Log In

Reviews

Review: Law & Order: Special Victims Unit – Ace

Pin it

Law & Order: Special Victims Unit - Ace

Série: Law & Order: Special Victims Unit
Episódio: Ace
Temporada: 11ª
Número do Episódio: 246 (11×22)
Data de Exibição nos EUA: 5/5/2010
Data de Exibição no Brasil: 15/6/2010
Emissora no Brasil: Universal

Uma boa parte do País já se encontra mobilizada por causa da Copa, e qual foi a minha surpresa ao me informar sobre o episodio dessa semana de SVU e perceber que a série entrou indiretamente no clima da Copa também? Um dos atores que participou do episodio dessa semana Ace é um arbitro de futebol australiano, o nome do juiz é Steven Gregory e ele interpretou o marido que foi procurado pela grávida do episodio para uma possível adoção do bebê.

Não foi uma surpresa Ace mais uma vez ser centrado na ADA Marlowe, já que a equipe de da série ficou toda boba com a participação da Sharon Stone. É bom informar que a atriz não foi convidada para participar da série, foi ela que pediu ao Dick Wolf para participar por sempre ter sido uma fã de longo tempo da série e, sempre ter querido estar dentro dos sets de filmagem. Como o convite nunca veio, Sharon pediu e Wolf atendeu. A personagem acrescentou um algo a mais na série, mas sua superexposição incomoda um pouco também.

Quando vi o promo do episodio no Universal Channel já meio que torci o nariz – Olivia disfarçada pela milésima vez nessa temporada e de quebra o disfarce era indiretamente como Sra. Stabler. De cara pensei que o sonho de 80% dos telespectadores da série se tornava realidade por alguns minutos. O que sempre me vêem a cabeça depois de assistir isso é: porque todas as duplas formadas por um homem e uma mulher tem que necessariamente ser um casal aos olhos de boa parte da audiência? Parece até que amizade entre homens e mulheres de fato não existe e que há sempre um interesse por trás disso.Como eu disse uma vez aqui, Elliot e Olivia formam uma ótima dupla e só, a única coisa que consigo ver entre os dois é uma amizade pura e verdadeira que na minha cabeça é muito mais forte do que qualquer envolvimento amoroso poderia ser. E vamos combinar: Law & Order e suas franquias são marcadas e focadas em suas historiais reais e polêmicas, não pelo envolvimento amoroso de seus personagens.

Uma mulher grávida estuprada, encontrada aparentemente em um parque é levada a emergência de um hospital e os detetives Stabler e Benson são chamados pra resolver o crime. Depois do sumiço da vitima dentro da sala de emergência, o Capitão Cragen e os detetives descobrem que mais quatro mulheres grávidas foram estupradas naquela mesma área, levando então a equipe à procura de um possível estuprador serial. Uma testemunha que viu o estuprador no parque reconhece o possível suspeito na delegacia e o DNA do mesmo bate com o encontrado na vítima. ADA Marlowe não se sente confortável em prendê-lo por não ter a vítima sob custódia para identificá-lo e processá-lo.

Law & Order: Special Victims Unit - Ace

Voltando ao ponto de partida, Stabler e Benson vão atrás da tia de Sophia e acabam encontrando indícios do possível assassinato dela. O que leva a unidade até um esquema de tráfico de crianças, onde mulheres grávidas são trazidas de outros países para os EUA sob falsos pretextos, ficam no país até o nascimento da criança e depois do parto são assassinadas. Com o tempo correndo contra a equipe, a “Unidade de Disfarces Especiais” assume o comando da operação com Olivia (sempre ela) e Elliot disfarçados como marido e mulher, futuros compradores de um bebê da organização. Confesso que dessa vez até teve motivo para uma operação undercover mas eu não agüento mais a Olivia disfarçada, alguém por favor diz pro Neal Baer que Olivia Benson não é Sydney Bristow.

Petrov, o chefe da organização, marca um encontro com Elliot para entregar o bebê. Num dos momentos tensos do episódio vemos o capitão Cragen bater de frente com Marlowe depois dela ordenar para que os detetives peguem Petrov no ato, porque do contrário ela não poderá processá-lo. Acho que o capitão pegou pesado com a Jo falando sobre um erro dela de 15 anos atrás que levou a morte dois oficiais, mas ela também não deixou por menos quando tentou mandar na unidade e dizer como o capitão devia comandar sua operação.

