Log In

Reviews

Review: Smallville – Vengeance (episódio 101)

Pin it

cena de VengeanceSérie: Smallville
Episódio: Vengeance
Temporada:
Número do Episódio: 101
Data de Exibição nos EUA: 2/2/2006
Data de Exibição no Brasil: 28/2/2006
Emissora no Brasil: Warner

Uma das maiores críticas que a quarta temporada de Smallville recebeu foi que, depois da morte de Alicia (em Pariah), os personagens, Clark principalmente, simplesmente agiram como se ela nunca tivesse existido. Na semana seguinte (Recruit), Clark estava feliz e sorridente como se nunca tivesse namorado. E devemos nos lembrar que o relacionamento dele com Alicia foi o mais sério que ele já havia tido em toda sua vida até aquele momento.

Felizmente, parece que os roteiristas aprenderam a lição. Em Vengeance, todos os personagens ainda estão sofrendo com a morte de Jonathan. Digo mais, talvez esse seja o episódio mais dark da série.

Martha está fazendo algumas doações na parte pobre de Metrópolis quando sofre um assalto, e um relógio que pertencia a Jonathan é roubado. Mas, os assaltantes são surrados por uma “super-heroína”, que desaparece logo depois. Martha conta a Clark, que decide ir atrás dos responsáveis.

Lex pede desculpas a Lana pelo que ele fez em Reckoning. Queria ver se ele soubesse que numa realidade alternativa ele foi o responsável pela morte dela…

Chloe faz de conta que está sendo assaltada por Clark, a fim de conseguirem localizar o “Anjo Vingador”. Ela cai na isca, e ambos descobrem se tratar de uma funcionária do Planeta Diário.

Lex encontra Lionel em Metrópolis. Ficamos sabendo que Papai Luthor está planejando uma retomada do controle da Luthorcorp. Descobrimos também que Lex não é um administrador dos melhores. Ou que, pelo menos, Lionel é (ou aparenta ser) mais esperto que ele.

Clark tem uma conversa com Andrea, que diz à ele que se tornou daquele jeito por causa de um transplante de coração que ela recebeu de uma garota que morreu na chuva de meteoros de Commencement. Aqui temos um erro de roteiro, já que os meteoros da última season finale não eram de kryptonita – a não ser que essa doadora já fosse infectada desde antes. Ela ainda diz que “você não sabe o que é ter sua vida trocada pela de outra pessoa”. Mas o Clark sabe disso, com toda a certeza…

Andrea promete que vai ajudar Clark a recuperar o relógio. E conta sua história. Ela e sua mãe também foram vítimas de um assalto, sendo que sua mãe foi morta.

Um momente interessante: Chloe batiza a heroína anônima. Será que ela vai fazer a mesma coisa com Clark no final da série? Seria interessante. (Isso se Clark Kent já tenha decidido usar uma identidade secreta no final da série, claro).

cena de VengeanceEles conseguem descobrir a localização do assaltante, mas ele não tem mais o relógio. Andrea o reconhece como o responsável pela morte de sua mãe. Ela pede que Clark o mate. Clark também tem razões para querer isso. Mas nesse momento, ele percebe que o conceito de vingança é diferente do de fazer justiça. Mas o “Anjo Vingador” (até pelo seu nome, hehehe) não parece saber disso. Ela desarma Clark (uma pedra de kryptonita sempre é providencial nessas horas), arranca uma confissão dele, que diz que Lionel foi o mandante do crime, e o mata.

Lionel parece preparado para tomar o controle da Luthorcorp a qualquer momento, quando Lex chega e diz que Martha Kent não gostaria nada de saber da reunião que Jonathan teve antes de morrer. É possível ver a surpresa de Lionel ao descobrir que Lex sabe disso. Mas o mais impressionante é que ele realmente parece disposto a tirar o time de campo, no que diz respeito às suas intenções com a empresa. Ele parece gostar mesmo de Martha – na segunda temporada já houve indícios bastante fortes disso.

