Log In

Reviews

Review: Smallville – Cyborg (episódio 103)

Pin it

cena de CyborgSérie: Smallville
Episódio: Cyborg
Temporada:
Número do Episódio: 103
Data de Exibição nos EUA: 16/2/2006
Data de Exibição no Brasil: 28/3/2006
Emissora no Brasil: Warner

Introduzir heróis do Universo DC em Smallville se mostrou uma ótima idéia. Depois do jovem Flash em Run e do Aquaman em Aqua, chega a vez de Cyborg, membro dos Novos Titãs ganhar uma participação na série.

Depois de fugir do laboratório, onde foi “construído”, Victor Stone destrói o carro de Lana. Ele a leva ao hospital. Clark fica sabendo e vai tirar satisfações com ele. Na verdade, Victor quase morreu em um acidente. Um dos laboratórios ligados à Luthorcorp o trouxe de volta a vida, o transformando em um Cyborg, meio homem, meio máquina. Foi interessante descobrirmos a origem do personagem. O Flash e o Aquaman não tiveram esse tipo de explicação. Ele também tem uma namorada, que não sabe que ele “ressuscitou”.

Descobrimos que Martha Kent irá assumir o lugar de Jonathan no Senado. Ela começa a sofrer chantagem e Lionel se oferece para ajudá-la. Alguém tem alguma dúvida de que ele é quem está por trás disso?

Chloe descobre que o laboratório que fez isso com Victor pertence à Luthorcorp. Clark vai tirar satisfações com Lex, que (surpresa!) nega tudo. Porém, cinco minutos depois, descobrimos que Lex realmente sabia de tudo. Essa hipocrisia dele está começando a ficar interessante…

Victor acaba sendo capturado novamente. Clark vai até o laboratório e o liberta. Clark vai novamente falar com Lex, que primeiro nega, mas depois admite que fez aquilo com boas intenções. É tão legal ver essa tensão entre eles, não?

Victor e Clark estão tendo o que pode se chamar de “despedida padrão de super-heróis especialmente convidados”, com direito a tapinhas nas costas e tudo. Quando, de repente, Lana chega com a namorada de Victor. O casal se abraça e ele promete contar tudo a ela. Temos um belíssimo enquadramento de câmera, que os coloca no centro da tela, e põe Lana e Clark em extremidades opostas. Muito mais elegante e eloqüente do que as conversinhas bobocas que eles andam tendo nos últimos episódios.

É, não satisfeitos com o que tinham feito antes, o roteiro tratou de colocar outro diálogo “daquele tipo” entre Lana e Clark. Com direito até a câmera lenta quando ela vai embora do celeiro. Argh! Pelo menos não teremos que aturar isso por muito mais tempo…

Porém, os dois últimos minutos do episódio são excepcionais. Com uma ópera de trilha sonora (o que sempre é um ótimo sinal), vemos Lionel pagar o chantageador de Martha (surpresa!), Martha admirando o retrato de Jonathan e queimando o DVD em que Clark aparece usando seus poderes e, finalmente, Lionel assistindo o mesmo vídeo em seu computador e dizendo a (já clássica) frase “Seu segredo está a salvo comigo, Kal-El”. SUPRESA! SURPRESA! SURPRESA!

Falemos desse final, antes de tudo. Todos devem estar se perguntando: como Lionel tomou conhecimento disso? Se pararmos para pensar, podemos concluir que todos (sim, todos, até a Lana) pelo menos desconfiam da natureza sobre-humana de Clark. Lionel, além de ter sido “transferido” por Clark na temporada passada, foi possuído por Jor-El no começo desse ano. É possível que algum resquício deste período seja o responsável por sua ciência do assunto. E, mais do que nunca, a permanência de Lionel no seriado fica ameaçada, já que quem assiste a série a algum tempo conhece uma de suas leis mais básicas, que pode ser resumida na expressão “Descobriu? Sumiu.” Outra coisa: John Glover não aparece em todos os episódios da temporada (assim como Erica Durance, por exemplo) e, portanto, já aviso, no próximo ele não aparece. E nós ficamos cada vez mais curiosos…

cena de CyborgA parte técnica do episódio, como de costume, foi muito boa. Victor Stone rasgando sua própria pele me remeteu diretamente a O Exterminador do Futuro, onde o protagonista-futuro-governador faz a mesma coisa. A pequena cratera que aparece no chão, quando Cyborg e Clark pulam de um prédio, confesso, me abriu um sorriso no rosto. E há um contraste muito interessante nas cenas que se passam no laboratório, entre o cenário que todo branco, e os figurinos dos personagens, em cores escuras.

