Log In

Reviews

Review: Lost – Flashes Before Your Eyes

Pin it

Cena de Flashes Before Your EyesSérie: Lost
Episódio: Flashes Before Your Eyes
Flashback: Desmond
Temporada:
Número do Episódio: 56
Data de Exibição nos EUA: 14/2/2007
Data de Exibição no Brasil: 23/4/2007
Emissora no Brasil: AXN

E se tivéssemos a chance de voltar ao passado e pudéssemos corrigir pequenos erros ou mesmo aquele grande arrependimento de nossa vida? Quem gostaria dessa nova chance? Eu particularmente voltaria e viveria uma nova vida, com novos erros e com uma nova perspectiva.

Foi justamente isso que pode ter acontecido com Desmond após ele ter girado a chave na escotilha. Ele ganhou uma nova chance. Porém, ele não contava que por mais que ele mudasse, o destino iria encontrar uma forma de ser realizado. E pior do que cometer um grande erro é cometer este mesmo erro duas ou mais vezes.

Agora, se ele realmente voltou no tempo, porque e como ele voltou para ilha? Será que ele fez uma pequena viagem no tempo? Ou será que Desmond sempre viu o futuro, mas como o próprio título do episódio diz, eram apenas flashes. Fato curioso que foram três grandes choques que fizeram Des ter e perder esses flashes. Com a queda no apartamento, ele começou a ver o futuro, pode ser que com a pancada no bar, ele tenha esquecido dos últimos acontecimentos e tenha perdido momentaneamente os seus flashes. E por ultimo, a explosão eletromagnética fez mais uma vez o nosso Brotha enxergar pedaços dos dias seguintes. Será que foi isso mesmo que aconteceu?

Seria uma teoria interessante, se eu não lembrasse de um personagem em especial, Charlie. Ele com certeza não esqueceria de Desmond, não depois dele ter previsto a chuva e falado da ilha, da escotilha, do botão. Charlie no mínimo teria uma vaga lembrança, um déjà vu, termo tanto repetido nesse episódio. Pode ser que a minha memória esteja falha, mas em nenhum momento, Charlie lembrou que conhecia Desmond de algum lugar e, se isso não aconteceu, então existe uma segunda teoria.

E se tivéssemos a chance de voltar ao passado e pudéssemos corrigir pequenos erros ou mesmo aquele grande arrependimento de nossa vida? Quem gostaria dessa nova chance? A maioria das pessoas, com certeza. O que agente não sabe, é que muitos já fazem ou pelo menos pensam que fazem. O pensamento às vezes nos ilude, e às vezes, por se estar tão arrependido de um erro que se cometeu, acabamos criando uma nova forma de consertá-lo e essa forma nem sempre é real. Quem aqui já não teve aquele sonho realizado dentro de um sonho? Ou quem aqui já não contou uma mentira inúmeras vezes que ela acabou se “tornando” uma verdade, analisando que, pelo menos eu, se precisei contar uma mentira, é porque eu gostaria que fosse verdade – e naquele exato momento eu precisei contá-la como uma verdade. Então, sempre voltamos ao passado na nossa mente. Porém, em cada volta, temos um passado modificado e, quando se deseja de alterá-lo, acabamos sonhando com uma nova chance e às vezes conseguimos modificá-lo, literalmente ou não.

Cena de Flashes Before Your EyesTambém seria uma teoria interessante, se eu não lembrasse que Des prevê o futuro. Quem sou eu aqui para desvendar mais um dos grandes mistérios de Lost? Fiquei fascinado com essa história de viagem no tempo, e mais, quando pensávamos que Brotha estava salvando Claire, o tempo todo ele salvou Charlie. E mais uma pergunta foi criada, porque Charlie? Entre todos que estavam no vôo 815, porque a morte do roqueiro aparece nos flashes de Desmond?

Curioso era o trecho da música que Charlie cantava em frente a empresa de Widmore:

Because maybe
(Porque talvez)
You’re gonna be the one that saves me
(Você vai ser aquele que vai me salvar)
And after all
(E além do mais)
You’re my wonderwall
(Você é a minha proteção)

A verdade é que agora deva existir inúmeras teorias para o que acontece com Desmond e a única coisa que posso afirmar é que foi um excelente episódio. Mostrando mais uma vez, que a falta de respostas não quer dizer que a série tenha se perdido e muito menos que esteja ruim. É fato que não custaria nada ter nos respondido algumas perguntas e que meu grande receio é que com tantas perguntas criadas, será que eles lembrarão de responder a todas? O pior é que nem eu lembro de todas as perguntas. Eu diria que Lost teve um começo regular e com a parada nos Estados Unidos e a crítica aos seis primeiros episódios, Lost voltou com sede de recuperar o prestigio e esse episódio é apenas uma amostra que eles reencontraram o caminho. Eles podem até cometer um erro ou outro, mas o principal é que eles aprenderam com o próprio erro. Pois, quem aqui diria, que um episódio concentrado bastante no flashback (que geralmente, são muito criticados pelos fãs) acabaria se tornando um dos melhores episódios de Lost?

