Log In

Reviews Spoilers

Review: Lost – LA X

Pin it

Lost - LA X

Série: Lost
Episódio: LA X (partes 1 e 2)
Temporada:
Número do Episódio: 103 e 104
Data de Exibição nos EUA: 2/2/2010 na ABC
Data Prevista de Exibição no Brasil: 9/2/2010 no AXN

Então, funcionou. E ao mesmo tempo, não funcionou. Mas para ser honesta (e talvez eu vá soar um pouco amarga e difícil) quando o mundo já complexo de Lost se partiu em dois mundos complexos, eu não consegui me sentir feliz pelos Losties. Primeiro, porque a imagem da Ilha debaixo da água só conseguiu me fazer pensar em todas as pessoas que devem ter morrido para que os Losties conseguissem voltar as suas vidas. E também porque não consigo deixar de concordar com Locke-falso que a principal falha dos Losties é justamente não querer enxergar o quão patéticas suas vidas eram. E as chances que eles receberam na Ilha foram pulverizadas.

Jacob pode chamar isso de progresso, mas eu estou com o homem de preto nessa. É destruição, e faz com que eu não me importe em ver os nossos heróis conseguirem chegar a salvo em casa.

Por outro lado, isso não estranhamente não afetou o meu aproveitamento do episódio especial duplo. Eu me senti emocionada com os momentos mais dramáticos e positivamente surpresa com as novas revelações e confirmações, foi ótimo ver a mitologia continuar a se desenvolver a passos largos e a cortina se abrir para essa nova parte instigante de universo. E por mais que eu estivesse (talvez injustamente) irritada em ver os Losties indo para casa, quando essa casa era para quase todos eles uma realidade miserável, eu me senti nostálgica pela primeira temporada.

Foi impossível não sentir aquela pontinha de cumplicidade com o show ao ir descobrindo as diferenças entre o vôo 815 da realidade alternativa e o verdadeiro, que vimos há seis anos atrás, em uma espécie de jogo dos sete erros bizarro. Locke ainda era aquele homem sereno, apesar de tudo, e sábio. Ainda era aquele homem que apesar da cadeira de rodas e angústia quieta que exalava, nos trazia uma imensa sensação de paz. E foi interessante, para dizer o mínimo, vê-lo criando uma conexão totalmente diferente com Jack.

E Jack, que virou um dos personagens que mais detesto, em uma época que seu complexo de herói ainda não me irritava, sendo que essa época é agora. Foi estranho. Em um minuto eu estava bem com o Jack e a Kate também, no avião e no aeroporto fazendo o tipo de coisa que eles fazem, Jack acreditando que pode salvar o mundo, Kate tentando fugir, e no outro estávamos de volta na timeline normal, e eu não sentia mais essa animosidade. Talvez tudo aquilo que eu tenha aprendido a odiar nos dois seja o peso da responsabilidade deles dentro da série.

Por que eles não deveriam se focar nas coisas pequenas e em si mesmos na timeline alternativa? É a vida deles! Mas quando eles estão na Ilha, o papel deles muda. Como Swayer coloca para Jack “Você fez isso”. Sim, o Jack fez. Mas não fez sozinho. Todos eles o ajudaram, em maior e menor grau, a causar aquela explosão, e tudo o que derivou dela, bom ou ruim.

O mesmo pode ser aplicado a Ben, que do outro lado da Ilha, passava por uma experiência totalmente diferente, porém similar demais. E eu acho que não só Ben não faz a mínima idéia do tamanho da besteira que fez ao matar Jacob, nós também não. Posta toda a comoção de lado, não consigo imaginar o que a morte de Jacob representará em termos práticos, além, é claro, da dominação do Monstro sobre a Ilha. Mas ele quer ir para casa, e eu fiquei com a impressão de que essa ‘casa’ será o motivo de uma Guerra e tanto.

Lost - LA X

Por enquanto, é apenas imaginável que seja o Templo, que finalmente vimos, mas estou achando essa resposta simples demais. E o Templo, junto com seus moradores, representa uma grande resposta que há muito esperávamos e foi interessante, mas pela primeira vez não fiquei com aquela sensação de arrepio, de assombro, ao vislumbrar um dos grandes segredos de Lost. Muito mais impactante foi a simples cena em que o falso Locke se revela o Monstro, mata os guarda-costas de Jacob e com isso também descobrimos para que afinal servem as cinzas. A atuação de Terry O’Quinn estava magnífica durante todo o episódio, mas nessa cena estava ainda mais. Ele conseguiu fazer toda a maldade do homem de preto de repente se revelar, em apenas uma expressão facial.

