Log In

Reviews

Review: Terminator: The Sarah Connor Chronicles – Brothers of Nablus

Pin it

Terminator: The Sarah Connor Chronicles - Brothers of Nablus Série: Terminator: The Sarah Connor Chronicles
Episódio: Brothers of Nablus
Temporada:
Número do Episódio: 16 (2×07)
Data de Exibição nos EUA: 3/11/2008
Data de Exibição no Brasil: 16/12/2008
Emissora no Brasil: Warner

Embora eu tenha gostado bastante desse episódio, até agora eu não sei a quê ele veio (além de me fazer adorar a Cameron – e sua busca incessante pela jaqueta de couro – ainda mais). Por que Ellison foi ‘clonado’ e quase assassinado? E por que Cromartie mais uma vez o deixou viver? Não consigo enxergar sentido nesse drama entre os dois.

A prisão do ex-agente é compreensível depois da morte do pobre humano que teve as roupas roubadas, mas qual a importância desse acontecimento para a série em si? Mostrar que o tal agente que o interrogou interpreta um exterminador muito mais convincente do que Dillahunt interpreta Cromartie? Acho que não. Mas foi a única coisa que enxerguei na historinha toda. Porque apesar de eu ter gostado das conversas dele com a esposa e com Catherine, o que isso realmente acrescentou à trama? Se alguém conseguiu tirar algum sentido útil de tudo isso, por favor, compartilhe. A sensação de não enxergar a razão de ser de algo sutil é muito aflitiva.

De resto, a única trama mais importante foi Cromartie recebendo a foto de Cameron e partindo em busca de John. Gostei especialmente do momento que ele joga Jody do carro. Por outro lado, quis quebrar a televisão ao ver o (totalmente clichê) desencontro no mercado. Mas foi legal ver John apavorado com Cromartie batendo à porta de sua casa. E o sangue-frio da Riley é algo digno de nota. Inclusive, quero comentar novamente esta cena daqui há alguns episódios. Só preciso me lembrar.

Terminator: The Sarah Connor Chronicles - Brothers of Nablus O final deixou claro que o exterminador conseguirá o endereço dos Connor. E o pobre coitado que Sarah poupou provavelmente morrerá.

Duas coisas me chamaram a atenção nestas cenas no boliche. Uma delas foi Sarah apiedando-se do garoto. Ela é uma mulher durona, mas não cruel. Por outro lado, Cameron é prática. Lembrei da restrição que John colocou sobre o ‘tio Bob’ em O Exterminador do Futuro 2. Cameron não obedece a este tipo de restrição. Se ela vê necessidade de matar, ela mata. Simples assim.

Outra que mata sem qualquer remorso é Jesse. Essa mulher é um enigma. Ela era da Resistência, mas aparentemente não tem o menor amor pela vida humana. Parece que no futuro, os homens (embora quase extintos) continuarão se matando assim como hoje. Não consigo aceitar um soldado vir de um futuro onde o homem é um artigo de luxo, e matar no presente outro ser humano como se fosse nada. Nem mesmo Derek mata se puder evitar. Há algo de errado com essa Jesse, só resta saber o quê.

E correndo o risco de me tornar repetitiva, eu não entendo a raiva que John tem da Cameron. A explosão que o garoto teve com a mãe, acusando-a de não o proteger enquanto ele matava Sarkissian eu compreendo. Foi para salvá-la que ele matou o homem, mas naquele momento uma parte de John também morreu. Mas e Cameron? Foi ele quem a trouxe de volta, então por que fica jogando na cara da exterminadora toda hora que ela tentou matá-lo? Por que tanta raiva toda vez que ela se aproxima? Eu sei que na verdade a quebra na segurança foi dela (tanto quanto de Riley) ao se deixar fotografar num dos momentos de mau funcionamento do chip, mas John precisava reagir com tanta raiva contra a ciborgue sem que ela o provocasse? É isso que me irrita em John atualmente. A revolta que ele sente é tão profunda que ele desconta em todos (especialmente na Cameron) indiscriminadamente. Mesmo que não haja provocação.

E embora eu saiba que este foi um comentário curto, mas adequado para um episódio que não trouxe grandes inovações, jogo a vocês mais uma vez a pergunta para a qual não sei a resposta: o que o título dos irmãos de Nablus tem a ver com a história? Qual a referência? (além da explicação muito bem colocada de Cameron?).

Agora, novos episódios só em 2009. A boa notícia é que o próximo será um episódio bem diferente e que me agradou bastante. A todos um bom final de ano e espero ver todos de volta o mais breve possível.

Séries citadas:

Michele Reis Martins, a Mica, é advogada e mantém o blog Esperando o Esperado. Fã de Arquivo X, Highlander, Buffy, Doctor Who e sci fi em geral.

7 Comments

  1. Andrea

    Que bom que chegou sua análise! Desculpa me estender, mas é muito legal comentar :)
    – Essa parada de clone está se tornando um recurso muito perigoso e se banalizando. Se o exterminador precisa de um revestimento de carne, onde f*** arranjaram material genético de Ellison??? Então depreende-se que ele vai resistir até o pós-apocalipse! O que simplesmente vai direto contra a existência de Catherine, que pelo visto teve que ‘aprender’ a ser Cath nos dias atuais. Pior, ela é líquida, supostamente mais avançada, então pq ainda mandar exterminador tosco?? Custos? Crise automobilística pós-apocalíptica?? :D

    – E cadê aquele ônibus queimado com a ‘bolha temporal’? Seria fofinho (para os espectadores!) os Connors ouvirem uma nota na tv tipos ‘estranha explosão em ônibus deixa uma morta, mas sem pescoço’. E como disseram antes aqui, a estação temporal deve estar na maior hora do rush!

