Log In

Reviews

Review: The L Word – Lifesize e Lone Star

Pin it

cena de Lifesize
Série: The L Word
Episódio: Lifesize e Lone Star
Temporada:
Número do Episódio: 32 (3×06) e 33 (3×07)
Data de Exibição nos EUA: 12 e 19/02/2006
Data de Exibição no Brasil: 20 e 27/08/2007
Emissora no Brasil: Warner

Estes dois últimos episódios não chegam a ser necessariamente uma encheção de lingüiça (com apenas 12 episódios por temporada, se a série precisasse encher alguma coisa seria sinal de que as roteiristas realmente não têm mais nada para contar), mas com certeza são daqueles episódios menores, que só servem para a série andar. Infelizmente, a terceira temporada tem mais destes episódios que as demais, por isso a sensação de que esta é a mais fraca das quatro temporadas até agora, mesmo que ela também tenha episódios poderosos como o quinto e outro que ainda está por vir (que, para não criar expectativas exageradas de quem segue pela TV, eu não divulgarei o número agora).

Dos arcos dramáticos sendo discutidos nestes dois episódios, dois deles merecem destaque. O primeiro é a progressão da doença de Dana. Eu tenho sentimentos conflitantes sobre esta história. Por um lado, eu a odeio, já que a Dana sempre foi uma das minhas personagens favoritas, e também porque eu já passei pelo drama que é ver alguém que eu amo em uma cama de hospital com câncer, com um médico dizendo que a metástase é maior do que o esperado. Por outro lado, eu acho este um dos grandes feitos da série, porque pela primeira vez eu vejo uma personagem de ficção encarar a morte e não virar uma santa, de uma hora para outra. Aliás, muito pelo contrário: “Câncer Dana” é uma cadela filha-da-puta que tira as pessoas do sério (especialmente Lara), rejeitando o tratamento, a vida, e a preocupação dos demais. Seria bem mais fácil apresentar uma coitadinha, filmar cenas dignas de um clip para o Emmy e fazer com que ela se arrependesse de todo e qualquer pecado cometido em sua vida. Seria fácil, mas não seria real. Você pode odiar a Dana o quanto quiser nestes últimos episódios, mas acredite: até você precisar encarar a sua própria mortalidade, você nunca vai saber como reagiria nesta situação. Cada um reage diferentemente.

cena de Lone StarE o segundo é a transição de Moira para Max. Também este arco me deixa dividida: por um lado, isso significa que a primeira butch da série vai deixar de existir (já que ser butch e querer ser homem são coisas completamente diferentes), e a série precisa de mais, e não menos personagens assim; por outro lado, é interessante termos um personagem transexual em pleno processo de mudança de sexo, é uma história interessante a ser contada. Antes desta temporada iniciar, as produtoras indicavam que haveria uma “grande surpresa” neste temporada, que “chocaria as pessoas”. No caso, a promessa de choque seria a do curto relacionamento de Max com Billie. Não sei se eu ando meio anestesiada demais com relação à ficção, mas eu não achei o relacionamento deles assim tão “chocante” quanto a Ilene Chaiken pretendia. Achei sim irônico que a primeira pessoa a ver o Max dentro de Moira tenha sido um homem, mas entendo quando ela (ele?) diz para Jenny que Billie foi a primeira pessoa a fazê-la (-lo?) sentir-se como um homem de verdade. E fico curiosa em ver onde a história de Max vai terminar.

De resto, tudo continua acontecendo como previsto no mundo das minhas meninas favoritas: Tina continua cada vez mais atraída por homens; Bette continua cada vez caseira (e “embarangando” a olhos vistos; felizmente, isso não dura para sempre); Shane e Carmen continuam sendo o casal mais chato da face da Terra; Alice continua sendo a personagem mais adorável de todas as séries que eu assisto; Helena (ou quem quer que seja aquela mulher interpretada pela mesma atriz, mas que não se parece em nada com aquela personagem da segunda temporada) continua se apaixonando por Dylan; Kit e Angus continuam sendo um casal; e Jenny continua doida de pedra. Ah, com o agravante de que agora ela será “Jenny Schecter, autora publicada”. Sim, isso é um mau sinal. Mas esta bomba-relógio ainda tem muito tempo para explodir; vamos nos preocupar com a saúde de Dana por enquanto, que isso é mais urgente.