Então agora que temos novo contexto e novos jogadores, e dois tabuleiros diferentes, estamos um pouco mais perdidos, mas eu gostei da cara desse novo jogo e acho que vem sim uma temporada histórica por aí. Quer Darlton tire todas as nossas as dúvidas ou não.

O que mais aconteceu:

• Decidi não comentar direto na review, porque era provável que eu ficasse a review inteira falando disso. Mas achei a morte final da Juliet ainda mais cruel do que o vimos na finale. Sim, era perverso ela morrer sozinha, no fundo de um buraco, tentando explodir uma bomba em um plano bizarro só para salvar Sawyer. Mas ela morrer nos braços dele daquela maneira foi de partir o coração. Por um segundo achei que a coisa muito importante que ela tinha a dizer fosse sobre uma possível gravidez (lembrei dela com a mão sobre a barriga) e fiquei feliz que não foi, porque seria horrível demais, não? Elizabeth Mitchell esteve ótima nessa sua breve aparição, mas foi o Josh Holloway que fez o trabalho emocional pesado. E que trabalho! O desespero e o ódio de Sawyer eram palpáveis.

Lost - LA X

• Desmond estava no avião. Como e porquê, eu não sei. Mas obviamente se a Ilha afundou, Des nunca foi parar lá. Devemos assumir que ele e Penny estão juntos e felizes no mundo alternativo também? Eu espero que sim. Acho que Desmond deve voltar a ser muito importante agora que Faraday está morto. Ele é quem pode acabar conectando as duas timelines (e eu realmente acho que elas vão se tocar em algum ponto). Uma possível Constante?

• O Monstro/Locke/Homem de Preto menciona que a última vez que viu Richard, ele estava usando correntes. Acho que é a evidência mais sólida que tivemos até então de que Richard estava sim no Black Rock.

• Eu sempre adoro a trilha de Lost, mas teve momentos aqui em que ela até se tornou protagonista. A cena em que todos saem do avião por exemplo, tem uma música extremamente marcante. Palmas novamente para Michael Giacchino, gênio.

Séries citadas:

É estudante de comunicação. Não vive sem The Good Wife, Parks and Recreation e 30 Rock. Ah, e Gossip Girl, que apesar do bom senso, ainda nao conseguiu largar.

45 Comments

  1. anderson

    Excelente Review, parabéns.
    Genial esse começo de temporada,não posso dizer menos, ao comparar as duas timelines pensei a mesma coisa, parecia q eu tava la em 2004 vendo o episodio piloto novamente, e essa premiere deu a noção exata de como a ilha afetou cada um deles, basta comparar.

    Eu gostei dessa realidade alternativa sem que eles tivessem caido na ilha, pq é um jeito fantastico de mostrar o que aconteceria se realmente eles nao caíssem, e dai poderemos tirar muitas respostas de qual é a verdadeira importancia da ilha para eles.

    Terry o´Quinn definitivamente é O cara de Lost, roubou a cena, foi perfeito, assim como Michael Emerson, os dois juntos são fantástico, não é atoa q os dois ja foram premiados com EMMY.

    A cena de Juliet e Sawyer foi realmente muito boa, e mostra q além de sci-fi, Lost é um excelente drama, com personagens bem construídos e trabalhados.

    Enfim, sinto q será uma temporada histórica, nada mais justo para uma série que já é histórica.

  2. Rodolfo

    E faltou falar da Claire. Finalmente a moça apareceu. Pouquinho, mas apareceu.

    E a morte da Juliet foi realmente triste. Eu comecei a gostar da personagem a partir da 5ª Temporada. Eu ainda pensei que ela pudesse ficar viva.

  3. lu

    Quando a gente pensa, ‘tá acabando, não vem mais nada demais, só respostas’. vem isso.

    Lost é Lost. Sawyer é demais! Que ninguém se atreva a matá-lo!!!

