Log In

Reviews

Revolution – Ties That Bind

Pin it
Série: Revolution
Episódio: Ties That Bind
Número do episódio: 1×08
Exibição nos EUA: 12/11/2012
74
3.7
1

A história de Miles, Aaron e Charlie logo após o apagão já foi mostrado com o uso das cenas de flashback. Agora foi a vez de Nora ter momentos de seu passado mesclado com as situações adversas que envolvem sua vida 15 anos depois do apagão. Apesar das cenas de flashback serem um dos pontos fortes de Revolution, a história apresentada nelas no episódio que retratou Aaron, Sex and Drugs, e agora no episódio sobre Nora, Ties That Bind não foram nada inspiradoras.

A história de Nora foi sonolenta, as informações interessantes apresentadas são que ela tem uma irmã mais nova chamada Mia e um pai desaparecido. As cenas de flashback foram quase torturantes, a Mia jovem pode concorrer com Charlie ao prêmio de personagem mais chata do seriado e a Nora jovem nem ao menos se parece com a personagem 15 anos mais velha. Enquanto o Miles da época do apagão foi representado pelo mesmo ator e a maquiagem se encarregou do resto, em Ties That Bind fica difícil acreditar que a Nora jovem é a mesma que conhecemos.

Enquanto isso no mundo atual só o Miles e a Nora acharam que atravessar uma ponte abarrotada de soldados da milícia daria certo. Como eles são os personagens principais da série, acabaram conseguindo fugir do homem mais inescrupuloso e doente psicótico da Milícia, o sargento Strausser. Depois eles ainda conseguem soltar Mia ainda mais facilmente, mas a facilidade da ação se explica porque na realidade eles eram vítimas de um golpe. Nessa a Mia me pegou, demorei para entender as reais intenções da irmã de Nora.

As consequências da traição de Mia foram ruins, mas poderiam ser piores se Nora não tivesse voltado atrás e salvo Miles, Charlie e Aaron. Nora foi traída pela irmã e com certeza essa cicatriz vai demorar para fechar. Essa relação fraterna e a traição inesperada, principalmente pela mentira que Mia contou afirmando que havia encontrado o pai desaparecido, foi uma carga emocional boa para o episódio. A personagem de Nora deve mudar bastante a partir daqui, mais do que já mudou, e talvez vamos poder conhecer melhor sobre a relação dela com Miles.

O mais curioso na vida de Nora na realidade é como ela aprendeu a “explodir coisas” tão bem como ela faz hoje em dia. Infelizmente essa parte da vida dela ainda não foi mostrada na série. Como a irmã dela virou uma caçadora de recompensas da Milícia também é algo curioso. Mia trabalhou muito tempo caçando rebeldes para Monroe. Nora aderiu à causa rebelde. A mágoa com a irmã recém encontrada já não tem mais tamanho.

Vale apontar as melhores passagens do episódio, uma delas é a tunda que o Miles deu no Strausser e a outra cena a ser lembrada é a do beijo de Miles e Nora e a consequente cara de paisagem de Aaron e Charlie. Deu até pra rir. Quem não riu nessa cena deve ter dado risada pelo menos no comentário de Mia quando Nora negou ter dormido com Miles: “Ele não é muito de conversa, para que mais ele serve?”. Bem, Miles também serve para matar pessoas.

O resultado de Ties That Bind é que agora Monroe tem o pingente que pode restaurar a energia e provavelmente ele não deve utilizá-lo para distribuir Coca-Colas, como sugeriu Aaron. Rachel já está trabalhando em alguma coisa a pedido de Monroe, mas o que mais assusta é o que Randall já conseguiu fazer com a ajuda de Grace e o que ele vai obrigá-la a fazer agora que sabe que Monroe tem o pingente de Ben Matheson. Fora esses bons desdobramentos da história no geral, o episódio dessa semana foi devagar, mesmo com a Charlie incomodando bem pouco. Revolution precisa de mais que um pingente dessas para religar sua energia e brilhar os olhos da audiência.

Séries citadas:

é Jornalista, Publicitária, Gaúcha, Capricorniana de 84. Além de escrever no TeleSéries, trabalha como coordenadora de imprensa na Prefeitura de Taquari e assessora de imprensa no Campeonato Gaúcho de Rally 4x4. Fã de cinema, esportes, literatura, música e séries de televisão. Começou a assistir seriados com E.R. e Arquivo. X. Gostaria de ter estudado em Hogwarts, jogado quadribol e tomado cerveja amanteigada, mas se contenta com um gol do Grêmio e uma Heineken. Nunca ganhou um prêmio importante, mas já levou pra casa um Kikito de chocolate de Gramado/RS.

Website: http://www.alineben.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account