Bom, eu me sinto agradavelmente surpreendido, vocês não?

Pequena nota: eu, Paulo Fiaes, substitui Eugifran Moreira, a pedido do mesmo, no review dessa semana. Longe de mim querer chegar a altura das reviews dele, eu apenas fiz a mesma por amizade e por saber que com a review, poderemos discutir um dos melhores episódios de Lost. Espero ter ajudado e agradado aos fãs da série e aos leitores de Eugifran. Provavelmente, na próxima semana, ele já estará de volta escrevendo para o site. Sem mais, até mais ver.

Séries citadas:

28 Comments

  1. Maurício

    Episódio chato, mal feito, sem pé nem cabeça. Em resumo: uma bosta!

  2. Anderson Vidoni

    Muito bom o episódio. A estrutura dele, começa como um episódio normal e entra no flashback e continua nele, surpreendeu e foi muito bem feito. Quanto ao Desmond Mãe Dinah, não gostei muito, mas que no episódio fundionou.

    Não teve nenhuma resposta sobre a história da ilha, mas o que alguns podem chamar de encheção de linguiça, chamo de um dos melhores episódios da temporada.

  3. Mnemobius

    Episódio intelectualmente instigante, bem escrito e dirigido. Em resumo: muito bom.

  4. Darth Cesar

    Finalmente um episodio que lembrou os velhos tempos, muito bom, e pra variar, aquele final, deixou mais uma pergunta. aquele ator que não lembro o nome(o sogro), esta se especializando em personagens malignos, q cara pnc.

  5. Leon

    Sou fã incodicional de LOST e nunca (realmente nunca) levantei do sofá com o seguinte comentário : “Que grande porcaria”. Um episódio sem pé, sem cabeça, sem logica nenhuma que não acrescentou NADA à historia e ainda terminou com o Desmond dizendo que o Charlie ia morrer. Morre todo mundo agora ? Quantos eles vão matar por temporada ? pela primeira vez na historia de LOST eu achei um episódio MUITO ruim, ao contrário de qualquer outro que já tenha assistido. Darth Cesar o nome do sogro é Alan Dale.

  6. Leon

    Esqueci de uma coisa : para mim essa terceira temporada vinha Impecavel até o episódio passado (com exceção do flashback da kate no episódio 6)

  7. Gilberto

    Eu gostei deste episódio, não foi o melhor mas o final foi surpreendente.

  8. Eduardo Boteon

    Não gostei. A série já é muito complicada e invetam mais essa. Eu gostaria de mais respostas por favor.

  9. Lucas Barreto Gomes Leal

    achei legal esse episódio…podem criar teorias mas muitas delas criadas vão contra outros acontecimentos…pra mim a possibilidade mais plausivel e que não vai contra nada fica por conta da que diz que ele não voltou no tempo de fato…e sim que ele teve uma “visão” do seu passado e depois continuou vendo até o futuro…
    enfim gostei mto desse episódio e foi AÍ que lost voltou a ser lost…mas agora pra mim já oscilou de novo…
    enfim episódios bem ruins com alguns razoaveis e apenas poucos realmente bons (como os da primeira temporada) fazem essa terceira temporada a pior de Lost…mas acho que muitas pontas foram desvendadas (estão sendo) mesmo que não de forma satisfatória…mas o final de temporada promete e idem a proxima temporada…portanto vou continuar vendo a série!!!!

    Eduardo esse episódio não deu respostas mas se a série fosse somente sobre respostas seria um quiz!
    a série é bom independente de dar ou não respostas…o que não pode é ‘enrolar’ ou ‘encher linguiça’ como foram muitos episódios dessa temporada que acontecem coisas que não vão ter desdobramentos nenhum para história (o que não é o caso desse…Charlie vai morrer e agora sabemos disso…e o Des vai tentar salva-lo ou seja promete futuros eventos relacionados com essa história!)…portanto esse pra mim não foi um deles!!!

