Log In

Reviews

Review: Smallville – Fierce

Pin it

Cena de FierceSérie: Smallville
Episódio: Fierce
Temporada:
Número do Episódio: 135 (7×03)
Data de Exibição nos EUA: 11/10/2007
Data de Exibição no Brasil: 20/11/2007
Emissora no Brasil: Warner

Finalmente! Um bom “old school” Smallville! Sim, sim… o seriado retorna as raízes, trazendo clássicos como: freaks, Lex paranóico, trama leve e momentos Clana. O unico problema é: será que Small, em plena sétima temporada, comporta um episódio tão desconexo e na vibe de suas primeiras temporadas?

Fierce é o primeiro episódio que vemos há tempos trazendo um Freak of the Week – parece que eu estava errado em relação à abolição de Freaks para a sétima temporada. E, apesar de toda a idéia de três gatas com poderes equivalentes a forças da natureza ser ótima – observe que disse ótima, não original – foi severamente mal aproveitada e nada bem explorada, parecendo apenas um mata-tempo enquanto tramas mais importantes, como Clark e Lana se reencontrando e Lex atrás do “anjo” que o salvou eram inseridas na trama geral. Semana passada mencionei que seria dificil achar bons vilões à pareo de Kara e Clark, e me parece que esse problema foi rapidamente – e desastrosamente – resolvido, já que kryptonita agora parece inexplicavelmente surgir em qualquer momento de tensão de confronto final.

De qualquer forma, o episódio rendeu sim bons momentos entre os personagens, momentos excelentes entre Kara e Clark, que destacou o contraste entre os dois. A cena da melância foi no mínimo divertida e esperamos que momentos como esse aconteçam novamente durante a temporada. Quem sabe não somos presenteados com uma futura cena de Kara tentando ensinar Clark a voar? Laura Vandervoort esta começando a se sobressair e nos mostrando que foi sim, a escolha certa para interpretar a jovem Supergirl – seu discurso ao final do episódio sobre Clark não aceitar sua descendência Kryptoniana foi bem escrito e Laura deu conta.

Em apenas três semanas nós tivemos Lana “morta”, Lex descobrindo seu paradeiro em Shangai e Lana indo à uma festa local de Smallville sem niguém notar sua ressureição repentina. No começo de Fierce é estabelecido que Lana deve continuar escondida até que Lex retire as queixas contra ela, mas uma vez que Lex confirma que já tomou as providências não somos mais ameaçados por um reencontro com Chloe. Só que no lugar disso, quase ao fim do episódio, Lana e Clark estão passeando na feira local com aparentemente tudo normal e ninguém ao menos virar o rosto para dar uma olhada no lindo cadaver nipônico andando entre eles.

Durante o ultimo ano, Lana Luthor se tornou uma figura pública na comunidade de Smallville/Metropolis e sua presença em um evento local após estar presumidamente morta deveria ser importante. Sem mencionar o fato de que foi vista com outro homem. Até o primeiro encontro de Lana com Clark ficou devendo em intensidade emocional após descobrir que o amor de sua vida volta do limbo.

Cena de FierceAgora, eu estou delirando ou a equipe de roteiristas de Smallville de repente passou a odiar a Chloe? Lois já esta competindo (e com vantagem) com ela no trabalho, e agora terá que competir com Kara o coração de Jimmy Olsen. Não me interprete mal, isso vai finalmente render frutos para Allison Mack, com mais storylines para sua personagem – e mais Jimmy em ação, YAY! – só que precisava de tanto drama assim? Chloe já sofre por ser uma meteor freak no trabalho (obviamente não de forma direta, mas sim, atrapalha), agora isso causará problemas em sua vida amorosa com seu namorado declarando guerra as aberrações? E a cereja no topo de tudo foi a secada que Jimmy deu em Kara ENQUANTO ela estava tão perturbada com esses problemas…parece que Mrs. Sullivan vai passar menos tempo com Clark agora que tem seus proprios problemas pra resolver.

Coisas boa também foram “deixadas” por Fierce, como a aliança de Lex e o governo crescendo de forma gradual e sua obsessão por Kara. São duas storylines cheias de potencial. A descoberta de Clark e Kara de que outro Kryptoniano possa estar entre eles também é uma luz, que se bem trabalhada pode se tornar em uma excelente trama.

