, por exemplo).

    E aí, começa a guerra. Enquanto alguns sites fazem oba-oba, outros – para se mostrarem sérios – detonam o cara. E aí tem um veículo em especial: Folha de S. Paulo. Isso é regra no jornal. Lá, ninguém pode fazer muito sucesso. Eles gostam de fazer um “movimento vôlei”: levantam para depois cortar, jogar no chão.

    Assim foi com o Rodrigo Santoro. Noticiaram, fizeram o oba-oba. Agora estão jogando o cara no chão. Assim é com muita gente. O Guga Kuerten, só pra sair do assunto televisão. Antes, ele era o Deus. Agora, um fracassado. Fracassado? O cara ganhou dezenas de torneios, foi o melhor do mundo em um país sem tradição alguma. A carreira dele está perto do fim, mas dizer que ele é um fracassado é um grande absurdo.

    Afinal, o que queriam com o Santoro? Que ele pintasse na série com mais destaque que Jack, Sawyer e Locke? Pelo dois episódios que ele apareceu até agora, achei um bom destaque. Me parece, posso estar enganado, que o personagem dele vai crescer. E aposto até em flashback.

    Ale Rocha
    Poltrona.TV [ o blog sobre televisão ]
    http://www.poltrona.tv

  17. Ale Rocha

    Aliás, falando em queda de audiência de “Lost” e enrolação, isso é típico do JJ Abrams. Quem viu “Alias” sabe que as séries do produtor se perdem no miolo.

    Ale Rocha
    Poltrona.TV [ o blog sobre televisão ]
    http://www.poltrona.tv

  18. Juliano Cavalca

    – O nome do Santoro tá até nos créditos. Ano que vem ele tem flashback.

    – Não concordo sobre Alias, Ale.

    – Agora que li o título do texto. huauhauha

  19. Thiago

    Assisti os 4 episódios da 3a. temporada e gostei muito. Espero que a temporada continue assim.

    O Rodrigo Santoro apareceu pouco, mas sem dúvida seu personagem vai crescer….

  20. rei do bada bing

    nao leva a mal, mano.
    gosto muito do que vc escreve e nao queria me desviar do topico, mas vale dizer que “está over demais” é duro de ler…

  21. Luiz Marcelo

    Aliás, falando em queda de audiência de “Lost” e enrolação, isso é típico do JJ Abrams. Quem viu “Alias” sabe que as séries do produtor se perdem no miolo.
    .
    .
    .
    Concordo, é a “maldição da 3ª temporada”. Em Lost já começou. Pram mim fazer um comercial com a Nicole Kdiman conta mais que uma aparição em Lost.

  22. Francisco de Oliveira

    Simples. Brasileiro não gosta de brasileiro fazendo sucesso lá fora. (Acho que nem aqui mesmo)

  23. Pedro Schmitt

    Prá mim o problema todo é essa camisa do Fluminense..tá dando azar já que o timinho vai prá segundona de novo (e não voltará por virada de mesa como nas outras vezes).
    Saudações Rubro-Negras

  24. Gonçalves

    Acho que o problema é que as notícias iniciais em todo trabalho dele no exterior são exageradas. Suponho que sejam originadas na assessoria de imprensa dele. Mas como a maioria da imprensa brasileira do setor se resume a repetidores do que vem das assessorias, isto termina sendo publicado em todo lugar. Quando descobrem a verdade a imprensa inverte o comportamento. Uns porque querem tirar um sarro com quem publicou a besteira, outros irritados por terem publicado besteira querem se vingar da assessoria dele. E assim por diante.

    Comparem as duas notícias na Folha Online:

    16/04/2003
    Rodrigo Santoro aparece como o galã do filme “As Panteras 2 – Detonando”

    04/07/2003
    Rodrigo Santoro entra e sai mudo de “As Panteras 2 – Detonando”

    PS: Não coloquei as URL’s porque o sistema bloqueia :(

  25. Fer

    juntou a fome com a vontade de comer, né? é moda falar mal de brasileiro lá fora, e é moda falar mal de Lost, dizer q ele tem “mistérios demais q não se resolvem”, ou até mesmo q “tem flashbacks demais”. muita gente q acompanha a série tem essa “Síndrome de Carrie Bradshaw”: nunca estão satisfeitos =/

    (em tempo, ainda não vi os episódios do Santoro, mas lembro q o mr. Eko, o principal personagem a entrar na temporada anterior, só apareceu no último segundo do segundo episódio da temporada 2, e seu personagem só foi ter destaque mesmo no sétimo episódio. e aí, no décimo, foi tema do melhor flashback da temporada 2. só a título de comparação)

  26. Cristiano(Highlander_Master)

    O que acontece é o seguinte, a imprensa quer ser comoda, e ficar comentando novelas o resto da vida, comentar séries pra eles, e ainda por cima perder um talento nosso pros americanos incomodam eles. Mas eles não percebem uma coisa, o Rodrigo Santoro só foi embora, pq a tv brasileira e o cinema brasileiro, são um nivel muito abaixo dos americanos…

  27. Cristiano(Highlander_Master)

    Ah, concordo com o Ale, mas ou menos, realmente as séries do J.J. Abrams ficam fracas no meio, mas no meio da temporada não no meio da série. O começo, e o final são sempre espetaculares, mas o meião é um saco.

