Log In

Reviews

Review: Private Practice – Best Laid Plans

Pin it

Private Practice - Best Laid Plans

Série: Private Practice
Episódio: Best Laid Plans
Temporada:
Número do Episódio: 43 (3×12)
Data de Exibição nos EUA: 21/1/2010
Data de Exibição no Brasil: 10/5/2010
Emissora no Brasil: Sony

O plano é conhecer alguém, se apaixonar, casar, quem sabe filhos e claro, permanecer apaixonado. Nessa ordem. O que se vê hoje é filhos, quando muita sorte o casamento, seguido por um divórcio nove meses depois, ou até mesmo nem casamento. Amor ficou perdido em algum lugar no meio do caminho, mas como a vida dá voltas às vezes você pode até encontrá-lo.

Não é falta de romantismo não. É apenas a constatação de que histórias como a de Maya não são incomuns. Antes de Best Laid Plans começar fiquei pensando: se Naomi queria matar Maya por pegá-la beijando o namorado no sofá, o que ela vai fazer quando descobrir que vai ser avó?

Juro que pensei em todas as formas de tortura possíveis, mas não pensei que Audra McDonald fosse capaz de cometê-las apenas com o olhar. Atônica, Naomi olhava para a filha como se tivesse um gosto amargo na garganta e como quem se culpa pelo o que aconteceu com a filha. Só bem depois, quando conseguiu processar a notícia (e confirmar que não era um pesadelo) pediu que Addison fizesse o aborto da filha. Audra estava espetacular!

Sam por outro lado, a primeira coisa que disse foi:

Não, ela não está. Quando você começou a fazer sexo?

Bom, acho que essa pergunta está um tanto quanto atrasada né, Dr. Feel Good? Muito atrasada. Quem sabe se ele tivesse falado sobre o assunto quando Naomi o alertou da desobediência da filha, talvez o estrago pudesse ser evitado.

Mas eu gostei que pelo menos Naomi foi razoável ao tentar obrigá-la a fazer um aborto, mesmo sendo contra. Desculpem, mas faltou muito juízo e maturidade na cabeça dessa menina, não é? E ela ainda se julga capaz de criar um filho?

Private Practice - Best Laid Plans

Em contraponto a essa bomba, Melissa McCarthy (Gilmore Girls, Samantha Who?) participa como uma mulher que passa o dia na clínica tentando ganhar seu bebê como planejado. Sempre divertidíssima e sempre confortável em seus papéis, sua trama foi um alívio e foi importante por ocupar Dell pela primeira vez durante essa temporada.

Violet também teve um trabalhão com seu paciente. Todos os seus diálogos com um homem superando morte da esposa foram tocantes, especialmente quando ele disse que a psicóloga tinha o rosto triste como de quem perdeu um filho. Violet ainda convida Charlotte para morar com ela já que a sexóloga vendeu o próprio apartamento para morar com Cooper. Tá aí uma coisa que não entendi, sempre tão inteligente e dona de si como Charlotte fez essa burrada?

Anyway, Amy Brenneman teve que mudar para se adaptar ao roteiro e transformar a complicada mas encantadora Violet em uma mulher egoísta e amarga e eu já faço campanha para que ela e Audra McDonald recebam uma indicação ao Emmy –0 são definitivamente os grandes nomes dessa temporada.

Por fim, Fife e Pete mostram o lado charmoso e conflituoso da medicina quando realizam experimentos para tornar a vida de um ex-soldado, que perdeu o braço na guerra, melhor. Michael Thornton (Fife) foi uma grande aquisição para o elenco e estou adorando suas cenas, especialmente quando seu personagem está com Naomi.

Séries citadas:

Bacharel em Direito e servidora pública. Já chegou a ver mais de 30 séries, mas hoje prefere ter vida social. Atualmente acompanha Arrow, The Good Wife, The Voice e Scandal.

3 Comments

  1. Igor

    Fantástico esse episódio tudo graças a Audra que não foi piegas e chata com um olhar conseguiu expressar tudo!
    Também quero indicação esse ano pra Audra apesar de saber que quem leva é a Glen Close(que é super merecido).

  2. Fe

    Gostei do Epi… Ainda mais qdo a Naomi manda a Addison calar a boca…Até que enfim alguem!!! Como se mete na vida alheia..rs Ela quer saber de tudo…Nunca foi mãe…
    A minha reação seria pior, vendo aquela cara de tacho da Maya, eu iria dar uma surra isso sim…rs
    Td bem que ninguem pode forçar ninguem a abortar, mas naquele momento eu entendi a Naomi, quem quer ter uma filha de 15 anos grávida?? Pq convenhamos, sempre sobra para os avós..rs
    Esperava mais do Sam, uma reação melhor…
    A Violet me irrita sempre, mas até que enfim ela demonstrou alguém tipo de reação…

  3. Tati Siqueira

    Lara, vale a pena aguentar(os altos e baixos) Private Practice……a final foi emocionante……só posso dizer isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account