Log In

Reviews

Review: Law & Order: Special Victims Unit – Perverted

Pin it

Law & Order: Special Victims Unit - Perverted

Série: Law & Order: Special Victims Unit
Episódio: Perverted
Temporada: 11ª
Número do Episódio: 232 (11×09)
Data de Exibição nos EUA: 18/11/2009
Data de Exibição no Brasil: 19/1/2010
Emissora no Brasil: Universal

Este é meu último review semanal de SVU. Nessas 11 temporadas, meu casamento com a série atingiu todos os estágios de um relacionamento duradouro, que agora chega a uma espécie de fim. Da fascinação inicial às juras de amor, passando pela agradável sensação de conforto e familiaridade, até as diferenças, pequenas no início, mas que começam a crescer e a nos posicionar para caminhos e expectativas divergentes e irreconciliáveis: os divórcios mais amigáveis acontecem quando adquirimos consciência desses sentimentos e os aceitamos.

E é assim que pretendo deixar as coisas com SVU: numa boa. Apesar de não partilhar mais da paixão e apego que me faziam sentar horas em frente a um computador para falar sobre ela (até os textos que ficaram ruins levaram horas para ser feitos), ainda a verei ocasionalmente e vou querer saber como andam as coisas. Continuamos amigos. Adoro aquele elenco, em especial a sempre surpreendente e carismática Mariska Hargitay, e guardo as centenas de bons momentos que tive em frente à TV. Mas nossas divergências se tornaram incontornáveis.

Afinal, o que aconteceu? Vamos por partes:

MUDANÇAS NA ESSÊNCIA DA SÉRIE

O que aconteceu já foi explicado no texto sobre o episódio Hardwired (11×05, veja aqui), em que as fases pelas as quais a série passou na última década foram resumidamente destrinchadas. E eu não sou um entusiasta da fase atual dos roteiros e de sua execução. O que era uma série realista, humana, incisiva e questionadora se tornou um cop show hi-tech pasteurizado e moralista, que dá menos ênfase ao conteúdo do que à forma. É verdade que todos os personagens que amamos desde o início ainda estão ali, mas a diferença no contexto é tão gritante que não dá para ser relevada. Não mais. Pelo menos por mim. Também sinto falta dos detetives com vestuários simples e da beleza natural da Mariska, antes de se tornar um manequim de maquiagem impecável e cabelos sem um fio fora do lugar.

LAW & ORDER: SUPER HEROES UNIT

Boa parte da carga dramática da série foi perdida quando os roteiristas abriram mão do equilíbrio entre bom caráter e heroísmo desenfreado. Os personagens foram perdendo o direito de errar e de se autopreservar, tornando-se uma espécie de Liga da Justiça incorruptível fadada a virar as costas passivamente para chibatadas ou se atirar em qualquer precipício em qualquer situação: excelente para desenhos animados, péssimo para dramas adultos que pretendem retratar o ser humano e seus conflitos com os outros e com as leis da sociedade.

A UTLIZAÇÃO DE “CORINGAS” PARA ESCONDER UM JOGO FRACO

Law & Order: Special Victims Unit - Perverted

Dois fatores ainda ajudam muito SVU. O primeiro é o seu elenco excelente, que extrai o melhor até dos piores enredos que lhe são entregues. Em Perverted, foi impossível não se sentir comovido com Olivia sendo injustiçada, tamanha a sinceridade e concentração que Mariska Hargitay irradia em suas cenas, independente daquela baboseira ridícula envolvendo a vingança de um ex-presidiário e a realização surreal de seu plano de manipulação de DNA para incriminá-la (sério?!). A outra carta na manga da série são os episódios brilhantes que são jogados entre três ou quatro episódios medíocres. Às vezes eles são tão geniais que são capazes de nos fazer sublimar o que vimos de pior e nos ater apenas ao que foi perfeitamente executado. Para o olho treinado, essa estratégia não funciona mais tão bem.

QUESTÕES PESSOAIS

Por último, mas não menos importante, estão minhas experiências pessoais. Já assisti muitas séries em minha vida, mas ultimamente descobri novos materiais que me deixaram maravilhado e que mudaram profundamente alguns de meus conceitos em relação à arte de forma geral. Não é presunção e não se trata de algo melhor ou pior, apenas mudei alguns de meus gostos ao experimentar outros gêneros narrativos e outras formas de retratação psicológica de personagens.