  4. Eliane Moura

    Caramba!!!Eu fiquei muito feliz… pq parei de ver Lost na 3ª temporada!Que confusão! :0)

  5. Fausto

    Sobre o Desmond…é capaz da Penny nem ter nascido, já que a ilha explodiu e a historia do Wildmore mudou com isto…

  6. DIMAS (Goiânia)

    Será que realmente as últimas palavras de Juliet foram aquelas que Miles disse ao Sawyer? Ou terá ele mentido pois se dissesse algo diferente a dor de Sawyer seria ainda maior. É possível que ela quissesse dizer ao Sawyer que estava grávida. Ou não …
    Jacob tem um plano, afinal ele sabia exatamente o que iria acontecer. Pode ele ter reencarnado em Sayd?

  7. Thais Afonso

    “E faltou falar da Claire. Finalmente a moça apareceu. Pouquinho, mas apareceu”

    Verdade. Esqueci da mencionar a Claire, e o Artz, e Frogurt sendo mala como sempre! E esqueci de mencionar o conteúdo do case do Hurley, que era um Ankh gigante e misterioso. Queria ter lembrado, mas agora deixo aqui, o que vocês acham que havia naquele papel? Eu acho que era uma lista com o nome dos escolhidos de Jacob.

    “Sobre o Desmond…é capaz da Penny nem ter nascido, já que a ilha explodiu e a historia do Wildmore mudou com isto”

    Fausto, verdade! Quer dizer, agente sabe que Widmore tem a Penny com uma mulher de fora da Ilha antes de ser expulso, mas não sabemos exatamente quando. E não sabemos se, mesmo que Penny existisse, ela conheceria Des já que as circunstâncias envolviam ele de certa maneira.

    “Será que realmente as últimas palavras de Juliet foram aquelas que Miles disse ao Sawyer? Ou terá ele mentido pois se dissesse algo diferente a dor de Sawyer seria ainda maior. É possível que ela quissesse dizer ao Sawyer que estava grávida. Ou não…”

    Concordo. Miles gosta do Sawyer, não o vejo revelando algo de doloroso pro ‘Chefe’. Porém a frase que ele afirma que Juliet disse foi bem conveniente, não? Acho que ele falou a verdade.

    “Pode ele ter reencarnado em Sayd?”

    Também acho que é uma possibilidade.

  8. Mica

    A minha única preocupação é que agora veremos o MIB na pele do Locke e o Jacob na pele do Sayid (e eu não gosto do Sayid, nunca gostei…na verdade, o ator me irrita). Eu sentirei falta dos atores originais.

    Tenho uma dúvida. Qdo o alt-Locke diz para o Richard que é bom vê-lo fora dos grilhões…bem, ele estava falando de sua condição no navio, ou que agora que o Jacob está morto o Richard finalmente está livre? Pq se fosse sua condição de prisioneiro no navio, não faria muito sentido, já que o alt-Locke já o viu ‘sem grilhões’ por um longo tempo.

    Mas adorei o episódio, achei super emocionante e achei interessante esse negócio de duas histórias correrem paralelamente e nós podermos acompanhá-las simultaneamente. Espero continuar vendo mais desse lado fora da ilha (e sinceramente acredito que suas vidas sem a ilha não seria melhor do que suas vidas na ilha, apesar dos pesares).

  9. Yi Jing

    fiquei conspirando com um amigo sobre o sayid, que acha o jacob incorporou nele. eu ainda estava tremendo, para poder conspirar mais do que isso…

    e eu senti a sua dor vendo a morte da juliet. pensei “nossa, thaís deve estar chorando litros agora!”

    admito que eu fiquei triste também. mas não tão triste quanto na morte do charlie.

  10. Thiago Sampaio

    Caramba, que viagem…

    Depois da explosão, claro, teve o flash e voltaram pro presente. Por isso que sobreviveram à uma bomba H. Mas ainda assim, dei umas risadas com a Kate em cima duma árvore.

    Gostei da participação da Juliet, apesar de ter sido muito curta. Na verdade, não achava que ela apareceria. E tá na cara que o Miles mentiu pro Sawyer: ela deve ter falado q tava grávida… ou q havia algo de mais relevante na ilha.

    Hugo como porta voz de Jacob, Ben como pau mandado, MIB é o monstro de fumaça… Teve algumas coisas legais, mas uau, que viagem. Quando apareceu aquele japonês no templo (ou muito antes disso mesmo) eu tava pensando “what the fuck is going on?!”. É bizarrice e viagem demais acontecendo, mas até que tô gostando.

