Log In

Reviews

Review: Law & Order: Special Victims Unit – Confidential

Pin it

Law & Order: Special Victims Unit - Confidential

Série: Law & Order: Special Victims Unit
Episódio: Confidential
Temporada: 11ª
Número do Episódio: 239 (11×15)
Data de Exibição nos EUA: 10/3/2010
Data de Exibição no Brasil: 27/4/2010
Emissora no Brasil: Universal

Começo essa coluna com uma boa noticias para todos os fãs da franquia SVU: apesar de ainda não confirmada oficialmente pela NBC, é praticamente certo que a série seja renovada para uma 12º temporada. Segundo o site Deadline Hollywood, fontes de dentro da NBC confirmam a produção de 13 episódios de uma nova franquia chamada Law & Order: Los Angeles e, também confirmam que todo o elenco original de SVU retorna as gravações para 12º temporada, já começando a gravar novos episódios a partir dos meses de junho e julho desse ano. A única pendência que fica nisso tudo, que no caso ainda não foi confirmado, é se Stephanie March irá retornar para novas participações (e eu tô aqui cruzando os dedos esperando que a Stephanie volte pra ficar de vez, SVU sem Alex Cabot perde a metade da graça pra mim).

Após saber dessa noticia, fiquei pensando em algumas coisas que eu gostaria de ver na série antes do seu término. Acredito que todos tenham um ator ou uma atriz que gostariam de ver numa participação especial na série, ou ainda quem sabe ver até um crossover entre SVU e uma outra série. Eu confesso que nada me faria mais feliz do que assistir um crossover entre Law & Order:SVU e Law & Order: Criminal Intent. Adoraria ver o Detetive Bobby Goren desfilando sua inteligência e charme nos corredores da unidade de vitimas especiais. Como fã também gostaria de ver era Kyra Sedgwick (a detetive Brenda Johnson de The Closer) fazendo uma participação especial na série. O crossover eu sei que não conseguirei ver, mas uma fã pode sonhar né? Quem sabe Sedgwick não dá as caras numa participação especial nessa nova temporada. E vocês, o que gostariam de ver em SVU antes do seu término?

No episodio dessa semana, a série consegue mais uma vez manter o bom nível dessa temporada. Confidential traz de volta aquele velho tema controverso que sempre traz bons debates: Ética Profissional X Ética Moral.

No episódio dessa semana tivemos as participações de Lena Olin (Alias), Richard Burgi (Desperate Housewives) e da sempre ótima Judith Light. Que saudades que eu estava de ver Liz Donnelly dando o ar da graça mais uma vez na série.

Confidential começa trazendo uma mulher que desapareceu dentro do próprio edifício onde trabalhava. A equipe de SVU é chamada pra resolver o caso e acaba por encontrá-la morta por estrangulamento. Munch acaba por relembrar um caso similar, onde outra mulher foi morta do mesmo jeito há 22 anos num local próximo a esse mesmo edifício, caso no qual seu marido foi condenado à prisão e que continua a cumprindo desde então.

Eis que aparece Richard Morgan (Burgi) e sua advogada Ingrid Block (Olin) que apesar de todos os esforços para impedirem a investigação acabam sendo levados a interrogatório. Sem conseguir uma confissão de Morgan, os detetives são obrigados a liberarem o mesmo, e na porta do elevador da unidade de vitimas especiais, Morgan acaba sendo morto a tiros por um senhor prejudicado pelos negócios fraudulentos do empresário. Depois do choque inicial de ver seu chefe morto, Ingrid volta à sala de interrogação, e quebra o sigilo de confidencialidade entre advogado e cliente. E é aí que entra a parte de debate do episodio, devido a sua omissão há 22 anos, Block acabou por deixar cientemente um homem inocente na cadeia por não quebrar o sigilo de confidencialidade naquela época, e nesse momento acaba surgindo à pergunta na cabeça dos telespectadores em o que vale mais nesse caso, o seu trabalho ou a sua consciência ?