***

Basicamente, é isso. SVU não se tornou a pior série do planeta e, na verdade, ela ainda é melhor do que dezenas de séries do gênero, continua merecidamente sendo reconhecida e indicada em premiações, principalmente pelos seus protagonistas e pelo bem escolhido elenco convidado. Isso é inquestionável. Seu histórico de episódios brilhantes (há uma lista comemorativa aqui) também assegura seu prestígio e explica a devoção de seus milhares de fãs (eu continuo sendo um deles). No entanto, eu precisava expressar de forma clara a razão de não mais me sentir motivado a cobrir a série semanalmente. Fazer algo sem paixão não é para mim.

Finalmente, eu gostaria de agradecer de antemão a leitura e os comentários daqueles que acompanham meus textos, divagações e crises existenciais desde o ano passado e dão sua opinião sobre a série aqui nesse espaço. Continuarei sim a assistir SVU e quem sabe eu possa até escrever algo sobre a temporada após o seu término e comentá-la de uma forma geral.

Obrigado.

Séries citadas:

26 Comments

  1. Li

    Angelo,SVU sempre foi minha série preferida, no entanto, concordo com vc, nas 2 últimas temporadas, principalmente a última , acho os enredos fracos, algumas coisas são surreais, todavia, o desempenho dos atores continua maravilhoso, não sei o que aconteceu, mas, SVU vem perdendo a sua magia! Uma pena…

  2. Renata S. Braga

    Lamento a sua saída Ângelo, não concordo com você e acho uma pena SVU fique sem review. Admito no entanto que este episódio foi surreal demais, forçaram a barra em muitos momentos mas, ainda sim me agradou. Na verdade gostei muito do episódio da semana(o melhor até agora) e na minha opinião SVU continua sendo a melhor série policial(e olhe que eu acompanho a maioria) até agora. Mas você tem razão num ponto Ângelo: sem paixão não dá. Espero ainda encontrá-lo aqui no Telesseries e só tenho a dizer que foi um prazer acompanhar os seus review.

  3. Ana Maria

    Nossa Ângelo, o meu sentimento é um misto de tristeza e perplexidade. Se voce, que é versado em SVU, que sempre se mostrou um apaixonado pela série, está fazendo restrições à qualidade da mesma, entendo que algo de grave deve realmente ter acontecido.
    Apesar de amar SVU, incondicionalmente, sou obrigada a concordar com seu texto, principalmente quando voce diz que ” os episódios brilhantes são jogados entre três ou quatro episódios medíocres. Às vezes eles são tão geniais que são capazes de nos fazer sublimar o que vimos de pior e nos ater apenas ao que foi perfeitamente executado”.
    Concordo também com voce Ângelo, quanto a excelência do elenco. Todos são muito bons atores e Mariska Hargitay é um espetáculo a parte. Sou uma admiradora do trabalho dessa atriz,perfeccionista e brilhante sempre, em todos os episódios.
    Todas essas críticas que voce faz à série são bem fundamentadas e a prova maior disso é o reflexo na audiência do espetáculo. O público norte americano,que de bobo não tem nada, já demonstra cansaço com as oscilações na qualidade das histórias e não foi apenas uma vez que li críticas nesse sentido.Para muitos,SVU abriu mão da coerência de seus enredos para enfatizar o desempenho de suas duas estrelas maiores, no caso Cris e Mariska. Consequentemente, o que era um show homogeneo se transformou em um picadeiro onde apenas duas estrelas brilham.Entendo entretanto, que Cris e Mariska não tem culpa nesse debacle. Eles são atores e cumprem o papel que lhes é destinado.
    Senti muita falta de seus reviews nas duas últimas semanas. Dos dois últimos episódios, Turmoil e Perverted, o primeiro achei muito fraco e este último muito bom, com Mariska dando um show de interpretação nos minutos finais.
    Apesar de gostar muito do TELESERIES, o que me prendia ao mesmo eram os seus comentários brilhantes e a oportunidade que temos de expressar nossa opinião e trocar idéias sobre os episódios. Sua ausência abre uma lacuna que não sei se será preenchida.
    Desejo-lhe o melhor, nessa que parece ser uma nova fase em sua vida.Se seu desempenho for tão brilhante quanto os rewiews que voce escreveu aquí no Teleseries, não tenho dúvida, seu sucesso já está garantido.
    Já estou com saudades de todos que aquí se manifestam com suas opiniões, o Fernando, a Renata Simone Braga, a Ticiana, Marília, Denise, Amanda. Pedro , são tantos.
    E, como voce Ângelo, apesar de tudo, SVU continua no meu coração.Eu já disse isso aqui um dia. Hoje volto a repetir: meu caso de amor com a série não tem jeito,é paixão irreversível.

