Log In

Opinião Reviews

Review: Private Practice – In Which Dell Finds His Fight

Pin it

Private Practice - In Which Dell Finds His FightSérie: Private Practice
Episódio: In Which Dell Finds His Fight
Temporada:
Número do Episódio: 9
Data de Exibição nos EUA: 5/12/2007
Data de Exibição no Brasil: 19/1/2009
Emissora no Brasil: Sony

In Which Dell Finds His Fight encerra a primeira temporada de Private Practice mas, nitidamente, não é um season finale. É um episódio de meio de temporada de uma série que acabou cortada pela metade por decisões comerciais. É uma pena, porque quem um dia assistir em um DVD vai sentir falta de um desfecho mais redondo. Felizmente para nós brasileiros é como se a temporada não tivesse terminado e o show prosseguirá, sem interrupções.

Mas In Which Dell Finds His Fight resume bem o que foi esta primeira temporada: irregular, desigual, imperfeita. A série alterna boas idéias com outras medíocres, e o mesmo vale para os casos médicos.

O foco do episódio é Dell, que tem problemas com o avô (o ótimo George Segal). Eu gosto do Dell. E gosto do ator, Chris Lowell, o que é importante frisar porque sei que muita gente não gosta dele por motivos puramente infantis – ele é o carinha que atrapalhou o romance de Veronica Mars com o Logan. O meu problema é que não entendo o Dell. Não entra na minha cabeça que exista no mundo um surfista saradão, extremamente sensível, que trabalhe de secretário, praticamente mantenha sozinho uma clínica privada e que também seja um parteiro. O personagem não faz sentido pra mim, ainda que eu goste demais da atração que ele sente pela chefe.

Private Practice - In Which Dell Finds His FightA storyline do Dell foi muito boa, uma das melhores da temporada – o avô dele mantendo um clube da luta na geriatria e suas justificativas para isto, influenciando tanto Sam como Dell a lutar por Naomi.

O que não funciona são as outras storylines.

Cooper e Charlotte se tornaram amigos com benefícios e eu achei que ia gostar de vê-los assim, mas não gostei. Cooper aproveita um momento de intimidade e simplesmente rouba de Charlotte sua turma fechada para um curso para pais de primeira viagem. Na minha cabeça, Charlotte gosta mais de poder e dinheiro do que de sexo e sacanagem – então ela jamais perdoaria isto.

Isto dispara outra trama bobinha, onde Cooper e Pete fazem o curso e tem problemas com um executivo-futuro pai que manda um funcionário fazer o curso por ele.

Já Addison volta a atender aquela paciente que achava que tinha a “hooha” quebrada. Eu estava torcendo por isto, a possibilidade de ver os pacientes retornando a clínica e finalmente aconteceu. Infelizmente aconteceu com um dos casais mais chatos da temporada – interpretados por Nina Siemaszko, a Ellie Bartlet de The West Wing, e Christopher Wiehl, ex-Jericho, Playmakers e Love Monkey. Foi uma trama corrida, com um final meio mágico e que parecia ter sido colocada ali só para influenciar Addison a ir atrás do policial bonitão.

Private Practice - In Which Dell Finds His FightQuando será que o time de roteiristas da Shonda Rhimes vai entender que nem todo paciente e nem toda doença precisa ser uma metáfora para algum aspecto da vida dos médicos?

* * *

Esta é a minha última review de Private Practice pelo TeleSéries – afinal vocês merecem comentários mais apaixonados pela série do que os meus. Ainda esta semana estaremos publicando o primeiro texto de nossa nova colaboradora. E obrigado a todos que se ofereceram pra escrever, dói o coração não poder abrir espaço para todos.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

9 Comments

  1. Carlos Iago

    “episódio de meio de temporada de uma série que acabou cortada pela metade por decisões comerciais.”

    Cara, foi por causa da greve.
    No mais, concordo com quase tudo que você falou.
    Assisti a 1ª temporada me arrastando e vou assistir a 2ª por que dizem que é melhora muito e fica até melhor que Grey’s. Se não for, esqueço PP. Apesar de eu adorar a Kate Walsh, mas…não dá!

    Espero que a próxima colaboradora seja realista.
    Por que vc é realista. A série ainda não merece nenhum comentário apaixonado. Espero MESMO que isso mude na nova temporada.

  2. Alessandro

    Os primeiros episódios da segunda temporada são ótimos, melhores que Grey’s sim. Mas depois caem o nível e ficam “normais”. Mesmo assim assisto PP pois acho uma série leve e descompromissada. Ah, e pela kate Walsh também.

  3. Raquel

    Gosto da série mas reconheço seus defeitos, por isso comentários “apaixonados” significarão parcialidade.
    O que eu gosto é de texto bom, com observações perspicazes e senso crítico, mesmo para um programa assumidamente light como PP.

  4. Giselle

    Não consegui ver este episódio até o final porque tive que sair e também não deu pra ver as reprises. Até a parte que eu vi tava gostando. Concordo que a série tem os seus defeitos mas eu curto muito PP. Gosto mais desta do que Grey’s que eu abandonei na segunda temporada.
    AH ! E eu adoro o Dell. A Naomi até que podia ter um casinho com ele ehehehe !!!!

  5. Paulo Antunes

    Carlos Iago,
    Repetindo, foi uma decisão comercial. A greve terminou em fevereiro, a produção poderia ter sido retomada. Diversas séries da ABC retornaram, como Lost e Grey’s Anatomy (tanto é que a Kate Walsh estava desocupada e voltou pra aquela participação especial). Private Practice não retornou naquele momento porque a ABC decidiu assim.

  6. Carlos Iago

    Ah sim, é verdade. A série tava tão ruim que eles deixaram por isso mesmo e deram 10 meses pra Shonda escrever uma coisa mais decente.

    Apesar disso tudo, tô ansioso pro 2.01 hoje.

  7. Camila

    A primeira temporada foi bem meia-boca mesmo, mas até que estou gostando da segunda. Só não digo que está melhor que Grey’s Anatomy.

  8. Aline

    Muito bom o texto. Concordo com tudo que foi dito.

    O personagem Dell, espero que ele seja bem explorado na 2ª temporada. Acho que um caso entre ele e Naomi seria interessante pra série e pro Sam se tocar.

  9. Giovanna

    Tinha até esquecido dos efeitos da greve nas séries, assisti todos os episódios de grey’s anatomy em um mês, e não poderia abandonar a Kate Walsh, então comecei a assistir Private Practice tb, e realmente a série tem episódios excelentes (como o que Sam vai no mercadinho que está sendo assaltado), e tem episódios irregulares.

    Queria ver o Cooper com a Violet, e a Charlotte trabalhando na clínica. Vamos ver o que acontece de agora em diante, tenho pouco mais de uma semana pra ver a segunda temporada por causa do Crossover!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account