Log In

Reviews

Review: True Blood – Keep This Party Going

Pin it

True Blood - Keep This Party GoingSérie: True Blood
Episódio: Keep This Party Going
Temporada:
Número do Episódio: 14 (2×02)
Data de Exibição nos EUA: 21/6/2009
Data de Exibição no Brasil: 26/7/2009
Emissora no Brasil: HBO

Boquiaberto é o mínimo que posso dizer de como fiquei após ver este episódio de True Blood. Às vezes a série é previsível, como o que ocorreu com a Sookie, mas o que Lafayette fez foi de deixar qualquer um sem palavras.

Novamente irei quebrar o comentário por plots, já que cada personagem está se sobressaindo muito bem em suas tramas. A de Lafayette deixarei para o final por ser uma das melhores, ao menos para mim.

No Merlotte’s Restaurant temos a entrada de uma nova garçonete, Daphne, que só se mostrou atrapalhada e fez Arlene e Terry interagirem. O melhor foi a presença de Maryann que vai deixando mais mistérios sobre sua pessoa. As únicas coisas que sabemos dela aqui é que ela pode induzir as pessoas a fazer coisas e que consegue forçar a transformação de Sam.

Falando no Sam, ele está um pouco apagado, pois até mesmo Andy está com mais tempo de tela. Achei que o romance de Tara e Eggs fosse mudar algo nele, mas me enganei. Este casal está me agradando, achei até legal ver o grandão se abrir para ela, mostrando confiança.

Já o casal Sookie e Bill só funcionam na cama, já que esses dois só discutem. Desta vez a coisa fica feia, já que a loira resolve levar Jessica “Jess” até seus pais. Lá o encontro de filha e mãe é legal e até mesmo a irmãzinha, Eden, se demonstra contente com o retorno de Jess.

O problema é a chegada do senhor Hamby, que irrita Jess e a faz atacar o próprio pai. A sorte é que Bill chega. Sookie fica aliviada, mas logo discute com Bill que a expulsa da casa de Jess e demonstra querer fazer algo com o pai da garota, chegando até a rosnar pra ele. Engraçado ver os dois brigando, já que ele havia acabado de proteger Sookie de um pedido de Eric e acho que agora ele irá para Dallas atrás de Godric.

Já que o assunto Godric foi tocado, não posso ficar sem falar das coisas em Fangtasia. Eric interroga Lafayette e, depois de saber o que ele fazia com Eddie, tenta descobrir sobre o paradeiro de Godric. Depois de ter a vida poupada, Lafayette tenta escapar do calabouço, em uma cena que parecia saída de Jogos Mortais.

O problema é que na saída ele é pego por Ginger (aqueka do episódio 9, Plaisir d’Amour) e logo ele é levado até Eric, Pam e Chow. Lafayette ao invés de suplicar por sua vida, tenta convencer os vampiros a transformá-lo em um deles. Eu achei isso foda demais.

Pro final sobrou a trama adolescente de Jason e seu acampamento com a galera do Fellowship of the Sun. Foi engraçado, conhecemos outros personagens, Luke e Amanda, e vimos que Sarah, mulher de Steve, está caidinha pelo bonitão roceiro de Bon Temps.

True Blood - Keep This Party GoingO melhor ficou no final, com Luke irritado com a atenção dada a Jason e gerando uma briga dentro da seita. Só que o estresse fez Jason mostrar que tem o sangue de Sookie em suas veias também e isso parece despertar seu dom de ler a mente das pessoas, o que eu achei demais, pois dará mais profundidade ão personagem, além de mostrar que o dom de Sookie não é assim tão raro. Outra coisa legal foi ver que Jason ainda sofre pela morte de Amy e Eddie, fazendo-o ser quase um simpatizante dos vampiros.

Eu amei o episódio em seus mínimos detalhes, como a possibilidade de Sookie e Tara morarem juntas e a fome inssaciável de Maryann. Nem digo que estou ansioso pela próxima semana, porque acredito que esse é o sentimento de todo mundo que acompanha a série. Nota 9,5.

