Log In

Reviews

Review: The Tudors – Episódio 2×10

Pin it

The Tudors - Episódio 2x10

Série: The Tudors – Episódio 2×10
Episódio: Episódio 10
Temporada:
Número do Episódio: 20 (2×10)
Data de Exibição nos EUA: 1/6/2008
Data de Exibição no Brasil: 30/10/2008
Emissora no Brasil: People+Arts

Tell me Boleyn…Was it all worth it?

Isso é que foi season finale explêndido. Vou ser bem honesta, tenho certeza de que eu nunca chorei tanto na minha vida assistindo a um programa de televisão. Eu sei que eu vou ser a minoria dos brasileiros que choraram do fundo do coração pela Ana Bolena, porém eu tambem sei de muitas americanas, inglesas e mexicanas que choraram como eu, então dane-se se sou a mioria brasileira!

Primeiro de tudo, acho melhor enxugar as lágrimas e fazer um review decente! ok, então, vamos ao inicio.

Ver a Ana se preparando e “aceitando” o destino dela, mesmo sabendo que era completamente falso, mostrou a força que essa mulher tinha. Ela é avisada que morrerá por decaptação e não numa fogueira, sendo que o executor francês utilizaria uma espada.

Dito isso, preciso falar duas coisas importantes: O fato de o executor ser francês era uma ironia enorme do Henrique. Durante a vida, a Ana foi sempre tida como “metade francesa”, portanto, se ela “amava todas as coisas francesas, nada melhor do que morrer com uma espada francesa” nas palavras de Henrique VIII. Agora o fato da espada: A espada dava dignidade ao morrer. Quem tinha a infelicidade de se encontrar com um machado deveria curvar a cabeça. Agora, uma rainha, ainda mais a Ana Bolena, nunca iria abaixar a cabeça para ninguém, ficando apenas ajoelhada no cadafalso. Além disso, a espada era sinônimo de que o executor era bom e rápido, fazendo tudo para que não houvesse dor.

Enquanto isso, o mundo não tinha parado: Henrique tem fantasias estranhas com cisnes (eu explico depois), a Elizabeth descobre que não vai mais ser princesa, a Bloody Mary fica feliz (antes eu até não gostava dela, mas no fim das contas ela era só uma menina amarga e boba).

Agora ao Henrique e suas fantasias estranhas sobre cisnes. Cisnes significam milhares de coisas, mas eu vou escolher o que cabe melhor aqui: cisnes escolhem parceiros para a vida inteira, e quando um morre, o outro não demora a ter o mesmo destino. Coisa que o Henrique nunca foi capaz.

Falando na nossa pobre e insugnificante Jane – por que diabos cada vez que essa garota aparece eu escuto a Madonna cantando no fundo “Like a virgin, touched for the very first time”? Ai meu Deus, como a Jane é insuportavelmente chata com aquela candura perfeita e virginal dela!

O Cranmer vai até a Torre de Londres para tomar a confissão da Ana.

I confess my innocence before God. I solemly swear, on the damnation of my soul, that I have never been unfaithful to my Lord and Husband nor ever offended with my body against him. […] As for my brother and those others who were unjustly condemed, I would willingly have suffered many deaths to deliver them. But since it pleases the King, I will willingly accompany them in death with the assurance that I will lead an endless life with them in peace.

E lá vem mais das minhas lágrimas. Como é que, depois desse discurso de bravura da parte dela ainda tem gente que não consegue admirar a Ana??

O execução da Ana teve que ser adiada várias vezes porque o executor não chegava nunca. Até hoje não se sabe bem o motivo, mas há gente que diga que era o Henrique se arrependendo.

Uma das cenas que mais mexeu comigo foi a Ana e a Jane se vestindo. Enquanto a Jane ia se encontrar com o Henrique, a Ana esperava pela hora da morte. Ainda mais, o texto que o homem recitava era maravilhoso e vendo o episódio pela terceira vez eu ainda choro só de ouvir isso.

Ana vê que a morte ainda demorará a chegar:

But in any case… I’ve heard the executioner is very good, and that I have a very small neck.

Chorando e rindo ao mesmo tempo, como era de costume dela.