Diálogo do episódio:

Victor:

Metade o meu corpo pode ser encontrado em um catálogo.

Lex:

E com um preço bem mais baixo que seis milhões de dólares.

Referência bem legal, apesar de óbvia. Não sabe quem é O Homem de Seis Milhões de Dólares? Aposto que seus pais sabem.

Nota de episódio: 8.5.

P.S.: A Warner vai exibir o próximo episódio inédito antes do final do mês. Bem antes do que eu esperava. Mas isso significa, invariavelmente, que teremos mais reprises antes do final da temporada. Uma pena.

P.S.2: Li no Kryptonsite que a premiere da sexta temporada de Smallville seria roteirizada por Alfred Gough e Miles Millar, e que seria dirigida por ninguém menos que Bryan Singer. O que não é nenhum absurdo, já que além de dirigiu o piloto de House. Alem é claro, de Superman – O Retorno (o filme do ano, pra quem não sabe). Mas era pegadinha de primeiro de abril. Saco.

Até o próximo episódio.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

7 Comments

  1. Mica

    Vendo esta foto que vc colocou aí, me fez lembrar do quanto eu odeio ver o Clark sempre de vermelho e azul. Que coisa mais besta! Já não basta a roupas do Super ser vermelha e azul, ainda temos que engolir o tempo todo esse guarda roupa à lá Monica? Era muito mais natural no início do seriado quando ele se vestia como um ser humano normal…

    Mas voltando ao episódio, a minha maior queixa é que todo problema seja culpa da Luthorcorp. Pelo amor de Deus!!! Será que é a única empresa desenvolvida desse planeta!??? Será que o Lex é o único vilão que conseguem criar? Não podem ser mais versáteis não? Eu nem me importo mais em tentar descobrir o que tem por trás da coisa toda, pq os motivos são sempre:
    1) Kryptonita
    2) Lex Luthor (ou a Luthorcorp, o que dá na mesma bagaça).
    Fora isso, foi um episódio legal.
    Faltam quantos para o final?? Estou perdida e não pude mais pesquisar desde que fiquei sem internet.

  2. Juliano Cavalcante

    Mica, é o Editor que edita o texto e põe as fotos. Os méritos são todos dele, hehehe.

    O guarda-roupa de Clark sempre foi vermelho-azul-branco. Nunca variou muito. E como o Cyborg tem um uniforme nesse episódio, eles deixaram as roupas de Clark (mais) semelhantes com seu unifore, nas combinações, como uma forma de compensar. É assim que eu vejo.

    Nós estamos falando de uma série do jovem Superman. Kryptonitas e Lex Luthor são meio que pré-requisitos, não?

    A temporada tem 22 episódios. Faltam 7.

    Você ficou sem internet? Então como você pode comentar meu texto no Teleséries??? :p

    Abs.

  3. Anderson M. Vidoni

    Sabe que não gostei do episodio, a única coisa que realmente gostei foi o Lionel e a Martha, eles estavam muito bem. No mais foi o que a Mica falou e o proprio Juliano viu muito bem com o “Surpresa!”. Até as cenas do Clark e o Lex parecia que pegaram qualquer outra cena que eles já protagonizaram antes. Espero que melhore nos proximós, e Juliano tirando a nota eu gostei do seu comentário, continue assim.

  4. Esdras

    Já notaram que a palavra mais falada em smallville nessa última temporada é “mentira”? seja da boca de clark para acusar lex, da boca de lana para acusar clark, ou da boca de lex para acusar clark… já encheu o saco isso de “ai vc não me diz a verdade, não somos mais amigos (ou namorados, depende do contexto)
    frase do autor do texto:
    “Argh! Pelo menos não teremos que aturar isso por muito mais tempo…”
    realmente! pelo menos isso o ep 16 nos traz…
    e sobre os heróis que aparecem em smallville, fica a minha torcida para Bruce Wayne dar o ar de sua graça nesse seriado, seria bem interessante vendo o cara mais rico de gotham se confrontando com o cara mais rico de metropolis…

  5. eliana cardoso

    oi estou aq. para dizer que amo este seriado , e que não perco um só domingo . e que seria bom colocar mais novidades .

  6. MANOEL OSMIR

    A COISA QUE EU MAIS QUERO VER NESTE SERIADO É A APARIÇÃO DO PAI DO SUPERMAN JOR-EL, MESMO QUE EM FLASHBACKS DA DESTRUIÇÃO DE KRYPTON E INTERPRETADO PELO ATOR TERENCE STAMP, ASSIM COMO O CLARCK USANDO PELA PRIMERIA VEZ O UNIFORME DE SUPERMAN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account