    O interessante mesmo é o universo alternativo, que parece ter dado lugar aos flashbacks da série. Vai ser interessante ver o E SE dos personagens. Jack conseguiria curar Locke? Kate, com Claire ‘de refém’ teria q fazer o parto dela? Sawyer tentaria dar um golpe em Hurley? Sayid estaria feliz com Nadia?

    Senti falta da Ana Lucia no avião… Quanto ao Desmond, seria bom se Jack se lembrasse que conheceu Desmond naquele ginásio, quando torceu o pé. Eu queria essa resposta, ao invés da possibilidade de um deja vu (já que o Des é especial em viagens no tempo, então vai saber, né?)

    Falando no Jack, espero que o personagem dele dê uma guinada nessa temporada final. Vai ser interessante vê-lo no universo alternativo como um médico que não precisa ser líder. E na ilha, quero ver como ele reage com a culpa de sempre tomar as decisões erradas…

    No mais, acho que Penny não nasceu, os efeitos especiais da ilha submersa foram patéticos, os outros passaram tempo demais no pé da estátua coçando o saco, não vejo sentido em terem achado aquele enorme templo só agora e me senti mal com a morte da Juliet. Coitada..

    Preciso destacar duas feições do Terry O’Quin. Uma, a cara de ‘malvado’ pra cima de Ben. A outra, o sorriso simpático pra Jack no LAX. Parecia duas pessoas diferentes mesmo…

    E a trilha de Lost? É mesmo muito, muito bonita.

  11. Tati Leite

    1. Eu não acho que o Jacob incorporou no Sayid. No entanto, acredito que o fato dele ter ressuscitado vai impedí-lo de envelhecer. E ele vai virá uma espécie de Richard.

    2. Ao mesmo tempo que vibrei com o Sawyer batendo no Jack novamente eu ficava com pena do Jack. E acho que foi a primeira vez que isso aconteceu. Ponto para Fox que conseguiu passar toda fragilidade da personagem nesse momento.

    3. Eu chorei com a morte da Juliet. Inferno. Para quê me fazer sofrer de novo? E eu também jurava que ela iria dizer que estava grávida.

    4. Sawyer é, junto com Locke, o mais ferrado ali. Gente, ele só se dá mal desde a infância. A morte da Juliet provavelmente vai fazer o ‘tigre não mudar suas listas’.

    5. Eu não curti muito a parte no avião. Confesso que fiquei com dificuldade de me concentrar mas a as atuações de Yunjin Kim e Terry O’Quinn estavam ótimas. Principalmente ele. E deu para perceber também o quanto o Josh Holloway melhorou.

    Não sou uma especialista em Lost. Não revejo episódio. Acredito que minha percepção possa ser um pouco desencontrada mas que adorei o episódio, isso eu adorei.

  12. Mica

    @Thiago, não acho que o Miles mentiu. Ela falar sobre a gravidez não era ‘muito importante’. Pode até ser algo sobre a ilha, mas acho que o ‘funcionou’ é mais lógico, especialmente se ela ‘viu’ alguma cena dela na outra realidade que motivou o ‘precisamos tomar café juntos um dia desses’.

    Nessa outra realidade, é pouco provável que Jack e Desmond já tenham se conhecido…ou mesmo que isso tenha acontecido, os fatos seriam outros, já que as motivações do Desmond com certeza são diferentes.

    Sobre o Templo…o monstro de fumaça não ficava bem no caminho entre a ilha e o templo? Acho que é por isso que é tão difícil chegar lá.

  13. Luiza

    Desde que o monstro da fumaça matou Mr.Eko eu o odeio muuiito.Mas não acho que o Jacob seja totalmente do bem…na verdade pela boca do falso locke tem saído mais “bondades” do que maldades…
    Também achei que a Juliet ia falar da gravidez,mas aí era matar o Sawyer de vez.Acho que o Miles falou foi verdade.
    Acho que aquele papel é uma lista de Jacob com os nomes dos losties,a 1ªqueda não foi um mero acaso,só não chuto quando a lista foi feita,pelo jeito tem muito tempo.Acho que Sayd morreu mesmo e agora Jacob habita seu corpo.Estava ansiosa pela volta,mas para concluir a estória,já que na temporada passada sobrou desgraça demais para meus personagens favoritos;Sawyer,Juliet e Sayd,vamos ver agora o vem por aí.Ah1 uma coisa esquisita-vai ter uma explicação-que não faço a menor idéia.porque o caixão com o corpo do Christian sumiu??Ótimo texto,que bom achar alguém que odeia o Jack.