Petrov é preso, Sophia se recusa a testemunhar e o doutor Elroy pensa em começar a falar quando sugerem encaminhá-lo ao programa de proteção a testemunha. Porém tudo muda quando Sophia é morta numa explosão de um carro com dois agentes do FBI, afinal não existe caso se não há testemunha. Quando Marlowe recebe um bilhete do dr. Elroy pedindo ajuda porque não confia no seu advogado, Jo pede ajuda a juíza e acaba por conseguir uma defesa sigilosa, onde o réu no caso o médico é interrogado em sigilo pela juíza e outro advogado contando toda a verdade sobre o caso, e no tribunal continua com o seu outro advogado podendo dizer o que quiser. Achou confuso? Eu também. Através desse julgamento em sigilo, Elroy conta toda a verdade sobre Petrov e o esquema envolvendo tráfico de crianças e em troca ganha imunidade total e é encaminhado para o programa de proteção a testemunha, só que tudo vai por água abaixo quando esse suposto julgamento em sigilo é considero ilegal. No final acabamos por descobrir que Sophia não está morta e se encontra mais do que disposta a testemunhar contra Petrov. Marlowe, no melhor estilo Alex Cabot e Casey Novak, manda o assassino para prisão, traz a família de Sophia da Bulgária, e deixa os detetives de queixo caído por ter mentido pra eles pra proteger o caso.

Do meio pro final, Sharon Stone acertou em cheio no tom da personagem, cortou os exageros e a agressividade, e fez com que Jo virasse promotora em vez de uma versão feminina do Stabler. Espero que continue assim.

Trafico, assassinos que se acham intocáveis que executam com um tiro na cabeça e chamam ADAs de piranha, programa de proteção a testemunha, mais carro explodindo matando testemunhas-chave, lembra algo a vocês? A mim sim, se a Jo tivesse sido ameaçada e levado um tiro eu ia jurar que tava vendo Loss (5×04) novamente.

P.S: O que aconteceu com o locutor antigo do Universal Channel? Não gostei desse novo não.

Uma ótima semana a todos e até o próximo review.

Séries citadas:

16 Comments

  1. maria

    Tanto seriado que vejo e não sou shipper de duplas homem/mulher so por ser homem mulher adoro amizade, mas com E/O é diferente, nem vou explicar o pq esse não não é o ponto, mas para mim vc tá simplificando demais a questão.

    Qto ao ep melhor que Torch mas ruim Sharon Stone não foi uma boa adição ao squad. espero que não volte na prox temporada

  2. Marcelo

    Este foi bem melhor que o anterior (que para mim foi um dos piores da série), a personagem da Sharon Stone ter sido menos over, ajudou na maior fluidez da historia, mas a personagem não vai deixar saudades, espero que pelo menos tenha cumprido o objetivo de deixar audiência

    O episódio que encerra a temporada é mais ou menos deste nível, a série teve neste ano uma temporada média

  3. Renata S. Braga

    Gostei do episódio e estou adorando a participação da Sharon Stone, também acho que ela se saiu bem melhor neste episódio do que o anterior. Quanto ao fato da Olívia ter de se disfarçar novamente(embora eu goste), parece ter virado rotina e por isso tem ficado cansativo, repetitivo demais. Olívia e Elliot casados? Só para os shippers mesmo! E concordo inteiramente com você Amanda no que diz respeito as duplas formadas em séries, é incrível como a maioria do público gosta de ver um envolvimento amoroso, querem fazer da dupla um casal de qualquer jeito.

  4. Carlos T.

    Mais uma vez concordo com o texto. Também penso como você Amanda, para mim Olivia e Elliot são nada mais do que uma excelente dupla de detetives, ainda bem que o Dick Wolf está lá para impedir que o Neal Baer invente romance entre os dois.

    Gostei muito mais da personagem da Sharon Stone no episódio, pelo jeito da conversa dela com o Capitão tão abrindo uma brecha pra mostrar algum “trauma” na personagem. Não fiquei tão tenso naquela seqüência em que o Cragen salva a menina porque a promo tinha meio que entregado essa cena, mas foi legal.

    O final foi bem no estilo “Law & Order” onde todas as provas são excluídas e parece que não há saída e de repente a menina parece viva, até que gostei.

    Sobre Olivia e Elliot undercovers já havia comentado na semana passada, foi até aceitável o motivo, mas já deu né? Realmente tá virando a “Special Undercovers Unit”!

    E por falar em clima de copa, faltou dizer que o episódio de “Law & Order” que passou antes tinha o título “Brazil”! Até semana que vem, só faltam dois episódios pra terminar a temporada!