Então, a conclusão que podemos tirar após essa análise é que, não, Small não comporta um episódio light desses em plena sétima temporada, apenas pelo fato que estar entupida de problemas que precisavam ter sido resolvidos antes de ir direto para algo tão descomprometido quanto foi Fierce. Vai ver se esse episódio fosse da quarta temporada poderia sem dúvida ser um dos melhores, porém Clark, Lana e Chloe não estão mais no colegial, eles tem problemas de gente grande para cuidar, e ignorá-los nunca é uma boa idéia.

Music From Smallville:
Four on the Floor de Juliette & The Licks
Gained the World de Morcheeba feat. Manda

Séries citadas:

24 Comments

  1. Paulo Fiaes

    velho,

    estou começando a achar q vc tem lido a mente de Mica pra fazer esses textos, rsrs, brincadeira a parte, otima review. e o episodio foi bom, a setima temporada nao esta ruim, apenas nao da mais pra levar smallville a sério(sim, eu ja levei a serie a serio). mas o foda mesmo q todos odeiam Lex e eu n vejo um motivo para isso, tpo, ele desconfiou de Clark qndo o salvou na primeira temporada, quem n desconfiaria? agora ele desconfiou de Kara, que é prima de Clark e o salvou da morte qndo era certa, de novo, quem nao desconfiaria? eu queria Josh Wedon ou ROb Thomas apenas em uma temporada de smallville, ai sim, poderiamos ver uma série de verdade. abraços

  2. Mica

    Hahahahaha…fui obrigada a rir agora com o Paulo ^_^.
    Eu gostei desse episódio. Gostei de Smallville mais light do que o dramalhão confuso (e incoerente) que eles têm criado ao longo das últimas temporadas. E acho que o fato da Kara ser nova (tanto em idade quanto em experiência aqui na Terra) possibilita que esses episódios mais tranqüilos aconteçam. Tudo bem que eu odeio o freak of the weak, mas…
    Agora, concordo com o Paulo. O que eu não daria para ter o Josh em pelo menos uma temporada de Smallville…

  3. Diego, Você realmente escreve bem, adorei seu review e dos 2 minutos de série que eu assisti, acho que você resumiu o resto muito bem. Talves no fim de semana eu pare pra ver a cena da melancia. Abraços

  4. sandra

    Bom review mas, cadáver nipônico? De onde tiraste isso? Para todos os efeitos a Lana é de Smallville, sem descendência nipônica nenhuma, e quanto à atriz ela é de descendência, ligeiramente chinesa. Nada a ver. Um abraço!

  5. Fernanda

    cara, tu gosta do jimmy. que nojo. bom, o episódio foi só diversão (?) descartável, como sempre. eu não consigo parar de assistir mesmo. só espero que a chloe se livre desse feto mal desenvolvido de uma vez, ela arranja coisa melhor. agora, “melÂncia”? segundo, “cadáver nipônico”?? kristin kreuk é descendente de chineses, não de japoneses.

  6. Darth Cesar

    Bom review Diego, tu consegue extrair leite de pedra, tem coisas que só Smallville faz! a Lana vai pra china e se disfarça, depois vem pra cidade dela e ninguém a reconhece, eta nóis, mas valeu pela cena final da Kara e o Lex.

  7. Leo

    Ótima review!

    Conseguiste dessa vez captar profundamente os problemas da série, e ao mesmo tempo, ainda conseguiu ser bastante neutro e imparcial!

    Parabéns!

  8. mauro

    Esse episódio pode ter sido light, mas os outros (eu vi só até o sétimo, por enquanto) com certeza não são. Eu realmente estou achando essa temporada melhor do que a passada. Eu acho que a Chloe está um pouco apagadinha mesmo no começo, mas acho que isso já está mudando.

  9. Rafael

    Bom eu já não assisto Smallville, com a frequência das temporadas anteriores, mas poxa repetir episodios, lã na primeira temporada ha um episodio identico e clark falando com a prima dele, parecia o pai dele falando com ele , nas temporadas antigas oque da a impressao e que a serie já nao tem o mesmo folego de antes mas enfim , continuo vendo de vez em quando , um abraçao a todos

  10. Marcio

    Copiando e colando o que postei na comunidade do orkut:
    Ahh, que episódio meia-boca. E a volta da Lana? Aconteceu tudo muito rápido, nem para segurarem um pouco de suspense. Ela já surge viva no primeiro, é encontrada no segundo e tudo volta “à normalidade” no terceiro? Pára com isso :D
    Pelo menos agora acabou o chove-não-molha entre ela e o Clark, já que agora não há mais segredos entre eles.