  28. Cristiano Vieira

    IMPRENSA BRASILEIRA: Tá secando o Santoro sim.Como ele está na mídia americana fica difícil fazer uma cobertura dele do dia-a-dia. Cada foto é um diamante, eles ficam furiosos com isso.

    BRUNO CAMPOS: Tá destruindo e é a melhor coisa de NIP/TUCK 3 até agora. Tá melhor que o Troy!

    J.J.ABRANS: Alê! Não dá para acusar o J.J de enrrolador e coisa e tal…desde ALIAS ele é assim. Alias ele saiu na terceira temporada e só ficou como diretor executivo, e acredito eu que nem tocou mais em roteiro. E as fases que ele estava eram excelentes. No caso de LOST ele largou já na primeira temporada, o que é a melhor até agora.Só acusem ele quando tiver lá nos caracteres os roteiro dele ou a direção(direção acho que ele nunca mais volta a dirigir, ele é o “the best nisso”).

    LOST 3: Estou acompanhando via downloaded mesmo, não dá pra suportar num mundo de informações tão rápidas, esperar mais de 5 meses para vir uma série pra cá. Ridículo, patético. POR ISSO QUE A WARNER É A MELHOR E A SONY É A MODERNINHA ESTÚPIDA!
    Estou gostando em termos da temporada 3. O enrrolation é grande, mas está com uma visão nova, tentadora, novos personagens, cenários, a algo de novo nesse reino da Dinamarca que nos prende. Pra mim o maior defeito e é a maior virtude também é o excesso de personagens bons e pouco tempo pra falar de todos. Sayd tá descartado do grande time desde a morte da Shannon.

  29. drbambei

    Aliás Luiz Marcelo, o Bruno é personagem principal da série. Ao contrário do Rodrigo, que está abrindo espaço.

  30. Leonardo

    Me respondam uma coisa que eu estou tentando descobrir há um tempão. O Rodrigo Santoro em Lost já é um personagem regular ou tá somente como “guest starring” ainda?

  31. Marcos Almeida

    Olha, eu acho que o povo meio que tá exagerando. Eu li os artigos da imprensa brasileira e apesar deles relacionarem em seus títulos o fato da audiência ter caído (o que chama a atenção e faz o povo ler), no conteúdo eles explicavam que a audiência da série já estava caindo e que a participação dele no 3º episódio foi apenas no finalzinho. Lá fora já é o contrário, nos artigos que li nem mencionam o Santoro, mas fazem longas considerações sobre a queda de audiência.

  32. Alessandro

    Leonardo, o Rodrigo Santoro é personagem regular sim, tá nos créditos iniciais juntamente com os outros atores!

  33. Daiana Pereira

    como telespectadora, fá da série acho que a impressa está fazendo um grande estardalhaço em cima da participação do Rodrigo S., os dois ep que ele participou ele fez direitinho a sua participação, nada que chamasse a atenção, que fosse extraordinário, sei lá, ele foi linear, talvez se o personagem crescer mais… mas sinceramente não tenho grandes expectativas.
    Quanto a audiencia de Lost, acredito, como telespectadora, que existe mistério demais, incerteza demais e respostas de menos. O último ep foi extremamente violento. Eu, sinceramente, estou cansada de ver Lost e não ter respostas, os Outros não dizem nada… tenho medo de acabar me decepcionado quando as respostas vierem…

  34. Miguel

    Cristiano, o JJ não largou Lost completamente, tanto que co-roteirizou o episódio de estréia dessa temporada, coisa que ele não fazia desde o piloto. Agora, se ele vai se dedicar somente ao Star Trek XI ou achar um tempo para continuar envolvido c/ Lost eu não sei. De qualquer forma, é improvável que ele consiga roteirizar tantos episódios de Lost quanto de Felicity ou Alias.

  35. Thiago

    O nome do Santoro está ao lado dos nomes do elenco, ele é um brasileiro, está em uma série nos EUA, sua participação em As Panteras Detonando pra quem viu o filme sabe que tinha outro personagem que tanto no primeiro filme como nesse não falou nada, a propria Demi Moore não falou tanto, em Lost tem 500 personagens e já querem que ele fique o episódio inteiro participando, tendo flashback, vamos dar um tempo, quer ver brasileiro sendo protagonista assiste as novelas da Globo… Só em ele ter chegado onde chegou, já está mais do que ótimo.