    – Ah nem me pergunte pq Cromartie poupa Ellison. A não ser que no futuro o ex-agente vire-se contra os humanos, quem sabe. Delirando, talvez por isso ele exista no futuro e pôde doar o dna pro seu clone – mas pq ele o mataria hoje??? Ah, tá, o clone era do bem :/

    – Ah2, nem precisava a Cath soltar o Ellison. Nenhum juiz racional acreditaria no depoimento da pobre testemunha.

    – A mulher que copia a foto era a do abrigo?? Quer dizer q qualquer zé pede foto de abrigado e recebe? Ok, tá.

    – Morte a Jody now! Por outro lado, parece que adolescente americano de filme é boçal, inconseqüente mesmo. Mas adorei o sorrisinho forçado do Cromartie ‘obrigado pelo seu tempo’ HAHAh

    – Total “sangue-frio da Riley é algo digno de nota”. Mas ela vê seu quase namorado com um RIFLE apavorado na cozinha e tipos ‘oh me vê um iogurte aí”?? Vamos ver se isso se desenvolve e ela se toca que John é meio esquisitinho.

    – Jesse tem definitivamente culpa no cartório. Lembra das fotos que ela escondeu de Derek? Sinistro. Não me surpreenderia se ela fosse ‘do mal’, meio aquele cara do Matrix que prefere a vida de aparências. Ela cansou de lutar e pronto.

    – Quanto à raivinha (contra todos) de John, quem sabe é o clichê 2, adolescente americano revoltadinho. Estou esperando a cena clássica de “I hate you” pra Sarah :D :D E obviamente ele é o último a admitir qualquer erro, como o do alarme, q o tornaria mais infantil e dependente dos cuidados da mãe e da Cameron.

    – Dando uma ‘googada’ em irmãos de Nablus sem nem lembrar pq o assunto surgiu no epi, seria, chutando muito, a conseqüência de um ato de quase boa vontade (John deixar a garota dormir na casa dele) causar uma desgraça (o Cromartie persegui-lo)? Certeza, só nos comentários do diretor no dvd heheh

  2. Mica

    Andréa, adorei seus comentários ^_^. Infelizmente estou saindo de viagem neste exato instante, o que significa que farei apenas um comentário bem curtinho:

    Eu tenho certeza que Jesse é do mal. Agora, de que lado do ‘mal’, só eles sabem por enquanto. Eu tenho cá um milhão e meio de teorias e nenhuma me parece boa o suficiente.

    Sobre o depoimento do cara, nenhum juiz faria o tipo de pergunta que a Catherine fez, por isso que ela interviu (ou interveio??). Até ali o depoimento dele era consistente, mas com ela forçando-o a falar sobre a descarga de energia e a bolha no meio do asfalto ela conseguiu desacreditá-lo.

    E por último, a foto no abrigo foi tirada quando Cameron ficou lá e depois a mulher enviou para a polícia (pelo que eu compreendi) e o Cromartie, como tem acesso aos registros da polícia, viu a foto. Mas a foto que ele usa para encontrá-la (e o John) é a dele no banco, lá do primeiro episódio (se não estou enganada).

  3. João da Silva

    No início do episódio é explicado porque o Cromartie deixa o Ellison viver. O Cromartie disse para o Ellison que ele um dia os levará aos Connors.

  4. Milena

    Não achei nada de corajoso a atitude da Riley. Ela não faz idéia do perigo que corre. Parecia criança mimada que quando ouve um não vai lá e faz assim mesmo. Acho ela muito chata, metendo-se em tudo, até onde não é chamada. Eu se fosse a Sarah, já teria mandado um passa fora nela. kkkk De resto, foi um bom episódio.

  5. Mica

    É justamente por isso que eu quero comentar esta atitude da Riley mais à frente…(se lembrar)

    Eu sei que o Cromartie explicou a atitude dele, João, mas não me convenceu. Acho uma desculpa muito furreba. O próprio episódio demonstrou muito bem que ele não precisa do Ellison para achar os Connor, muito pelo contrário. O agente levou anos perseguindo a família e nunca os encontrou, pq isso mudaria agora?

  6. Kla

    Ínfelizmente não pude assistir aos dois ultimos episodios.
    Sobre a cameron e o john, sei lá, acho q ele se sente assim por gostar dela qdo ela quis matá-lo ela se utilizou do artificio de dizer q o amava (pelos menos na minha lembrança toda a essa cena e a da casa mexeu mto com ele…), fiquei com a sensação q ele queria ter certeza se a cyborque tinha algum tipo de sentimento por ele, por isso a trouxe de volta. (afinal ele é um adolescente e eles têm esses amores platônicos e impossíveis…)

  7. Orlando Augusto Stock

    Ate acho que este seriado é muito bom mas na minha opiniao John Connor é a personagem mais mal desenvolvida do enredo.Ele é um garoto mimado e para quem no futuro vai ser o Líder da Resistencia John já devia estar a treinar com armas,receber treino militar,desenvolver a personalidade de líder.Embora ele tenha apenas 16 anos de idade é compreensível que ainda seja muito jovem para se preparar para uma grande responsabilidade,mas não nos esqueçamos que já vieram Exterminadores do futuro para matá-lo e por isso não entendo porque John em vez de fugir das máquinas devia aprender como neutralizá-las.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account