  11. Taise

    Ótimo episódio, temporada errada.
    Espero um pouco mais de Small para os próximos espisódios da temporada, mas estou ansiosa com relação a Chloe, que nunca me empolgou muito… Parece que agora sim ela poderá se destacar, já que levava uma vida pacata, com namoradinho, empreguinho… E agora ambos parece vacilarem um pouco de seu controle.
    Mas alguma coisa para ocupar Lex, que parece que não tem mais o que fazer do que estudar sobre “como salvaram minha vida dessa vez” ou “o que tem nessa espaçonave?”.

    Ai ai. Mais um review divertido! Não sei se estimula muito a assistir o episódio, mas sim a comentar no site toda semana. Ótimo trabalho, Diego.

  12. Luiz Alexandre

    Creio que está na hora de começarem a encaminhar as coisas para o final da série, seja nesta 7ª temporada, seja mesmo em uma 8ª, por causa da greve dos roteiristas. O fato é que o Clark está sem rumo, ele não estuda, trabalha sozinho(quando trabalha) e não faz mais nada, a não ser desconfiar do Lex. Penso que está na hora de enfocarem mais um pouco do aprendizado dele com o Jor-El, e mesmo focar mais nas suas origens. Para isto, acho que o episódio que fala de sua mãe, Lara, foi muito bom, mas não dá para ficar só nele. Queremos saber mais porque Jor-El escolheu a Terra, qual o motivo do Clark vir salvar este mundo, o motivo pelo qual resolveu fazer jornalismo e como foi trabalhar no Planeta Diário, etc, etc.

  13. Marcio

    Bom episódio.

    O Jimmy Olsen está mais suportável nessa temporada.

  14. Samantha

    OI galera! Desculpem a ignorância (para alguns..) mas como eu faço para acompanhar a temporada americana e ver os episódios com antecedência?

  15. Tiago Santos

    Li o artigo e todos os comentários postados a respeito desse episódio.

    Com todo respeito aos que discordam, pois cada um tem seu ponto de vista. Eu achei um excelente episódio. Resgatou aquele clima do início da série, com os acontecimentos da cidade (típicos do interior como a eleição da miss do milho..se lá), os freaks, o bom humor etc.

    Eu também gostaria de ter visto a série evoluir, o Clark começar seu treinamento, ir para a universidade, conhecer novas pessoas, mostrar ele descobrindo o jornalismo enquanto profissão, novas namoradas, novas tramas. Porém….como infelizmente isso não aconteceu….melhor o retorno do que aqueles dramas encartados em situações absurdas e cheias de furos no roteiro.

    Como amante de histórias em quadrinhos vejo toda adaptação que fazem para o cinema, tv, etc com olhos de “acadêmico” e acabo ficando extremamente exigente e apegado a um certo preciosismo.

    Porém tenho me policiado nessa questão e tentado com êxito verificar que adaptações são adaptações. Não devem ser idênticas aos gibis. O que deve ser respeitado é a essência do personagem. Não daria para fazer um Superman com a personalidade do Wolverine nem vice-versa. Entendem?

    Portanto, desta feita, passei a encarar com tranquilidade a entrada de personagens que só apareciam no futuro da vida deste icônico personagem, como Lois Lane, Jimmy e etc. Desde que sejam em contextos e situações bem escritas.

    Digo isso para comentar que gostei da chegada de Kara. Ela deu vida a série, além de ser muito bela a personagem será responsável por n situações deveras interessantes. Sua interação com seu primo é excelente e ele sentirá na pele tudo que seus pais passaram. Interessante a cena em que ele queria vetar a participação dela no certame e ela lembrou que ele foi até capitão do time de futebol da escola e, importantíssimo, contra a vontade seu pai.

    A Clhoe coitada. Cada vez mais humilhada, ainda mais que Jimmy (personagem que considero um erro e que tem na Chloe arei demais para seu caminhãozinho) estará se enamorando pela belissima kara e ainda está sendo humilhada no trabalho e com medo do preconceito por ser uma freak.

