Log In

Reviews

Review: O Aprendiz – Mr. Outside the Box

Pin it

O Aprendiz: Celebridades - Mr. Outside the BoxPrograma: O Aprendiz: Celebridades (The Apprentice)
Episódio: Mr. Outside the Box
Temporada:
Número do Episódio: 99 (7×03)
Data de Exibição nos EUA: 17/1/2008
Data de Exibição no Brasil: 18/3/2009
Emissora no Brasil: People+Arts

Essa semana começamos o episódio com uma proposta inusitada de Donald Trump. Como o time das mulheres teve duas derrotas consecutivas, foi oferecido a Gene Simmons o cargo de líder do time feminino. A princípio a idéia até parecia legal, mas infelizmente o tiro saiu pela culatra e quem mais perdeu com o resultado final foi o telespectador.

Nos comentários passados eu tinha dito que às vezes Gene parece se achar superior que os outros concorrentes, muito talvez pela idade ou por ser a celebridade mais bem sucedida do grupo, mas é incrível como a personalidade cativante do rock star faz com que o seu tom arrogante não seja nada ofensivo (pelo menos para mim) e na maioria das vezes seja algo cômico.

Após refletir um pouco sobre a proposta de ser líder do time feminino, Gene aceitou o cargo e assim que reuniu as mulheres se alto intitulou o “ditador benevolente” para que ficasse claro que era ele quem mandava ali. Muito engraçado.

A tarefa da semana era adaptar um micro-ônibus e fazer “jabá” da Kodak no meio das ruas de Nova York. O lutador de vale tudo Tito Ortiz ficou encarregado do time masculino que imediatamente foi se reunir com os executivos da Kodak para entender exatamente o que eles queriam que se enfatizasse na campanha. Logo eles descobriram que o que a Kodak queria destacar era o fato de que a nova impressora é muito mais econômica que as outras e a tinta é mais barata que as dos concorrentes. “Tinta de impressora acessível para todos”, esse era o destaque que os executivos queriam ver.

Gene achou que seria uma perda de tempo mandar o time todo se reunir com os executivos e mandou apenas Nely e Carol para a reunião. A reunião foi um verdadeiro desperdício de tempo. Primeiro porque Nely ficou falando na reunião o tempo todo e não deixou os executivos explicarem direito o que eles queriam, e segundo porque na verdade Gene já estava seguindo um processo criativo para a campanha voltado 100% para o que ele achava que era importante, não ligando a mínima para as expectativas dos executivos.

Para ser bem franco, os próprios executivos talvez não entendam o que a Kodak realmente precisa. Sou arrogante e certamente posso dizer do que a Kodak realmente precisa.

Outra frase completamente maluca e muito engraçada que só poderia brotar da mente de Gene Simmons.

Enquanto isto, os homens fizeram uma apresentação mais desleixada por culpa das loucuras de Stephen Baldwin, que parecia que tinha cheirado cocaína com pó de guaraná e não parava de andar de um lado para o outro e subir na mesa da sala de reunião. Baldwin resolveu tirar umas fotos ridículas sobre a mesa de reunião e conseguiu derrubar uma caneca de café sobre o computador e perder todo o trabalho feito no dia. Mesmo depois desse desastre e de terem criado um micro-ônibus muito mais simples que o do time de Gene, acabaram ganhando novamente por terem conseguido absorver a idéia principal da campanha que os executivos da Kodak queriam.

Gene ficou inconformado com a derrota e na hora de escolher as duas pessoas que voltariam com ele para a sala do Sr. Trump acabou escolhendo duas pessoas que não tiveram nada a ver com a derrota do time, quando estava mais do que claro que Donald Trump queria despedir Nely. Infelizmente o cabeça dura Gene Simmons não escolheu Nely para voltar a sala e não teve jeito. Foi despedido. O reality vai perder muito com a saída de Gene e agora mesmo com um homem a menos, o time masculino está muito na frente no placar.