Law & Order: Special Victims Unit - Confidential

Depois de quebrar o sigilo de confidencialidade e liberar o então namorado da primeira vitima Daniel Hardy da prisão, eis que Ingrid é presa pelo sempre impulsivo Elliot, que no calor do momento e pra aliviar a sua própria culpa a coloca atrás das grades. Capitão Cragen, como sempre, passa a mão na cabeça do Elliot e deixa-o fazer o que quer – porque na minha opinião o Elliot no mínimo devia ter sido suspenso por passar por cima do Cragen e da Cabot. Conclusão: Elliot acaba se dando conta que fez besteira como sempre e pede pra Alex retirar o processo contra Ingrid. Quando Alex diz que não pode fazer isso, ele dá um jeito de convencer Daniel a testemunhar a favor de Ingrid pra que ela seja absolvida. Tudo isso acaba levando a Alex a conseguir que sua ex-chefe Liz Donnelly vire sua inimiga, por achar que Cabot fez esse escarcéu todo por razões políticas.

No final Ingrid acaba por confessar que ela fez justiça ao incentivar o velhinho a matar seu ex-chefe. Moral da historia, Block nunca fez justiça, nem agora nem 22 anos antes, a única coisa que ela queria era se livrar do chefe sem ter que perder a licença como advogada. Também tenho que dizer que depois de 11 temporadas essa impulsividade do Elliot ja está começando a irritar – nada contra o Chris Meloni que eu particularmente adoro, mas o personagem pra mim se tornou o mais mala da série, os “ataques de pelanca” que ele dá em quase todos os episódios já deram o que tinha que dar.

Uma ótima semana a todos e até o próximo review.

Séries citadas:

13 Comments

  1. Carlos T.

    Desculpem fãs do Meloni, mas tenho que concordar com a Amanda, já encheu o saco o Elliot ficar dando uma de “justiceiro”, ainda por cima ele queimou o filme da Cabot com a Donnelly, devia ser suspenso mesmo!

    Gostei do episódio, estava indo bem até o Elliot prender a advogada aí ficou chatinho, mas ão estragou o episódio. O Munch apareceu! Nem lembrava que ele tava na série ainda!

    Sou fanático por “The Closer” e uma participação da Kyra Sedgwick seria demais. Uma participação que sempre queria já aconteceu na temporada passada, foi a minha musa de ER, Alex Kingston em dois episódios. Também sonho com crossovers com as outras séries da franquia “Law & Order” das quais gosto muito.

    Fiquei muito feliz em saber que a 12ª temporada está quase certa, só falta confirmarem a 21ª de “Law & Order” pra ficar completo!

  2. Thais Afonso

    Essa característica do Elliot também me irrita muito. Junto com os diagnósticos instantâneos do Huang é o que mais me irrita na série ultitamente. Fora isso, ótimo episódio, com Olin e Burgi arrasando, como era de se esperar.

  3. Cleide

    muito bom o review Amanda
    e estou muito feliz com a notícia da renovação \o/

    ser impulsivo é um problema né? e o Elliot desta maneira está deixando muito a desejar e não vai ser deste modo que ele irá apagar os erros do passado e muito menos corrigir os seus erros
    fiquei pasma com a declaração de guerra da Liz Donnelly para com a Cabot … O_O

    sobre crossover gostaria que o pessoal de Castle dessem as caras em SVU … muito insano né =P

  4. Mônica A.

    Eu não teria ficado irritada com o Elliot se ele tivesse levado o caso adiante. O que me irritou foi ele ter voltado atrás. Tudo bem que existe ética profissional e tal, mas aquela advogada foi muito fdp deixando o namorado da primeira moça assassinada tanto tempo atrás das grades. Ela poderia ter dado um jeito da polícia saber do caso sem ter que trair a tal ética profissional. Inteligência pra isso ela tem. Anyway, foi um episódio muito bom.

