Log In

Reviews

Review: Private Practice – Pushing the Limits

Pin it

Private Practice - Pushing the Limits

Série: Private Practice
Episódio: Pushing the Limits
Temporada:
Número do Episódio: 35 (3×04)
Data de Exibição nos EUA: 22/10/2009
Data de Exibição no Brasil: 15/3/2010
Emissora no Brasil: Sony

Sim, um probleminha aqui e outro ali, mas Private Practice fica melhor a cada dia, tanto que dá até raiva em saber que foi preciso chegar até aqui para as coisas caminharem.

Os casos clínicos que antes eram apenas acessórios estão finalmente ganhando espaço, envolvendo os médicos e mostrando que a série pode ser sim tão interessante nesse aspecto quando a irmã de Seattle.

Não é irônico que uma mulher tenha sentimentos por uma criança concebida por um estupro e Violet não sinta nada por seu filho com Pete? E isso não é maravilhoso?

Achei sensacional o modo como tem sido tratada a situação de Violet, apesar, é claro, de estar preocupada. Amy Brenneman alcançou o tom do personagem com a sua excelente performance. Ela está voltando aos poucos e enquanto cuida de seus pacientes, lida com seu drama pessoal. Foi cruel (e sensacional) vê-la tratar com tanta racionalidade e egoísmo Lucas ao mesmo tempo em que ajudava um casal superar o estupro e um filho como consequência dessa tragédia.

Addison, Cooper e Sam cuidaram de uma criança com problemas cardíacos e novamente Sam realizou a cirurgia. Eu não sou muito boa em teorias, mas deve haver alguma coisa aí, nessa estória de Sam ser um grande cirurgião logo na especialidade amaldiçoada de Seattle Grace Hospital.

Pushing the Limits também reajustou os médicos das duas clínicas até pra ajudar a trama já que Naomi saiu da Oceanside Wellness. Charlotte vai trabalhar com o namorido e Pete vai trabalhar com Naomi e Sheldon.

Private Practice - Pushing the Limits

Agora, pelo amor de Deus, Cooper não tinha dinheiro, sei lá, investido em alguma coisa, um imóvel, uma poupança? Ele torra na Internet o que ganha? E como assim ele não pediu a Sam, Naomi, Pete ou até mesmo Violet o dinheiro emprestado? Vou te contar, hein!

Enfim, gostei demais do episódio, com exceção de Dell e sua paciente, achei tudo tão… ehr… chato.

Séries citadas:

Bacharel em Direito e servidora pública. Já chegou a ver mais de 30 séries, mas hoje prefere ter vida social. Atualmente acompanha Arrow, The Good Wife, The Voice e Scandal.

12 Comments

  1. Mônica A.

    Eu estou achando a Violet uma chata nessa temporada. Ela deveria se tratar. Não tem sentido abondonar o bebê como ela está fazendo.

  2. Rodolfo

    Por isso que eu digo: “Private Practice” tem se mostrado muito melhor que a atual temporada de “Grey’s Anatomy”.

  3. Aline

    Por isso que eu digo: “Private Practice” tem se mostrado muito melhor que a atual temporada de “Grey’s Anatomy”. (2)

  4. Giselle

    Eu estou achando a Violet uma chata nessa temporada. Ela deveria se tratar. Não tem sentido abondonar o bebê como ela está fazendo. [2]

    Tá chatérrima mesmo.
    E o episódio foi mais ou menos.

  5. Silvia

    afe…chata é apelido para Violet!
    eu a internaria…tá louca!rs

  6. Tati Siqueira

    Eu falei que Private estava bem melhor que o ano passado……..

  7. Ketilly

    Dell realmente é totalmente dispensavel, é engraçado como ele super ja superou a Naomi e ninguém toca mais no assunto.
    Adoro Grey’s e claro que como todos que assintem PP começei por ela, mas posso dizer com gosto que definitivamente tem episódios melhores que de Grey’s e até mesmo essa temporada em si.
    Addie e Sam = shit odeio demais, tenho medo do rumo que isso pode tomar porque a Shonda esta pirando demais. É claro que faz uns 20 anos que eles se conhecem ele é ex da melhor amiga dela, eles tiveram a chance de algo acontecer no passado e porque agora? Essa colocação como a Addie carente que necessita sempre estar com alguém me torra a paciencia. Já a Violet acho que esta na hora dela crescer e concertar os erros do passado incluindo o Lucas e o Pete.

  8. Bárbara

    A Violet é extremamente egoísta. Nunca se importou com os sentimentos alheios. Desde o início da série ela é assim e só piora. No início ela usava o Cooper mesmo sabendo o quanto ele era apaixonado por ela (impossível ela não saber), depois usou os dois amantes e ao engravidar simplesmente fez os dois de idiotas o quanto quis. Depois quando teve o bebê, prolongou a situação até fazer o teste de paternidade.
    Gente, os dois passaram agravidez inteira e um período após o nascimento sem saber quem era o pai do bebê. Qunato a ela, jamais em tempo algum se importou com o sofrimento e/ou ansiedade que causava. Ela simplesmente é uma tremenda idiota, egoísta, que só enxerga o próprio umbigo.

  9. Lara Lima

    Eu não gosto da atitude da Violet, mas entendo a sua posição pelos mesmo motivos que ela explicou no episódio. É possível acontecer essa rejeição à criança e a forma como Shonda trabalha isso é sensacional. É egoísmo? Sim, sem dúvida. Mas isso não exclui o fato de que ela foi violentada e que algo dentro dela a impede de ser mãe, pelo menos agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account