Log In

Reviews

Review: Law & Order: Criminal Intent – Assassin

Pin it

Law & Order: Criminal Intent - AssassinSérie: Law & Order: Criminal Intent
Episódio: Assassin
Temporada:
Número do Episódio: 147 (7×14)
Data de Exibição nos EUA: 29/6/2008
Data de Exibição no Brasil: 28/8/2008
Emissora no Brasil: AXN

Eu realmente gosto de episódios de seriados policiais que abordam questões políticas internacionais e diplomáticas. Não sei dizer exatamente o porquê, mas gosto. Talvez o motivo seja o somatório de diversos fatores, como a possibilidade de termos novas motivações para os crimes, pelo fatos dos quebra-cabeças serem mais complexos e pela oportunidade de ver na tela atores com sotaque diferente.

Assassin tem todos estes elementos e foi por isto que eu gostei do episódio. Temos uma série de atentados supostamente cometidos contra uma ativista que foi prisioneira no Sri Lanka; assassinos profissionais, questões político-culturais e paraísos fiscais; e a presença da belíssima inglesa (mas com sangue hindu) Indira Varma (Torchwood, Roma). [dica para pervertidos: vale a pena conferir suas cenas calientes no filme Kama Sutra].

O episódio também foge da fórmula clássica de Law & Order: Criminal Intent. O assassino teoricamente contratado para matar a ativista Bela é morto, o segurança profissional confessa ter facilitado o crime, o mandante está fora do alcance, o FBI promete assumir a segurança do possível alvo… Então o que Logan e Wheeler seguem investigando? Acho que esta é a única falha do episódio. Com o caso teoricamente resolvido, os dois seguem por perto, acompanhando Bela e sua família.

Obviamente tudo muda de figura quando o segurança preso, ao ser levado para o tribunal, é assassinado por outro assassino, desta vez por um matador profissional que fugiu do radar do FBI.

Logan e Wheeler questionam se a família quis se vingar do segurança e começam a levantar alguns podres da família – apesar das causas sociais defendidas por Bela, eles são uma família de elite, repleta de posses e que está prestes a dividir uma fortuna em herança. Bingo: a motivação do crime acaba sendo mais financeira do que política.

Law & Order: Criminal Intent - AssassinApós a morte de mais um familiar de Bela e a prisão do assassino, Logan e Wheeler armam uma cena, confrontam toda a família e acabam levando Bela e o marido presos como mandantes de três assassinatos.

A cena da confissão não foi tão bacana como imaginei. Aliás, em muitos episódios de Criminal Intent vemos Logan e Goren prendendo criminosos arrancando confissões conseguidas através de métodos completamente questionáveis. Este episódio foi um destes. Terminou e eu fique pensando – ah, mas será que dá pra condenar esta mulher só com o que sugere a imagem de uma gravação e o depoimento dos familiares?

Nestas horas eu realmente sinto falta de um promotor público em Criminal Intent. O Courtney B. Vance bem que poderia voltar para umas participações especiais…

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

4 Comments

  1. Joana

    Paulo,

    Também achei o final meio ‘forçado’. Me lembro do promotor sempre contrariar Goren e Eames dizendo que de nada adiantava eles terem certeza de que o cara era culpado. Eles precisavam ter algo palpável, caso contrário ele não faria a acusação. Ele teria feito exatamente isso naquela situação.
    De resto, foi um episódio muito bom.

  2. Fernando dos Santos

    “Eu realmente gosto de episódios de seriados policiais que abordam questões políticas internacionais e diplomáticas”.E eu também.Esses elementos são comuns em séries de espionagem,mas ficam mais interessantes nas policiais.
    Não sinto falta de promotores nem de cenas de tribunal em CI.Acho que uma das coisas mais legais desta nova fase foi o fato dela ter virado uma série totalmente policial.Agora, o final foi mesmo meio forçado.
    Obrigado pela dica sobre o filme da Indira Varma.

  3. Eduardo Ramalho

    Bela resenha, Paulo!!!

    Mas o que me surpeendeu foi o “quem fez”, não a revelação do “como se fez”, que realmente não foi tão legal quanto nos episódios mais antigos e, principalmente, com o Goren.

    Quanto à falta do promotor… A filha do Marvin Gaye seria a nova A.D.A., mas parece q ela saiu antes de ir pro ar por razões estranhas e os produtores decidiram manter a série toda policial… Sinto muita falta do Courtney atuando, mas não falta de um promotor em LOCI….

    Abraços.

  4. eliceia

    gosto muito da serie law & order .
    gosto muito da detetive oliv e do Eliot. não perco um episodia ….
    parabens por esta serie ….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account