Log In

Reviews

Review: Smallville – Zod (episódio 111)

Pin it

cena de ZodSérie: Smallville
Episódio: Zod
Temporada:
Número do Episódio: 111
Data de Exibição nos EUA: 28/9/2006
Data de Exibição no Brasil: 7/11/2006
Emissora no Brasil: Warner

Começou! Começou! Depois de mais de longos meses de espera, a sexta temporada de Smallville começou. Clark está preso na Zona Fantasma e então “escorrega” para dentro dela. A versão dimensional da Zona Fantasma se apresenta como um grande deserto em tons de azul (nada como uma lente para dar um efeito diferente). Ele começa a ser cercado por alguns fantasmas (outros prisioneiros da Zona).

Uma nômade aparece e espanta as criaturas, usando um medalhão com o símbolo clássico do Superman (e não aquele estilizado, que já foi largamente usado na série). Clark agradece a gentileza e recebe um chute na cara.

No centro de Metrópolis, Chloe e Lionel estão tentando se defender dos arruaceiros quando de repente um dos seguranças do Sr. Luthor aparece para ajudá-los (no universo de Smallville, esse foi um dos Deus Ex-Machinas mais sutis já utilizados).

Enquanto isso, no terraço da Luthorcorp (é incrível como o céu da cidade ficou parecido com o de Gotham City – seria um crossover involuntário?) Lana pede para que Zodlex (© Juliano Cavalcante) termine com a confusão. Mas ele obviamente se nega. Lionel e Chloe chegam no local no exato momento em que o vilão levanta vôo levando Lana (repita bem rápido).

Lionel diz à Chloe que a única maneira de eliminar Zod é matando seu hospedeiro. Luthor Sr. também faz questão de frisar que desde a hora que seu filho foi possuído, ele perdeu qualquer conexão existente entre ele e Jor-El.

De volta ao deserto, a nômade interroga Clark. Quando o futuro Superman diz que é filho de Jor-El, a moça diz que é guardiã da Zona, e que conheceu o patriarca da família.

Zodlex (© JC) leva Lana até o hangar onde a nave kryptoniana se encontra. Ele transforma o veículo em um medalhão.

A ação se transfere para o Pólo Norte, onde o avião pilotado por Spike, digo, por Braniac caiu. (E aqui está o furo do episódio, porque ele estava levando o avião para lá?). Martha vê que Lois está desacordada e a leva para a Fortaleza da Solidão. Depois de um papo com Jor-El, a Senadora recebe o punhal que deve ser usado para matar o receptáculo de Zod. Elas então são teleportadas para Smallville.

cena de ZodChloe está na sua (destruída) sala do Planeta Diário, lendo alguns papéis com escritos kryptonianos. Ela escuta alguém vindo, pega uma arma e atira contra uma janela. O alguém é na verdade Jimmy Olsen, interpretado por Aaron Ashmore (Veronica Mars). Aaron é irmão gêmeo de Shawn Ashmore, que interpretou Eric Summers em Leech e Asylum. E pra quem não lembra, em Unsafe, Chloe menciona que perdeu a virgindade com um garoto chamado Jimmy. Se existe alguma dúvida de que Jimmy e Jimmy são a mesma pessoa, ela desaparece com a primeira linha de diálogo do personagem.

Isso tudo não é porque eu não retornei a sua ligação, é?

Zodlex (© Juliano…vocês já sabem) chega com Lana ao escritório de Lex, atrás de conseguir algumas informações para poder invadir o Pentágono (!). Então Lana decide invocar a Uma Thurman que existe dentro dela, pega uma espada e avança pra cima dele. O madafoca toma a espada dela e crava a mão da moça na parede. Vendo essa cena, apenas uma palavra veio à minha cabeça: ui!!! (© Anderson Vidoni).

Clark pede para Raya (a nômade) uma maneira de sair da Zona. Ela diz que é arriscado. Ele diz que quer tentar mesmo assim. Enquanto ambos caminham em direção ao suposto portal, são atacados por Nam-Ek, o kryptoniano que Clark prendeu na ZN em Arrival, e mais alguns outros prisioneiros. Aethyr não pôde aparecer (estava muito ocupada se casando com Horatio Caine e sendo assassinada logo depois). Raya se revela uma traidora, que não está interessada em tirar Clark da Zona. Mas ele é a chave para abrir a passagem. Mas, na verdade ela estava apenas fingindo-se de má para ajudar o nosso protagonista. No final das contas, Clark consegue se libertar, levando mais alguns fantasmas no trajeto. E Raya morre.

Lana pega o punhal com Martha e tenta novamente dar cabo de Zodlex (ela é brasileira e não desiste nunca). Mas obviamente o plano não funciona, e moçoila apanha mais um pouco.

cena de ZodClark finalmente vai rapidamente até a Mansão Luthor, destrói o medalhão (que estava causando terremotos). E o quebra-pau entre dois finalmente começa. As possibilidades físicas da batalha são bem exploradas. Destaque para a parte em que Zod bate tanto em Clark que chega a quebrar uma pedra na qual o último estava apoiado. Depois de aparentemente vencer a luta, o vilão pede que Clark se ajoelhe diante dele (essa será a cena usada nos trailers da série aqui no Brasil, podem escrever). O que Zod não contava é que Clark usaria o medalhão que ganhou na ZF contra ele. Puff! Zod se foi, e tudo que resta agora é um Lex desmemoriado.