  14. Thais Afonso

    e eu senti a sua dor vendo a morte da juliet. pensei “nossa, thaís deve estar chorando litros agora!”

    Obrigada por partilhar minha dor, Tintim rs

    “Gostei da participação da Juliet, apesar de ter sido muito curta. Na verdade, não achava que ela apareceria”

    “Eu chorei com a morte da Juliet. Inferno. Para quê me fazer sofrer de novo?”

    Eu também achava que ela não ia voltar, pelo menos não nessa timeline. Fiquei sei lá quantos meses me despedindo, lidando com os cinco estágios do meu luto (rsrs) e agora deu um reset na minha mente, tenho que fazer tudo de novo. E agora tenho a imagem do Sawyer carregando a amada, morta, com aquela cara de que o mundo dele tinha acabado. Realmente, depois de Locke, Sawyer é o que mais se ferra. O pior foi a Kate tentando oferecer o ombro amigo e eu xinando ela de tudo quanto é nome por ficar sendo oferecida quando o homem acabou de enterrar a mulher com quem vivia.

    “Pode até ser algo sobre a ilha, mas acho que o ‘funcionou’ é mais lógico, especialmente se ela ‘viu’ alguma cena dela na outra realidade que motivou o ‘precisamos tomar café juntos um dia desses’”

    Cena bizarra, não? Também fiquei pensando que Juliet pode ter visto alguma coisa da outra realidade e tenha tentado dizer para Sawyer encontrá-la lá, coitada. Mas obviamente não tem como ele fazer isso. Não sei onde li a teoria de que talvez na hora da morte tanto ela quanto o Sayid possam ter feito essa transição, ou sei lá o que, e visto/vivido a outra timeline. E fico pensando que é uma pena que Mitchell esteja em V, porque ela podia ficar tendo altas conversas com Hurley. Já pensou, que hilário? Juliet Hugo = brilliant!

    “Senti falta da Ana Lucia no avião…”

    Também me perguntei onde diabos estava a Ana Lucia, Thiago. E olha que eu nem gostava dela.

  15. Aline

    Review fantástica, como de costume. Concordo com a maioria das coisas. Acabei de ver o episódio e ainda está tudo embaralhado e nenhuma teoria está pronta.

    Eu só sei que essa série está recheada de atores fantásticos. Principalmente Terry O’Quinn. E realmente espero q ele arranje uma série nova pra depois que LOST acabar.

  16. Cristina

    Caramba!!!Eu fiquei muito feliz… pq parei de ver Lost na 3ª temporada!Que confusão! (2)

  17. Thais Afonso

    “Ah uma coisa esquisita-vai ter uma explicação-que não faço a menor idéia.porque o caixão com o corpo do Christian sumiu?? Ótimo texto,que bom achar alguém que odeia o Jack.”

    Mais um mistério. Minha teoria é a de que o Christian é/se tornou alguém ou algo que depende da Ilha para existir e quando ela foi extinta na timeline alternativa, ele desapareceu também. E criei ódio do Jack lá pela quarta temporada.

    “Eu só sei que essa série está recheada de atores fantásticos. Principalmente Terry O’Quinn. E realmente espero q ele arranje uma série nova pra depois que LOST acabar.”

    Não só uma série nova, mas uma série ótima, com um papel que o permita usar todo o seu talento.

  18. Silvia_05

    A grande surpresa é o Locke ter se tornado do mau. Aquela ideia de que ele seria importante prá ilha sempre me fez pensar, agora que a história andou, que ele substituiria o Jacob, que seria do bem.

    Vamos ver como será que o Sayid se sai na pele nova. Ir pro lado do bem expiará os pecados dele?Essa é talvez a grande surpresa da temporada.

    Amei o Hurley. Matei saudades do Charlie, o que eu sempre considerei injusta sua saída. Gosto do Miles, mas preferia o Faraday.

    E desejo profundamente que o “meu amado e adorado Ben” não se perca nesta temporada, tenha um final a sua altura, tanto como ator quanto de personagem. Afinal foi ele quem “carregou” a série nas costas naquela “fase do perdidos-estão-os-roteiristas”.

  19. Celso

    Pessoal, se Liga!!!! A Juliet ia dizer que o filho que ela está esperando era do do Jack!!!
    Quem nasceu para se ferar não pode se dar bem, nem na ficção.