Séries citadas:

é jornalista, professora de inglês e autora do blog Moda Fora de Moda. Fã de The Closer, The Office e How I Met your Mother, e viúva inconsolável de Arrested Development e Lost. Tem um gato chamado Tony Soprano.

27 Comments

  1. rafael

    bom,muito bom seu texto só não concordo com o lance da shane e carmen, não acho que elas são o casal mais ”chato” da face da terra,(bette e tina so prestou na 1 temporada),(max e jenny nunca prestou)esses sim são os casais mais chatos de toda a série..
    sobre a dana nossa é verdade mesmo apesar de ter odiado a IC depois de um tempo comecei a entender essa 3 temporada com tudo o que aconteceu nela principalmente depois de asistir a 4 ai eu finalmente entendir essa 3 e a transição dos personagens.O dificil dessa temporada é vç chegar ate o final sem ter um acesso de raiva com a escritora e as personagens,mais no final vç acaba entendendo ou aceitando tudo o que aconteceu nessa temporada, mais é claro com muitos acertos e erros que no final fazen parti de qualquer série…

  2. sil

    otimo texto….
    alguem sabe qual o problema que esta tendo co a islifecorp ja fais 3 dias que eu to tentando asesar,ela e so ta dando (pagina não encontrada)alguem sabe o ta rolando com a site??????

  3. Jaqueline

    Olá,achei o texto melhor que o epi,vc faz pontes mto pertinentes.Já vi quase td terceira,não tenho paciencia p/os desmandos da tv por assinatura.Tb acompanho pelo Islifecorp,tb estou tentando ACESSAR já FAZ algum tempo e dá erro,alguma alma caridosa,saberia dizer o que está ocorrendo?Agradeço desde de já.

  4. Paulo Antunes

    Fer,
    E a história da Alice ter tido um rolo com a Bette? Já havia sido citado na série antes e eu não tinha reparado? Ou foi a primeira vez?

  5. Fer Funchal

    na primeira temporada, se não me engano, já foi comentado q elas haviam ficado qdo se conheceram, e depois viraram só amigas. não lembro o episódio :-(

  6. Fernanda

    Oi xará adoro seus comentários!!! Vc tem toda razão qdo fala que alguns eps da 3a são encheção de lingüiça. Mas para não estragar a surpresa de quem acompanha pela Warner, acho que depois do 7o a coisa tende a melhorar um pouco!

    Sobre a Alice e a Bette foi mostrado uma parte (sexo) do relacionamento delas no ep 08 (se não me engano) da 1a temporada.

    E na segunda a Alice joga na cara da Bette o que é ser abandonada por ela…uma cena ilária e triste ao mesmo tempo.

  7. Pablo

    Olha, eu também acompanhei a doença em alguém que amo muito e, com certeza, não se tornou nada parecido com a Dana… mas cada um tem sua forma de lidar com a doença. E a Shane e a Carmen não é o casal mais chato da face da Terra, gradativamente a Carmen tem mudado a “forma da Shane encarar o mundo”, ou seja, monogamia agora faz parte do vocabulário dela. E as tatuagens que elas fizeram foram fofas!

    Tina tem se tornado cada vez menos digna de respeito. Uma hipocrisia só, principalmente quando passou a querer transar com homens. Não faz sentido pra mim, o amor que ela sente pela Bette não é falso, mas parece que também não é mais suficiente…

    Resta esperar pra saber o que será da Dana e se a Lara vai aguentar a pressão, porque se ela fugiu uma vez (mesmo com a insistência da Dana), ela vai fugir de novo quando a coisa apertar!

