Log In

Reviews

Review: The Tudors – Episódio 3×04

Pin it

The Tudors  - Episódio 3x04Série: The Tudors
Episódio: Episódio 4
Temporada:
Número do Episódio: 24 (3×04)
Data de Exibição nos EUA: 26/4/2009
Data de Exibição no Brasil: 30/8/2009
Emissora no Brasil: People+Arts

Tudo bem, eu confesso, fiz um balde gigante de pipoca para assistir à esse episódio. Já que na semana passada estava claro que muito sangue ia rolar agora, porque não se divertir à custa disso?!

Aske e Constable estão na torre e são acusados de tudo o quanto é coisa (a maioria das acusações, como de costume, é uma versão distorcida de tudo o que realmente aconteceu com os rebeldes e o que foi prometido). No final das contas, Aske vai ser enforcado em correntes e Constable vai sofrer os básicos Hung, Drawn and Quartered, o castigo aplicado por traição na Inglaterra Tudor.

Claro que não são só os dois que vestem (dolorosamente) o paletó de madeira não. Brandon vai novamente até York para massacrar com os sobreviventes (leia-se qualquer um que respire) e ainda tentar ter uma boa noite de sono no final do dia.

Aparentemente a Jane (parecendo um rato molhado) lavando as madeixas é uma visão suuuper sexy para o Henrique, já que ele dá uma de stalker e fica observando tudo antes de se fazer presente e vai embora. Vai entender…

Alô Jane? A Ana Bolena ligou para dizer que quer a coroa, o Henrique e as roupas de volta o mais rápido o possível, caso contrário ela vem puxar a sua perna durante a noite. Então pare de usar o robe verde e os brincos de rubi da Ana porque você não merece. Garota, você nem sabe o que acontece por debaixo dos panos da corte e nem é rainha de verdade, so shut the hell up!

Pobre Aske. A execução dele foi bem dolorosa, mas a filmagem ficou incrível. O ângulo escolhido foi interessantíssimo, entrando para a galeria das melhores cenas dessa temporada. Gerard McSorley foi absolutamente incrível interpretando-o e é uma pena ter que vê-lo sair da série tão cedo. Mas this is Esparta The Tudors. Todo mundo morre em algum ponto.

Eyepatch e Thomas Seymour vão numa viagem em busca do “traidor” Reginald Pole. Com calma: Eyepatch. Thomas Seymour. Viajando. Sozinhos.
Onde que vocês achavam que eles iam acabar sem ser em um bordel?!

Quem a Jane acha que é para interromper a reunião do Henrique para que ele sinta a criança de mexer!? Bitch, fica bem de boa na tua porque seus minutos estão contados!

Momento familiar do Brandon com o seu filho se torna um momento sexto sentido. No meio do riachinho ele começa a see dead people, enquanto o pirralho (bem lerdinho aliás) fica “ah? Como assim papi?”.

The Tudors  - Episódio 3x04Então meus amigos, finalmente chega a hora de engolir toda a pipoca do balde, o nascimento do Edward (i.e. bye bye Jane!)! Clima tenso, berros, suor, Mary dizendo que a Catarina estava ajudando a Jane (Diga thanks para a mami Mary, já que ela encurtou o caminho da Jane nessa dimensãp :P), etc etc, o que já se espera quando se vai parir uma criança sem analgésicos nem nada.

O problema começa quando ela já está em trabalho de parto depois de 24 horas, o que significa que vão ter que cortar ela todinha para tirar o Edward. Mas bom, cortam a Jane, pequeninho Edward nasce, está tudo bem. Menos pelo fato de que como a medicina no século XVI não era uma Brastemp, a Jane pega uma infecção e vai (tarde) dessa para uma melhor.

Agora, o Henrique chorando em cima do cadáver da Jane, falando que sobre a boa alma dela foi demais para a minha pessoa. Janezinha agora é passado meus amigos, e a fila anda. Ainda mais em The Tudors, onde a fila anda muito rápido.

Séries citadas:

9 Comments

  1. Jessica

    Esse ep. foi o melhor da temporada. Chorei HORRORES com o Henry no final.

    Queria muito consolá-lo. :P

  2. Vania M.

    Gostei muito de Jane, sorry Ana.
    Ela estava linda com os cabelos molhados, passando a imagem de quão pura ela era.
    O leite da bondade humana, lindas palavras, perfeitas, fez tão bem enquanto foi queen, trouxe de volta as princesas, herdeiras por direito.
    Concordo que a cena do enforcamento vai ser uma daquelas inesquecíveis na série.
    Agora Henry pedir mercy depois de todo aquele sangue derramado, faça-me o favor.

  3. Cley

    Concordo totalmente com Vania. Achei que a retratação de Jane foi justíssima e ela era muitíiiiiissimo mais sensata e melhor do que a Ana Bolena. Com certeza, não tinha o carisma de Ana, mas ela sabiamente procurou reunir os cacos da família de Henrique VIII e reaproximar todo mundo. Pode ser que a crítica a ache “sem sal”, mas sabedoria é coisa rara neste mundo e, infelizmente, a maioria não reconhece essa incrível qualidade. Lembrem como ela dispunha até de suas jóias para ajudar a filhas de Henrique VIII, o que claramente era obrigação do pai. Maravilhosas as palavras dela: “As mulheres sofrem muito neste mundo e vou ajudá-las conforme puder.” Olha que não sou mulher e concordo completamente! Não estou de acordo de que ela já foi tarde como relatado na crítica acima. Acredito que ela teria sido uma ótima rainha se tivesse tido mais tempo.

  4. Carol

    Concordo com vocês Vania e Cley.
    Eu gostava da Jane. E álém do mais,pq defender tanto a Ana assim se ela foi a maior “bitch” da história inglesa? Tb não acho q ela foi tarde…
    E outra, o q adiantava ela saber o q acontecia por debaixo dos panos da corte, como diz na review, se não podia fazer nada pq o Henry não deixa. Pelo que se saiba, até agora, quem tentou fazer algo, como a Ana Bolena, se deu mal…
    A Jane pode ter sido meio apática, mas tb não deve ser fácil ter um Henry como marido né?…

  5. vlad

    Tambem gostei mais da Jane do que da Ana, que pagou por sua arrogancia… a Jane era mais come quieto, nao mereceu o fim q teve.

  6. Claudemir Antonio Zamproni

    Parabéns pelo review… Impagável!!! Já assisto os episódios, todo domingo, imaginando o que vou ler (e chorar de rir!!!) aqui, depois.

  7. Aline

    Droga, perdi! Torcendo pra minha memória me permitir lembrar de ver na Sexta. Esse episódio deve ter sido fantástico :D

  8. Fernando dos Santos

    Agora que o Henry tinha encontrado uma esposa apaziguadora,que não criava problemas,que reaproximou-o das filhas e ainda por cima lhe deu o tão esperado menino, a vida passa essa rasteira no rei.

    Episódio muito bom e temporada idem até aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account