Log In

Reviews

Review: Private Practice – Yours, Mine and Ours

Pin it

Private Practice - Yours, Mine and OursSérie: Private Practice
Episódio: Yours, Mine and Ours
Temporada:
Número do Episódio: 31 (2×22)
Data de Exibição nos EUA: 30/4/2009
Data de Exibição no Brasil: 6/7/2009
Emissora no Brasil: Sony

Quando acabei de ver o episódio e comecei a escrever essa review lembrei-me de um texto de um velho conhecido nosso, Eric Fernandes. No texto em que ele fala do piloto de Private Practice, ele se refere à série como uma Grey’s Anatomy “mais velha”, com personagens maduros e realizados profissionalmente (leia aqui).

Eu não cheguei a colocar Private Practice nesse patamar que Eric colocou, mas a minha primeira impressão quanto aos personagens também foi a de que eles eram maduros, melhor, adultos. De todos eles, eu me apaixonei por Cooper e Violet – mas sobre Paul Adeilstein eu sou suspeita pra falar porque acho que vou gostar de tudo o que ele fizer – e Naomi, Sam, Dell e Pete me conquistaram depois. Addison Montgomery já era conhecida e despertava em mim sentimentos distintos.

Até aí problema nenhum, as visíveis diferenças entre Grey’s Anatomy e Private Practice – principalmente quanto à atmosfera do ambiente -, me fizeram assistir a primeira temporada com olhos menos críticos e por isso gostei. E bom, estamos juntos nos 22 episódios da segunda temporada e fiz muitas críticas quanto algumas storylines e personagens, porque realmente foi uma temporada irregular. Muito. Episódios bons e ruins se revezavam, como por exemplo, esses dois últimos.

O 2×21 foi triste de assistir e a Season Finale foi muito boa. Quer dizer, olhando o aspecto geral, o conjunto da obra foi bom. Tudo começou como sempre, o melodrama de duas mulheres que carregavam o filho uma da outra devido a um erro médico; sacrifícios a serem feitos e lágrimas a serem derramadas para um final já esperado.

Private Practice - Yours, Mine and OursMas tudo melhorava cada vez que Audra McDonald aparecia em cena. O melodrama serviu de modo que justificasse Naomi dizer sim à proposta de emprego na Pacific Wellcare Center e a atriz estava maravilhosa ao transmitir a frustração de não mais gerenciar a Oceanside Wellness e de sua vida ter parado.

O que nos remete ao primeiro episódio dessa temporada uma vez que ele “vendia” a idéia de que a clínica era uma família e que o paciente e sua família receberiam o melhor tratamento. Pelo visto esta família está enfrentando sérios problemas, no relacionamento entre os membros e no atendimento aos pacientes.

Lembram quando todos estão na sala de reunião e precisam de um advogado, Naomi se prontifica a ligar para Duncan e Addie diz:

Eu dirijo a clínica. Acho que a ligação devia vir de mim.

Não precisava dizer aquilo. Como também não precisava Sam fazer doce quando Naomi sugeriu ligar para Duncan.

Duncan e Sam não eram amigos? E numa hora crítica como aquela era dispensável um amigo advogado?

Por tudo isso não é de se admirar que Naomi aceitasse o cargo.

O restante de Yours, Mine e Ours ficou por conta de Violet e sua decisão entre Sheldon e Pete. Olha, eu gosto de Sheldon, é um personagem leve e, como os outros, muito mal aproveitado, mas sem dúvida ele e Violet não tem um terço da química que ela tem com Pete. Falta química e falta intimidade, e fiquei feliz que ela finalmente escolheu ser feliz.

Private Practice - Yours, Mine and OursEntão terminamos com muitas perguntas e justamente por elas, estarei esperando pelo 3×01, afinal de contas quem é que não está interessado em saber o que aconteceu com Violet e o bebê? Quem é que não quer saber o que vai acontecer com Charlotte? Ou com Naomi e Sam? E o que os roteiristas reservam para Addison na próxima temporada?

Então é isso queridos. Aqueles que como eu, reclamando muito (ou não, né?!), permaneceram fiéis, foi um prazer estar com vocês. E quero poder estar aqui pra elogiar a terceira temporada, ainda me resta um pouco de paciência e fé de que Shonda vai se reinventar e mostrar que Private Practice pode ser chamada de uma Grey’s Anatomy “mais velha”.

Séries citadas:

Bacharel em Direito e servidora pública. Já chegou a ver mais de 30 séries, mas hoje prefere ter vida social. Atualmente acompanha Arrow, The Good Wife, The Voice e Scandal.