    Estou deveras otimista para com a atual temporada.

    Até pessoal e obrigado pela atenção.

  16. Tiago Santos

    Li o artigo e todos os comentários postados a respeito desse episódio.

    Com todo respeito aos que discordam, pois cada um tem seu ponto de vista. Eu achei um excelente episódio. Resgatou aquele clima do início da série, com os acontecimentos da cidade (típicos do interior como a eleição da miss do milho..se lá), os freaks, o bom humor etc.

    Eu também gostaria de ter visto a série evoluir, o Clark começar seu treinamento, ir para a universidade, conhecer novas pessoas, mostrar ele descobrindo o jornalismo enquanto profissão, novas namoradas, novas tramas. Porém….como infelizmente isso não aconteceu….melhor o retorno do que aqueles dramas encartados em situações absurdas e cheias de furos no roteiro.

    Como amante de histórias em quadrinhos vejo toda adaptação que fazem para o cinema, tv, etc com olhos de “acadêmico” e acabo ficando extremamente exigente e apegado a um certo preciosismo.

    Porém tenho me policiado nessa questão e tentado com êxito verificar que adaptações são adaptações. Não devem ser idênticas aos gibis. O que deve ser respeitado é a essência do personagem. Não daria para fazer um Superman com a personalidade do Wolverine nem vice-versa. Entendem?

    Portanto, desta feita, passei a encarar com tranquilidade a entrada de personagens que só apareciam no futuro da vida deste icônico personagem, como Lois Lane, Jimmy e etc. Desde que sejam em contextos e situações bem escritas.

    Digo isso para comentar que gostei da chegada de Kara. Ela deu vida a série, além de ser muito bela a personagem será responsável por n situações deveras interessantes. Sua interação com seu primo é excelente e ele sentirá na pele tudo que seus pais passaram. Interessante a cena em que ele queria vetar a participação dela no certame e ela lembrou que ele foi até capitão do time de futebol da escola e, importantíssimo, contra a vontade seu pai.

    A Clhoe coitada. Cada vez mais humilhada, ainda mais que Jimmy (personagem que considero um erro e que tem na Chloe areia demais para seu caminhãozinho) estará se enamorando pela belissima kara e ainda está sendo humilhada no trabalho e com medo do preconceito por ser uma freak.

    Estou deveras otimista para com a atual temporada.

    Até pessoal e obrigado pela atenção.

  17. Marcelos

    Desculpem-me a mudança de rumo, mas devo dizer q ainda gostaria que a Lana morresse (de verdade). Oh mulher chata do inferno! E se o Clark fosse humano, já teria morrido à muito tempo….de burrice. Como esse paspalho ainda se deixa antingir pela madita krypitonita?!!
    Tah bom do Dark Side aparecer logo e matar metade de Small Ville, aí sim, a série vai esquentar.

  18. Yan

    Olha Marcelos eu queria saber se Dark Side vai aparecer em smallville como você disse e se tem algum video do episódio.

    Ok

    bye…

  19. Cyssa

    Eu acho que a Lana deveria ter ficado mais tempo lá na China, “disfarçada” com aquela peruca loira.
    A volta dela foi precipitada e o encontro com o Clark foi estremamente frio e sem graça. Cadê a paixão por Lana que, na última temporada, quase fez o Clark tirar a vida de alguém?
    Com ela distante, haveria mais espaço para a situação de Kara (com Lex no seu encalço) e as estórias de Chloe e Jimmy.

  20. Cris

    Gostei da lana ter voltado. Sempre gostei da personagem e vi o lado dela nessa situação toda com o Clark. Acho que problema na volta dela é que foi muito superficial. Ela podia ter voltado até no segundo episódio desde que se desse mais explicações e um enfoque maior a história da falsa morte dela. Ficou muita coisa em aberto no diálogo de clark e lana. Nos não sabemos o quanto clark sabe sobre as coisas que lex fez para lana, sobre a história da clonagem. Eu espero que isso não seja jogado realmente pra debaixo do tapete como é de costume em smallville.

  21. Cris

    Sobre a Chloe acho que estava na hora mesmo dela perder um pouco de espaço pq ela já se destacou demais desde que se tornou confidente de clark. Está na hora dela sofrer o dela também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account