  20. Fabio Peixoto

    Acredito que a Juliet ame demais o Sawyer para querer fazê-lo sofrer ainda mais revelando uma gravidez. Além do cara perder a amada, ainda descobre que está perdendo um filho? Naaaah!

    Jacob e seu nêmesis dependem dos corpos dos mortos para reencarnarem e aparecerem (exceção ao aparecimento direto de Jacob ao Hugo, pois “Hugo sees dead people”). Aposto sim na reencarnação de Jacob em Sayid. E também aposto que as aparições de Christian na ilha também são o Jacob reencarnado.

    Locke-Nêmesis diz ao Ben que agora que Jacob está morto, ele está livre. E depois diz ao Richard que está feliz em vê-lo sem suas correntes. Entendo que ele disse aos dois a mesma coisa, estão livres de suas obrigações para com a ilha e/ou seu protetor. Apenas usou palavras diferentes e mais apropriadas para gerar o efeito desejado em cada um.

    Do resto, ainda não me atrevo a opinar. :)

  21. Fabio Peixoto

    Ah, sim. Viajei feio no “dependem dos corpos dos mortos para reencarnarem e aparecerem”, claro. É só pensar no Locke, o corpo dele continua lá intacto enquanto o Nêmesis está se passando por ele. Acho que ainda estava confuso por causa do episódio… :)

  22. Caio

    Concordei totalmente com a parte da Juliete. Eu jah tava me acostumando com o fato que ela tinha morrido, ai botam ela sobrevivendo no buraco, soh pra morrer nos bracos do Sawyer. Quase chorei nessa cena.

    E voce nao comentou sobre a volta da Claire. Senti muito a falta dela, e foi otimo ve-la ( Assim como todos os outros personagens que sairam da serie, como Charlie, Boone etc.. ), mesmo que por apenas alguns segundos. Agora, quero saber como ela vai aparecer na timeline da ilha

  23. Mauro Lopes

    Eu acho que o Said vai ganhar mais espaço na trama com o espírito de Jacob.

  24. Gustavo

    Será que explodiu mesmo, ou deu o flash ANTES de explodir… e zoou tudo? =O

  25. Silvio Guedes

    Se não acreditam, não leiam, essa é a minha teoria.

    Não existem 2 timelines,
    Mas INÙMERAS.

    Cada timeline específica de um personagem, um do Jack, outro do Sawyer, outro da Kate e sucessivamente. Eu não acho que todos que estavam na ilha “embarcaram” na mesma realidade alternativa. Acho que cada um possui a sua e elas serão convergidas numa timeline só, provavelmente no(s) último(s) episódio(s).
    Eu tenho essa teoria desde quando eu vi que o episódio começou exatamente com Jack tentando se lembrar de algo e com uma ferida no pescoço (vcs perceberam né?). E os outros? Porque não ficaram com cara de “Onde estou?”, ou “O que aconteceu?” ou “Pessoal, onde nós estamos?”, nem mesmo nenhuma marquinha na pele. Não foi estranho? Por que SOMENTE Jack teve essa sensação?

    E… uma coisa me intriga. Naveen Andrews não quer cortar mais o cabelo (no episódio piloto ele estava com o cabelo curto e sem fios brancos), ou os losties viajaram no tempo e ficaram mais envelhecidos?

    Se essa é uma realidade alternativa em que os Losties não vão para a ilha e isso muda suas vidas, então:

    1 – Como Hurley conseguiu ganhar na loteria, sem ser com a utilização dos números? (se eu não me engano, os números vieram da ilha)- se alguém souber, me ajude, por favor.

    2 – Como Hurley é sortudo?

    3 – Por que o casal coreano continua brigando?

    Será que todos esse eventos/fatos são da realidade alternativa de Jack?

  26. Pingback: Lá Fora: a Sociedade da Justiça em Smallville, o winter finale de Fringe e o tributo a John Hughes em One Tree Hill » TeleSéries

  27. Silvio Guedes

    Perdão, ERRATA:

    “E… uma coisa me intriga. *Naveen Andrews não quer cortar mais o cabelo (no episódio piloto ele estava com o cabelo curto e sem fios brancos), ou os losties viajaram no tempo e ficaram mais envelhecidos?”.

    * O que eu quiz escrever era Matthew Fox (Jack) em vez de do ator Naveen Andrews que interpreta Sayid.

  28. Leo Shepard

    Charlie nao pode ir pra prisão. Tem q aparecer mais!!

