Log In

Reviews

Review: Stargate Atlantis – The Seed

Pin it

Stargate Atlantis - The SeedSérie: Stargate Atlantis
Episódio: The Seed
Temporada:
Número do Episódio: 82 (5×02)
Data de Exibição nos EUA: 18/7/2008
Data de Exibição no Brasil: 27/8/2009
Emissora no Brasil: FX

Em The Seed, Atlantis corre o risco de se transformar em uma colméia e voltamos a ter um episódio que, se não foi excepcional, teve (ao menos em mim!) o mérito de reascender a decepção com o cancelamento da série e de quebra, com a volta de Paul McGillion, despertar aquela dúbia sensação de que Sunday foi um marco e um erro ao mesmo tempo.

Em essência o episódio mostrou a chegada de Richard Woolsey à Atlantis e sua sutil transformação ao se deparar com a primeira crise que atinge a cidade durante seu comando.

O Richard Woolsey que chega à Atlantis é aquele que, logo no início do episódio, dá um ultimato a Keller sobre o destino de Beckett: ou a médica o retira da câmara de estase e faz o teste com o soro que conseguiu manipular, ou esquece o assunto, uma vez que as pesquisas de laboratório chegaram ao seu limite. Ele é um homem que se move pela lógica dos fatos.

Mas Richard Woolsey não sai impune da convivência com os outros personagens. Se, num primeiro momento, a vida de Carson Beckett não passa de um ponto na pauta de uma reunião de equipe, em um segundo momento é com a saúde de Beckett que ele está preocupado, para logo a seguir admitir que, diante da crise que atinge Atlantis, o médico é o mais próximo que eles têm de um especialista. Outro momento que exemplifica essa mudança é sua decisão sobre a forma a ser utilizada para se eliminar o problema que atinge a cidade: a entidade que se espalha por Atlantis usa a Dra. Keller para pensar, sentir e agir; o problema pode ser solucionado simplesmente eliminando-se a médica. Mas Woolsey não consegue lidar com essa situação da mesma forma como lidara com Beckett ao chegar à Atlantis. Ele infringe umas tantas regras para tentar salvar a vida da médica.

Stargate Atlantis - The SeedNo final, mais do que a ameaça da vez e a solução encontrada para contê-la, o episódio é uma demonstração de como a paixão, muito mais que a razão, move os integrantes da equipe e como essa mesma paixão é contagiante até mesmo para o mais ferrenho dos burocratas.

Richard Woolsey aprende que, em Pégasus, a paixão às vezes significa transgredir. Diante do conflito que se apodera dele a respeito de sua capacidade para comandar a missão em Atlantis, uma vez que seguir as regras pelas quais deve pautar seu comportamento nem sempre é suficiente ou desejável, faço minhas as palavras de Sheppard:

Bem vindo à Galáxia de Pégasus!

E acrescento: que parece ter o poder de transformar as pessoas, como aconteceu com Mckay e, parece, acontecerá com Woolsey. Se assim for, arrisco dizer que ele será alguém muito mais interessante no comando do que foi Samantha Carter.

Séries citadas:

Historiadora e professora não praticante. Adora uma boa história, seja ela escrita ou encenada. Atualmente, em seu coração, dividem espaço Person of Interest e Once Upon a Time. A Guerra dos Tronos? Prefere o livro.

6 Comments

  1. Marcos Almeida

    “Se assim for, arrisco dizer que ele será alguém muito mais interessante no comando do que foi Samantha Carter.”

    Heresia, Regina!!! huahauahuaa
    Ainda não vi o episódio, só domigo!

  2. Cesar Adriano

    Detestei esse episódio!!! Achei totalmente forçado a trama pro Woolsey provar que é um “bom comandante”, olho pro sujeito e não consigo parar de lembrar do dr. de Voyager.

    Dra. Weir, por que?! por que tu foi embora…volta por favor!

  3. Fernando dos Santos

    Os roteiristas até que conseguiram iniciar bem o processo de transformação do Wolsey, visando transformá-lo num personagem aceitável.Espero que continuem nesta linha e não errem a mão pois o personagem é chato e o ator pouco carismático, portanto a tarefa é ardua.

    Alguém sabe se vai mesmo acontecer o longa direto para DVD com a equipe de Atlantis?

  4. Regina Monteiro

    Fernando
    Stargte: Extinction está em fase de pré-produção, com roteiro de Paul Mullie e Joseph Mallozzi. Amanda Tapping e Robert Picardo também estão no elenco.

  5. Fernando dos Santos

    Muito obrigado, Regina.

    Então em breve poderemos matar as saudades de Atlantis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account