Log In

Reviews

Review: Smallville – Salvation

Pin it

>Smallville - Salvation

Série: Smallville
Episódio: Salvation
Temporada:
Número do Episódio: 196 (9×22)
Data de Exibição nos EUA: 14/5/2010
Data de Exibição no Brasil: 2/6/2010
Emissora no Brasil: Warner

“Tudo bem quando termina bem”, e quando não termina bem, o que pensar? É costume das séries terminarem suas temporadas em grandes mistérios, os chamados cliffhangers. Às vezes, eles são ótimos, mas em sua maioria, mergulham a história em uma verdadeira tragédia grega. A cena final dá o tom da temporada seguinte, então bem ou não, quando o fim chega, ele precisa surpreender.

Smallville costuma ter bons finais de temporada, mas não sei dizer por que não achei Salvation nem surpreendente, nem ótimo e muito menos trágico. Acredito que a história em si já é tão conhecida e esperada que surpreendente seria ver o tal de Super-Homem. Enquanto isso não acontece, pudemos ao menos desfrutar de um capítulo bem feito, que fechou a temporada com coerência e a promessa de que o fim reflete o começo de uma lenda. Por isso, acho que serei extremamente repetitiva.

E que começo! Em quase 10 anos, Smallville brinca, ironiza, homenageia, alude a figura do Homem-de-Aço, mas nunca imaginei, e ainda duvido, que ele apareceria em alguma cena dessa série. Mas ele estava lá. No reflexo, meio manchado e por alguns segundos, mas ele estava! Eu quase tive uma síncope quando vi, ao menos semioticamente, o uniforme que fará história no mundo! Não sei bem ainda sobre o fim, mas o início desse episódio foi puro luxo. Mesmo tendo sido mal escrito, mas enfim: LUXO!

Mas antes de avançar nas críticas, quero pontuar que a retrospectiva fez justiça a essa temporada, mostrando o resultado de um trabalho que tem sido feito desde a saída dos criadores. Sou pontual ao criticar o rumo que Smallville estava tomando nas mãos deles, e hoje em dia, agradeço aos deuses de Krypton por terem tirado Al-Miles de campo. O nono ano foi isso: uma recompensa, ou ao menos uma mistura de sentimentos explosivos, a verdade é que a vontade de assistir a essa história que para muitos está se alongando foi renovada, e isso se deve a competência daqueles que acreditam na série.

Não, não vou me desmanchar em elogios. Há coisas para torcer o nariz. Eu mesma tive uma pequena discussão com o Al Septien, um dos roteiristas, por causa da falta de respeito que eles insistem em ter por Clark Kent, e luto até o fim para que a história dele não se transforme numa total palhaçada. Mesmo assim, termino essa temporada com a sensação de dever cumprido, e chego até a lamentar o final que se aproxima, o final de uma jornada.

E com esse espírito, teve inicio a mais uma season finale.

“Não! Não!” Os gritos ecoaram o mundo quando Lois foi ao encontro do falso Borrão. Aquilo tava Shakespereano demais! Quase um Hamlet! (desculpe-me fãs de literatura, não me contive). Zod fingindo ser o herói, não pude olhar. Como essa versão da Lois não é das mais espertas, pensei por algum momento que ela iria acreditar de cara e se jogar nos braços do alien inglês. Graças ao senhor do bom senso! E mais uma vez fomos surpreendidos. Lois não só suspeitou, como foi checar o fato e honrou seu futuro Pulitzer. Adorei ela ter defendido o Clark quando Zod o acusou, isso é uma herança dos meus dias de Lois & Clark, não consigo me conter.

Aí vem Chlollie. Porque é super necessário. Enfim. Eu sinto que poderiam fazer uma história melhor para os dois. Mas eu não consigo ver. Não mesmo. Ainda mais quando temos que engulir um Clark inseguro e choramingando quando ele deveria ser aquele que vai ser líder de uma geração. É inútil falar mal da Chloe, ela não tem culpa, mas ela não pode competir com Clark. Chloe…Clark…Chloe… quase a mesma coisa, não?

Gostei de ver a famosa Liga em ação. Sei que seria extrapolar juntá-los em cena, mas mesmo assim, foi uma homenagem justa e certa. No meu mundo, Smallville teria o orçamento de Gossip Girl e seria a melhor série do universo.

Mas uma série que tem Cassidy Freeman no elenco, não está longe de alcançar esse posto. Essa sim merece uma série só dela. Tessville! Peitou o Zod na raça, na porrada. Lembrou-me o Lex! Ah! Que emoção!

E de onde surgiu aquele prédio gigantesco ao lado do Planeta Diário? aquilo não está na plana de Vancouver, quer dizer, Metrópolis. É a Luthorcorp? Daquela altura? Desculpem-me, me distraio fácil.

