Log In

Reviews

Review: One Tree Hill – 4 Years, 6 Months, 2 Days

Pin it

Série: One Tree Hill
Episódio: 4 Years, 6 Months, 2 Days
Temporada:
Número do Episódio: 89 (5×01)
Data de Exibição nos EUA: 8/1/2008
Data de Exibição no Brasil: 1/10/2008
Emissora no Brasil: Fox

Quatro anos, seis meses e dois dias se passaram em One Tree Hill e a verdade é que eu, assim como tantos outros fiquei ansioso com o que viria. A série encerrou a quarta temporada com um series finale, e a verdade é que One Tree Hill estava prestes a se reinventar pela segunda vez. E a pergunta que não saia da minha cabeça era: vale a pena correr o risco?

Queira ou não, a turma de Tree Hill já faz parte de minha vida. Lucas e sua face imutável, com 16 ou 21 anos, Nathan e suas várias personalidades, Brooke como a garota que todo homem gostaria de ter, mesmo que só por um tempo. Peyton como aquela que ainda acredita que deva existir um propósito para viver, Skills e suas tiradas, Haley como a esposa que sonhamos em ter e Mouth como aquele que é mais parecido comigo do que eu gostaria. E ainda espero rever o Dan, que não tenho idéia de como está.

E foi assim que eu fui ver o premiere, e na verdade, fui surpreendido de uma forma positiva. Esperava que fossem criar algum evento (morte ou casamento) para que os personagens se reaproximassem, mas na verdade, não houve nada disso, apenas seguiu-se a vida deles e um dia, mais cedo ou mais tarde, eles teriam que se reencontrar.

E aí vem o primeiro acerto da série, o trio Nathan-Hales-Luke continuaram firme e forte durante esses quatro anos, e eu particularmente gostei disso porque hoje Nathan e Luke são irmãos de fato e Haley é o maior elo entre eles (e agora existe o James também). Triste o momento atual de Nathan, com um vidro na coluna, ele perdeu por bem pouco a chance realizar seu maior sonho. E qualquer sonhador por natureza sabe bem o quão dolorido é ter um sonho e não realizá-lo, e isso dói com uma profundidade que apenas poucas pessoas no mundo conseguem entender, e perder isso por uma infantilidade deve doer ainda mais.

E a verdade é essa, Nathan não consegue se perdoar, e novamente percebemos o caminho que Dan trilhou. Haley chega a deixar claro isso pra Nate quando o mesmo ignora ou assusta o seu filho e Nathan apenas acha que a vida dele perdeu o sentido. Sei que julgá-lo é fácil, e que o certo é aceitar o que a vida nos dá, e ir atrás de novos sonhos, mas entendo aqueles que se deixam levar pela dor e pela perda.

E por falar em sonhos, quantos de vocês ainda acreditam que possam ser útil no mundo? Hoje o que mais leio e vejo são pessoas procurando emprego onde possam ganhar bem e desfrutar de todo esse dinheiro pra serem “felizes”. Engraçado que convivo com pessoas assim e não sinto que elas sejam realizadas. É fato que se for pra viver infeliz, melhor com dinheiro do que sem, mas o que mais me assusta nas pessoas é que elas não têm mais um objetivo, e em muitos casos elas perderam seus princípios, e isso eu não consigo entender. E pelo visto nem Peyton Sawyer. Sei que o show business deve ser um tanto quanto nojento, pois só assim explicaria tanta coisa sem sentido, como o hip hop dominar a parada lá nos Estados Unidos enquanto várias coisas boas acabam passando despercebidas, ou então ter que ler um livro de um jornalista da Rolling Stone falando que o CD de Britney Spears relembrou os Beatles.

Na verdade, esse mundo sem sentido embrulha minha barriga, pessoas cada vez mais egoístas, o dinheiro controlando tudo e todos, e aqueles que possuem sonhos, valores, caráter, são deixados de lado como a nova escória da sociedade. Porém o que a grande maioria não sabe é que essas pessoas, mesmo sofrendo, mesmo perdendo, mesmo sendo discriminadas, no final podem dizer que estão vivendo, estão sentindo a vida todos os dias e principalmente podem colocar a cabeça no travesseiro e dormirem tranqüilos.

