Log In

Reviews

Review: The Good Wife – Lifeguard

Pin it

The Good Wife - Lifeguard

Série: The Good Wife
Episódios: Lifeguard
Temporada:
Número do Episódio: 10
Data de Exibição nos EUA: 15/12/2009
Data de Exibição no Brasil: 1/2/2010
Emissora no Brasil: Universal

Esse episódio foi no estilo dos primeiros, com algo aparentemente simples, apenas a confirmação de um acordo entre as partes, que começou a ganhar grandes proporções à medida que foi se desconfiando da integridade do juiz. A história teve três possíveis conclusões ao longo desse capítulo, mostrando que é difícil prever que rumo um simples caso pode tomar nesta série. Outro tema abordado foi a amizade da filha de Alicia com uma garota que tem um pai que também está preso, mas mais para dar espaço para a sogra de Alicia aparecer.

Christine Baranski finalmente tem um destaque maior quando sua personagem recebe o convite para ser juíza. Mas desta vez, sem a história de Alicia e Peter ser abordada, o que realmente ganhou mais atenção foi mesmo o caso envolvendo o juiz. E parece que a disputa entre Cary e Alicia ficou definitivamente para trás quando ele recomenda que ela fale sobre o caso com Daiane, pois Will é amigo do juiz em questão. A primeira conclusão sobre as intenções do juiz é que elas foram motivadas por racismo.

O confronto entre Alicia e o juiz Baxter foi inevitável, mostrando que Alicia realmente segue suas convicções. Mas logo essa teoria acabou não se confirmando e fomos apresentados a segunda, quando as decisões do juiz podem ter se tornado tendenciosas após sua mulher sofrer uma violência durante um roubo por um afro-americano. Entretanto, acaba acontecendo com Will o que geralmente acontece em classes como advogados e médicos: o corporativismo. Will acaba sendo prejudicado em uma audiência, e por isso pede a Daiane que se afaste do juiz. Poderiam explorar mais esse tema, que também é interessante.

Mas Daiane, mesmo sofrendo pressão de Will e da chefe de justiça, que pleiteia um cargo de juíza a ela, não se rende. Foi interessante mostrar esse seu lado idealista que ainda não conhecíamos. Ela poderia fazer “vista grossa” para o caso e facilitar a sua campanha para juíza.

The Good Wife - Lifeguard

E a parte descontraída do episódio foi quando a sogra de Alícia molhou a mãe da amiga de Grace após ela insinuar que seu filho era desonesto. Cena bem engraçada, típica de mãe protegendo o filho. E no final a terceira conclusão que fechou o caso: o juiz era apostador e para mitigar suas dívidas enviava jovens a uma penitenciária juvenil privada em troca de dinheiro.

O episódio foi bem interessante. A perspectiva de três soluções diferentes acaba prendendo a atenção do telespectador. A série também demonstra que não vive só da história central Peter/Alicia e que pode muito bem desenvolver boas histórias, claro que nunca se afastando muito do tema central da série, que por enquanto será a volta (ou não) dos dois. Não quero Cary e Kalinda juntos os dois são muito diferentes como ela disse. E Will deixou no ar que pode sentir algo mais por Alicia do que uma simples amizade.

Séries citadas:

Luiz Marcelo é advogado. Fã de Lei & Ordem, Desperate Housewives, Grey's Anatomy, 24 Horas, The Good Wife e The Shield.

8 Comments

  1. Bernardo SA

    O desfecho me lembrou um episódio de SVU no qual todo mundo conspirou p/ pegar uma juíza no flagra. “The Good Wife” sabe executar muito bem seus roteiros e esse ñ foi diferente – muito bom.

  2. Beto-RJ

    Reflexões sobre TGW…
    1)O que é o comportamento de retardado de Cary?

    2)Daiane, de repente, se transformou numa idealista, quando seu compartamento, até aqui, não indicava isso?

    3)A ênfase dada ao destino da relação Alicia/Peter pode derrubar TGW?
    Afinal, uma mulher “separada”, com dois filhos, tendo que sustentar a casa, que volta ao mercado de trabalho depois de 15 anos e ainda tem que provar seu valor não é ‘gancho’ suficiente para segurar a especatativa e interesse do telespecatador?

    A meu conceito, a relação Alicia/Peter acabou e não merece destaque algum, a não ser saber se Peter vai ‘criar’ os filhos preso ou solto e morando com sua mãe.

    Concluíndo, a meu ver, Alicia(e seus dois filhos) é o ‘tema central’ e todas as demais tramas são periféricas.

  3. Regina Monteiro

    The Good Wife muito bom como sempre.
    Fiquei com a impressão de que este episódio veio para humanizar a Daiane, enquanto aos poucos vai construindo um outro perfil para o Will. O que me fez lembrar o que o Peter já havia sugerido para a Alícia.
    Outro ponto que me agradou no episódio foi mais uma vez a interação entre Alicia/Kalinda/Cary. Quando os tres trabalham juntos, nem os próprios sócios da firma se salvam.
    Quanto à nova amiga da Grace. Uma boa pergunta seria como os filhos da Alícia vãO se sair ao se deparar com os filhos de pessoas que o próprio pai colocou na prisão, uma vez que agora eles frequentam um mundo diferente do que estavam acostumados.

  4. Mônica A.

    The Good Wife muito bom como sempre.[2]

    Adorei a Diane. Estava esperando uma participação mais ativa da Christine Baranski e ela não decepcionou. Quanto ao Will, não o acho mal caráter como o Peter e o juiz estão tentando pintá-lo. Acho que ele deve ter feito algo ilícito no passado, mas as suas atitudes falam mais alto do que o que dizem dele.

    E eu acho que ele tem uma quedinha pela Alicia, sim.

  5. bia mafra

    Acho que a série quer mostrar é a multiplicidade das pessoas. ninguem eh mau ou bom o tempo todo, todos temos facetas, diferenças.
    Beto, o Cary não eh retardado ou tem o comportamento de tal, ele eh recém saído da faculdade, mostra a diferença que existe entre os estudos e a experiência, quem passou por isso pode confirmar o que eu to dizendo, nem a melhor faculdade do mundo te prepara para a vida lá fora. e ele só tá aprendendo ainda.
    quanto a relação da Alicia/Peter, se fossem um casal de namorados, já tinha acabado, mas é como ela diz, eles são família, ela até pode se apaixonar e sofrer por outro, mas a ruptura ainda não eh certa nem fácil. só o tempo vai mostrar.
    Mas o que eu realmente gostei nesse episódio foi a relação Diane/Will, podem ser rivais, podem até saber que um vai puxar o tapete do outro, mas se gostam e se respeitam, eh muito interessante esse tipo de interação.

  6. bia mafra

    Ah, marcelo, to so esperando as suas críticas, eu sei que virão…

  7. Ma Ivo

    Eu gosto muito desta série, mas…
    Achei meio forçado, quando Will, que é super amigo do juiz, chega à conclusão de que ele é corrupto imediatemente, só porque ele mandou diversos réus para um mesmo lugar.
    Não poderia ser simplesmente porque ele chegou à conclusão de que seria uma boa instalação? Será que não se concede o benefício da dúvida a um amigo??
    Acho que foram abertas vária possibilidades, e tiveram que encerrar logo, o episódio estava chegando ao final:-)
    A série vai bem melhor quando mostra a relação Alicia/Pete e a dificuldade dela em conviver com toda a situação, seu conflito de sentimentos, a proteção aos filhos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account