Log In

Reviews

Review: Stargate Atlantis – Infection

Pin it

Stargate Atlantis - InfectionSérie: Stargate Atlantis
Episódio: Infection
Temporada:
Número do Episódio: 97 (5×17)
Data de Exibição nos EUA: 5/12/2008
Data de Exibição no Brasil: 10/12/2009
Emissora no Brasil: FX

Todd mais uma vez cruza o caminho de Atlantis em um episódio que foi muito bom tanto se pensarmos na continuidade do arco envolvendo o personagem e a repetição de um padrão de comportamento, quanto o desenvolvimento da trama especificamente.

O episódio dá continuidade à The Lost Tribe, quando o espectro e seus guerreiros escaparam da Daedalus nos F-302, depois de ter programado a nave para colidir com um planeta enviando sua tripulação para a morte e frustrando as expectativas de continuidade das experiências com a terapia genética desenvolvida por Beckett/Michael/Keller.

Neste episódio ficamos sabendo que ao deixar a Daedalus, Todd havia se apropriado de uma amostra da droga que provocaria a alteração genética dos espectros, continuando com a pesquisa ele próprio. Nada surpreendente se lembrarmos que em The Seer ele já havia roubado informações sobre a ponte intergalática; em Be all my sins rememberd’s foi a vez de um ZPM e em The Queen usara Teyla para conseguir tornar-se comandante de uma ampla facção na guerra entre os espectros.

Em Infection também vemos, mais uma vez, Todd exercitar sua incrível capacidade de perceber como um problema que está enfrentando pode também ser um problema para Atlantis e, armado somente desta sua sutil percepção, mesmo depois de quase ter matado a todos em The Lost Tribe, levar sua colméia até o planeta onde se encontra a cidade, esperando, ao invés de ser morto e sua colméia destruída, encontrar uma solução para a devastação causada entre sua tripulação pelos efeitos colaterais da terapia genética.

Se visto apenas por esses ângulos o episódio já mereceria crédito, o desenvolvimento da trama e o momento de sua exibição foram acertados, pois a série se aproxima do seu final e tanto o personagem quanto a polêmica terapia genética mereciam um desfecho.

O roteiro acertou ao apontar para os zumbis (que renderam algumas cenas de impacto), mas de fato colocar a desintegração da colméia como o maior perigo a ser enfrentado pela equipe. Evitou-se assim a banalização do tema que já fora utilizado nesta temporada em Whispers, ao mesmo tempo em que a trama passou a girar em torno dos efeitos da terapia genética: de um lado o desejo de Atlantis de encontrar uma solução que evitasse os danos colaterais causados pelo medicamento; de outro o espectro preocupado em encontrar uma forma de reverter o processo de alteração genética.

E é quando Todd finalmente encontra a solução que deseja que fica claro a fragilidade da linha que separa humanos e espectros. E faz sentido destacar duas sequências emblemáticas do episódio: uma conversa entre Keller e Todd e a cena final.

Stargate Atlantis - InfectionA discussão entre Keller e Todd a respeito da forma de agir do médico e do soldado, é reveladora da proximidade que existe entre o espectro e Sheppard. Embora Sheppard esteja mais propenso a demonstrar compaixão, qualificativo que o espectro entende como uma fraqueza, Outsiders veio para demonstrar que John Sheppard também pode tomar decisões que estão a um passo da crueldade. Por outro lado, a ambos pode-se atribuir qualificativos como lealdade, dedicação e honra.

E é a mesma fé na palavra dada que levou Todd a devolver a vida a Sheppard em Common Ground que em Infection faz com que Sheppard deixe que Todd procure a cura para a doença provocada pela terapia genética. De minha parte, fico torcendo para que Todd sobreviva ao encontro com o Iratus e quem sabe, possamos vê-lo uma outra vez fazendo o caminho inverso pelo portal de Atlantis.

Séries citadas:

Historiadora e professora não praticante. Adora uma boa história, seja ela escrita ou encenada. Atualmente, em seu coração, dividem espaço Person of Interest e Once Upon a Time. A Guerra dos Tronos? Prefere o livro.

4 Comments

  1. João da Silva

    Bom episódio. Entretanto acho que foi um erro terem levado o Todd para Atlantis. Se ele passar a localização de Atlantis para outros da raça dele, os humanos vão ter problemas.

  2. Fernando dos Santos

    Gostei do episódio também.E como o review bem apontou, eles acertaram ao não focar o episódio nos zumbis pois ficaria repetitivo.

    Agora, quanto a presença de Todd em Atlantis eu acho que não vai oferecer risco pois ele depende do pessoal de lá.Ainda que o wright veja os humanos como mero alimento, ele está preso a aliança com os atlantes por força das circunstâncias.

  3. João da Silva

    Mas se um outro Wraith capturar o Todd e interrogá-lo/torturá-lo, ele pode acabar cedendo e então dizer onde Atlantis fica localizada.

  4. Fernando dos Santos

    O Todd parece ser duro na queda e acho que não vai entregar o ouro pros bandidos nem sob tortura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account