Mais um detalhe. Alguém teve uma sensação de jogar Carmem San Diego quando os kandorians queimaram os monumentos ao redor do mundo? Muralha da China, Parthenon, Complexo Piramidal do Egito, o Obeslísco de (Washington, Buenos Aires, São Paulo)… faltou as Cataratas do Naiágra, o Cristo Redentor…

Eu disse, eu me distraio fácil. Mas aí como um supetão, aparece em cena a Liga novamente e com Clark Kent liderando. Parece um samba do crioulo doido. Uma hora ele é inseguro, na outra ele é o “cara”, eu não aguento isso! Essa oscilação me dá labirintite. Mas ele segue com a cabeça erguida. Enfrenta Lois, sacrifica seu amor pelo bem estar da garota, confronta Zod, beija Lois, luta com os kandorians, vence, se mata (não disse? Shakespeare!), tudo isso em menos de 10 minutos. Levou exatamente isso para que ele se tornasse… Super-Homem.

O episódio foi um fechamento. Uma reticência segura, três pontinhos bem marcados que valeram por três pontos finais. Foi-se a história do Major Zod e começamos a vislumbrar algo mais concreto, até imaginamos com ansiedade o que está por vir. Salvation completou o círculo que começou com o Savior e dá início a mais emocionante temporada de todas, a final.

Para o Alto e Avante!

Acabou! Smallville cansou meu coração!

Adorei Jeff, o estagiário! Ele precisa voltar esse ano. Adorei o sonho do Clark no geral. Lois com aliança no dedo, Clark com uniforme. Ah… sonhos!

Olsen? Jimmy, Jimmy Olsen!! Olsen!! Olseeeeeeeen!!!

Lois descobriu tudo!

Será que Clark vai voar?

Clark lutando na chuva com raiva.

Darkseid!

Coquetel de Kryptonita

Se o Clark estava no mercado, porque a cadeira dele girou quando o Super-Homem rodou a cadeira e saiu para salvar o avião? Ou ele teria saído do mercado, passado na redação, deixado o óculos e girado a cadeira…. cansei.

Kandorians são tão maria-vai-com-as-outras…

Senti um pouco de monotonia para um episódio de final de temporada.

Smallville - Salvation

E está aí, fãs de Smallville. Juntos chegamos aqui. Não importa nossas preferências, se gostamos da Chloe, da Lois, da Lana, Oliver, se queremos ação ou romance, se torcemos pela Tess ou a odiamos, nada disso importa. Smallville chegou ao seu décimo ano, fazendo história na televisão.

Tenho boas espectativas. Acho ousado trazer o Darkseid, explorar o Apokolips, e insistir com a Cheque-Mate, mesmo assim, espero ansiosa pelo próximo passo.

É que dizem que toda história tem um começo, mas também tem um fim. E o final dessa série começa agora. Que venha mais uma temporada!

Salvation salvou 8 fãs pessoas (de 0 a 10).

Escrito por Al Spetien e Turi Meyer.

Dirigido por Greg Beeman.

Séries citadas:

30 anos, é formada em jornalismo pela Unesp e em Letras Inglês e Literaturas pela UFRN. No "TeleSéries", já foi colaboradora e editora de Notícias, agora é Editora de Conteúdo e escreve a coluna mensal "Sintonia". Já passou pelo Vírgula e pela Rede BomDia, do DIário de S. Paulo. No tempo livre, vê Bones, Hot in Cleveland, It's Always Sunny in Philadelphia, entre muitas outras séries. Fã do Clark Kent e música country.

Website: http://naliteral.blogspot.com.br/

9 Comments

  1. Luccas

    E oa foto do Lex no jornal? Será que ele volta …??? Kara sem chance a atriz está em V …. que foi renovada … Perry? volta? Cat Grant? Olsen? Voar e ele usar o uniforme azul .. como será heim?

  2. Patrícia

    Nossa, vi esse epi há tanto tempo que não lembro mais de muita coisa, mas lembro que me empolguei com o reflexo azul e vermelho no globo do Planeta Diário… finalmente termos o Superman na próxima temporada? Tô ansiosa…

    “Kandorians são tão maria-vai-com-as-outras…” hahaha… concordo!

  3. Adelson (TD Séries)

    Olá, Maria Clara!

    Ótimo texto, bastante leve e divertido. Acho que a referência a “Carmen Sandiego” só será entendida por aqueles de uma geração anterior – como eu! risos

    Mas, não gostei desta nona temporada. A história do Zod Clone na terra foi surreal demais, até mesmo para os padrões de “Smallville”. Seguindo seu exemplo, no meu mundo o seriado teria terminado na oitava temporada, com uma luta espetacular entre Doomsday e Superman (ele mesmo, não Clark).

