Log In

Reviews

Ringer – Whores Don’t Make That Much

Pin it

Série: Ringer
Episódio: Whores Don’t Make That Much
Temporada:
Número do episódio: 01×14
Data de exibição nos EUA: 21/02/12

Bridget Kelly está ficando inteligente? Parece que sim. Mas em um episódio em que tudo tinha para dar errado e ser tedioso, o resultado foi um episódio muito, muito bom. Ouso dizer que foi um dos melhores até agora. Episódios de ‘flashs’, geralmente tendem a explicar um pouco mais da história – ou confundir. Mas nesta semana, mais do passado das nossas irmãs foi revelado. O episódio, entretanto já começa misterioso – apenas para Bridget. Quando ela volta ao escritório de Shiv, encontra a sala vazia. Oh, porque será? Obvio que a nossa esperta meliante de Nova Iorque fez a limpa na dispensa. Bridget ficou encabulada, mas ela ainda não sacou que sua irmã está por trás disso tudo. Nem passa pela sua cabeça que ela está viva. Ela ainda comenta para Malcon sobre a chave que sumiu. Mais uma evidencia na cara de nossa heroína, e ela sempre mete o acaso nisso. Na boa, será que ela se acha tão distraída assim, para sair perdendo tudo que Shibonga roubou dela até agora?

O pior nem é isso. Enquanto Shibonga está lá mexendo os pausinhos, e arquitetando seu novo plano, Bridget ainda se sente culpada pela morte do sobrinho. E foi isso que eu achei de mais bacana no episódio desta semana. Conhecemos por meio de flash, o filho de Shiv, chamado Sean. Tudo começou, quando Bridget recebeu um telefone dizendo que a entrega de flores endereçado por ela, estava a caminho. Ela foi conferir, e descobriu que na verdade as flores eram para a avó do menino. Shiv ainda lembrava do aniversário dela, e mandava flores. Com isso, Bridget foi relembrando de tudo o que se passou com ela, a irmã e o sobrinho.

Além disso, nesta semana, tivemos a participação de Misha Collins (Supernatural), interpretando o pai do garoto – Dylan. Ao que parece, inicialmente ele era um canalha, que abandonou Shibonga, mas que depois se arrependeu e queria entrar na vida do filho. Shiv é claro não deixou. Mas através de Bridget, ele ia se aproximando. Um belo dia, Dylan foi a casa das gêmeas, e chamou o garoto e Bridget para irem ao parque. Nossa inocente Brig aceitou o convite. Entretanto na volta pra casa, um acidente acontece e… o garoto falece. Ambos se sentem culpados. E Shiv com toda sua raiva, culpa a todos eles. Acho o seguinte, todos os três tem culpa no cartório se formos analisarmos as circunstâncias. Foi uma fatalidade, e isso realmente acontece. Só que Shiv não vê deste jeito. No presente, Dylan constituiu familia, e Bridget como Shiv, concedeu o seu perdão, para que ele vivesse feliz. Mas com isso, Bridget, esta cada vez mais se envolvendo na vida da irmã. E quando ela tiver que se desvincular disso, só quero ver o que vai dar.

Enquanto isso, a “Escolinha Bridget Kelly para Detetives Idiotas” anda ganhando a cada semana novos e divertidos alunos. E desta vez quem se matriculou foi Malcon. Após encontrar com Henry na Martin/Charles, ele percebe que o chaveiro que Henry está usando é o mesmo da chave que Bridget perdeu, e aceita um convite de Henry para arrumar um computador. É claro que tenho certeza, que é uma armadilha de Shiv, para pegar o rapaz. Ou não ? Ah, já não sei de mais nada. Mas que a coisa não vai ficar boa, isso é fato.

O núcleo Gossip Girl continua nos surpreendendo. Gente, essa história da Juliet é bem bobinha e fútil, confesso. Mas por alguma maneira eu ainda consigo me surpreender com algumas atitudes. Primeiro, sua comparsa de plano Tessa chega exibindo um carrão, consequente do dinheiro que recebeu do processo – tinha que se exibir né? Desesperada em ser descoberta, Juliet vai até ao seu ex-professor, e diz o que está acontecendo, e ele imediatamente diz – “eu vou dar um jeito”. E no outro dia, a menina aparece em coma, após ser assaltada. Sério? Enfim, Juliet encontra com o professor que garante não saber nada. Sinceramente, eu acho que desta vez ele esta dizendo a verdade.

Digo isso, porque no fim do episódio, vimos que quem arquitetou tudo, desde o começo foi a mãe de Juliet. Maldita Catherine, sabia que não era coisa boa. Mas gente, deu na cara né, que logo depois que a filha consegue o dinheiro, ela pede para a menina ir morar com ela? Lógico que ela tava por trás disso tudo. Mas vocês sabem que, por um pequeno momento, achei que quem tava por trás disso era Shiv. Coitado do Andrew gente, sério, ele está cercado por cobras de todo o lado.

Ringer está entrando nos eixos. Sua história esta ficando cada vez mais interessante. Uma pena que já pode ser um pouco tarde para mostrar todo o seu potencial. A audiência vem caindo a cada semana, e alguns sites já dão como certo o seu cancelamento. Entretanto, a série está sendo bem vendida para o exterior, o que conta muito na hora de renovar também. Vamos aguardar, mas que se for cancelada, tenha um final digno.

Ps: Alguem sentiu falta da Shiv? Ela não apareceu em uma cena, a não ser nos flashs. Quero nossa Shibonga fazendo maldades de novo.

Ps2: Onde está o Agente Mattttttchado?

Séries citadas:

Mineiro, professor e aficionado por séries. No TeleSéries resenha as séries Hawaii Five-0 e Saving Hope. Mas também é apaixonado por Grey's Anatomy,'CSI, Rookie Blue, The Vampire Diaries, The Good Wife, Homeland, The Walking Dead e muuuitas outras...

4 Comments

  1. Pedro Luiz Costa

    O detetive Machado deve estar procurando uma pista da Bridget em alguma ilha do arquipelago da Polinesia de tão tonto que é….
     Dessa vez, pelo menos, eu não confundi as 3 personagens Shiva/Bridget/Buffy.. esse episodio só deu a Usurpadora. e, quase me convenci que era a madrastra por tras da trama CW; era obvio demais ser a mãe… E FOI.
    Bela resenha..

  2. rosangela souza ?

    kkkkkkkkkk Adorei a resenha Anderson!! nem senti falta da Shioban !!!!
    o caso da Julliet tá meio chatinho … e acho q a mãe e o professor deve ter alguma truta!! é a cara dela!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account