Abraços e até o próximo episódio comentado.

* * *

Texto publicado originalmente no weblog Episódios Comentados.

Séries citadas:

7 Comments

  1. bia mafra

    TAmbem gostei muito do episodio, mas nao tinha percebido que o jason le pensamento. em que cena isso aparece? o pior eh que apaguei a serie, nem posso ver de novo. nao me surpreendeu tanto o lafayette pedir pra ser vampiro, logo no inicio ele fala (o que pra mim foi a melhor frase do episodio), em ingles porque minha memoria nao eh tao boa. Oh, don’t get it twisted honey-cone I’m a survivor first, capitalist second and a WHOLE bunch of shit after that. But a hooker DEAD LAST. So if I’ve got even a jew at an al qaeda pep rally’s shot at getting my black ass up out of this motherfucker I’m taking it. (looks at Eric) Now what you wanna know?

  2. Fernando dos Santos

    O episódio passado foi apenas mediano, mas este foi bom.As tramas começaram a esquentar e alguns plots parecem promissores.
    -Maryann mostrando-se cada vez mais cheia de poderes, mas ao mesmo tempo mantendo-se misteriosa acerca de suas verdadeiras intenções.
    -Eric com uma missão em Dallas para a Sookie.
    -Lafayette mostrando que é ainda mais ardiloso do que parece.
    -A família da Jessica descobrindo que ela foi vampirizada.

    Eu começo a perceber que True Blood não é uma série com uma trama central, mas sim sobre várias tramas que vão correndo paralelas ao longo da temporada.

    Alguém sabe em que idioma Maryann estava pensando quando Sookie sondou a mente dela?

    E como é o nome da bela cantora que estava no acampamento da Fellowship of the Sun?

  3. Ana Luh

    As cenas com a Sookie e o Bill estão me entediando, o que é uma pena, já que elas eram tão boas na primeira temporada :/

    Maaas, fico feliz em ver que a Jess deixa de ser só mais uma pirralha irritante, e passa a crescer, mesmo que seja só um pouquinho!

    A Fellowship of the Sun me assustou, e muito. Tipo, esses cara querem mesmo é só matar os vampiros e ainda por cima ficam discutindo o que a BIBLIA tem para falar sobre vampiros! Gimme a break ¬¬’!

    Considerações finais:
    – Acho que a Tara tem que acordar pra vida e ver que a Maryann não tem só boas inteções
    – Bem que podiam estender as histórias de alguns personagens, como a Jess e a Pam, que até agora vem sendo usada quase como uma sombra do Eric.

    btw, ótimo review ^_^

  4. Vania M.

    Dan,
    Que vampirão seria o Lafayette… uau, vou ficar fortemente torcendo para que isso aconteça, fiquei surpresa também mas não poderia esperar menos dele.
    Depois da mancada de Sookie, vamos ver como Bill vai agir.
    Maryan não me parece confiável, principalmente porque o Sam não confia nela.
    Acho um tédio o Jason e a seita, muito americanismo para o meu gosto.

  5. marília

    amei esse epi!!!!

    Lafayette como sempre roubando a cena e Sookie dando uma de besta.

    tbm lamento o pouco tempo de Sam na tela!

  6. bia mafra

    vania, nao sei se americanismo essa seita nao. eu sei que muita gente nao vai gostar, mas me lembra demais as igrejas evangelicas nacionais. Uma vez, minha vizinha mandou os dois filhos adolescentes dela para um acampamento religioso e era proibido levar celular!!!!! e nao era seita, nao. nao vou falar o nome da religiao para nao ter discussoes a respeito, mas era religiao com bastante igrejas…

  7. Fernando dos Santos

    Eu acho que através da Fellowship os roteiristas procuram fazer uma crítica contundente a América neo-cristã,fanática e retrógrada que cresceu e proliferou durante o governo de George W. Bush.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account