Pois dá pra notar por Brooke que ter o mundo aos seus pés não quer dizer que se tenha tudo, pois às vezes o que precisamos na vida é o simples. Não que eu vá dizer que ser famoso fazendo o que gosta seja ruim, pois ser reconhecido por aquilo que você faz é uma das maiores gentilezas que uma pessoa pode fazer a outra. Mas tenho pena das pessoas que pensam que apenas ter um carro ou poder ir pra qualquer lugar do mundo seja suficiente pra ser feliz. E sim, os mais pessimistas (eles dirão que são realistas) falarão que a vida é assim, tristeza e felicidade, altos e baixos, mas penso que existe aquela felicidade duradoura onde você não terá tudo na vida (ninguém tem), mas onde o que você tem e o que você consegue ter com o tempo são suficientes pra você. E Brooke e Peyton no fim procuram apenas por isso, ter mais da vida do que apenas momentos de felicidades.

Como foi um episódio duplo no Estados Unidos, na outra review falarei dos outros personagens.

Continua no próximo review…

Séries citadas:

22 Comments

  1. Thiago

    E pensar que eu gostei tanto da “series finale” da quarta temporada que eu quase deixei de ver isso…

  2. Aline

    Nossa, muito boa a review. O episódio foi duplo? Nem imaginava, porque acabou tão legal.

    Esse episódio é um dos meus preferidos agora. Muito bom. Adorei a forma como mostraram as vidas dos personagens.

    A parte do Nathan é muito interessante, e adorei o visual Jesus dele *woot*

    E adoro episódios que eu consigo gostar da Peyton. E parece q ela vai ter uma storyline interessante nessa temporada. Graças a Deus! Aquela história dela com Psycho!Derek foi péssimo.

    E alguém quer dar um tiro na manager da Brooke? Mulherzinha, chata! Dan, where are youuuuu?

  3. karina

    Alguem sabe q horas a fox vai reprisar os episódios inéditos da série?

  4. Carlos Iago

    A Season Premiere foi muito boa mesmo…adorei.
    Tomara que essa temporada supere a 4ª, que pra mim foi a melhor, mesmo com o Derek!

  5. Abelardo

    Cara, mesmo vendo dublada na FOX, One Tree Hill me faz sentir e muito. Eu acho q é a única série q me faz refletir justamente sobre oq foi falado nesse review, é muito mais q um série teen.

    Eu adorei a historia de todos nesse ep. Até a Peyton q não sou mto fã, eu amei, principalmente o telefonema dela para a Brooke.

    Ah, minhas quartas serão tão mais felizes/depressivas com One Tree Hill e Brothers and Sisters.

    Still lovin´ Brooke Davis.

  6. Ivna

    calma, voces ainda vao ver…
    nao querem saber agora né?
    rachel e dan ainda aparecerem, la pro episodio 10.
    a ligaçao da peyton pra brooke foi lindo demais,chorei rios oO’
    e a review ta muito boa mesmo, fazendo pensar na vida…
    eu achei meiio estranho esse negocio de episodio duplo, deve ter sido o maximo nos states 2 horas de one tree hill com season premiere.
    mas aqui cortaram mesmo, entao, whatever.
    e karina,
    vai reprisar que eu saiba toda quarta a 1 da tarde reprisa o da semana passada. no caso, quarta proxima reprisa o 1 e etc.
    quarta lotada de one tree hill!! 8 hs da manha, 1 da tarde, 7 da noite, 9 da noite e 3 horas da manhaaaaaaa :D
    claro que eu na vou assistir tudo isso, heuheuheuh’
    aah, complementando. ODEIO o nathan nessa fase aí “eu sou um azarado”.

  7. Sofia

    aaaaaaaaaaaaaaa gente esse seriado é muito dramalhão mexicano pra minha cabeça.Só faltou a Brooke dizer,tenho tudo,beleza ,inteligência e a minha modéstia .tudo é muita tempestade em copo dàgua.Fala seriooooo!!!!!!!!!!!!!