  5. claudia

    Muito boa até agora a participação da Sharon Stone.Com certeza nada a ver um envolvimento amoroso entre Olivia e Stabler, ainda bem que existe alguem de bom senso para impedir isso.(gostariam que dessem esse exemplo em Private Practice hehe…).
    Não reparei na mudança de locutor …
    Ah..aquele episodio do LeO – Brazil, foi ridiculo colocaram um ator que tava mais pra indiano do que para brasileiro.Lamentável!

  6. janaina

    Vamos lá, oi Amanda,

    Olha, eu gostei mais desse episódio do que o anterior.

    Apesar de você ter falado que o episódio ainda foi centrado na Jo Marlowe, noto porém, que ela apareceu menos neste episódio como também ‘horatio-cainezou’ menos frases, e isso foi muito bom pro deenvolvimento do enredo, tomo a liberdade de comentar que o episódio posterior Wannabe ainda é melhor nesse sentido, mesmo com os rompantes de ‘investigadora’ da nova ADA. Aliás acho que esse negócio de ‘se meter na investigação’ pode ser considerado algo positivo da personagem.

    O que um episódio depois do outro num é capaz de fazer, num é verdade.

    Aproveitando sua deixa… eu pensei seriamente que os produtores de SVU estavam economizando Tapes e acabaram reprisando a sequencia de Loss… achei que o carro Volvo era o mesmo ^^

    No mais, rumo ao final da temporada.

    PS: olha com relação aos shippers, o Neal Baer tá forçando a barra. Primeiro a Olivia afirmando que é heterossexual (naquele episódio tosco), depois Jo Marlowe dando a entender que o Stabler já teve uma relação extra-conjugal. Daqui a pouco vão mudar a personalidade dos personagens pra eles poderem se pegar!

  7. Leonardo Toma

    “No sistema judiciário criminal há dois tipos de fãs de SVU: os shippers e os não-shippers”.

    Amanda, esse é um terreno perigoso que ao longo dos meus anos como fã de SVU, já aprendi a não criticar muito (fui quase expulso de um fórum uma vez por não ser shipper). Mas concordo com tudo que você disse. O dia que os dois ficarem juntos será o dia que eu darei adeus à serie.

    E sobre o episódio: de fato foi mais agradável que o anterior. Também achei apelativo outro undercover de Liv, ainda mais de casadinha com o Elliot. E Jo de fato está ficando mais tolerável. Mas precisamos urgente de uma ADA fixa!

  8. Lena

    concordo com o review, o episódio foi melhor que o anterior, olivia se disfarçando um episódio sim e outro tb é até divertidinho, mas já tá cansando. bons tempos em que a série não precisava de nada disso, né?

    pra mim eliot e olivia sempre foram bons amigos, nada mais. uma pena que os roteiros agora estejam forçando a barra para insinuar o contrário… claro, a horda de shippers lá fora deve ser bem maior do que imaginamos e “tem” que ser agradada :S

    janaína, rolei de rir com o ‘horatio-cainezou’. que bom que não sou só eu achando a sharon stone canastrona. nesse episódio ela melhorou depois de certo ponto, mas antes só faltava tirar os óculos escuros a cada frase de efeito… virá aí um spin off “law & order miami”? hehe

    alguém sabe me explicar pq a cabot não continuou como promotora da série? e pq essa dificuldade de arrumar alguém fixo para o papel?

  9. Amanda Darling

    Claudia

    Concordo contigo em relação ao episodio de Law & Order, realmente aquele ator tava mais pra indiano mesmo, fico feliz de não ser a unica que acha isso, acredito que o ator poderia até não ser brasileiro mas no minimo que tinha que ser latino né ? mas enfim, nem sempre os produtores acertam, no mais o episodio foi extremamente interessante.

    Janaina

    Eu também achei no começo que a Jo seria uma boa dupla pro Horatio, mas não quis comparar a Sharon Stone ao David Caruso, porque sou fã da atriz e pra mim o Caruso nem ator deveria ser…

    Leonardo

    Eu entendo com o que vc quer dizer sobre o territorio perigoso dos shippers, eu tb quase fui expulsa da comunidade de SVU no orkut quando disse que Elliot e Olivia não seriam um casal nem em outra encarnação mas me sinto confortavel de comentar isso aqui no teleseries pq sei que o pessoal que comenta nos reviews assistem a série pq gostam da tematica e das historias e não pq são shippers incontrolaveis dos dois.