    E manda a Alice ter uma vida amorosa mais constante, porque a Uta não vai esperar pra sempre! Correr até o lixão pra procurar a Dana de papelão foi a gota d’água. Que vudu o quê…

  8. Fer

    É realmente ver a Dana nessa situação é bem triste, e confeso que estou com pena da Lara, eu sempre fui bem + (Dana e Alice), + nesses ultimos epsodios da pra ver o quanto a Lara gosta a Dana e esta sofrendo com tudo isso…
    Sobre a Tina concordo com tudo, ela esta fazendo feio… e espero que a Bette seja feliz, sem ela, pq ela não merece.
    Shane e Carmem é sempreee muito bom de ver, so q. acho q. as duas estão muito “paradas”, parece q. elas estão distantes da serie, não acontece nada que envolva mesmo as duas.. sei lá to sentindo faltas das cenas delas, dos problemas ciumes…
    Bom eu so uma que acompanho pela Warner, então hj em epsodio “inedito” =D
    Bejooo

  9. Amanda

    Acho que no plano geral, Shane e Carmem estão fazendo nessa temporada o papel do “casal” que era de de Bette e Tina na 1° temporada e de Tina e Helena na 2° temporada…

    Mas o que me deixou chateada é que provavelmente Lara vai sair de cena (e da série) com essa doença da Dana e transformação terrivel dela, eu tinha uma simpatia especial pela Lara.

  10. ma

    o pessoal gosta da Carmen (verdade seja dita, é realmente um mulherão) mas ví umas entrevistas da Sarah Shahi, sinceramente,a Carmen é muito melhor, tirando o comportamento da Carmen, a Sarah Shahi é só mais uma mulher muito bonita.

  11. Não sei se alguma de vcs peceberam que a Jennifer Beals, que faz a personagem Bette, está gravida na vida real? Por isso das roupas largas e nenhuma cena íntima!! Sei porque já assisti a terceira e também a quarta temporada, que por sinal está ótima!!bjus

  12. Muito bom o texto, parabéns. Apenas tenho que discordar em um ponto. Se a Shane e a Carmen são o casal mais chato da face da Terra, o que sobra então para Bette e Tina??

    A Shane e a Alice são o tempero de The L Word, ainda mais nessa terceira temporada que a Bette está mais insossa do que nunca.

  13. Fer Funchal

    Fê, é que eu não considero mais a Tina e a Bette um casal, ao menos não nesse ponto. mas se considerasse, pode ter certeza, seria difícil para mim escolher qual dos dois.

  14. sil

    concordo com a FÊ12,só incluiria a carmen nesse tempero kakakakakakaka.
    sabem não entendir esse lance da moira com o billi,credo achei super sem graça e falando nisso como a gente classifica essa transa,uma transa hetero ou o que?? por que afinal ali estava uma mulher e um homen não?
    ja asistir a 4 tambem e sinseramente ”eu”não gostei,é claro que foi melhor que a 3 temporada mais sei la pelo menos na 3 tinha a carmen e a dana e o que me deu mais odio foi ver a IC tentar meiu que subistituir as que sairam por outras,como se isso fose posivel,carmen e dana são insubistituiveis como todo o resto tambem são..não gostei de nenhuma dos novos personagens,o que salvou a 4 foi a alice e a betty

  15. Fernanda

    Realmente a Beals ficou grávida durante a 3a temporada, por isso como disse a Fer Funchal ela estava embarangando….rs

    Mas ela ficou linda grávida e voltou mais radiante ainda para a 4a temporada.

  16. Fer

    * sil – concordo com vc Achei horrivel o casal moira e Billie… não gosto nem de ver… coitada da Jenny…

    Não sei se + alguem esta acompanhando a 3º Temporada pela Warner + nossa ta muito triste gentee… esse ultimo ep. que passou segunda-feira (10/09) foi bem emociante, da um aperto no coração ver a Dana passando por tudo isso…

    Eu não vi nenhum ep. da 4º temporada ainda, + nossa fiquei super triste em saber que não tem + Carmem, Dana… seriooo elas são D+… ainda bem que ficou Shane e Alice pq sem elas não teria como!
    Bejooo meninas!

    * Fer Funchal – Guria PARABENS tah mandando muito bem nos textos, todos…

  17. priscila

    alguem pode me dizer se a atriz que faz Dana realmente teve que carecar a cabeça para viver esta fase que a personagem dela esta passando?porque para mim a careca me pareceu muito falsa eu não gostei!!!!