  4. marcelo

    Concordo em muitas coisas, a série perdeu o toque realista, que era mesmo o grande diferencial

    Ainda continuo assistindo, mas a empolgação diminuiu

  5. Giselle

    Concordo.
    O episódios estão bem fraquinhos.
    Sempre gostei de SVU mas estou meio desanimada.
    Nem assisti este episódio.
    Uma pena !!!

  6. Amanda

    eu amo SVU de paixão, tanto que não me incomodei em gastar um bom dinheiro nos dvds da série, tenho todos, e olha que isso é coisa rara pra mim pq eu baixo tudo na internet, mas SVU é uma paixão que não tem preço.
    Mas apesar de eu ficar muito triste por não ter mais os seus reviews que eu achava uma das coisas mais interessantes desse site, eu entendo sua razão, sem paixão realmente não dá, e SVU se transformou completamente, confesso que eu também havia perdido a paixão pela série, que só voltou ano passado com a volta da maravilhosa Stephanie March, a personagem Alex Cabot é a minha favorita da série pq de todos os anos que passaram na série ela é a unica que não virou heroina e continua convencendo como uma promotora fria porém objetiva, por mais que eu goste da atuação da Mariska e eu confesso que adoro, a personagem não convence, ta forçada demais, virou uma barbie maquiada que nunca despenteia, masss enquanto a Stephanie participar eu continuou assistindo e mantendo a paixão acesa.
    Parabens Angelo pelos otimos textos que vc nos proporcionou ao longo do tempo, se um dia a sua paixão voltar como a minha voltou, espero anciosamente que vc volte pra escrever mais reviews pra gente

  7. Renata S. Braga

    Eis do que eu já estou sentido saudade: da Ana Maria e seus comentários sempre tão inteligente, que sempre conseguem expressar o que eu estou pensando sobre determinado episódio e colocar isso de uma tal maneira que não é preciso dizer mais nada. Vou sentir sua falta Ana Maria e a de todos que deixam seus comentários aqui neste review e que com certeza vai fazer falta.

  8. Pingback: Tweets that mention Review: Law & Order: Special Victims Unit – Perverted » TeleSéries -- Topsy.com

  9. Natanael

    Nas três últimas temporadas houve uma queda muito grande na qualidade dos episódios de LEI E Ordem SVU. Acho que quem sustenta a série ainda é a Mariska Hargitay. O Cris Melloni tem suas fãs apaixonadas e também assegura parte da audiência. A Stephanie, me desculpe a Amanda, é muito fraquinha como atriz.E não acho que a Mariska esteja parecida com uma Barbie. Inclusive no ultimo episódio ela estava toda despenteada. Ela sempre foi arrumada. O que mudou nela foi o cabelo que era curto e ficou grande deixando ela ainda mais bonita e feminina. Eu prefiro o visual dela de agora.Acho que ela ganhou peso mas continua uma mulher muito sexy,eu não gosto de mulheres muito magras.Eu não nego. Só assisto SVU por causa dela. Para ver não somente ela representando mas aqueles olhos grandes castanhos lindos.E quando ela sorrir não tem pra mais ninguem.

  10. claudia

    Angelo me desculpe, mas vc parece marido traído que pega uma fase ruim no casamento e resolve sair fora ou qdo descobre que nem tudo é um mar de rosas e resolve sair correndo.
    Me de o nome de um seriado que teve tantas temporadas e foi perfeito do começo ao fim.
    Lembro que descobri SVU por acaso e me apaixonei e assistindo as reprises e acompanhando a temporada anterior e agora essa realmente, não esta mais como antes, mas não por isso devemos deixar de comentar, discutir.
    Acho que deveria reconsiderar de sua decisão…não entregue os pontos.

  11. Ângelo Romão

    Agradeço mais uma vez os comentários, a consideração e o carinho de vocês. Acreditem, decidir parar de escrever sobre a série e me comunicar com vocês nesse espaço não foi fácil. No entanto, prefiro isso a oferecê-los textos desmotivados ou rabugentos. Fiquei mais aliviado em ver que vocês também reconhecem a queda na qualidade da série, independente do carinho que sentem por ela. Eu também não vou parar de vê-la, como disse anteriormente.