    Lena

    80% do publico de SVU é shipper do Stabler e Benson e assistem a serie regularmente na esperança de que nos episodios tenham qualquer cena shipper dos dois, então os produtores tentam agradar né…
    Quanto a Alex não continuar como promotora da série, se deve ao fato da Stephanie March esta mais ligada em outros projetos no momento como a sua participação em filmes e peças na Broadway…
    E a dificuldade pra arrumar alguem fixo pro papel, acho que se deve ao fato de só duas terem dado certo aos olhos do publico da série, Alex Cabot e Casey Novak vão ser sempre as unicas promotoras de SVU, elas conquistaram a audiencia e as outras que tentaram colocar no lugar simplesmente não deram certo. Mas pelo que sei a Diane Neal interprete da Casey Novak mandou varias mensagens pelo twitter pro Neal Baer perguntando sobre uma possivel volta da sua personagem e o Neal nunca se deu ao trabalho de responde-la…
    Então acredito que na proxima temporada, vai continuar esse rodizio de ADAs, com a participação da Stephanie March em alguns episodios como foi nessa temporada.

  10. Renata S. Braga

    Lembro-me da primeira vez em que me coloquei(aqui mesmo no teleséries)contra um romance entre eles, dizendo que achava isso ridículo, enquanto a maioria sonhava com isso. Isso parece ter mudado com o tempo, já que atualmente aqui no teleséries, ninguém parece desejar que isso aconteça e essa postura da maioria parece ter afastado os shippers deste site. E essa maneira dos produtores ficarem forçando a barra em determinadas situações, como por exemplo, a clássica pergunta seja para Liv ou para o Elliot: vocês dois já…? Sério, isso às vezes cansa, enche o saco.

  11. Janaina

    Mas… mas…Amanda,

    ‘Horatio-cainezar’ é uma arte! David Caruso é apenas um dos interpretes desta quase filosofia artística, e sua atuação na canastrice foi tão bem feita e, pra mim, imortalizou seu personagem na designação desse conjunto de habilidades. Um clássico exemplo de como o personagem ultrapassa as limitações do ator… e vira vida… luz!

    ;)

  12. Amanda Darling

    Renata

    Eu não sabia disso, que shippers do casal frequentavam aqui o teleséries, nada contra quem torce pelo casal, mas sinceramente avaliar um episodio como bom pq em determinada cena o Elliot deu um olhar fofo quase apaixonado pra Olivia. O roteiro pode ser pessimo mas se tiver cena shipper o episodio sempre vai ser boa e se não tiver necessariamente vai ser pessimo, é que não da pra engolir, isso foi um dos motivos que eu parei de participar dos debates dos episodios da série na comunidade de SVU no orkut…

    Janaina

    desculpa, eu esqueci que ‘Horatio-cainezar’ é uma arte milenar, que existe a seculos mas que foi de fato imortalizada por David Caruso com o seu Tenente Caine, como ele mesmo diria:
    ” Sorry(põe os óculos escuros)I was wrong (Sai de cena)”

  13. Delano

    Gostei muito desse episódio. Uma boa história, com a participação de todos os detetives. Também notei uma melhora no desempenho de Sharon Stone.Ela se comportou de uma forma mais adequada. Gostei também do seu jeito decidido.
    Seu review foi ótimo Amanda e eu só discordo de voce num ponto: eu gosto quando os detetives trabalham disfarçados.Quebra o aspecto sobrio, sisudo,da série e sempre proporcion momentos engraçados.Não sei se voces notaram que quando a Olívia trabalha disfarçada, ela tem sempre uma cara de ironia. No fundo acho que ela está se divertindo com a situação.Não sou shiper da dupla Elliot/Olívia e vamos aguardar o que vem pela frente.

  14. Beatriz STG

    Eu sou Shipper E/O mais não acho que espdodios bons são só aqueles com olhares e frases Shipper’s… sou Shipper,não Idiota rs
    quanto a participação da Sharon Stone,achei que ela esta forçando demais em SVU.
    esse epsodio foi razoavel,SVU já teve melhores…
    e quanto a ADA eu queria a Alex devolta,ela faz uma falta absurda.

  15. Fernando dos Santos

    Nesta tempora bateu a síndrome de Serpico na dupla Olivia e Eliott e eles com frequência acabam se disfarçando.

    A história sobre tráfico humano até me pareceu crível mas o mafioso que liderava a operação estava caracterizado de maneira muito clichê.

    De fato nem causou surpresa ver que esse episódio foi muito mais juridico que policial, afinal de contas o cachê da Sharon Stone deve ser bem alto e portanto eles vão usá-la no maior número possível de cenas.

    Mudando um pouco de assunto, eu reparei que o trailer de L&O:Los Angeles promete a estréia para essa fall.No entanto ainda não foi divulgado nenhum nome para o elenco, o que sugere que nem começaram a gravar o piloto.Acho que a estréia vai ficar para a mid season.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account