  8. Thiago Monteiro

    Fala Paulo!

    Saudades de comentar as reviews OTH! Se bem que dessa vez vai ser mais difícil que na temporada passada, já que revia a quarta temporada junto com a Fox Life, tudo estava bem fresco na cabeça e embora tenha a 5ª temporada aqui em casa, sequer revi um episódio :(

    Essa temporada na minha opinião foi boa, cheguei diversas vezes a elogiar, mas outros fatores me fizeram ver alguns pontos negativos nela que no decorrer da temporada e pra não soltar spoilers indesejáveis, no decorrer das reviews vou expondo o que penso :)

    Sobre o episódio em si, foi muito esperado na época, o bom foi que a CW mandou logo 2 epis de uma vez, pra saciar um pouco a nossa curiosidade do que seria a série com os personagens já adultos.

    A única coisa que pega de fato nesse comecinho foi o estrelato de alguns muito precoce, como a Brooke mais especificamente, isso com 21 anos apenas…
    :S

    Ivina, foram 2 episódios sim nos EUA. Não vi pela Fox, mas esse episódio terminou com a Payton chegando em Tree Hill?

    Abraço a todos!

  9. Vicente

    Que bom ter a turma de Tree Hill de volta à telinha em episódios inéditos! Principalmente num episódio excelente como esse e na expectativa de uma temporada que, segundo quem já viu afirma, é tão boa quanto a primeira – a minha favorita.

    Melhor ainda quando temos de volta os comentários do Paulo Fiaes, que consegue traduzir em palavras tudo aquilo que acho da minha série favorita… Ainda bem que vc reconsiderou e continua comentando a série, Paulo. Wellcome back.
    O review não podia ter sido mais preciso.
    Parabéns.

    PS: Segundo a revista MONET a FOX também reprisa os episódios aos domingos, às 16 horas.

  10. Vicente

    Ah, só uma correção, Paulo:
    A emissora que exibe a série no Brasil é a FOX. E não mais a FOXLife, que o fez na temporada anterior.

  11. Tati Leite

    Assim que anunciaram que One Tree Hill teria uma passagem de tempo eu confesso que fiquei bem otimista. Afinal, tanto mandar todos para a mesma faculdade (como em 90210) ou separar o grupo (como em DC) não deu certo.

    Quando assisti o 1º episódio dessa temporada eu fiquei feliz com o fato de que realmente a idéia deu certo. E realmente, não terem forçado uma morte e/ou casamento para que todos voltassem foi bem legal.

    Brooke e Mouth sempre foram os meus prediletos e mostrar que vencer no mundo adulto não é simples. E mesmo quando vc conta com a sorte (no caso na Brooke) de o sucesso chegar com vc fazendo o que vc gosta não necessariamente a felicidade vem junto.

  12. Cyssa

    Gostei do review. OTH é uma das minhas séries favoritas, mesmo com os seus altos e baixos (e sem contar a dublagem e a falta de respeito da F*X).
    O personagem Nathan sempre rendeu uma boas estórias, a série perderia muito sem ele.
    A manager da Brooke não é a Daphne Zuniga de “Melrose Place”?
    Também gostaria de saber os horários de reprise, principalmente os da madrugada.

  13. Pingback: Sob a minha lente » Blog Archive » 90210 1×06 - Model Behavior

  14. Eudes Antonio

    Gente gostei mto do episódio.Tbm estava na expectativa para ver o que aconteceu.Outro dia estava refletindo sobre as séries teen da atualidade, e todas são como o mundo fútil que Brooke está vivendo, mas ainda bem que o pessoal de Tree Hill é diferente.