    Quanto ao comentário da Cláudia, ela mesma já fez a justificativa por mim. Em vários reviews de episódios da temporada passada, especialmente no do episódio ‘PTSD’, eu já vinha mencionando a necessidade de SVU ser finalizada em decorrência do desgaste no desenvolvimento das personagens. A série merece muito respeito por apresentar um bom material por tantos tempo, mas foi ficando cada vez mais evidente que o pique não seria mantido depois de 11 anos. Eu prefiro sofrer com o fim de uma série que termina no auge, às vezes até precocemente, do que ter que testemunhar a decadência dela e ficar me decepcionando ou me iludindo por fidelidade. Os fãs não merecem isso.
    Depois de tantos anos e de um legado tão rico, espero sinceramente que a série apresente um episódio final que não deixe um gosto amargo.

    Por fim, espero poder continuar contribuindo com o TeleSéries e trocando ideias com todos vocês em outras ocasiões.

    Obrigado mais uma vez.

  12. Lara Lima

    ‘Angelo me desculpe, mas vc parece marido traído que pega uma fase ruim no casamento e resolve sair fora ou qdo descobre que nem tudo é um mar de rosas e resolve sair correndo.” hauahuahauhau Não concordo, mas achei hilária a comparação.

    Eu sempre passo aqui pra ler suas reviews, que são sempre p-e-r-f-e-i-t-a-s, mas nunca comento porque não sou tão apaixonada quanto os outros. Aliás, eu nunca me preocupei em acompanhar fielmente a série e até me perdi ao longo de tantas temporadas. Mas é triste saber que não vou poder ler mais suas reviews Angêlo, mas também entendo o seu lado. Se não há mais tanto prazer em assistir, escrever então não dá.

    E concordo com a Renata: os comentários da Ana Maria vão fazer falta. =)

  13. Ana Maria

    Alô Renata,

    Após meu comentário inicial sempre volto ao site para verificar os demais.Hoje, quando estou particularmente triste com a desistência do nossso querido Ângelo, minha melancolia foi amenizada com a manifestação carinhosa da Renata Simone Braga em relação aos meus comentários anteriores, nos reviews sobre a série.
    Olha Renata, pode acreditar que para mim foi sempre prazeroso esse contato semanal. Conviver com opiniões diferentes, absorve-las e aceita-las é sempre um exercício de maturidade e sabedoria.Sem dúvida, eu sempre retiro algo de positivo de cada comentário. Aprendo tambem a ver os dois lados das questões( elas sempre teem )e descubro facetas, pontos de vista que me passavam despercebidos.
    Acho que nós somos fundamentalmente diferentes quando escrevemos.Sou dramática, prolixa, e coloco no que escrevo toda a minha emoção e meu sentimento.Você é sucinta, objetiva , racional e me parece, muito justa nas suas colocações.E,existe algo, que voce deixou transparecer em seus comentários, que sempre me fascinou:sua autenticidade.Não importava, a cada semana, se o Ângelo gostava ou não do episódio. Se voce não concordava, não hesitiva em contraria-lo. Louvo sua atitude e admiro sua personalidade.
    Não quero me alongar muito para não me tornar maçante.Continuamos fãs de SVU, não abandonaremos esse barco.E vou confessar para voce qual é o meu sonho: é ver o Cristovão Melloni receber das mãos da Mariska um troféu( pode ser qualquer um) de melhor ator.Tenho certeza que ela vai chorar abraçada com ele.E eu, no sofá de minha casa sozinha( meu marido não gosta de série)chorando também.Quem foi que disse que é proibido sonhar?

  14. Eliane Moura

    Peraí, deixa ver se eu entendi… o cara pegou o DNA da detetive, colocou no sangue de alguém, matou, deixou o sangue na faca e a detetive foi presa?? É HILÁRIO!!! Naturalmente, uma boa detetive não ia deixar a faca na cena do crime, né não? Bastava lavar a faca e jogar no rio.Francamente, SVU acabou!

  15. Ju

    Ana Maria, vc bem que poderia fazer o review de nossa ainda amada SVU, que tal?

  16. Walber

    Eu até hoje só assisti um unico episodio de SVU e achei a série mt foda, e a tematica
    que ela aborda acho mt interessante, mas num tenho paciencia e tempo para baixar séries policiais, minha forma de acompanhar era por estas reviews (é a unica serie que eu leio review sem assistir) e tmb gostava de ler os comentarios do pessoal aqui, vai fazer falta mesmo.