    Leon bom temos opiniões bem distintas…pra mim os 6 primeiros foram muito ruins e por diversas vezes (inclusive algumas na segunda temporada) fiquei desapontado com os episódios…e esse episódio pra mim foi um dos que mais lembraram a qualidade da primeira temporada…mas enfim é gosto de cada um

    Thiago Sampaio verdade tá virando ame ou odeie…mas eu sigo no meio termo…sem odiar e sem amar!(pendendo mais pro amar…)

    Paulo ficou bem escrito, faltou os ‘easter eggs’ que o Eufigran sempre poem…no mais foi bom o texto!!!e legal vc ter essa camaradagem e ter feito esse favor pra ele assim quem foi beneficiado fomos nos que não ficamos sem review nesse episódio ;)

  10. leoff

    Estou achando a 3a. temporada melhor que a 2a. Do 3×11 em diante a série pega um ritmo que nenhuma outra temporada teve. As coisas quase sempre avançam, mesmo quando a trama foca mais nos personagens. E esse ep. é o melhor da fase inicial junto com o do Sawyer.

    Muito bem escrito, ótimo ritmo, ótimas atuações. E corajoso, porque força o expectador a usar a cabeça numa hora em que a audiência da série quer respostas objetivas. Mas é complicado mesmo quando se vê pela primeira vez e diga-se que não foi feito para ser ententido logo de cara.

    Desmond não sabe o que se passa com ele nem nós, ao longo da temporada é que ele vai compreendendo bem lentamente como funciona o dom dele. E o tema é pertinente porque Destino SEMPRE foi um dos temas principais da série. Se vc acha isso uma novidade é porque não reparou nas centenas de vezes que essa palavra foi usada ao longo dos episódios.

  11. Paulo Fiaes

    engraçado vê essa discussão aqui sobre se o ep. foi bom ou não, porque até onde eu li, esse é considerado uns dos melhores eps de Lost. tudo bem, não tem nada haver com a trama principal(ou tem?), mas veja a que pontos chegamos, Lost faz um ep. sensacional, mas vem os insatisfeitos de plantão ficarem pedindo respostas. eu acho engraçado que BSG levou 3 temporadas para contar um ds grandes segredos da série e não via o público nessa insistência de resposta. repetindo, para mim foi uma moda que começou lá fora,agente sabe q em relação a midia, a mesma mão que ajuda a levantar é a mão que apedra, e assim foi-se embora aqueles que nunca de fato quiseram entender Lost e aqui no Brasil acabamos comprando a ideia. sei que é polêmico falar isso, mas se analisarmos, isso acontece com mais frequencia do que imaginamos.

    Lucas, eu iria procurar na internet os ‘easter eggs’ , mas eu odeio spoiler e vc sabe, que se tratando de Lost, é muito díficil fugir, ainda mais quando se procura noticias sobre o seriado. para vc ter uma ideia, eu ja parei de acessar o series etc, por motivos q ja disse outra vez aqui no site, mas pelo visto terei q parar de acessar o globo.com, eles conseguiram me conta o final do ep. dessa semana q passou nos states. pow fala sério, n tem necessidade disso, mas fazer o que, é a famosa liberdade que cada um tem direito.

    Sobre Eugifran, ele é meu brother, gosta muito de Lost e One Tree Hill. como disse, o micro dele ta quebrado e ele não queria deixar a galera sem 2 reviews seguidos de Lost. se o ep da proxima semana for o de Jack e ele não puder fazer, eu tb não faço. para mim, o pior ep. da temporada.

    E eu quis fazer a review diferente da maneira dele, eu diria que essa review esta mais pro estilo de Alê, sem as referências pop ou historica. foi legal, porque foi diferente de como costumo escrever, se vc reparar tem uma repetição na review, bem estilo Desmond mesmo, rsrs.

  12. Renata

    Não é tão estranho o fato de Charlie não se lembrar do Desmond. Além do encontro dos dois ter sido muito rápido, Charlie foi viciado em drogas durante um bom tempo. E todo mundo sabe que drogas afetam a memória.

  13. Alessandro

    Gosto não se discute MESMO!

    Eu acho esse um dos melhores episódios de Lost de todos os tempos…

  14. leoff

    Charlie só usa drogas depois de ficar famoso. E evidentemente ele ainda não era famoso naquele flashback. Acho que ele não lembra porque Desmond não viajou no tempo, tudo se passou na cabeça dele.

  15. Lucas Barreto Gomes Leal

    ah o Charlei era viciado em drogas mas até então não vi ele ter um problema de memoria que fosse…por sinal nos flashbacks ele pareceu sempre muito centrado apesar das drogas…eu to com o leoff pra mim tudo se passou na cabeça do Brotha

  16. douglas frança

    realmente foi um flashback interessante de se ver! e paulo, ótimo review, n se contentou apenas em resumir o episodio!!! PARABÉNS!!!!