    Quanto ao episódio em si, gostei muito! Especialmente das referências ao Superman no início, simplesmente um aperitivo do que todos gostariam de ver.

    Agora, fica a expectativa para a próxima temporada – que espero ser mesmo a última! Nem pareço um fã falando isso, mas meu grande receio é que continuem rolando a história até que o seriado não seja mais lucrativo e seja cancelado.

    Um abraço!

  4. juninho fluzão

    gostei mto desse epi,ansioso pela 10º tempo,e tomara que o dirkside apareça msm

  5. Cristiane Martins

    Maria Clara achei que não ia ter o review do final, mas nunca é tarde!!!!!!
    Lí no seu twitter na época do final de Lost, que não tinha gostado e que ainda bem que não tinha acompanhado a série toda, acho que Lost é uma série que ou se ama, ou deixe-a não existe meio termo, no meu caso sempre foi amor pelos personagens, pelo roteiro, a atuação dos atores, e pela belíssima trilha sonora.
    Quando foi anunciado o fim na 6 temporada, foi uma tristeza, e quando começou a temporada final eu me dei conta que a série iria acabar, e cada episódio eu saboreava cada fala, e via e revia várias vezes, quando veio o derradeiro último episódio foi uma dor sem fim, senti uma tristeza por saber que meus personagens na voltariam para nova jornada.
    Por isso Maria Clara, aproveite cada episódio do 10 ano, pois sei que você ama essa série, mesmo com seus acertos e erros, vibre a cada episódio e preparesse para dizer adeus…
    Gostei do fim, pela abertura com o reflexo so Super-Homem, a Chloe se declarando para Oliver, Lois descobrindo que a boca do borrão é igual do Clark, do Zod ter ido embora finalmente e Clark se sacrificando mais uma vez.
    Mas será que um dia Clark vai voar???Naõ deveria trazer de volta o nosso querido vilão Lex Luthor, esse sim faz jus a saga do Homem de Aço.
    Esse final ficou com várias possibilidades, não foi maravilhoso, mas bem melhor do fim da melancólica 8. temporada.
    Te vejo na próxima temporada Clara!!!!

  6. Cristiane Martins

    Maria Clara achei que não ia ter o review do final, mas nunca é tarde!!!!!!
    Lí no seu twitter na época do final de Lost, que não tinha gostado e que ainda bem que não tinha acompanhado a série toda, acho que Lost é uma série que ou se ama, ou deixe-a não existe meio termo, no meu caso sempre foi amor pelos personagens, pelo roteiro, a atuação dos atores, e pela belíssima trilha sonora.
    Quando foi anunciado o fim na 6 temporada, foi uma tristeza, e quando começou a temporada final eu me dei conta que a série iria acabar, e cada episódio eu saboreava cada fala, e via e revia várias vezes, quando veio o derradeiro último episódio foi uma dor sem fim, senti uma tristeza por saber que meus personagens na voltariam para nova jornada.
    Por isso Maria Clara, aproveite cada episódio do 10 ano, pois sei que você ama essa série, mesmo com seus acertos e erros, vibre a cada episódio e preparesse para dizer adeus…
    Gostei do fim, pela abertura com o reflexo so Super-Homem, a Chloe se declarando para Oliver, Lois descobrindo que a boca do borrão é igual do Clark, do Zod ter ido embora finalmente e Clark se sacrificando mais uma vez.
    Mas será que um dia Clark vai voar???Naõ deveria trazer de volta o nosso querido vilão Lex Luthor, esse sim faz jus a saga do Homem de Aço.
    Esse final ficou com várias possibilidades, não foi maravilhoso, mas bem melhor do fim da melancólica 8. temporada.
    Te vejo na próxima temporada Clara!!!!

  7. Josefa

    “Aí vem Chlollie. Porque é super necessário”

    Com certeza, sem sarcarsmo nenhum. Deveria ter até mais screentime.

  8. Rodrigo Rabello

    A luta na chuva foi a melhor cena de ação em anos de Smallville!
    Enquanto muitos descutem quem deve ser o próximo Superman no cinema…Temos Welling!Ele é o nosso Clark live action!
    Smallville tem gás para mais duas temporadas,ao meu ver.Qual o problema?Não tem grande compromisso com números de audiência,já ganhou vida própria(também li quadrinhos e não tô nem aí se a série não segue a mitologia à risca) e parece ter uma equipe muito boa,sem estrelismos.E se encolherem o orçamento,dá-se um jeito,como sempre!
    Eles merecem e nós,fãs, também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account