    E o Jacob vai pro corpo do Sayid FATO. E vai iniciar uma guerra com seu fiel samurai japoneizinho contra o Homem De preto(Locke).

    Jack vai ser o principal personagem dessa temporada ao lado de Desmond. Podem anotar.

    E a Juliet com aquela (unica) expressão facial foi tarde. (Acho que é devido às inúmeras plásticas de E Mitchell)

  29. Pingback: Destaques da terça-feira, 9/2/2010 » TeleSéries

  30. Rodrigo Freitas

    Silvio,

    Li sua teoria e achei muito interessante, a parte sobre a ferida no pescoço de Jack realmente leva a crer que foi exibida a realidade dele. Mas nada pode ser afirmado até ser mostrada outra realidade alternativa.

    Se sua teoria estiver correta quais personagens você acha que terão estas realidades individuais?

    Sobre a sua dúvida sobre os números de Hugo, no episódio 18 da primeira temporada mostra que os números foram descobertos por Sam Toomey e o paciente do manicômio Leonard (fonte dos números para Hugo), os dois ex-marinheiros escutaram a transmissão da francesa, que pelo fato de ter uma filha que foi capturada por Benjamin Linus já adulto e o mesmo ter chegado após o acidente da Cisne em 1977, mostra que na realidade alternativa exibida no episódio 6-01, Hurley venceu na loteria sem os números da ilha.

    Vlw Silvio Guedes pela participação no blog!

  31. Silvio Guedes

    *Se sua teoria estiver correta quais personagens você acha que terão estas realidades individuais?

    Olá Rodrigo, todos que tiveram contato com John Sheppard (pai de Jack), acho que ele é a “constante” que Faraday tanto falou. Lembre-se que ele teve algo/contato direto com Sawyer e Claire (filha) em vida (os que eu me lembro), além do próprio Jack.

  32. Rodrigo CM

    Putz!!!!! Mais que viagem!!!
    Então, acho que se ficarmos elocubrando podemos pensar sobre varias hipóteses para o ocorrido nesse episódio duplo…
    Mas ai vai a minha opinião:
    – não sei se vamos ter várias realidades alternativas, acho que eles precisariam de mais tempo para mostrar todas e ainda resolver todos os mistérios e ainda por cima finalizar a série… e isso pq acho que Cristian não é a constante de Faraday, mas sim Desmond… mas uma coisa é intrigante mesmo: que raio de machucado era aquele em Jack???
    – acho que Juliet realmente conseguiu ver alguma coisa fora da ilha… talvez naquela linha tenue entre vida e morte, ela tenha conseguido ver, ou melhor, vivenciar a timeline… ou sua timeline… mas enfim, só consigo ver isso como explicação para as frases “deviamos tomar café um dia desses” e “funcionou”, ja pós morten… e ainda acho possível que Juliet tenha feito uma passagem para timeline ao morrer, talvez com todas as lembranças…é esperar pra ver…
    – e fiquei puto com a morte dela!!! Pronto, tinha que desabafar…. mas poxa, esse negócio de morre e não morre é só pra deixar os fans dela, como eu, mais tristes…
    – foi mto legal ver Boone e Claire de novo… mas adoraria saber o que houve com Claire depois que ela ficou com Cristian na cabana…e afinal, Cristian era Jacob ou Esau????
    – e não tinha me ligado, mas agora acho bem possível que Jacob tenha reencarnado em Saydi… provável

    Enfim, é isso, a temporada promete e não vejo a hora de ver como se encontrarão as duas timelines…

    Abraços a todos…

  33. Rodrigo CM

    Ah, mais uma idéia que acabou de brotar… faria mto sentido tb se a constante for Aaron… afinal, ele não fica com a mãe na história principal e, até onde sabemos, ele será adotado na timeline…
    sei la sei la, melhor parar de pensar nisso senão não faço mais nada!!!