Clark vai visitar Lois no Hospital. Num gesto quase automático, ele segura a mão dela. Quando os dois percebem, se soltam rapidamente. Gracinha!

Lex vai falar com Lana. Essa cena é curiosa. Lex sofre do mesmo mal de Clark. A tal da amnésia conveniente. Essa é uma das coisas que Lana sempre odiou no Superboy. A cara dela quando percebe que a mesma coisa aconteceu com seu namorado atual poderia ser tirada de um episódio de Arrested Development (“I made a huge mistake!”).

Clark vai até o Planeta Diário ver como Chloe está. Ele começa a dizer algo sobre o beijo que eles tiveram, mas Chloe rapidamente desconversa e diz que não foi nada demais, que aquilo foi um “beijo de fim de mundo”, etc. Jimmy chega e Chloe apresenta os dois rapazes. Clark Bluth percebe que há uma certa sintonia entre os dois e pensa a mesma coisa que sua ex-namorada (ver parágrafo anterior). E Allison Mack está absolutamente adorável em toda essa seqüência. Ah, como eu a amo…

O Pequeno Kent volta para o Rancho, onde encontra sua mãe arrumando as coisas. Clark tem então um pequeno monólogo, talvez seu momento mais confessional em toda a série:

Tudo está mudando. O papai morreu. Não posso falar com Lex. Lana está… Eu não sei o que fazer daqui pra frente.

Lionel aparece rabiscando alguns papéis. Vemos então que se trata de alguns símbolos kryptonianos. Mas ele não tinha perdido sua conexão com Jor-El? Estranho. E Lex está em seu escritório na Mansão Luthor quando encontra um dos fragmentos do medalhão feito por Zod, que Clark havia fritado anteriormente.

A última cena se passa nas Cataratas do Iguaçu (do lado argentino, infelizmente…). Um dos fantasmas que escaparam da ZF aparece em alta velocidade.

E essa foi a premiere. Gostaram? Semana que vem tem novo poder vindo por aí…

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

28 Comments

  1. Paulo Antunes

    Juliano, foste generoso ao dizer que a queda do avião da Martha “foi o furo do episódio”. A Lana teve a mão perfurada fez um curativo e tudo bem? E o que foi o Lionel dando porrada nos deliqüentes na rua?

    Tirando a minha implicância natural com a série, tem outra coisa que este detestando em Smallville. Até aqui achava que uma das idéias mudanças mais criativas no mito do Super-Homem era a idéia de que ele tinha sido mandado na Terra pelo pai para ser o rei dos humanos. Foi uma idéia do cacete fazer do Jor-El um vilão. Eis que a impressão que dá é que não era bem assim e neste ponto da série Jor-El passar a ser uma pessoa boa que foi mal interpretada. Um exemplo clássico disto é o tal medalhão com o “S”. Ao adotar ele quando virar adulto, Clark está abraçando sua origem… Ou estou falando alguma besteira?

  2. Victor Hugo

    Foi muito bom mesmo… a luta entre Clark e Zod foi bem melhor do que a premiere da season premiere da temporada passada…

  3. Maurício

    Paulo Antunes, nunca achei que tenha sido boa a idéia do Jor-el ser maléfico. Sempre entendi que ele era mal interpretado. Agora essa serie Smallville tá ruim demais. Depois desse episódio eu paro de assistir (já devia ter parado há mais tempo). É muito contraditória, mal escrita e o Clark Kent é muito BURRO! Tudo que dá errado é pelas besteiras que ele faz. Quando essa série começou, eu fui um grande entusiasta dele. Apesar de furos e erros. Porém, da quarta temporada para cá. Ficou insuportável. Ela passou da hora de acabar. Ou acaba ou vira outra coisa. Metropolis por exemplo, mostrando a vida do Clark como universitário em Metropolis. Conhecendo novas pessoas, novas tramas, antes de virar Super Homem.

  4. Neto Paes

    Tb achei estranho o brainiac levando o avião pro polo norte. Mas só te corrigindo, Jor-El não deu o punhal pra Martha, mas ela o achou no celeiro. E pelo q entendi aquilo q o Zod pega da nave é o seu HD(???), e não um medalhão. Agora, que raiva que deu da Lana, ela falou todas aquelas besteiras pro Clark no final da temporada passada e quando viu que tava ferrada, a primeira pessoa q ela procura é quem??! Clark Kent!!!!

    E não é estranho ter um Jimmy Olsen que é a cara de um dos inimigos do Clark e ninguém nem ter notado?!!

    Ah, só por curiosidade, o que significa Deus Ex-Machinas??

  5. cavalca

    Em resumo, Deus Ex-Machinas é um recurso narrativo (muitas vezes um recurso “fantástico”) que serve para resolver uma encruzilhada da história.