  18. sil

    pricila eu acho que era falsa,e ficou muito bizara mesmo a DANA tava parecendo o Dr.Evil de Austin Powers…kakakakakaka

  19. De

    A season 5 trás de volta a Jodi, Plyllis e a Tasha. Helena esta na prisão, Jenni agora é a toda poderosa do estudio e começa a dirigi um video sobre a historia que ela havia escrito sobre a meninas

  20. Laura Fabricio

    Estou esperando a 5ª temporada com muita curiosidade… Já terminei de ver a 3ª temporada (tenho os episódios e ainda acompanho pela Tv, na Warner, 47, às segundas)e estou vendo antecipadamente a temporada 4, enfim… Esta série é muito bem trabalhada, pois tem enredos maravilhosamente tramados, criatividade, excelente produção,sensibilidade, beleza, sensualidade, proximidade com a realidade do público sexualmente diversificado, muito humor e drama também, além do elenco interpretar muito bem. Como consumidora deste programa, digo que gosto muito e penso que, por mais que as roteiristas já tenham trabalhado muitos pontos interesantes de serem tratados em função do público alvo representado na tela, torço para que a mini-série não termine nunca… Tudo bem, eu sei que isso é quase impossível de acontecer, mas que seria muito bom ter The L Word para vida toda, seria sim, ah, como seria!!
    PS/ Fer Funchal, gostei do teu texto, retrata bem o que etá acontecendo na 3ª temporada, mas mesmo assim, continuo fã da personagem de katherine S. Moennig (Shanne).

  21. Laura Fabricio

    Pessoal, me desculpem: errata – Shane ( e não Shanne), como eu havia escrito anteriormente.
    Um abraço, Laura!!

  22. sil..

    As que voltam pra 5 temporada:Tasha,Jode e Plyllis
    As que não voltam pra 5 temporada:Papi e Peige.

    Bem essa 5 promete vamos ver se vai corresponder as nossas expectativas,me decepcionei um pouco com a 4 esperava mais,ja saiu fotos das meninas da 5 temporada e elas estão lindas de visual novo,a que eu mais gostei foi a shane seu cabelo ta muito parecido com o da 1 temporada,falando na shene pelo que li por ai ela vai voltar mais pegadora nessa temporada ja que no 1 episodio da 5 ela manda a peige pra ‘Marte’,não gostei de saber que ela vai voltar dese jeito,vai ser muito estranho afinal todos os personagens evoluiram muito nessas 4 temporada a shane pra mim foi a que mais evoluio,então esse lance dela voltar a ser de novo pegadora não me pareceu muito legal afinal vai ser como se tudo o que ela pasou nessas 4 temporadas não tivesem acontecido a hitoria dela com a carmen,com shay,afina quando é que a IC vai deixar a shane crecer.

  23. grasy

    Eu ainda nao vi a 4 temp mas a 3 ja começou a repetir ,
    Tomara q nao saia ninguem na 4 temp, pois elas sao maravilhosas.

  24. Paulie

    Sil, concordo com vc qd fala sobre a Shane, será q a IC realmente vai fazer a Shane regredir, sinceramente… fazer com q Shane volte a ser como antes é um retrocesso na personagem… tbm estou aguardando a 5ª temp. com ansiedade… rsrs
    e qem dera se Sarah Shahi podesse voltar a fazer par com Shane, seria maravilhoso ve-las juntas novamente… abraços a tds as fãs da serie!

  25. Kelly

    Também concordo com vocês. Seria maravilhoso ver shane e carmen novamente juntas, pois foi o melhor casal de todas as temporadas dessa série.
    Tomara que o escritor dê algum jeito de encaixar Sarah Shahi novamente em The L Word, e volte a fazer par com Shane..

    bjuss a todos…

  26. Cláudia Nascimento

    Concordo plenamente que Carmem e Shane foram o melhor casal da série. Infelizmente não entendemos a lógica de quem escreve, se´é que há alguma.

    A saída de Carmem tirou muito o brilho da série. Talvez quem tenha tomado essa decisão tenha sido a própria atriz Sarah Shahi, que por sinal é uma mulher lindíssima e muito sensual, tanto que sem ela deixei de ver a série.

    Vamos ver se teremos o prazer de tê-la novamente.

    Abraços.

    Cláuda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account