14 Comments

  1. Lucas

    Eu assistir essa SEASON FINALE a algumas semanas atrás. Realmente foi um ótimo episódio. Não se pode negar que a temporada não foi completa de episódios brilhantes, mas teve vários pontos que devem ser levados em consideração. O futuro incerto dos personagens é uma das coisas que mais me deixou ansioso pela próxima temporada. O super gancho final com a cena da Violet foi ótimo e realmente espero que a série volte muito bem em sua próxima temporada. PArabéns pelo REVIEW!

  2. Paula S.

    Concordo com a review, Laura. E estou interessada no futuro de todos os personagens, com exceção da Addison, e por eles assistirei a 3º temporada. Da Addison eu cansei, desisti dela. Até esse episódio eu não a respeitava como mulher, mas a considerava um boa médica. Agora já não a respeito como profissional também, depois de simplesmente abandonar o parto da esposa do Noah e passá-lo para o Dell (mesmo tendo se comprometido váááárias vezes com a paciente, estando ciente dos problemas de saúde que ela teve e dos bebês que perdeu… enfim, uma senhora doutora!) E eu ainda não vi uma conversa de mais de 10 minutos entre ela e o Noah, que tanto se amam.
    O gancho da Violet realmente foi ótimo e não vejo a hora de saber o desfecho.

  3. Silvia

    Ai, eu não gosto da Violet com o Pete…E esse “amor” todo do Noah pela Addison desde o primeiro dia que a viu não me convence!!
    Mas gosto da série e estou ansiosa pela terceira temporada!!

  4. Camila Oliveira

    Se tivesse que descrever esse episódio em uma única palavra essa palavra seria tenso. Se fosse em duas: Muito tenso! A Amanda Foreman é uma ótima atriz, lembro dela em Felicity e foi uma surpresa e tanto o personagem dela voltar nesse último episódio. Logo agora que a Violet tinha saído de cima do muro, feito uma escolha e estava feliz. Por falar na escolha dela, eu não poderia estar mais alegre. Sempre achei a Violet muita areia para o caminhãozinho do Sheldon e nunca gostei da Addison com o Pete. Enfim, dois casais que eu não gostava, desfeitos e, ainda por cima, formando um que eu adoro!

    Agora que eu falei de casais, gente que teNsão (sem putaria, por favor) entre Addison e Noah! Episódio tenso em todos os sentidos possíveis e imagináveis. Eu achei que a mulher dele iria pegar os dois no flagra.

    Estou curiosa para saber como se sairá a Naomi à frente da outra clínica, mas eu não sei se queria que a oferta tivesse sido aceita.

    Finalmente o Dell conseguiu ficar com a Betsy, mas a história dele me interessa muito pouco. Só fiquei feliz porque não aguentava mais ele sendo chato e irresponsável.

    Por último, tomara que o Cooper tenha esquecido alguma coisa muito importante no apartamento e volte para buscar, antes que aquela louca abra a Violet.

  5. Daniele

    Eu achei este episódio bem tenso também….e adoro a Amanda Foreman, excelente atriz!!!

    tomara que o Cooper tenha esquecido alguma coisa muito importante no apartamento e volte para buscar, antes que aquela louca abra a Violet.(2)

  6. Michael

    Por favor, quando sairem os dados, poste a audiencia que o memorial do Michael Jackson atingiu na tv americana !

  7. Cristal

    Já eu fiquei triste com a escolha da Violet… Acho o Pete um chato.

    Engraçado como 99% das pessoas que asistem PP se encantaram, logo de cara, com Violet e Cooper. O resto veio depois. E Addison, que eu adorava em Grey’s, agora não consigo mais gostar.

    Os últimos minutos de Private me lembraram um pouco One Tree Hill. Embora eu tenha me divertido com as loucuras da paciente da Violet, achei tudo um pouco exagerado demais…

  8. Tati Siqueira

    Assisti esse episodio quase que em sequencia com os EUA e fiquei ansiosa pela 03×01, eu adorei sinceramente essa série, tem episodios que não dá para aguentar, mas no geral foi 75%.

  9. Pedro Paulo

    Vou fazer uma colcha de retalhos:

    Não se pode negar que a temporada não foi completa de episódios brilhantes, mas teve vários pontos que devem ser levados em consideração. [2]

    Da Addison eu cansei, desisti dela.[2]

    Estou curioso para saber como se sairá a Naomi à frente da outra clínica, mas eu não sei se queria que a oferta tivesse sido aceita.[2]

    A série no geral teve uma temporada bacana, um pouco mais consistente em relação, à arrastada primeira temporada, em que os sete episódios pareciam todos parte do piloto. Mas realmente teve erros graves.