Sabe uma coisa que eu senti falta nesses ultimos dois episódios? O julgamento da Ana e dos homens que haviam sido mortos anteriormente. Dizem que a defesa dela foi algo espetacular, e eu achei uma pena o Michael Hirst não ter colocado essa parte na série.

The Tudors - Episódio 2x10Com a saida do Nick Dunning, do Padraic Delaney e principalmente da Natalie Dormer a série vai perder a graça. Alguém me explica como diabos ela não foi nem indicada ao Emmy?? Que o Golden Globe não cometa o mesmo erro! Ela carregou a Ana e desenvolveu-a de um jeito que eu nunca tinha visto, fazendo milhares de fans pelo mundo à fora.

Os argumentos contra a Ana eram tão fracos que com eles era possível libertá-la. Se o casamento nunca tinha sido válido, como é que ela estava sendo mandada para o cadafalso por adultério? Era tão ridiculo que nem mesmo o Henrique acreditava direito, mas tudo o que ele queria era se livrar dela.

Papai Bolena se livra de perder o pescoço e quando vê a Ana pela janela da Torre nem se quer dá adeus à filha. E por mais que ele tenha sido um imbecil, é dele que a Ana lembra, de quando era apenas uma menininha em Hever.

Finalmente chega o dia: a manhã do dia 19 de maio de 1536. Caminhando com uma graça incrível, ela se dirige às pessoas que esperavam pela execução dela:

Good Christian People, I have come here to die according to the law, and thus yield myself to the will of the king, my lord. And if in my life I ever did offend the king’s grace, then surely with my death I do now atone. I pray and beseech you all to pray for the life of the king, as my sovereign lord and yours, who is one of the best princes on the face of the earth, who has always treated me so well. Wherefore I submit to death with a good will, humbly asking pardon of all the world. If anyone should take up my case, I ask them only to judge it kindly. Thus I take my leave of the world, and of you. And I heartily desire you all to pray for me.

The Tudors - Episódio 2x10Mais e mais lágrimas minhas vem à tona.

O discurso antes da execução e a multidão silenciosa se ajelhando diante dela foi, definitivamente, o melhor momento da temporada inteirinha.

Então, em um momento rápido, Ana Bolena morre com a graça e dignidade da uma verdadeira rainha da Inglaterra. Requiescat in pace.

*************************************

Bom, eu preciso agradecer à algumas pessoas: Muito obragado a todos que fizeram comentários legais nas minhas reviews – Mica, Andréa, João da Silva, Aline, Vania, e mais um pessoal legal que sempre escreveu coisas bacanas ;)

Muitissimo obrigado ao Paulo Antunes que confiou em mim o bastante para deixar esta menina morrendo de vontade de escrever sobre The Tudors ter um espaço tão grande assim num site maravilhoso que é o Teleséries.

Espero ver vocês em outras reviews minhas ;)

Obrigado do fundo do meu coração!

Séries citadas:

39 Comments

  1. Jessica

    Essa temporada foi ótima, melhor até que a primeira que eu gostei muito. Agora, não sei mais se irei acompanhar porque eu não dou a mínima para as esposas seguintes do Henrique VIII. Só me interessam mesmo Catarina e Ana.

    Obrigada pelos ótimos reviews. E eu faço parte da minoria porque também chorei vendo o episódio. :)

    Grande abraço.

  2. Mica

    Nossa, eu amei esse episódio. Se eu nunca gostei da Ana, senti o maior orgulho dela no seu fim. Ela teve uma dignidade que poucos teriam. Passei o episódio inteiro tentando imaginar como eu reagiria na mesma situação.
    A cena dela olhando para o pai da torre e sorrindo…e ele nem se dignou a devolver um sorriso para a filha. Que ódio do Bolena!
    As lembraças dela de criança, foi tão lindo. A confissão, demonstrando força e fidelidade. Aliás, as palavras dela foram excelentes.
    Eu até hoje discordo de como ela agiu para chegar ao trono e à cama de Henrique. Ela foi sem caráter sim. Mas e quem diz que as pessoas não podem cometer erros e mesmo assim demonstrar outro lado seu que é infinitamente mais forte e mais apreciável?
    Gostei dela dizendo que o seu maior erro foi o ciúmes e a disputa de opinião (bom, não foi bem isso, mas…) com o rei. De fato foi o que acabou levando-a à morte (pelo menos da parte do Henrique).
    E como eu disse, tentei ser imparcial com a Jane, mas…insuportável. Toda alegre enquanto a Ana estava para morrer? Meu Deus!?
    E a cena do Henrique comendo no final? Grotesca.
    Mas enfim, sentirei falta de Ana. Espero que consigam encontrar alguma coisa interessante para prender a minha atenção na série na próxima temporada.
    E sem dúvida nenhuma Natalie Dorman merecia pelo menos uma indicação. Ela fez uma Ana que eu odiei, amei, sofri com, xinguei, empatizei, desprezei e por fim admirei.