  15. Paulo Fiaes

    opa,

    é bom encontrar essa galera novamente pra conversar sobre One Tree Hill. Valeu pelos elogios, e desculpa por ter dividido a review, mas fiz acompanhando a exibição lá fora, e como tinha sido episódio duplo, eu tinha escrito uma review só sobre tudo que aconteceu nos 02 eps.

    bom,

    o que posso dizer que agora podemos voltar a conversar sobre a série, e já de começo queria dizer que concordo e discordo com Eudes, concordo que as série teens estão muito futeis, e discordo sobre one tree hill, ou melhor, a partir dessa quinta temporada parei de considerar one tree hill como série teen, e considero um drama adulto sobre jovens. e dos bons. Claro que há alguns delizes, mas atire a primeira pedra aquela série que não escorrega

  16. Eudes Antonio

    Paulo,
    Com certeza One Tree Hill teve e tem seus deslizes, e concordo com vc que agora One tree hill é um drama adulto sobre jovens. E quando fiz alusão ao mundo de Brooke, lembrei de Gossip Girl em particular, que é uma série que exalta o Glamour, a alta moda, o consumo desenfreado junto com os cliches teen. Por isso que eu disse que One tree hill é diferente, pq eles querem mais do que isso, eles questionam este mundo,já os garotos de Gossip Girl não.

  17. MARIA GABRIELA

    OIIIII!! TUDO BEM COM VOCÊS? EU ADOREII ONE TREE HILL DA 1 2 3 4 5 TEMPORADA E EU ESTOU ANSIOSA PRA VER A 6 TEMPORA E COM QUEM O LUCAS SCOTT VAI SE CASAR TOMARA QUE SEJA A PEYTON RSRSRSRRSRSSRS!!
    TODOS VOCÊS SÃO MUITO LINDOS MESMO !!! TAH!!RSRSRS!E EU QUERIA SABER SE O LUCAS VÁI CONTINUAR ESCREVER UM OUTRO LIVRO?E EU QUERIA SABER SE TEM LIVROS QUE O LUCAS SCOTT ESCREVE AQUI NO BRASIL (SÃO PAULO)? ÉH PORQUE EU QUERIA LER DEVE SER MUITO LINDO A HISTÓRIA DO LUCAS E DA PEYTON!!RSRS! E EU QUERIA TANTO VER VOCÊS DE PERTO E PODE FICAR DESPEROCUPADOS QUE EU NÃO SOU FÃ LOUCA (ESTÉRICA)!TAH!RSRS!A A MINHA IRMÃ FALOU OI PRA VOCÊS TAH BOM!!RSRS!
    E FALA PRA PEYTN QUE EU ADORO OS DESENHOS DELA E EU ESTOU PENSANDO EM ENTRAR NUMA AULA DE DESENHOS PORQUE EU QUERO SER IGUAL ELA DESENHISTA RS!E EU ESTOU TAMBEM FASENDO UM LIVRO TAM BEM PORQUE EU AXEI ENTERESSANTE QUE O LUCAS ESTÁ FASENDO RSRS!! EU ESTOU QUERENDO MESMO LER O LIVRO QUE O LUCAS ESTÁ ESCREVENDO SOBRE O QUANTO ELE AMA A PEYTON!!E VOCÊS FASEM UM PAR LINDÍSSIMO !!RS!
    BOM EU AXOU QUE EU ESTOU FALANDO DE MAIS!!RSRS!
    E (AXO)QUE VC ESTÃO CANSADOS DE MIM (ZUERA)RSRS!
    E QUE VOCÊS ESTEJAM CANSADOS DE LER TAM BEM !! TAH BOM!!
    XAU!!!PRA TODOS AI DE ONE TREE HILL!

    BEIJÃO!!! PRA TODOS AII DO ONE TREE HILL!!!

  18. TATIANE MORES

    eu não me aquento de tanta curiosidade para saber com quem o luj=kas vai casar sera com a Lindes , a Broonke ou a Peyton, o autor é muito malvado!
    bom vamos esperar para vê

    bbjxx da morena apaixonada pela serie one tree hill!

  19. suelen

    nossa eu sou totalmente apaixonada po lances da vida…..vejo todos os dias na fox .
    e queria muito compra os livros !!!!!!!!!

    se alguem tiver novidades da serie mande pro meu e mail . por favor !!!!

  20. vanessa s.b

    GENTE QUAL O CANAL Q POSSO VER A A 4 E 5 TEMPORADA POXA AMO MUITO MAS NÃO CONSIGO ASSITIR ME AJUDEM POR FAVOR!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account