Foi uma pena, mas ainda vamos ter boas cenas entre Omarosa e Piers nessa temporada e vai valer muito a pena continuar acompanhando.

O Aprendiz: Celebridades - Mr. Outside the Box
Eliminado: Gene Simmons

Texto foi publicado originalmente no weblog Série Maníacos.

6 Comments

  1. Everton

    O bom e velho Gene Simmons… realmente ele é cativante, todos caem na lábia dele, eu inclusive me convenci de que o produto dele estava melhor. As únicas pessoas que vi desafiarem o Gene, foram aquelas crianças inglesas da VH1, que achavam ele um velho que só se importava com dinheiro e mulheres, e ele ficava desnorteado por não entender como eles não achavam aquilo bom… rsrsrsrs

    Por ter um história com a Kodak, realmente acho os executivos dessa empresa totalmente descerebrados… e por isso torci pro Gene ganhar. Porém o que no meu entender ficou bem claro foi que no entender do Gene, se Donald Trump quer um aprendiz no sentindo profissional da palavra ficasse com ele, a Nely Galan (que eu adoro com aquele sotaque), porém se o Trump quer show fique com a Omarosa, e com a gata do softball….

    Gene blefou confiando apenas na amizade, e com o Trump não se blefa…

    P.S> Achei o conselheiro bem falsinho, meteu o pau na rua no carro dos caras e na sala de reunião ficou quietinho….

  2. Gabriel Paixão

    Gene Simons foi muito cabeça dura, até parece que não queria mais participar do show. Stephen Baldwin estava muito engraçado, parecia fora de si, até seu irmão “big Al” tirou um sarro dele.

  3. Bernardo

    Ah, tiraram o cara mais divertido. Espero que o resto consiga compensar.

  4. Paulo Antunes

    Realmente, o clown se foi, o programa vai perder a graça.

    Não sei se vocês assistem o programa só pelo entretenimento, ou tentam tirar dele algumas lições profissionais. Neste sentido, o episódio foi muito rico. Caras como o Gene existem aos montes na América (e aqui também). São visionários, são empreendedores, e são caras que inevitavelmente tem o material para se dar bem na vida, porque são extremamente capazes. Mas também são os caras que ganham e perdem tudo, porque simplesmente estavam entretidos demais com seus egos para ver que o mundo mudava a sua volta. O episódio foi um dos melhores da série neste sentido – e inclusive corrige o erro da season premiere, em que a Omarosa deveria ter sido demitida por este mesmo motivo.

    O Michel não falou no texto, mas para mim a parte mais divertida do episódio foi a participação do Alec Baldwin. Muito engraçada a forma como ele carinhosamente detonou o irmão, foi demais.

    Ah, e o jurado convidado da semana, o Jim Cramer é uma figura curiosa. Ele tem um programa de dicas de investimento na CNBC chamado Mad Money e vem sendo detonado seguidamente pelo Jon Stewart (que sem o Bush, passou a meter pau sistematicamente em Wall Street). Semana passada os dois se encontraram no Daily Show, foi o assunto da semana nos EUA e deu uma audiência tremenda ao programa. Tentem assistir no site do programa, vale a pena.

  5. Michel Arouca

    Gene foi muito cabeçudo de não ter chamado Nely para a sala de reuniões. Uma pena.
    Mas não se preocupem pq a temporada só melhora daq para frente. Eu tb achava que com a saida de Gene o programa perderia a graça, mas eu não poderia estar mais engando.

    PS – Comi mosca mesmo de não ter falado do Alec Baldwin. Foi muito engraçado.

  6. Gabriel Paixão

    Oque o Paulo falou é verdade, Gene é um baita empreendedor. O Kiss não é apenas uma banda de rock, é de tempos uma indústria de merchandising que vende todo tipo de badulaques. Mickey Mouse ficaria com vergonha, hehehe…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account