  34. Flávia

    Com muito atraso, porque só vi o episódio ontem, com legendas de Portugal… Senti falta de Michael e Walt. E não acho que o Faraday esteja morto. Acho que, como a Penny, ele nem nasceu…

  35. Bruno

    vi os primeiro spisodios ontem no axn, e acho que essa realidade alternativa é a seguinte jack conseguiu alterar o passado 2004 todos no avião, e os losties voltaram pro presente dentro da ilha e não para o corpo deles de fora da ilha, logo naquele mundo no presente há dois deles, os de dentro e os de fora da ilha, o que explica isso é que a própria ilha existe deslocada do resto do mundo, por isso juliete disse que funcionou, e a aeromoça falou que eles eram do primeiro voô o que caiu. se eles sairem da ilha eles as duas versões de cada podem se encontrar, ou quem sabe todos eles no presente peguem outro voô juntos e caiam na ilha tb.

    só o que me incomoda nesta teoria é a ilha afundada, mas como a própria existe deslocada do mundo, é assim como existe dois de cada lostie, pode existir as duas ilhas.

  36. Marlene Freitas

    Cuse e Lindelof são fantásticos! Quando você acha que não há mais novidade… eis que surge uma nova linha do tempo, juntamente com a linha anterior e… vira tudo de cabeça para baixo!
    Fantástico!
    Após ler a review e todas as opiniões, só posso dizer que tanto o ‘homem de preto’ quanto Jacob são divindades que tem se “reencarnado” ao longo das décadas. E, não é à toa que Richard não envelhece – ele é um fantoche do Jacob!
    E… pasmem: Jacob é o cara do mal (agora, ressucitado em Sayd)! O ‘homem de preto’ é o cara do bem! Acreditem!!!
    Jack com o pescoço ferido dá margem à teoria das multiplas linhas de tempo, mesmo! E Desmond não deveria estar no vôo para Los Angeles (a “constante” a que todos se referem, ou… ponto focal – é ele que, de algum modo, vai unir as várias linhas de tempo)!
    Mas… o melhor de tudo: ver Ben com medo do “novo” Locke! Impagável! E ainda saber que ele é o “smooky”! Isso vale pelos milhões ganhos pelo Hurley!!!
    LOST é sem dúvida, o melhor seriado exibido na TV hoje em dia!

  37. João Paulo

    Acho impossível acontecer essa teoria das múltiplas realidades, uma para cada personagem, até porque não haverá tempo. Mas parabéns ai Silvio Guedes pela boa sacada! Continue assim !

  38. Rodrigo Freitas

    João Paulo,

    Nada haver isso veio, é muito possível sim a teoria de nosso amigo Silvio Guedes, você poderia ser mais humilde e aceitar a opnião dos outros.

    Sempre em frente Silvio Guedes!

  39. Silvio Guedes

    perdão pelo John Sheppard, na verdade é Christian, eu me confundo.

    Que há algo de estranho com o pai de Jack isso é verdade, mas dê uma olhada nesses fatos:

    Christian Sheppard (vivo) fala Ana Lucia, no episódio 20 da segunda temporada.
    Christian (vivo)fala com Sawyer, no ep. 16 da primeira temporada.
    Christian (espírito)fala com Michael, no ep. 13/14 da quarta temporada.
    Christian (espírito)fala com Hurley, no ep. 01 da quarta temporada.
    Christian (espírito)fala com Sun e Frank, no ep. 9 da quinta temporada.
    Além das muitas conversas que ele teve com John Locke (vivo e morto).

    Será que Christian Sheppard não é a “constante” deles?

    Aceitem ou não, são fatos!!!

  40. Flávia

    Creio que a constante é o Desmond, não o Christian. Isso já foi sugerido diversas vezes.

  41. francisco koller

    Peço ajuda. Na 1ª temporada, o vôo 815 cai na ilha e nesta temporada, todos desembarcam em LA. O que significa isso?
    Abraços.

  42. antonio

    assisto aos episodios de lost, na AXN, e hoje,16/02, pensei que eles fossem exibir o 3 episodio da 6 temporada centrado na historia de kate,no entanto, eles reprisaram os 2 primeiros capitulos.a grade da programação é confusa,pois eles anunciaram p/ hoje a continuação. Alguem sabe me dizer se os capitulos sao exibidos apenas a cada 2 semanas? Se for assim, é lamentavel

  43. Marcelo D.

    Uma dúvida me surgiu passados quase 20 dias da exibição dos primeiros episódios da última temporada.
    Quando Jack está no avião, a aeromoça dá apenas uma garrafinha de bebida, e no original ( ou não ) ela dá duas (!!).
    Se não me engano tmb, as falas de Jack e Rose estão invertidas no momento da turbulência.
    E por que o Charlie aparece no avião com o cabelo todo raspado, e não com um moicano, quando na ocasião da 1º queda?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account