    Obrigada pelos reviews, Ana Luh ^_^.

  3. Vania

    Ana,
    Obrigada pela lembrança.
    Suas reviews foram ótimas, por favor, não as deixe de fazer, mesmo quem em outras séries e, principalmente, em The Tudors.
    Aprendi muito com você, obrigada.
    Bem, vamos ao que interessa: esperei ansiosamente por cada capítulo de The Tudors, desde que o Paulo avisou sobre a série. Amei todos os episódios, sofri confesso com a injustiça com a Catarina e sua filha Mary, e, como você disse, quem não erra? Como não sofrer por Ana, idealista, inesquecível a importância dela na Reforma, que não acho que foi só uma reforma religiosa mas na forma de ver a vida.
    Sim, eu percebi a piada lúgubre de Henrique com relação aos cisnes e sabia que ele ia matá-los pelo que eles significavam.
    Muito boa mesmo a interpretação da atriz que interpretou Ana, assim como a do Henrique (desculpe, não gravo nomes).
    O Henrique de um homem extremamente sedutor passou a grotesco, repulsivo.
    Enfim, que venha Jane, e o que ela significa.
    Clap clap clap para todos, produção, diretores, atores e você, Ana.

  4. Andréa

    Ana Luh (ou seria Boleyn?), linda review! Tanto quanto o episódio. Acho que vou sentir falta da série e também de comentá-la. Mesmo com opiniões diferentes, é muito legal vir aqui e ler reviews e comentários inteligentes. :)

    Bom, vamos ao episódio:

    O Henrique é talvez umas das personagens mais sem coração e hombridade que já existiu. Achava mesmo que era só se lavar numa fonte de água e buscar uma esposa mais jovem que o mundo andaria para traz? Que as suas filhas e as monstruosidades que cometera desapareceriam no ar?!!! Ele é simplesmente patético.

    Eu já havia visto as cenas da decapitação da Ana no youtube e tinha ficado meio sem entender a cena dele comendo as entranhas do cisne. Agora vendo o episódio inteiro ficou claro… e só aumentou meu nojo daquele velho perebento.

    É, Ana Luh, a Ana Bolena da série nunca havia sido santo de minha devoção ;)…mas eu completamente a amei neste episódio. Que dignidade!!! Chorei e chorei com ela. A demora quase acabando com as forças dela foram doloridas de acompanhar.

    (A fala orgulhosa do carrasco francês explicando sua técnica e como a morte da Ana não ia ser cruel, pois ela não ia nem se dar conta (!!!!) me lembrou o filme “O Lavador de Almas”. O filme conta a história do carrasco inglês Albert Pierrepoint, que era muito prestigiado por sua arte de matar de forma rápida e sem sofrimento. É o bizarro do bizarro…e o cúmulo da frieza)

    Aquela seqüência de cenas intercaladas da Ana se preparando para a morte e da Jane se preparando para ver o Henrique também foi muito forte. Que vaca essa, Jane! Hipócrita, dissimulada. Odeio o arzinho de moça cheia de virtudes dela…já se sentindo rainha quando a Ana vai ser decapitada. Aqui uma curiosidade: será que a Jane histórica ficou tão feliz de ser cortejada pelo Henrique? Eu sei lá, quem acaba com duas esposas acaba com uma terceira. Quem renega duas filhas, renega um terceiro…eu no lugar da Jane, estaria alisando meu pescoço e olhando para os lados esperando o golpe…

    O Charles Brandon finalmente teve um momento de decência na temporada quando confrontou o papa Bolena. Pobre Ana realmente amava o pai.