Depois que Lex vai embora, Lionel é atacado por Andrea. Clark chega e tenta impedi-la. A única saída dela é empurrar Lionel janela abaixo, e, enquanto Clark o salva, ele pode fugir. A movimento que Clark fez para salvá-lo foi tão rápido que ele provavelmente não viu nada. E aguardem: daqui a dois episódios haverá um cliffhanger sensacional no que diz respeito ao arco dramático que envolve Clark, Martha e Lionel.

Lionel aparece no Rancho Kent e diz a Martha que ele estará sempre pronto para ajudá-la em qualquer situação. Parece que não dá muita importância ao seu futuro empresarial mesmo…

Lana reaparece e devolve à Clark o relógio de seu pai. Ela vasculhou todas as casas de penhor de Metrópolis para achá-lo. Confesso que essa foi uma “mini-reviravolta” interessante. Já que eu não imaginei que fosse Lana quem devolveria o relógio à Clark. Isso mostra o quanto ela ainda se importa com ele. Embora o relacionamento deles esteja cada vez mais perto do fim.

Clark entra em casa, já usando o relógio, e vai até a sala, onde Martha está assistindo um vídeo onde Papai Kent está brincando com Clark. É a despedida de Jonathan do seriado, de uma vez por todas. Mãe e filho se abraçam, numa cena bela e triste ao mesmo tempo. Achei essa cena até mais emocionante que o enterro em Reckoning, embora a artificialidade de Tom Welling tenha me incomodado nos dois casos.

Como eu disse antes, esse foi um episódio sombrio. Boa parte dos acontecimentos dele acontece pela noite e pela madrugada. Além disso, todos os ambientes de Metrópolis que foram mostrados, fazem parte da Zona Pobre da cidade, exceção feita aos prédios do Planeta Diário e da Luthorcorp, obviamente.

Andrea, ou o “Anjo Vingador” é uma personagem muito interessante. Alguém reparou que ela é uma mistura de alguns dos principais elementos do Batman e do Superman? O uniforme dela lembra um pouco o do homem-morcego, assim como o fato dela ser um pouco mais cruel, e não passar por grandes dilemas morais na hora de matar uma pessoa que ela sabe que é culpada. Certos elementos, como os lugares em que a história se desenvolveu e a trilha sonora do episódio lembram muito os filmes do Príncipe das Trevas, principalmente Batman Begins. Para tirar qualquer dúvida, ela ainda diz à Chloe o porquê de estar usando óculos: “eu sou cega como um morcego”. Por outro lado, o comportamento dela dentro do Planeta Diário, nos remete diretamente ao Clark Kent de Christopher Reeve, um jornalista meio pateta e atrapalhado. Ainda há uma outra citação: “eu me troquei na cabine telefônica, porque o banheiro estava ocupado”.

Nota do episódio: 9.

Curiosidade 1: Denise Quiñones, que interpretou Andrea/Anjo Vingador foi escalada para ser o interesse amoroso do Aquaman em Mercy Reef, nova série que Alfred Gough e Miles Millar estão produzindo.

Curiosidade 2: O diretor do episódio, Jeannot Szwarc, é o mesmo do clássico Em Algum Lugar do Passado, cujos protagonistas são vividos por Christopher Reeve (que dispensa apresentações) e Jane Seymour (Genevieve Teague). Creio que isso não seja uma total coincidência.

Até a próxima semana.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

1 Comment

  1. Kátia Benice

    Olá,
    Gosto aparentemente temos o mesmo gosto quanto às séries. Adoro Lost, 24 horas e Smalville.
    Com esta porém estou bem enrolada, só conseguir ver até o epsódio Aqua da 5ª temporada, costumava acomapanhar os seus comentários, mais este novo formato do site está horrivel.
    Se puder enviar comentarios dos capitos anteriores, bem como dica de onde encontrá-los (com legenda) eu agradeço.
    Uma abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account