Log In

Reviews

Review: The OC – The College Try (episódio 73)

Pin it

cena de The College TrySérie: The O.C.
Episódio: The College Try
Temporada:
Número do Episódio: 73
Data de Exibição nos EUA: 20/4/2006
Data de Exibição no Brasil: 17/5/2006
Emissora no Brasil: Warner

Decepcionante? Talvez! Depois de todo o suspense criado em cima da paternidade do bebê de Theresa, temos no The College Try finalmente a resolução desse mistério. Mas isso é assunto para o final do review, antes ainda temos que comentar o retorno de Anna e os rumos que o relacionamento de Marissa e Volchok tomam nesse episódio.

Na primeira coluna que fiz para o TeleSéries, escrevi que os produtores prometiam que os últimos sete episódios dessa temporada seriam tão bom quanto os sete primeiros da série. Aparentemente, o que eles queriam dizer com isso é que toda a primeira temporada e seus triângulos amorosos retornariam à Orange County, de uma maneira ou de outra.

É tempo de visitar suas faculdades para conhecê-las e dessa forma temos uma pequena projeção de como funcionará a quarta temporada. Todos os nossos adolescentes favoritos de Orange County viajam separados em busca de seus objetivos para o próximo ano. Seth vai para Brown a fim de conseguir uma maneira de ser aceito. Ele acaba reencontrando Anna, que o ajuda a conseguir uma reunião com o responsável pelas admissões (gostei que ele não foi aceito apenas tentando convencer o Dr. Overbee, caso contrário a credibilidade de todo episódio se perderia completamente) e depois consegue uma entrevista para ele em uma das universidades de arte mais respeitadas do país, dando a ele uma outra oportunidade de poder ficar perto de sua amada.

Eu sempre preferi a Summer, mas devo confessar que depois desse episódio, acabei desejando a permanência de Samaire Armstrong na série. Mesmo com um plot mais ou menos, ela faz toda a diferença com os seus “confidence Cohen!”. O único problema é a intensificação dos problemas entre Seth e a Summer quando ela os vê no aeroporto comemorando e se despedindo. Gostei da parte em que eles passeiam pela universidade e o Seth tenta, mas mais uma vez não conta a verdade para Summer. Essa história tem que se resolver logo antes que fique entediante.

Ryan e Marissa vão para Berkeley, onde acabam se encontrando e tentando novamente ser amigos depois de mais um término de namoro. Eu prefiro essa relação de cumplicidade que ambos possuem quando estão separados do que os constantes desentendimentos quando estão juntos. Separados eles parecem se dar mais valor e ouvir o que o outro tem a dizer, sem toda aquela tensão de namorados, apenas como duas pessoas que já passaram por tantas coisas juntos e tem um passado de afeto e companheirismo.

Marissa desabafa dizendo as razões pelas quais ela vinha agindo daquela maneira. Além de estar completamente perdida devido às inúmeras reviravoltas que aconteceram em sua vida, ela simplesmente deixou de ser a garota perfeita e a idealizada por todos. Agora não sabe como retomar sua vida, pois sempre havia alguém disposto a lutar por ela e a reerguer sem que ela própria pudesse refazer-se por si mesma. Agora começa o novo ciclo da personagem, onde ela mesma terá que superar o que já passou e se preparar para uma nova vida que a espera no próximo ano.

Outro fator que a envolve é o término do seu “relacionamento” com Volchok quando ela percebe não haver futuro entre os dois e ainda não estava disposta a desistir de um namorado perfeito como o que a Noviça Rebelde tinha em seu filme. Mas depois, quando ela vai buscar suas coisas e encontra uma cópia do filme na casa de Volchok, ela acaba vendo que pode haver algo mais entre eles, algo além de sexo e pura diversão.

Kirsten nesse episódio finalmente cede ao alcoolismo. Depois de quase dez meses sóbria, ela não resiste a toda pressão que seu casamento está passando e após outro ótimo momento da personagem, em um jantar de negócios, ela diz:

You know, they say when you grow up you marry your father. I thought I’d escaped that.

cena de The College TryAlém disso, no começo do episódio, ela vê Theresa com um suspeito bebê e acaba contando a Ryan, fazendo com que ele volte antes do esperado para casa. Além de toda enrolação que já enfrentamos, descobrimos ao final do episódio que o verdadeiro pai de Daniel é Edie, e não Ryan. Não gostei de como foi revelada a paternidade, sem nenhuma trama por trás ou pelo menos alguma cena significativa além de:

He is not yours Ryan. Edie is the father.