    A reação da Mary foi compreensível. Não podemos esquecer que, além das humilhações que sofreu, ela foi impedida de ver a mãe mesmo quando esta ficou doente. Não é de se estranhar que tenha virado uma psicopata obcecada por fazer a Inglaterra voltar a ser católica.

    A Jane, com todos os seus defeitos, se mostrou mais esperta do que a Ana neste quesito: ao propor reconciliar a Mary com o Henrique, no lugar do que poderia ser uma inimiga, ela pode ganhar uma aliada.

    Enfim, tão longe até chegar a terceira temporada…sem a Natalie Dormer. Ana Luh, espero que continuemos com suas reviews quando o tempo chegar…

  5. ana melo

    Muito bom seus review não tenha duvida .
    Eu tb chorei com a ana desde o episodio passado , impossivel não se emocionar, por mais que tenhamos odiado a ana , ela tinha esse poder de nos fazer odia-la e ama-la . Sem duvida um episodio fantastico e a Natalie Dorman sem palavras pra descrever tão maravilhosa atuação.
    Ah! a cena do henrique no final foi bizarraaa ele com aqueles olhos arrepiou .
    abraço pessoal

  6. Andréa

    Uma coisinha mais…

    Boa lembrança sobre a Ana ser meio francesa. Interessante como a sorte desses dois primeiros casamentos do Henrique esteve muito ligada as suas alianças internacionais. O declínio da Catarina coincidiu com o afastamento da Inglaterra do Império espanhol e aproximação do rei da França.

    Tivesse o rei da França aceitado que seu herdeiro se casasse com a Elizabeth e apoiado a ruptura da Inglaterra com o Papa, sua aliança com a Inglaterra teria se solidificado e talvez o Henrique não tivesse interesse em considerar nulo seu casamento com a Ana.

  7. Lucíola Abreu

    Pessoal alguem sabe se na hostoria verdadeira a Ana Bolena realmente teve filho do irmão? Pq no filme A OUTRA mostra isso!Quem sabe a história real?

  8. João da Silva

    Como sempre, mais um ótimo review, Ana Luh.

    Foi um brilhante final de temporada. Até agora esta foi a melhor série desta temporada.

    A série não vai ser a mesma sem a Natalie Dormer. O talento dela vai deixar saudades. Ela fez um trabalho brilhante num papel extremamente difícil. É lamentável que ela não foi indicada a nenhum prêmio. Espero ver mais trabalhos dela.

  9. Vivi

    Vc não foi a única que chorou por Ana Bolena.
    Partiu-me o coração saber que ela estava se entregando a morte por amor, pois ela aceitou o seu destino porque amava Henrique.
    Ela foi e sempre será uma mulher de bril…que mulher forte e esplendida, que tinha ideais e era forte o bastante para colocá-los em prática. E por isso ela era odiada.
    Chorei o episódio inteiro.
    Se Henrique estivesse ouvindo suas últimas palavras com certeza teria desistido.
    Ele pode ter anulado seu casamento, pois precisava de um pretexto para ver-se livre a novas conquistas, mas ele nunca deixou de amá-la. Eu acredito nisso!
    Que sofrimento ela passou confinada naquela Torre, uma tortura psicológica terrível!
    Não me admira quando dizem que um dos fantasmas da Torre é ela, com tanta dor ela só poderia querer ficar ali, quem sabe alguém descobrisse que eram acusações falsas e a libertasse.
    Até o maravilhoso, mas idiota do Brandon se curvou a ela.
    Ver o Thomaz Wyatt chorando desesperado foi uma facada, chorei junto……continuo chorando ao lembrar.
    Quanto a Jane, (concordo com vc, blééé), como ele pode trocar uma mulher como Ana Bolena, por uma Jane sem sal e açúcar.
    Tá, trocar Catarina (que apesar de tudo, pra ele, já tinha passado da idade) pela Ana, bonita, jovem, é uma coisa, agora trocar Ana pela Jane insípida não creio. Deve ter sido uma das rainhas menos significativas da Inglaterra.
    Henrique realmente foi um cretino no modo como conduziu seus relacionamentos e tratou suas mulheres, não deixou de ser um déspota em nenhum momento de sua vida, mas tenho que dar a mão à palmatória ele foi um dos mais promissores reis daquela época, de uma inteligência magnífica.
    Esses dias peguei Elizabeth, com a Keith Blanchet para assistir e fiquei espantada com as atitudes dela, com seus ideais, com a sua firmeza de caráter, ela pode não ter sido criada por seus pais, mas com certeza seus genes estavam ali, de caráter forte como a mãe e inteligentíssima como Henrique. Me apaixonei!
    Não vejo a hora da próxima temporada começar.

