Log In

Reviews

Ringer – What We Have is Worth the Pain

Pin it

Série: Ringer
Episódio:What We Have is Worth the Pain
Temporada:
Número do episódio: 01×17
Data de exibição nos EUA: 13/03/12

E agora Siobhan? Como faz? É, gente, quando você acha que não vai ser surpreendido, vem Ringer com este episódio BOMBÁSTICO e me faz uma dessas! Se pudesse definir com uma palavra este episódio, eu colocaria como “revelador”. Sim, muitas coisas foram definidas neste episódio. E assim, algumas coisas tornam-se bem claras. Outras, entretanto, continuam um pouco confusas. E assim vamos levando. Mas a chave principal deste episódio foi a nossa Shibonga e seu marido Andrew. Na semana passada um tanto de coisas aconteceram, o que acabou levando a morte de Tyler. Apesar de não ficar ainda claro quem o matou, Henry se viu livre da “culpa” de nossa parte, os telespectadores. O aspirante a detetive trapalhão confrontou Siobhan sobre todo o plano. E, adivinha? Descobriu que a amante estava dormindo com o funcionário da Martin/Charles. Só agora rapaz? Poxa, tava na cara. Ele gosta de honrar o adjetivo “burro”. Entretanto, Shiv em uma jogada reveladora e de mestre, guardou a verdade para o final. Ela contou a Henry (e a nós também) o porquê de todo este propósito.

Shiv forjou a própria morte por culpa de Andrew. O marido da loira estava envolvido neste escândalo da empresa, e Shiv resolveu confrontá-lo. Este a revidou com uma ameaça de morte. Como corria risco de vida, e ainda guardava rancor da sua irmã por ter se envolvido na morte de seu filho, resolveu matar dois coelhos com uma só cajadada. Fingiu o suicídio para que Bridget, no desespero da fuga de não testemunhar contra Badalway, a substituísse. Pronto. É uma explicação, é uma solução, mas mesmo assim, um pouco difícil de engolir, por parte de Siobhan jogar com a sorte para que Bridget assumisse o seu lugar. Isso porque, se ela assumisse, Andrew a mataria pensando ser Siobhan. Assim, ela se livrava da irmã, e ainda colocava o marido atrás das grades. Seria sim, um bom plano, mas Siobhan não contava com a astúcia de Bridget (ahm, eu disse isso mesmo?).

Pois é minha gente, Bridget soube levar a situação muito bem. Enganou Andrew, e transformou a relação dos dois, afinal eles estavam apaixonados. Mas ela não fazia ideia de todo este esquema no qual o marido de Siobhan estava envolvido. E ao confrontá-lo do mesmo jeito que a irmã fez, viu que estava também ameaçada. Ela saiu de casa, e junto com Solomon, tentou achar Malcon, que está desaparecido. O personagem foi visto pela última vez quando Andrew foi a sua casa. E agora produção? Quantas dúvidas óbvias mas sem respostas! Para completar, Bridget e Solomon (que revela ser o personagem mais astuto de Ringer – o que não é difícil) acharam o celular do professor, mas estava com um grupo de moradores de rua, que dizem tê-lo achado atrás de uma lata de lixo. Será que Malcom está por lá também? Porque a quantidade de personagens assassinados em Ringer é uma cota realmente grande. Tome cuidado ao cruzar com estes elemento em Nova York.

O núcleo Gossip Girl está de volta. Juliet e Mama Catherine entram em cena novamente. E desta vez, Juliet flerta com um garoto, e ao mostrá-lo para Tessa (preciso ressaltar que ela acordou milagrosamente do coma, já saiu do hospital e tal?), descobre ser o autor da agressão. Ao achar que está sendo assediada, corre para a mãe e conta tudo. E o que ela descobre? Tessa apanhou a mando de Catherine. Putz, que gentinha em? Sempre com seus planinhos mirabolantes. Agora, boba foi a Juliet em cair no conto da mamãe arrependida. Ela já devia saber que usar a filha para roubar dinheiro do ex-marido não era uma coisa que precedia algo bom.

O Agente MaTTTchado foi cantar vitória antes do tempo. Foi lá, deu uma intimadazinha no Badalway, uma frase feita aqui, um lápis de olho ali. Até que descobre sobre o desaparecimento de Malcom, que havia prometido depor contra o traficante. Porém, desta vez, sabemos que o sumiço do rapaz não tem nada haver com o bandido. Isso porque, como dito, o último contato do professor foi mesmo com Andrew. A questão é que já estou ficando cansado deste vai e vem do traficante, e do MaTTTchado correndo atrás de pistas erradas. Para mim, o personagem está no típico – bom ator, personagem ruim. Deveriam aproveitar melhor, enquanto dão destaque para o sem graça do Henry.

Porém, o episódio deu bastante destaque a Andrew. Descobrimos um lado completamente diferente do personagem. Lado este que começamos a descobrir no episódio passado. Primeiro foi a ameaça a Tyler, depois a ida ao apartamento de Malcom. Agora Andrew poderia estar atras de Siobhan (Bridget). O personagem passou o episódio inteiro com caraminholas da Olivia, dizendo que Shiv estava envolvida nisso. Ela até está certa, afinal, a verdadeira Shibonga foi a mandante das atitudes de Tyler. Mas quem paga o pato é Bridget. E por causa disso, com a intenção de por lenha na fogueira, Siobhan (A Original, recuse imitações) vai até Andrew e fala uma série de abobrinhas. O que ela não aprendeu é que nós, homens, gostamos de apanhar das mulheres, infelizmente. Pode pisar, pisar e pisar, que nós nos apaixonamos mais ainda. E o tiro saiu pela culatra (literalmente). Andrew chama Siobhan (a gêmea Saara – RJ”) para um encontro, e ao contrário do que achávamos, ele … declarou o seu amor por ela. Sério produção? Sério mesmo? De quebra, ainda levou um tiro, de sei lá quem, que apareceu do nada. Claro, o tiro era para Siobhan. Mas quem disparou?

Ringer, ao mesmo tempo em que respondeu algumas perguntas nos colocou outras. Temos mais cinco episódios para o fim da temporada, e possivelmente para o fim da série. O que será que vai acontecer? Algum palpite de quem deu o tiro? E quem matou Tyler? Semana que vem, tem mais.

Ps1: Os personagens de Ringer deveriam aprender com Solomon. O cara logo sacou que Siobhan era Bridget. Bando de personagens burros.

Ps2: As passagens de Paris a NY são muito fáceis, os voos são bem rápido. Vide, Siobhan está lá e cá o tempo todo. Ironia em.

Ps3: Adoro brincar com os apelidos desses nomes esquisitos de Ringer.

Ps4: O episódio desta semana foi o menos visto de todos. 1,11 milhões. Ringer está fadada ao cancelamento.

Séries citadas:

Mineiro, professor e aficionado por séries. No TeleSéries resenha as séries Hawaii Five-0 e Saving Hope. Mas também é apaixonado por Grey's Anatomy,'CSI, Rookie Blue, The Vampire Diaries, The Good Wife, Homeland, The Walking Dead e muuuitas outras...

6 Comments

  1. Pedro Luiz Costa

    Solomon deduziu a farsa ao estilo do velho Maxwell Smart/Agente 86 : descobri que vc é a Bridget porque não me conhecia e não consegue ler e tomar uns bons driks ao mesmo tempo. O velho truque de vigiar a patroa pelo espelho retrovisor

  2. rosangela souza ?

    adorei a review Anderson! engraçadíssima!!! e  eu estou com a Karisalana acho a série muito inteligente e tbm gosto!! não queria q ela fosse cancelada!! :-(((

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account