    Tem uma frase que a Janete Clair disse em relação à novela O Semideus, de 1973: “Realmente não houve sucesso. Demorei demais para achar uma história. Tateei demais e isso não é bom para uma novela” – disse.

    E acho que Shonda está nessa mesma situação. Acho que a série surgiu depressa demais e até hoje com DUAS temporadas ela procura uma história pra contar para a Addison e ainda não encontrou. Então, chega a ser irônico, mas a PROTAGONISTA simplesmente está figurando na série.

    Com isso o público percebe melhor que Cooper, Naomi e Charlotte brilham quando podem aparecer mais. Dão banhos de interpretação. E a Addison virou uma fresca. Pena.

  10. Márcia Braga

    tomara que o Cooper tenha esquecido alguma coisa muito importante no apartamento e volte para buscar, antes que aquela louca abra a Violet.(3)

    Tem uma frase que a Janete Clair disse em relação à novela O Semideus, de 1973.
    Poxa, pensava que sou eu era do tempo das novelas da Janete!!!\Semideus foi uma chatice mesmo!!!

  11. Carlos Iago

    Tirando a trama da Violet, NADA, NADA se aproveitou nesse episódio.
    Que história foi aquela da Addison, do Dell, que coisa chata. Sam voltando a amar a Naomi pela 987ª vez, CHATO. Private Practice foi a maior decepção da história, FATO. Abandonei…
    Só Grey’s mesmo. Ou alguém IMAGINA PP na 5ª temporada? tenho medo só de pensar.

  12. Aline

    Pois é, assisti o episódio com grandes expectativas pq muita gente aqui no TS tinha falado que o episódio foi maravilhoso e tal tal tal. E sinceramente, não achei isso tudo, não.

    Tá, realmente tensa a situação da Violet. Mas convenhamos que bem previsível o que vai acontecer.

    A Addison simplesmente sai da cirurgia. Não ocorre nenhuma complicação? Nem a mãe e o bebê a ponto de morrer?

    Please! Isso é season finale, pessoal.

    Gostei do episódio, seria muito melhor considerado se fosse o anterior a season finale, mas pra SF acho que poderia ser mais interessante.

  13. Pedro Paulo

    Márcia Braga – 08/07/2009:

    Márcia, por incrível que parece eu não sou da época da saudosa Janete, INFELIZMENTE, pq aquela era a época de novelas realmente boas, como O Astro, O Rebu, O Bem Amado!!!, Duas Vidas, Corrida do Ouro, Dancin’ Days, Pai Herói, Escalada…

    Nasci em 1990, tenho 19 anos.

    Era um noveleiro meio que fanático, hoje sou um SERIELEIRO, mas assito uma ou outra novela, pq essas de hoje, como aquela dos mutantes ou da índia são de matar… as únicas que salvaram nessa década foram Senhora do Destino, O Clone, A Favorita, Cobras e Lagartos, Da Cor do Pecado, Celebridade, Belíssima. Só.

    Mas hoje eu tenho MUITO MAIS interesse nas séries. Sua forma de narrativa e condução (de algumas claro, como Damages, exemplificando) são brilhantes e de encher os olhos.

  14. Lara Aurich

    Lucas (1): Obrigada! E concordo com você que não se pode negar os pontos positivos dessa temporada e sem dúvida, entre eles está Cooper e Naomi, que pra mim, estavam maravilhosos.
    Paula (2): Olha, eu também cansei da Addison, mas não creio que a produção consegue fazer mais estrago, então estou ansiosa pra saber o que mais vem aí para a protagonista.
    Silvia (3): Eu nunca imaginei Pete e Violet juntos, e no início eu não botava fé, mas acho que os dois se encaixaram, ele trouxe alegria pra vida dela enquanto ela o fez querer algo mais da vida, entende? E Pete está bem melhor como amigo de Addison, prefiro mil vezes esses dois como amigos.
    Camila Oliveira (4): Eu mesma nem sei se gostei da escolha de Naomi, por isso na review falei mais dos motivos que ela tinha pra sair de Oceanside Wellness…vamos esperar né? =)
    Cristal (7): Eu achei as loucuras irritante, principalmente na hora que Violet diz a Karen que o bebê dela era uma menina, e na barriga de Vie era um menino, então não podia ser a mesma criança. A mulher era psicopata, Deus me livre! rrsrsrs
    Aline(12): Concordo com você. Como assim Addison não fez o parto??? A mulher teve a gravidez mais complicada e Dell que faz o parto??

    Abraçoss!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account