  10. Ana Boleyn

    Lucíola,
    Você não tem nem idééééia de como eu detesto TUDO nesse filme!
    Está TUDOOO errado! Não teve nada dessa história de filho entre a Ana e o George!
    A mulher que escreveu esse livro/filme deve odiar a Ana, já que transformou ela numa mega hiper ultra bitch!
    Não vá atrás desse filme para informações!!

    Todo mundo que comentou antes,
    Obrigado pelos elogios viu?! Fico até vermelha ^__^’
    Que bom que vocês gostaram das minhas reviews! Não tenho certeza, mas acho que ano que vem eu POSSO voltar, já que agora estamos presas com a Jane, neeeeeem sei se vou continuar a ver, mas….nunca se sabe! ;)
    Fico feliz de saber que não fui a unica que chorou com a Ana! Achei que ia aparecer algumas bitches ai dizendo coisas nojentas sobre ela, mas me deixa alegre de saber que mesmo quem não gostava muito dela viu como a Ana era uma mulher de coragem incrivel!

  11. Mimi

    Fiquei com muita pena da Ana apesar de em nenhum momento ter achado que ela se redimiu. Muito pelo contrário, Ana Bolena não demonstrou nenhum arrependimento por tudo o que fez, e não foi pouco. Ao menos no final ela voltou a ser racional e atingiu o objetivo: atraiu alguma simpatia, já que o caso era perdido. Nem o discurso perante o povo nem a confissão foram gestos impensados, muito pelo contrário foram bem refletidos para tentar engrandecê-la para a posteridade. Algo do gênero “saio da vida para entrar para a história”. Impactante, porém artificial.

    Henrique é um animal. Nem merece qualificativos.

  12. Maddy

    Quem merecia admiração era Catarina. Ana apenas quis morrer com dignidade, não ia implorar ou rastejar, tinha que manter a pose superior. Pena dela? Simpatia? Poupe-me.

  13. Bernardo

    Ana Boleyn está correta … favor, esqueçam que esse filme (“A Outra”) existe.

  14. Fernando dos Santos

    A Natalie Dormer fez uma Ana Boylen tão abominável e desprezível que sua morte me deixou uma sensação dubia, um misto de prazer por ver a malvada castigada e decepção por ver uma personagem tão bem escrita e interpretada saindo da série para não voltar mais.

  15. Géssy

    Concordo com Maddy e o Fernando totalmente!! Primeiramente Catariana sim foi uma grande dama da corte e merece a admiração por tudo o q. sofreu… agora como Ana Bolena foi bem interpretada!!! Natalie Dormer merece uma indicaçâo com certeza. Mas pena da Ana não ela teve o fim trágico q. tanto desejou a Catarina! Morte!!

  16. maria cecilia

    parabéns a série e aclamações para ANA,ela esta magnífica em tudo,até na hora de sua morte,que pena que não a veremos mais.Merece indicação pela sua estupenda interpretação.Ela é parecida com a ANA verdadeira,e nessa série ela se desabrochou como uma atriz de primeira.NATALIE DORMIER,esse nome é para não se esquecer.Foi para mim ,a melhor série do ano de 2008.Voces não concordam?

  17. Dominique

    Catarina era uma mala sem alça, tava lendo um livro ai qualquer, que mostrou um pouco do que ela passou na corte após a morte do 1º marido… Até lá ela conseguiu me deixar irritada e olha que o livro nem era sobre ela..

    Anyway… Quanto ao filme “A Outra” eu detesto! Muito mal feito e nem de longe chega aos pés do livro… O livro sim que é bastante interessante para se ler… eu só não lembro como ele realmente tratou a questão do George e da Ana! Mas a Ana da série é muito parecida com a do livro.. no livro inclusive identifiquei várias falas que vi em The Tudors…

    A Natalie TEM que ser indicada a alguma coisa, não é possível! Ela estava magnífica, dominava as telas em meio a excelentes atores…

    Ah, Ana, vc uma fez deixou um comment no meu LJ em relação ao meu header hahaha só agora que vi que era vc!