  17. Paulo Fiaes

    Lucas,

    como disse na review, tambem achei otimo episodio

    Douglas,

    obrigado pelo elogio, seria exagero afirmar, que esse foi o melhor “flashback” que teve em lost??

  18. Mica

    Olha….estive pensando nesse negocio do Charlie lembrar ou não, e…caso eles realmente tenham se encontrado, isso foi há mais de dois ou três anos, pelo que eu compreendi. Não sei vocês, mas eu sou capaz de esquecer o rosto de alguém que eu vejo na rua, mesmo que interaja com ele, no dia seguinte…imagina anos depois! Perfeitamente plausível o Charlie ter esquecido o encontro com o Desmond. Na verdade, nem o próprio Desmond lembrava! Só foi lembrar quando o reviveu.
    A propósito, eu acho que o Des não voltou no tempo, ele apenas reviveu a história em sua mente. O que eu não sei, é quando em sua vida ele começou a ter flashes do futuro. Terá sido depois da explosão ou já tinha antes? Será que esse dèja vu que ele teve não foi simplesmente uma forma de ensiná-lo a lidar com o seu dom?

    Quanto ao episódio em si, eu gostei muitíssimo. E quem precisa de explicações quando se tem um episódio cheio de tramas e emoções como este!? Muito bom! Mas agora me dei conta que eu perdi o desta segunda-feira pq estava viajando…arf!

  19. Lucas

    vc estao se esquecendo de uma coisa, que para mim é importante: quando a velhinha do anel nega vender o anel para ele, e fala o que ele deveria fazer. Fala tambem que ele deve fazer tudo de novo para salvar o mundo. E então, o que vcs tem a dizer disso? Será que foi um sonho,ou o que?

  20. Lucas Barreto Gomes Leal

    Mica sim eu não lembraria mas o fato é que vc encontra uma pessoa na rua…ela te fala N absurdos que te conhece do futuro e isso e aquilo…não é um evento muito natural concorda?!?!
    eis que de repente tudo que o cara te falou acontece…vc não vai nem ter um dejà vú???
    bom eu tenho CTZ que iria pelo menos falar “meu alguém me falou isso” (sobre a ilha e tudo mais) e ficar com a imagem do cara na cabeça…na hora que ele aparacesse na ilha ah com ctz eu ia lembrar! e o fato é que o Desmound não lembra quando “reviveu” é que tudo aquilo se passou na cabeça dele…por isso ele não lembrava antes nem o Charlie!ele não voltou no tempo nem se lembrou dos fatos simplesmente acho que tudo aquilo se passou na cabeça dele e claro que algumas coisas devem ter ocorrido diferentes do que aconteceu da primeira vez (como a velhinha (que seria a consciencia dele pra mim) e o Charlie por exemplo)
    parece que vc concorda com essa teoria por isso que eu digo que o Des não lembrava do Charlie e vice-versa pq aquilo não aconteceu!!!(esse foi o argumento) ;)

  21. Paulo Fiaes

    Lucas,

    eu tb acho que Des teve um sonho ou pesadelo, na review eu argumentei isso na segunda teoria, porem nao explica quando Des começa a ter flashes. E se Desmond voltou mesmo e Charlie não lembrou, a unica desculpa seria as drogas, porque Mica, uma coisa é vc esquecer uma pessoa q vc viu, mas n teve nada demais e outra é não lembrar de alguem que lhe disse seu futuro, se você não visse essa pessoa, tudo bem, mas como Lucas disse, ficando cara a cara, teria pelo menos um déjà vu.

  22. Silvia

    Vi atrasado este episódio, e amei. Mesmo indo e vindo no espaço-tempo, a conclusão é simples : quantas vêzes você desejou voltar ao passado pra concertar um erro? Inúmeras? Eu mesma, várias. A questão é que muitas vêzes o ERRO não é teu. A situação é que é errada, ou não termina como se quis. A vida te ensinando que esse negócio de livre arbítrio não é bem assim. O destino do Charlie está traçado; por mais que o Desmond tente, não conseguirá mudar. Prá quem acha que é um episódio que não a´crescenta nada à estória, se engana. O Desmond vem acrescentar sentido aos questionamentos do Locke. Porque estamos aqui? Prá quem aceita a teoria de que eles estão no limbo, num momento entre a vida e a morte, e que estariam tendo uma nova chance na ilha, a estória se completa. E como disse Mr.Eko: vocês serão os próximos. Quem sabe, assim com o Desmond tem o objetivo de proteger Charlie, os demais também tenham que proteger outros. Começo a gostar da série de novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account