  6. Luiz Alexandre

    Lógico que Jor-El não é mal, além do mais, tem um episódio que mostra que ele já conhecia a Terra, então, quando seu planeta estava sendo destruído, ele manda seu filho Kal-El para cá, para que os Kent(pois já conhecia o pai de Jonathan)o encontrassem. Aliás, em um episódio adiante(6.6), fica clara a intenção de que ele envia Clark para salvar a terra da mesma destruição de Krypton.

  7. Vicente Filho

    Uma pergunta para vcs que conhecem o universo das HQ do Superman: Essa nômade do episódio, a Raya, tem algo a ver com a Supergirl dos quadrinhos?

  8. Thiago FLS

    Não, não tem nada a ver. Nos quadrinhos a Supergirl é Kara Zor-El, prima de Kal-El.

    No final da terceira temporada apareceu uma Kara e muita gente ficou especulando se ela seria a jovem Supergirl, mas ela acabou sendo uma humana manipulada por Jor-El.

  9. Paulo

    Notaram o finalzinho do episódio, onde menciona que as cataratas do Iguaçu ficavam em Patagônia, Argentina??? Aprendam mais geografia, gringos.
    Fora isso, adorei o novo episódio.

  10. ThiagoFLS

    As legendas da Warner disseram “Patagônia” mesmo, mas não sei se as do episódio em si cometeram o mesmo erro.

  11. Juliano Cavalca

    Tenho 99,99% de certeza que não é erro do episódio. Mas é provável que os legendadores da Warner tenham tido umas aulinhas com os da FOX. Aí…

  12. Anderson Vidoni

    Só pra dizer que a Chloe é a melhor coisa da série e como ela tava bonita no final.

    A Zona fantasma ficou muito bem feita, assim como foi muito boa a luta do Clark com o Zod.

  13. Marcio

    Estava escrito Patagonia mesmo. O erro nem foi ter dito que as cataratas ficavam na Argentina: afinal, a maioria das quedas ficam do lado de lá mesmo. Mas daí a dizer que ficava na Patagônia, que fica beeeem mais ao Sul, isso sim foi erro dos produtores de Smallville :P

  14. Laís

    So tenho umas coisa simples a dizer.. MELHOR TEMPORADA EVEEEEEEER!

    :D
    Super feliz com Smallville.. amo por demais! ;)

  15. wesley

    No resultado final,foi um episódio interessante que acabou prendendo atenção.Mas as situações resolvidas rapidamente, e os errozinhos de sempre já estão enchendo nossa paciência!

  16. Paulo Roberto

    Pra quem acha a série ruim e o Clark Burro, tenho uma coisa a dizer o homem de aço é o que é hoje graças ao erros que cometeu no passado por tal motivo ele se torna um verdadeiro icone da justiça pois sentiu na pele toda a dor e tristeza de suas ações erradas, pensem nisso pois como vai aprender o certo se nunca fez o errado, como disse Tio Ben Grandes poderes trazem grandes responsabilidades, pensem nisso o que seria do homem de aço se ele fosse criado por Lionel Luthor.

  17. Saulo Bastos

    Gente, infelizmente o 1º episódio da 6ª temporada tem um porém: não foi uma “luta” entre Clark e Zod, pois vamos ser francos! CLARK apanhou, e muito! Bacana quando Zod se despreende de Lex, a imagem do espírito mostra que ele usa bigode e cavanhaque. Agora, é impressão minha ou Tom Welling está mais malhado? E Allison mais gostosa? Hummm… Dúvidas!!!

  18. Irineu Barreto

    Creio que há uma série de fatores que fazem a gente amar e algumas vezes odiar smallville. mas com certeza, as aventuras de Clark como superboy estão começando a se esgotar como base para um seriado muito mais longo. e, cá pra nós, não queremos ver mais um seriado de super-homem do estilo Lois e Clark com argumentos e diálogos infantis e (de)efeitos especiais. para mim um final digno pra esta série seria mais duas temporadas, a sétima e a oitava, sendo que nesta última clark se tornaria superman e enfrentaria problemas e vilões realmente complexos, envolvendo questões de nossa época conturbada por guerras, doenças, tecnologia. e fim. ficaria como um marco do começo do século XXI, já que com certeza, se ainda houver Terra e EUA daqui a 50 anos, nossos netos verão outra versão de Smallville porque Kal-el é um mito de nosso tempo.

  19. Ana

    Acho que a Lana já está saturada para a série, seria muito mais legal um romance do Clark com a Cloe, está demorando muito para ele voar e para se morrer de amores pela Louis.

  20. Pablyto

    Pena que eu não tenha TV a Cabo e só possa assistir a 6ª temporada quando sair em DVD. Terminei esta semana de assistir à 5ª (dois anos atrás eu assisti as duas primeiras e não conseguia comprar o DVD da 3ª; no finzinho do ano passado me animei de novo e comprei as 3 últimas disponíveis em DVD e assisti em menos de 1 mês).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account