Log In

Reviews

Ringer – That Woman’s Never Been a Victim Her Entire Life

Pin it

Série: Ringer
Episódio: That Woman’s Never Been a Victim Her Entire Life
Temporada:
Número do episódio: 01×18
Data de exibição nos EUA: 19/03/12

Em sua reta final, Ringer nos presenteou com mais um bom episódio. Apesar de eu achar tudo meio óbvio e ficar indignado em algumas cenas, ainda continua sendo uma boa distração na semana. Esta semana o episódio começou exatamente onde paramos na semana passada: Andrew baleado, e o agente Machado chegando no local. O agente acha o autor do disparo e sai correndo atrás dele, consegue alcançá-lo, mas ele se dispersa na multidão, para depois despistar o agente com um chute. Tudo bem, não é fácil levar um chute (experiência própria), mas o cara é um agente treinado, deveria ter se recuperado mais rápido.

Finalmente, quando cai algo do bolso do criminoso, o que eu pensava ser o RG, CPF, Carteira de Motorista, ou mesmo um Comprovante de Residência autenticado em duas vias (o lado historiador falando), era… apenas uma carta de Tarô. Sério produção? Ringer gasta neurônios com as coisas mais extravagantes da televisão. Investigação vai, investigação vem, a carta leva uma lavanderia, que dá as cartas para os clientes, em uma promoção? O QUÊ? É para rir né? A lavanderia parecia aquele ponto de tráfico de filmes chineses, bem a cara de Ringer. É cada uma que me aparece nesta série. Machado ficou intrigado com a atendente e já mandou puxar a ficha de todos. Estariam eles envolvidos com algo?

Siobhan e Bridget estão cada vez mais próximas uma da outra. E continuam protagonizando cenas bizarras. Desta vez, depois de ser confrontada pelo “detetive trapalhão” Henry, Shibonga decide ir contar tudo para Andrew. Mas é incrível o poder de manipulação de Shiv com o bastardo. Foi só ela falar isso que Henry voltou atrás e saiu correndo para deter a amada. Cara burro, já teve todas as evidências na sua frente, e ainda continua alimentando o seu amor pela loira. Eu, sinceramente, não sei o que pensar de Shiv. Não sei se ela é realmente apaixonada por Henry, mas o fato é que ela continua mentindo para ele (vide o caso da gravidez). Ela mantém apenas um interesse em seus objetivos, e quando Henry perceber isso, poderá também sumir do mapa.

E já que estamos falando em Henry, preciso dedicar um parágrafo só para ele, e criticar as idiotices que este personagem faz. Não, gente, é muita burrice para uma pessoa só. Para começar, já citei toda história com Siobhan. O cara foi claramente passado para trás mais uma vez. E ainda está acobertando nossa Shiv. Tudo bem, tenho que confessar que talvez não resistira ao charme de Sarah Michelle Gellar, mas caramba, o cara é burro demais. Completando a festa de “façanhas mal-realizadas”, ele ainda confessa que matou o Tyler acidentalmente. ACIDENTALMENTE. É um incompetente, nem mesmo pegar um bendito pen-drive ele consegue sem fazer lambança. Falando em pen-drive, eu já posso finalizar este parágrafo: ele entregou o objeto para o ex-sogro, para provar as falcatruas de Martin/Charles. Desisto. Deste jeito ele até insulta os alunos da nossa “Escolinha Bridget Kelly para Detetives Idiotas”.

No núcleo “A Grande Família”, está um verdadeiro “catuca pai, mãe, filha”. Após Andrew ser baleado temos a reunião dos farofeiros da família Martin no hospital. E Juliet é mandada para Miami com a mãe, mas acaba fugindo e vai parar na casa de praia. Bridget, que está toda preocupada com sua segurança, manda Solomon investigar a casa de Olivia, a principal suspeita de todas essas tramóias. Lá até encontram um bilhete, mas que não deu em nada. Até agora. Isso porque, para mim, o bilhete está relacionado com o corpo que o Agente Machado encontrou no fim do episódio. Aliás, tem de ser, porque ficar inserindo mais detalhizinhos, que depois pode acabar ficando difícil de explicar, realmente não está no poder de Ringer.

O caso é que a pessoa que atirou em Siobhan poderia estar pensando atirar em Bridget. Eita, coitada da nossa “usurpadora”. Procurada como Bridget e agora como Shibonga também. Entretanto, será que se Olivia estiver mesmo por trás disso tudo ela já descobriu a troca das irmãs? E afinal, onde foi parar Malcon? O último a vê-lo, foi Andrew, que garante inocência em tudo. Confuso e intrigante. Ringer está em sua reta final, e agora faltam apenas quatro episódios para o fim da temporada. E se a série for cancelada, espero realmente que consigam finalizar a história. Aliás, falando em história, realmente não consigo imaginar uma história para uma segunda temporada. Infelizmente. Entretanto, como disse, ainda fico entretido com as historinhas destes personagens de nomes doidos! Até semana que vem.

Ps: Ringer continua com os titulos de episódios mais engraçados da face da Terra.

Séries citadas:

Mineiro, professor e aficionado por séries. No TeleSéries resenha as séries Hawaii Five-0 e Saving Hope. Mas também é apaixonado por Grey's Anatomy,'CSI, Rookie Blue, The Vampire Diaries, The Good Wife, Homeland, The Walking Dead e muuuitas outras...

4 Comments

  1. rosangela souza ?

    KKKKK ADOREI!!!!! como disse antes , não gostaria q Ringer fosse cancelada!! gosto muito dessa série ! mesmo sendo toda novela mexicanizada

  2. lucy

    Mesmo, os titulos dos episodios sao demais e sempre tem alguem que diz esses titulos… Eu nao gostava que ringer fosse cancelada, é muito fixe de se ver.
    Tenho que dizer que o Henry é demais… Primeiro chateado com a shioban depois basta ela dizer que vai-se entregar ao Andrew, vai babaca atras dela…

    Adoro a relaçao entre a brigette e a julia…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account