  17. Ana Maria

    Estou sensibilizada com os elogios aos meus comentários, por parte da Ju e da Lara. Quero apenas dizer que não tenho competência para fazer esse tipo de trabalho em um âmbito mais amplo ,como fazia o Ângelo Romão.Não tenho conhecimentos tecnicos para analisar de forma criteriosa uma produção desse nível.Como já disse anteriormente, aqui mesmo no TeleSeries, minhas colocações são baseadas principalmente na minha emoção e nos meus sentimentos.É preciso algo mais que isso para se discutir e, principalmente, rebater críticas e argumentos.
    E, o mais importante: não tenho tempo para me debruçar sobre o tema como gostaria e deveria. Vejam que o Ângelo confessou que passava horas em frente ao computador, para elaborar um único review.No meu caso, além do trabalho,tenho minha família,principalmente marido já que meus filhos são rapazes,que não me impediria é verdade, mas não gostaria de me ver dedicando minhas horas livres a outras ocupações.
    Com certeza o Teleseries vai encontrar uma outra pessoa em condições de substituir o Ângelo. Seria ótimo que não houvesse esse descompasso.Já estamos há duas semanas sem uma retrospectiva dos episódios.A saudade vai bater forte e vai doer mas confio que a solução virá, naturalmente.
    Mais uma vez reitero minha satisfação de poder participar desse forum sobre SVU e ter a companhia de pessoas inteligentes e educadas.Um abraço a todos e estarei sempre por perto, na expectativa de um breve retorno.

  18. Amanda

    Depois do comentários que eu li, realmente esse review de SVU definitivamente vai fazer muita falta, vou sentir falta de um espaço inteligente com pessoas inteligentes pra discutir a série num ambito geral, mas resolvi deixar mais esse comentario só pra manifestar meu apoio pra que a Ana Maria escreva os reviews de SVU, seus comentarios são inteligentes, emotivos e diretos, exatamente como a série é, não vejo ninguem mais qualificada que vc pra escrever, entendo que vc não tenha tempo e precise se dedicar a outras coisas, isso eu entendo perfeitamente, agora opinião e analise sobre a série vc tem de sobra Ana…

    Bom se não for a Ana Maria, eu espero que outra pessoa venha escrever mais reviews pra gente dessa série maravilhosa, não podemos ficar tanto tempo sem review, principalmente numa temporada que até agora não ta decepcionando, não muito pelo menos

  19. Fernando dos Santos

    Assim como a maioria eu também vou sentir falta dos reviews de SVU escritos pelo Angelo Romão que é um profundo conhecedor da série e isso ficava bem claro em seus textos, sempre analisando milimetricamente os episódios.

    Quanto a Perverted, eu acho que foi um dos episódios mais forenses da história de SVU.As técnicas de péricia criminal acabaram por se revelar as grandes estrelas do episódio.
    É necessário lembrar que nos ultimos quinze ou vinte anos a ciência forense avançou muito e isso acabou se refletindo nas séries policiais, culminando com o fenômeno CSI.Porém a coisa passou do limite e a importância dos peritos criminais acabou sendo superestimada nos procedurals.Gosto muito de CSI mas a série sempre foi inverossímil ao mostrar os peritos resolvendo os casos enquanto os detetives de polícia ficando num cantinho apenas observando o pessoal do laboratório criminal resolver os casos sozinhos.Na vida real quem conduz a investigação é o detetive de polícia, enquanto o perito criminal apenas da suporte técnico.
    Em SVU na temporada passada os roteiristas até deram uma alfinetada nessa história de “perito super-detetive” ao criar aquele perito que tentava resolver os casos sozinho e acabava fazendo besteira.

    Esse negócio de DNA fabricado pode ser feito mesmo ou é mera invenção dos roteiristas?Alguém sabe?

  20. Ana Maria

    Prezada Amanda,

    Volto a ocupar esse espaço para agradecer seus elogios.Mas, como já foi justificado no meu comentário anterior, não vejo condição para ocupar o lugar do competente Ângelo Romão.
    Uma dica: será que o Fernando dos Santos não seria a pessoa ideal para elaborar os reviews? Ele está sempre participando do site com suas opiniões coerentes e abalizadas e tem uma visão mais ampla das produções televisivas.Salvo engano, o Fernando assiste praticamente todas as séries que estão na grade das emissoras americanas, inclusive SVU é claro.Isso lhe dá mais respaldo para comentar, debater, comparar e formar opinião.
    E Fernando, respondendo sua indagação sobre fabricação de DNA tenho a dizer que a coisa tem fundamento sim. Acesse o google e coloque “falsificação de DNA”. Voce vai ficar surpreso.