    Alguém lembra que o detetive John Munch apareceu em Arquivo X? Foi no episódio Unusual Suspects da 5ª temporada. A participação dele foi bem legal. Adoraria um crossover de SVU com Bones ou até mesmo com The Good Wife. Seria bem interessante ver a Alex Cabot enfrentado a Diane Lockhart.

  5. Cleide

    Mônica me lembro muito bem do Munch em Arquivo-X
    eu acho que esse deve ser um tipo de crossover as avessas entre SVU e X-files levando em conta o Munch
    hehehehehe

  6. Renata S. Braga

    Bom review Amanda e ótimas notícias para os fãs de svu. Gostei do episódio, embora tenha achado que a advogada levou muito tempo para querer fazer ¨justiça¨. Quanto a Elliot ser impulsivo demais, eu diria que isso é uma caracterísica do personagem e eu gosto, ainda que em algumas situações ele acabe metendo os pés pelas mãos. E eu adoraria o crossover entre SVU e Criminal Minds.

  7. Roberta

    Os ataques do Elliot irritam demais! Antes era parte de charme dele, mas está ficando insuportável. Todo episódio ele faz alguma besteira. Como disse o Finn, ele é um buldogue mesmo! XD
    Agora, a Thais Afonso me chamou a atenção para os diagnósticos a jato do Huang! Pior que é mesmo! Esse tinha que estar lá em Quantico, comandando o BAU!

    Meu crossover dos sonhos seria L&O SVU e Criminal Minds! Queria ver o Elliot dar piti pra cima do Hotch! XD E cá entre nós, Hotch Olivia seria um casal lindo a serviço da lei! <3

  8. Amanda Darling

    Roberta

    Muito bem pensado, adoraria ver um crossover entre SVU e Criminal Minds, Hotch e Olivia iam ser um casal perfeito, e acredito que o Morgan e o Elliot iam se entender muito bem visto que os dois tem o mesmo temperamento, melhor do que isso só Huang e o Reid fazendo o profile do unsub juntos

  9. Fernando dos Santos

    Segundo matérias que andei lendo,as mentes de executivos e golpistas muitas vezes tem perfis semelhantes às de um psicopata.Neste episódio o Burgi interpretou um personagem que é executivo,golpista e psicopata.E por coincidência Confidential foi ao ar na mesma semana passada que o AXN exibiu Parasite, episódio de Criminal Minds com tema parecido, onde um criminoso “white collar” acaba se revelando um psicopata assassino.

    Eu achei Confidential um bom meio episódio.Na primeira metade transcorreu bem mas na segunda se perdeu um pouco com todas aquelas idas e vindas na trama, resultantes das mudanças de opinião de Stabler e Cabot, ambos mudando de idéia muito rápido.Essas constanstes mudanças de humores de Eliott e Alex acabaram atrapalhando um pouco o interessante debate proposto pelo roteiro.

    Espero que Law&Order:Los Angeles realmente acabe acontecendo e seja um sucesso.Sempre sonhei em ver como seria um membro da franquia situado na cidade dos anjos.

  10. Fernando dos Santos

    P.S.:Eu também gosto muito daquele episódio de Arquivo X onde o Munch aparece.O título é Unusual Suspects, trata-se de um episódio-flashback situado em Baltimore no ano de 1989 e que mostra como Mulder e os Pistoleiros Solitários se encontraram pela primeira vez.Esse episódio é um cross-over de The X-Files com Homicide:Life on The Street, série policial cuja ação era ambientada em Baltimore.Foi nessa série que surgiu o John Munch, posteriormente reaproveitado em SVU.

  11. Naiara

    Muito bom o episódio… Não é possível que depois de 11 anos o Elliot ainda nao tenha se dado conta que ser esquentadinho as vezes atrapalha… se fosse aki no brasil ja tinha ido p/ rua…
    agora como advoada, devo dizer que nunca conseguiria guardar um segredo desses por tanto tempo.
    Adoraria um crossover entre SVU e CSI: NY, seria meio obvio mas legal…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account