  36. Liadan

    Eu apostei com todo mundo que esse tipo de coisa aconteceria e ganhei. A imprensa sempre faz isso quando um brasileiro começa a vencer lá fora. O veneno da inveja rola solto. Ninguém quer saber que na verdade o público está se desinteressando por Lost por causa da trama cheia de mistérios e a maioria tem preguiça de pensar, por isso prefere mudar de canal e assistir a uma série que dê todas as explicações poupando o seu querido cérebro sedentário.
    Se a culpa fosse das novas aquisições de Lost, Kiele Sanchez e Elizabeth Mitchell também deveriam ser responsabilizadas, não?
    Basta que o Rodrigo não dê ouvidos às críticas no brasil, pois, infelizmente, o maior defeito do brasileiro é não reconhecer o mérito dos seus por puro recalque. Aconteceu há décadas com Carmem Miranda (naturalizada brasileira) e ainda acontece com Sônia Braga. Rodrigo está incomodando, pois há uma grande possibilidade de ele se tornar muito mais famoso que as duas citadas antes juntas.

    TV A BORDO
    http://www.tvabordo.zip.net

  37. Cristiano Vieira

    Vamos ver a reação da imprensa quanto a Alice Braga com Will Smith numa superprodução como I´LEGEND. Aí se eles secarem a coitada, então eles merecem a Piovanni e Cicarelli que eles amam!

  38. ciro

    Todo esse falatótio é inutil,A Sonia braga é uma estrela tem boas participações no cinema e tv americana e o Rodrigo tá abrindo seus caminhos,o resto e despeito de gente que torce pelo contrário e vive neste eterno complexo de inferioridade em relação aos Americanos. Chega!!!

  39. vanessa

    Puxa, mal estreou e já estão responsabilizando o Santoro pelo mal desempenho da série? Pura inveja, puro preconceito… Os comentaristas não estão ainda acostumados a pensar em algo que não seja novela da Globo. Se não for novela e se não for da Globo, nada presta. A mesma coisa com os atores. Se não forem da Globo, são canastrões… Mas, dá pra levar a sério comentaristas que detestaram o Senhor dos Anéis e adoram só filmes do Woody Allen?

  40. Dieferson

    Tudo isso que eles estão fazendo com o Santoro é pura dor de “CUtuvelo”

  41. Cissa

    Realmente não entendo esta tendência de alguns brasileiros valorizarem tudo o que é de fora, de outros países.
    Nossas novelas são exportadas pois são de qualidade, pelo que consta o ator Rodrigo Santoro é um ótimo ator e fez várias novelas e filmes nacionais como: Carandiru, etc.
    Parece que realmente existe uma torcida contra subestimando a capacidade do ator Rodrigo Santoro, só por ele ser brasileiro.
    Ele é um ator tão bom ou melhor que muitos “astros” de cinema, PELO AMOR DE DEUS se os próprios brasileiros desvalorizam o que é nosso, é por isso que somo discriminados lá fora.
    É questão de postura de alguns e cultura que tem que ser mudada.
    Parabéns Rodrigo, sei da tua capacidade como ator e continue seu trabalho independente do papel que você recebe.

  42. Pingback: TeleSéries » Rodrigo Santoro critica imprensa brasileira

  43. Valeria

    Tenho orgulho de ver o Rodrigo Santoro nas telonas de cinema como brasileira estou torcendo por ele e a imprensa que conta quantas vezes ele falou ou apareceu está apenas especulando. Como já foi falado são coisas ruins que vendem é uma pena. Poderiam ser feitas coberturas como por exemplo: Rodrigo Santoro leva o Brasil para Hollywood. Será que essa manchete não venderia?

  44. Jefferson

    A Valeria disse tudo. Ao invés dos brasileiros torcerem pra ele, estão é querendo afundar o cara. Ele é fera no que faz e pronto. Quantos atores e atrizes não dariam tudo pra estar no lugar dele? Tem gente mudando de ramo, sumindo da mídia, apelando para o mercado pornografico, soh pra conseguirem fama e dinheiro. O cara ta honrando o Brasil e ninguém (a mídia! claro q tem excessões) da valor pra ele? Só no Brasil mesmo!!!

  45. Raquel Coelho Prates

    O que eu acho é q a “imprensa”tem prazer em menosprezar o trabalho do Rodrigo.O cara é um super ator e esta ganhando destaque aos poucos,como qualquer ator q começa uma carreira em outro país.Mas para essas pessoas ñ basta.
    Se eu pudesse falar com o Rodrigo eu diria: Ñ LIGA PRA ELES RÔ, AS PESSOAS Q TE ADIMIRAM E Q GOSTAM D VC SABEM Q VC TA INDO SUPER BEM, E Q DA UM BAITA ORGULHO D SER BRASILERO TODA VEZ Q VC APARESSE NA TV. Tenho certeza q ele gostaria d ouvir isso, e q todo mundo senti mais ou menos assim quando ve o Rodrigo na TV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account