  18. Aline

    Admito que acho a Natalie uma boa atriz mas nunca a achei realmente digna de um Emmy/GG (não me batam) e que nunca fui fã da Ana, pq ela era hipócrita. Mas tive que me render e chorar nesse episódio. Vai entrar pra história dos episódios com melhores quotes. A atuação da Natalie tava muito melhor do que o normal dela (não me batam #2) e com toda certeza conseguiu emocionar. Tem uma coisa em particular na atuação dela que eu realmente gosto: como ela ri e chora ao mesmo tempo, uma espécie de tique nervoso. Fica muito bom. Ela falando do tamanho do pescoço numa hora como aquela, foi tão característico da personagem.

    Achei o episódio muito bom, mas unicamente pelas partes da Ana e do Papai Bolena. Jane me irrita ao extremo, odeio gente sonsa, a Ana pelo menos tinha personalidade. E esse foi o primeiro episódi oque eu não consegui simpatizar com o Henry nem um pouco, nem a atuação do Rhys ajudou. Num episódio onde tantas coisas poderiam ser exploradas, passar toda a parte dele com ele obcecado por um cisne foi monótono e desinteressante. Esperava alguma demonstração de sentimento pela morte da mulher que ele amou por tanto tempo.

    Episódio muito bom? Sim! Mas ainda acho q o da decaptação do Sir. Thomas é o melhor da temporada.

    Confesso que sentirei muita falta da Natalie e da Ana apesar dos pesares. Vamos ver se a série continuará tão boa. Triste é ter que aturar a Jane…

    Se a Aline q vc mencionou sou eu então muito obrigada :D Eu adoooro Tudors e realmente gosto bastante das suas reviews :D

  19. Ana Luh

    Dominique,
    Uauuu! É você no livejournal?! \õ
    Que coincidencia cósmica!! hehehe ;D
    Livejournal é a vida ;)

    Aline,
    É você sim!
    Não vou te bater, imagina! (dessa vez passa…)

    Brincadeira tá! Não sou louca!

    ;)

  20. Mica

    Não acho que a Jane ocupará uma parte muito grande da próxima temporada. Quero dizer, Henrique ainda tem vários casamentos pela frente, não podem se dar ao luxo de usar a Jane uma temporada inteirinha (eu morreria de tédio, heheheh. A menos que a outra atriz consiga me cativar mais).

  21. debbie

    Eu chorei pela Ana e por todos seus “amantes”, fiquei tao triste em ver como as coisas acabaram para ela. Acho que Henrique quase se arrependeu, mas ele tinha o dom de nao olhar para atras, ele queria que tudo acabasse logo porque ele tinha medo de ceder.

  22. angelica

    Nem sei se vou continuar assistir o seriado..
    Pois, por mais bitch que Ana foi ..ela sabia se portar e era muito cativante…
    Essa Jane é muito chataaaaaa…. se faz de santa…. mas tem nada disso…

    Bem..assim como vc, partiu meu coração a morte dela e como ela lidou com isso…

    ÒTIMA REVIEW !!!!!!!!!!
    Se soubesse antes.. teria vindo mais vezes aqui..

  23. alessandro

    review decente seria se fosse imparcial e não so se falar sobre a Anaz

  24. Paulo Antunes

    Alessandro,
    Os reviews do TeleSéries são comentários críticos sobre os seriados. Para resumos existem outros sites. O que se valoriza aqui é justamente a opinião. O fato da Ana demonstrar carinho por um personagem, com mais ênfase do que outros colunistas do site o fazem, é justamente um dos diferenciais da review dela.

  25. FLAVIO ROLDAN

    QUANTO A INTERPRETAÇÃO DA ATRIZ INQUESTIONAVEL, MAS CHEGAR AO PONTO DE SENTIR PENA DA PERSONAGEM… FORA DE COGITAÇÃO, ACHEI QUE TEVE O FIM QUE MERECEU, TALVEZ FORA DADO DIGNIDADE DEMAIS PARA UMA PROSTITUTA NAQUELA ÉPOCA, ME CAUSA ESPANTO DE “CATARINA” NÃO TER MANDADO EXTERMINAR A MOÇA E SSEU PAI CAFETÃO LOGO DE CARA TERIA ACABADO COM O PROBLEMA PELA RAIZ, MAS EM COMPENSAÇÃO NÃO TERIAMOS ACOMPANHADO COM TANTO FERVOR ESTA SERIE MAGNIFICA.

