Log In

Notícias

Review: Private Practice – Wait and See

Pin it

Private Practice - Wait and SeeSérie: Private Practice
Episódio: Wait and See
Temporada:
Número do Episódio: 26 (2×17)
Data de Exibição nos EUA: 19/2/2009
Data de Exibição no Brasil: 18/5/2009
Emissora no Brasil: Sony

Confesso que a expectativa era grande depois do crossover e não sei se foi por isso que detestei tanto esse episódio. A verdade é que até agora eu não consigo entender como conseguiram escrever um episódio tão ruim – cheio de clichês e briguinhas de ensino médio. Sendo assim não vamos nos delongar.

• Um casal, pais de primeira viagem, recebe na hora do parto a notícia de que a criança é hermafrodita. No início eu até achei interessante, mas o caso se desenvolveu assim: o pai queria um menino, se aborreceu quando Addison se recusou a fazer a cirurgia (às vezes ela tem disso, gosta de dar esses showzinhos quando deveria ser profissional e fazer seu trabalho), abandonou a esposa e depois voltou arrependido.

• Addison descobre que seu irmão não vale nada e que estava com a Naomi por diversão e nada mais sério. Grande novidade!

• Falando em Archer, foi inacreditável que Charlotte dormiu com ele pra que Cooper terminasse com ela e ele não o fez.

Private Practice - Wait and See• Também não entendi quando Charlotte, no início do episódio, convida Cooper pra morar com ela; não sei como ela consegue brigar tanto com ele e depois, como se nada tivesse acontecido voltar atrás e o pedir em casamento e chamar pra morar junto. Private Practice está mais parecendo uma creche.

• Violet e Sheldon liderando uma terapia de casal foi só pra mostrar o quanto eles são diferentes.

• E, por ultimo, mas não menos ridículo, o que foram todas as insinuações entre Pete e sua paciente? As indiretas e as conversas dúbias não enganaram, muito pelo contrário.

E é com pesar queridos que digo que esse episódio foi muito ruim. Sinceramente esperava mais e acho que a série não pode mais se dar ao luxo de exibir histórias banais como as desta semana.

Séries citadas:

Bacharel em Direito e servidora pública. Já chegou a ver mais de 30 séries, mas hoje prefere ter vida social. Atualmente acompanha Arrow, The Good Wife, The Voice e Scandal.

10 Comments

  1. Tati Siqueira

    O que acontece é que o episodio anterior foi tão bom que era dificil chegar ao mesmo nivel;
    Eu já terminei de assistir a temporada, e te digo que os altos e baixos vão até o final. A série é boa, mas precisa de constancia;

  2. Carlos Iago

    Um conselho? Desista de PP. Eu desisti. Desisti no episódio 3, e só vi o crossover e a season finale. Só isso na série é bom, infelizmente…

  3. Isabela

    O que acontece é que o episodio anterior foi tão bom que era dificil chegar ao mesmo nivel;
    Eu já terminei de assistir a temporada, e te digo que os altos e baixos vão até o final. A série é boa, mas precisa de constancia; [2]

  4. Lu Beltrão

    Eu não me engano com PP. Eles até podem ter um ou outro episódio bom, porém, é uma série muito irregular. A impressão que tenho é que todos eles são adolecentes com os hormônios à mil e que por acaso, também são médicos. Boa parte dos personagens são fúteis e rasos… Seria bom se a Shonda se concentrasse no GA e fazer uma série boa, do que fazer essa série ruim… Pior é vc ver boas séries sendo canceladas e algumas tão irregulares como PP continuarem no ar. Acho que os americanos são verdadeiros Hommer Simpons, incapazes de distinguir qualidade de futilidade

  5. Aline

    Archie is gone \o/ \o/ Graças a Deus!

    Tbm achei esse episódio muito meia boca.

    Só gostei da cena final do Cooper com a Charlotte, mostrou que ele realmente gosta dela e quer que o relacionamento dê certo. Tô até torcendo mais pelos dois. Ela o trair com o Archie é uma coisa tão dentro do personagem, bem o que eu imaginaria a Charlotte fazendo numa crise. E a KaDee esteve ótima :D

    Quanto a Addison, eu acho normal ela se recusar a fazer a cirurgia. Uma vez que o paciente não está correndo risco de vida, ela não é obrigada a fazer cirurgias que ela não acha relevantes. É uma questão de opinião. Era só chamar outro médico pra fazer.

    E a história do Pete com a mulher lá de Two and a half men foi pééééééssima.

  6. Jubs

    P/ mim o q mais decepciona na série é a própria Addison, ela era tão forte e segura em Grey’s, retrocedeu e virou uma adolescente… qndo as outros, adora a química entre Charlotte e Cooper, mas esse vai e volta deles ta começando a me encher…
    Espero q a série melhore para as proximas temporadas

  7. Thayse

    ” Addison se recusou a fazer a cirurgia (às vezes ela tem disso, gosta de dar esses showzinhos quando deveria ser profissional e fazer seu trabalho)”

    Eu não assisti o episódio, mas como médica sou obrigada a esclarecer que essa atitude da Addison não foi nehum showzinho, muito pelo contrário, foi absolutamente profissional e ética. Todo médico sabe que um caso de hermafroditismo não é corrigido logo depois do nascimento. É esperado até a criança estar maior pra saber de que sexo ela será. Pois também existe, além de sexo genético/cromossomial, o sexo social ou psicológico, enfim, aquele que o paciente “quer” ser.

  8. Guilherme

    Que eu saiba o médico está ali para aconselhar e mostrar as opções, se mesmo assim a família optar pela cirurgia não vejo porque o médico se recusar a faze-la. Acho também que o problema é que Addison sempre julga e se você for julgar todos os pacientes vc acaba ficando desempregada.

    Um conselho? Desista da série. Ela fica nesses dilemas e não sai disso, no máximo tem uma cena boa com a KaDee.

  9. Paulo Serpa Antunes

    Thayse,
    Vou sair em defesa da Lara. A decisão da Addison teria sido ética e correta se ela se recusasse a fazer a cirurgia antes de entrar na sala de cirurgia. Topar fazer a operação e se recusar no meio da OR (se duvidar com o nenê até mesmo já anestesiado) é que é dar “showzinho”.

    Eu também não gostei do episódio, mas preciso ressaltar uma cena que eu achei bacana – a da Naomi xingando o pai da criança no restaurante. Achei aquilo engraçado.

    Quanto ao Archer… Acho que tiraram ele da série rápido demais – gostaria que tivesse mais um episódio com ele, o salto no tempo da série foi grande demais, ficou faltando alguma coisa ali.

  10. Thayse

    Paulo:

    A decisão da Addison teria sido ética e correta se ela se recusasse a fazer a cirurgia antes de entrar na sala de cirurgia. Topar fazer a operação e se recusar no meio da OR (se duvidar com o nenê até mesmo já anestesiado) é que é dar “showzinho”. Isso eu também concordo plenamente, como eu disse eu não vi o episódio.

    Guilherme:

    “Que eu saiba o médico está ali para aconselhar e mostrar as opções, se mesmo assim a família optar pela cirurgia não vejo porque o médico se recusar a faze-la.” O problema aí é que a cirurgia não é uma opção no momento, como eu disse, tem que esperar a criança crescer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account