Log In

Reviews

Review: One Tree Hill – Choosing My Own Way of Life

Pin it

One Tree Hill - Choosing My Own Way of LifeSérie: One Tree Hill
Episódio: Choosing My Own Way of Life
Temporada:
Número do Episódio: 112 (6×06)
Data de Exibição nos EUA: 13/10/2008
Data de Exibição no Brasil: 21/10/2009
Emissora no Brasil: Fox

One Tree Hill retorna com um episódio que tem mais a “cara” da série, sem aquelas cenas de suspense que mais parecem um filme de terror. Aqui, na realidade, temos um episódio que começa a definir o rumo das vidas dos nossos personagens, as escolhas que eles irão começar a fazer, assim como os desafios que terão que enfrentar para continuar perseguindo os seus sonhos. Nathan, por exemplo, descobriu que pode voltar a jogar basquete, mas de uma maneira bem diferente. A nova modalidade se chama “slamball”, onde é permitido qualquer tipo de contato físico e, na arena, existem molas para o jogador saltar até a bandeja e fazer as enterradas. Já o seu irmão, Lucas Scott, depois de enfrentar uma fase sem conseguir escrever absolutamente nada, terá agora que encarar as decepções do segundo livro.

Quando Luke foi para NY para ver o livro editado por Lindsey, sua ex-noiva, ela tinha várias idéias de começar a turnê de divulgação por mercados maiores. Porém, Lucas rejeitou a proposta pois tinha o casamento com a sua atual noiva, Peyton Sawyer. Assim, Lindsey se manteve distante do book tour e a editora organizou a primeira tarde de autógrafos na cidade de Omaha, onde Mouth está vivendo o seu sonho de ser o âncora de um jornal esportivo. No entanto, Omaha é um mercado pequeno. Além disso, foi tudo programado para que não desse certo, desde a colocação do livro na seção de ficção científica quando, na verdade, se tratava de um romance e o título “O Cometa” era apenas uma metáfora para isso, até o responsável pela turnê do livro, que sequer teve o trabalho de lê-lo.

Enquanto isso, Peyton precisa lidar com a repentina declaração de Mick dizendo que é o seu verdadeiro pai biológico. Ao contrário do seu plot com Ellie (sua mãe verdadeira) na terceira temporada, dessa vez a históra não funcionou dentro dos atuais parâmetros da série. Digo isso porque não deixa de ser uma repetição do que já aconteceu anteriormente, tendo Peyton que enfrentar mais problemas do seu passado quando criança. No entanto, as cenas envolvendo Brooke Davis estão cada vez melhores. Ela finalmente tomou coragem e confessou para a sua melhor amiga, Peyton, que foi atacada na sua loja e por isso estava toda machucada. Demorou para ela fazer isso, mas é possível entender o seu sentimento: medo, vergonha e reclusão, são alguns desses problemas que ela precisou enfrentar, mesmo que sozinha.

One Tree Hill - Choosing My Own Way of LifeO final do episódio deixa arcos abertos para o futuro. Como será que Brooke lidará agora que resolveu ser “guardiã” da Sam, aquela que invadiu a sua loja e roubou algumas roupas? Ou, ainda, como será que Lucas irá reagir depois do fiasco desse seu segundo livro? No caso de Mouth, como será a sua volta pra casa depois de ter tido o emprego dos seus sonhos? A mensagem que o episódio passa realmente é que o dinheiro, às vezes, não é tudo. Ele pode te ajudar de muitas maneiras, mas até que ponto ele é a coisa mais importante na vida de um ser humano? Até que ponto ele pode ser o responsável pela felicidade?

Por mais que One Tree Hill tenha errado a mão no início dessa temporada em alguns capítulos, a principal característica dessa série é a sua capacidade de se recuperar e de entregar episódios que nos fazem questionar a nossa própria vida a partir dos personagens que ali estão representando, o que pode ser um pedaço da história de vida de qualquer um que esteja assistindo.

* * *

Texto publicado originalmente no weblog Sob a Minha Lente.

Séries citadas:

5 Comments

  1. bia mafra

    foi um episodio acima da media de oth, mas no meio de tantas series boas, estreias otimas, acho que se, oth nao se estabilizar, vai perder audiencia.

  2. Luly*

    Depois daquele terror dos primeiros episódios, surge uma esperança de que algo bom ainda saia desta temporada

  3. Cyssinha

    OTH funciona muito melhor sem os velhos clichês de babás e psicopatas.
    Adorei as cenas do Jamie com o vovó Dan.
    Se deixarem, o garotinho leva a série (sozinho) nas costas.

  4. MARY

    GALERA, ME AJUDEM. COMO FAÇO PRA ASSISTIR ESTE EPISODIO DO OTH QUE PERDI. ME DEEM UMA DICA , POR FAVOR. EM QUAL SITE CONSIGO BAIXAR ? THANK YOU VERY MUCH .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account