  21. Fernando dos Santos

    Obrigado duas vezes, Ana Maria.
    Primeiro pela resposta quanto a fabricação de DNA falso.Segundo por sugerir o meu nome para resenhista de SVU.No entanto acho que não estou a altura desta tarefa.
    Eu indicaria a Simone Miletic para essa função.Sempre gostei dos reviews que ela faz sobre procedurals.Ela me parece ser fã do gênero e entende bem a dinâmica do seriado policial.

  22. Taciana

    Que pena, Ângelo, suas reviews vão fazer muita falta! SVU continua sendo uma de minhas séries preferidas e ler suas reviews e participar dos debates de altíssimo nível causados por elas era uma das melhores partes.
    Esse episódio, mesmo exagerado, entrou para os meus favoritos: mesmo sabendo que tudo ficaria bem, como não se afligir com a situação da Liv, ainda por cima tão fragilizada (mais uma brilhante atuação da Mariska) e depois de tudo o que ela passou na prisão? Em meio à adrenalina do episódio, eu pensava o tempo todo em chegar aqui e ler comentários inteligentes, quando em outros fóruns o assunto exclusivo seria:”ah, que lindo o El cuidando da Liv”.
    Concordo com você quanto ao tom moralista dessa temporada: o episódio da solitária chegou a ser melodramático e confesso que, embora estivesse adorando o dessa semana, descobrir que tudo aquilo aconteceu só porque Olivia disse aquilo, como se a gente tivesse que sentir peninha do estuprador foi um banho de água fria.
    Tem sido um prazer conversar com todos vocês e espero que possamos continuar!

  23. Taciana

    Ana Maria: adorei o seu sonho! Se isso acontecer, eu também choro!

  24. Ana Maria

    Alô Taciana,

    No meu 1º comentário(3) eu me referi a voce chamando-a de Ticiana.Peço-lhes desculpas.
    Foi sempre uma enorme satisfação essa convivência virtual a cada semana. Sua pessoa é sempre tão gentil e carinhosa que não tem como não te admirar.
    E quanto ao sonho, quem sabe outras pessoas compartilhando do mesmo,se torne realidade em breve.Seria a força do nosso pensamento positivo trabalhando em favor do talento.Aliás, tenho quase certeza que foi voce mesma quem primeiro mencionou, aqui no TeleSeries, que o Cris merecia um premio de melhor ator.Veja que eu estou sempre aproveitando as boas idéias e opiniões sensatas dos outros comentaristas.
    Fica meu abraço já com muitas saudades.

  25. Taciana

    Ana Maria

    Ih, nem se preocupe quanto ao nome, já tô acostumada, rsrs.
    Obrigada pelo carinho! Confesso que quando li a notícia do Ângelo, pensei logo que sentiria muita falta desse debate, principalmente pelos seus comentários, sempre tão inteligentes e atenciosos!
    É, eu tô mesmo sempre reclamando da falta de indicações para o Cris, acho essa a maior injustiça no mundo das séries. Mas um dia esse sonho se realiza, “sonho que se sonha junto é realidade”.
    Abraços, com a esperança de nos reencontrarmos.

    P.S.: não tive um dia bom, mas ler sua resposta tão carinhosa me animou, obrigada!

  26. Victor Vasconcelos

    Eu sempre assisti SVU, desde o começo, porque sempre gostei do gênero da série e da série em si, seus personagens, atores e enredos. Diverti-me bastante no começo, com pitadas leves de humor em alguns roteiros. Perdi um pouco da empolgação com a saída da Stephanie March, mas continuei vendo. No entanto, perdi totalmente o encanto nessa última temporada. Acho que a série perdeu o tom. Vejo o Stabler com um toque excessivo de vingador e desrespeitador das leis (ele pode fazer tudo e do jeito que quer, pois está perdendo pervertidos); a Olivia, aceitando tudo que vem dele e o defendendo contra todos (sentimentos mal resolvidos, talvez); e o Capitão Cragen sem conseguir controlar seus detetives. Posso estar sendo injusto, mas não gosto de ver os abusos de poder, as torturas nos interrogatórios e a falta de punição contra os detetives. Acho exagerado. Por isso, parei de ver a série.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account