  26. Vitória

    Olá, queria dizer que fiquei muito contente de achar uma pesssoa que goste bastante desta incomparável parte da história.
    Chorei demais com a morte de Ana Bolena na série, e acho a história desta mulher maravilhosa!
    Tenho um fotolog no qual posto sobre a dinastia tudor, e falo sobre o reinado de Henrique VIII.
    Se alguém se interresar http://www.fotolog.com/foalvi01
    E posso dizer que não vejo a hora de assistir a terceira temporada.

  27. Rosana

    Amei Ana Bolena desde o primeiro momento que a vi. Acho impressionante as pessoas encararem mulheres fortes como esse personagem de maneira tão negativa. Uma mulher que não nasceu para ser rainha chegar a sê-lo é algo extraordínario. A série vai perder muuuuito com a saída de Natalie (explêndida) e com seu personagem. Nenhuma das outras esposas de Henrique podem despertar o interesse que ela desperta. Todos a amam ou odeiam, ninguém lhe é indiferente. Isso é marcar a história de seu tempo. De seu ventre só poderia nascer uma outra magnifíca mulher. Chorei e fiquei embasbacada com a cena da decaptação, principalmente por saber tudo que ia deixar de ver dali em diante: Natalie como Anne Boleyn, simplesmente impagável.

    E ontem assisti “A Outra”. Sofrível, consiguiram reduzir Ana Bolena a uma louca. Tsc, Tsc.

    Primeira vez que venho nesse site e adorei saber que tanta gente gosta de Ana Bolena como eu.

    Abraços!

  28. Shirley Santos

    Infelizmente, vi esse review somente agora, mas não quero deixar de dar minha opinião.
    Primeiro: excelente review. Expressou muito bem a minha própria opinião.
    Segundo… sim, eu também chorei muito, muito mesmo. Passei a ver Ana com outros olhos e comecei até a procurar informações, digamos, mais acadêmicas sobre o assunto.
    E, além de tudo que foi mostrado, saber quem foi a filha de Ana… sem comentários.

  29. Leticia

    Só agora li o review queria saber duas coisa:
    1- Qdo estreia a 3 temporada?
    2- Pq naum foi o filho da Jane q assumiu o trono qdo Henrique morreu?O q aconteceu?

  30. Flávia

    Olha, você não foi o único que chorou de coração.
    Desde que conheço essa série, fui ler mais sobre a história da Era Tudors e claro da maravilhosa Ana Bolena.
    E nesse último capítulo da 2ª temporada eu chorei, não queria que ela morresse hahahaha, mas não podemos mudar a história =\.
    Foi uma injustiça ¬¬.

  31. lis

    A Ana Bolena era demais, é incrivel como a historia dessa mulher me cativou, não me conformo com seu fim, principalmente criei pavor do rei henrique, por não ter sofrido ou arrependido de ter mandado matar injustamente a mulher que ele amou por tanto tempo, lutou e enfrnetou todos pra ficar com ela, esse homem era louco de pedra, concerteza aquele acidente juntamente com opinios de falsos amigos dele, fizerem ele perde o pouco de humanidade q ele tinha.
    é uma pena, não podermos mudar a historia.

  32. Palas

    Ana era magnifica, pena que Henrique VIII só valorizasse uma geradora de rebentos masculinos e não uma verdadeira rainha.

  33. Mari

    Oii, nossa tbm chorei muito, nunca chorei tanto UHASUHAUSHA.. Umas das melhores séries que já vii! Natalie Dormer simplesmente perfeita como Annne Boleyn *—* HASUAHS Anne Boleyn perfect, wonderful! ? 
    Henrique VIII idiota –‘ QUEEN ANNE ?

  34. Luciapferreira

    Ana foi uma vagabunda que planejou tudo, mesmo que amasse Henrique, amava com interesse. Amei vê-la morrendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account