Mas como ainda acredito que ela não disse toda a verdade sobre isso, já que a criança é a cara do Ryan e em The O.Sea (a última participação de Theresa), sua mãe diz que o bebê está cada vez mais parecido com o pai, espero que vejamos uma cena mais aprimorada sobre essa história nos episódios finais.

O episódio não me surpreendeu como eu esperava, mas manteve certa linha lógica, dando abertura para maiores histórias no futuro.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

12 Comments

  1. Anderson Vidoni

    Gostei do review. Eu também prefiro a Summer, mas a Anna é demais, de longe o melhor personagem convidado que já apareceu na série.

    Pra mim o episódio foi Seth, Anna e Summer, porque a trama deles foi tão melhor que o resto que quando estava passando qualquer outra cena não via a hora de eles aparecerem de novo, nem a parte da Kristen empolgou tanto.

  2. Richie

    gostei desse episodio…. a Anna pra mim deveria ser uma series regular ano que vem…
    ela faz toda a diferença….
    e ficou muito ruim mesmo como a theresa revelou o filho pro ryan…
    falha dos roteiristas…
    e a melhor cena do episodio vai pra kirten!!!!

  3. Victor Regis

    Achei o episodio bem morno.Não foi ruim, mas foi longe de ser otimo.O mais surpreendente foi ver a Summer caindo na propaganda do proximo episodio.

  4. João da Silva

    Acho que a melhor personagem é a Taylor Townsend (interpretada por Autumn Reeser).

    Achei este episódio mediano.

  5. Carlos

    Taylor tem evoluido muito . Ainda bem que a personagem não vai cair no esquecimento, como Alex, Zach e Lindsay, e vai continuar na série na proxima temporada.

  6. Juliano

    Não sei se esse é o lugar ideal, mas…

    COMENTÁRIOS SEASON FINALE (sem spoilers)

    Faz mais de uma ano que não assisto OC. A última vez que dei uma conferida na série, o SBT tava passando o começo da segunda temporada. Sendo assim, fiquei feliz ao não me ver perdido, já que o episódio é bem nostálgico. Gostei bastante. O “Big 4” relembrando seus velhos tempos. A Catlin, no seu jeito “quero-ser-bitch” é engraçadinha. A Rachel Bilson é uma graça, e carajo, como Ben Mackenzie e Adam Brody são canastras! Como eles já ganharam o Prêmio Teleséries!? A tão falada última cena é muito bonita, embora tenha me remetido ao super sentais (aquelas séries de super heróis japonesas) onde o herói caminha em câmera lenta enquanto o monstro pega fogo e explode lá atrás. HAHAHAHA

  7. Dora Dias

    Quem brilhou mesmo nesse episódio foi Kristen. Aliás, deveria ter tido mais cenas com ela. O casamento dela com Sandy, antes tão cool e equilibrado, agora parece passar por mais uma prova de fogo e espero que a volta dela aos copos renda mais situações inusitadas, para que osdois se entendam de uma vez! personagem convidada no. 1: Autumn Reese no papel de Taylor Townsend.

  8. Laura

    Gostei desse episódio… THE OC está me cativando de novo!!! espero que os próximos episódios permaneçam desse nível pra melhor!! Só não gostei d kirsten contando pro Ryan sobre o bebê enquanto ele estava conhecendo a facu, podia ter esperado ele chegar!!! Mas nota 10 pra Kelly que trabalhou muito bem nesse episódio!!!! Muito boa a interpretação dela!!!

  9. danny

    O melhor do episódio foi a cena em que Kirsten volta a beber. A Kelly Rowan esteve muito bem. E adorei o regresso da Anna. Ela vai ser regular na próxima temporada? Como ela vai estudar em Brown, vai ser impossível ela e a Summer não se encontrarem…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account