Log In

Reviews

Review: House – Sleeping Dogs Lie (episódio 40)

Pin it

cena de Sleeping Dogs Lies
Série: House
Episódio: Monstros no Armário (Sleeping Dogs Lie)
Temporada:
Número do Episódio: 40
Data de Exibição nos EUA: 18/4/2006
Data de Exibição no Brasil: 10/8/2006
Emissora no Brasil: Universal

Justamente num episódio sobre insônia, resolvem mostrar o House dormindo em tudo quanto é canto enquanto aconteciam eventos importantes no seu escritório (mas que foi engraçado foi). O caso da paciente nem foi tão importante, o principal tema do episódio foi a questão ética. O “roubo” do artigo da Cameron pelo Foreman e a questão da doação do fígado da namorada da paciente.

A paciente tinha um pequeno problema, não conseguia dormir. O seu desespero frente ao caso é mostrado perfeitamente na cena de abertura, onde uma simples goteira se transforma num barulho extremamente alto e irritante, onde todo som a sua volta se potencializa lhe causando um crescente desespero, onde as horas não passam. Ela chega ao ponto onde toma um frasco inteiro de pílulas para dormir.

O negócio fica realmente estranho quando mesmo após isso ela não consegue dormir e quando sua namorada a encontra no chão da cozinha com o frasco vazio no chão e pergunta o que ela fez, ela simplesmente responde:

Só queria dormir.

Depois, já no hospital, durante alguns testes, é descoberto o que acontecia. Ela dormia durante alguns segundos (o suficiente para não morrer) mas não se recordava que havia dormido. Ela dorme, mas não consegue se manter dormindo.

O paciente da clínica voltou! Uma chinesinha com vergonha de ir ao médico para pedir pílulas anticoncepcionais, leva sua mãe que não fala inglês com resfriado para a clínica e inventa que ela precisa dos anticoncepcionais para TPM. Infelizmente (ou felizmente?), ela pegou o médico errado, House logo desconfia de suas intenções. A parte do CAE, Criança Americana Estúpida é puro House. O que é comprovado quando depois ela volta e percebe que tomou as pílulas erradas. A revelação de que House fala mandarim e posteriormente dando o troco na garota foi bem divertido.

O episódio teve cenas que normalmente me fariam ficar com raiva da Cameron, mas nesse não, nesse eu gostei. Ela teve fortes discussões com o House durante o episódio e se saiu muito bem, em duas oportunidades podemos ver ela “vencendo” ele.

Numa delas ele deduz que a paciente e sua namorada estejam se separando – devido ao fato dela ter ganhado um cachorro de presente de aniversário de sua parceira e devolvido uma semana depois, alegando ter tido uma reação alérgica a el). House conclui logo que ela não teve alergia e que na verdade não queria manter mais vínculos com a namorada. Cameron então diz então:

Ok. Bem, podemos basear nosso diagnóstico no seu grande conhecimento sobre relações lésbicas, ou podemos fazer um teste de alergia.

House “vencido” fala:

Faça o teste de alergia.

A Cameron escreveu um artigo sobre a garotinha com câncer (aquela do episódio: Authopsy), só que o Foreman passou na frente dela e publicou um artigo sobre o mesmo caso. Ele sabia que ela estava fazendo e a Cameron fala também que ele passou suas anotações do caso para ela.

O clima ficou tenso o resto do episódio e provavelmente terá conseqüência nos próximos. Cameron que já estava ficando mais dura durante a temporada, ficou um pouco mais nesse episódio, mas mesmo assim não deixou de ser ela mesma, como vimos no caso da doação do fígado.

House diz que também foi enganado pelo Foreman e diz que foi um caso de “vagabundagem a moda antiga”. Cameron não se conforma e diz que um simples toque era o que ela precisava:

Talvez entre as suas geniais observações sobre sexo anal e os peitos da Cuddy, poderia ter me avisado.

A resposta de House é de que então ele teria o Foreman atrás dele e pelo menos com ela, ele não teria que se preocupar em levar um tiro na bunda.

A reação dele quando ela vai embora é de quem quer ajudar, então ele diz:

Você por outro lado, continua a se embasbacar toda vez que alguém age como um ser humano. Ele fez aquilo porque beneficiaria ele. É o que todo mundo faz.

Ela responde então:

Essa não é a definição de ser humano, é a definição de ser um cuzão.

A observação que Wilson faz do caso e na qual eu concordo, leva House a falar que de qualquer jeito o Foreman agiria daquele jeito, mas que pelo menos a Cameron pode ter aprendido algo. Acho que ele realmente acredita nisso.

cena de Sleeping Dogs LiesE o caso da namorada doando parte de seu fígado? A paciente iria deixá-la, só que sua parceira não sabe disso e por isso fará a doação. Pelo menos é isso que o House e a Cameron acreditam, mesmo defendendo lados opostos. Vale ressaltar o modo como o House manipulou a namorada da paciente para conseguir com que ela fizesse a doação. E também como a Cameron fez com que a paciente confessasse que ia largar a namorada, sendo impedida de fazê-lo por House no último segundo.

House fica bravo e fala para a Cameron:

Você espera que as pessoas façam a coisa certa. Mas na escolha entre a vida e a morte, as pessoas más irão escolher a vida.

A Cameron então dá o xeque-mate:

Então por que você a impediu?

Surpreendendo no final a doadora fala que já sabia que sua namorada iria deixá-la. Não sei se foi a melhor resolução do caso. E também foi parecido com o caso do marido e da mulher morta que doa o coração no episódio Sex Kills.

Apesar de ter outro significado o nome do episódio resume o caso, onde no final foi descoberto que a paciente tinha a “peste negra” (ou peste bubônica), que foi transmitida pelo cachorro (proveniente de outro país) através de suas pulgas. E House não deixa passar em branco a atitude da paciente. Ela preocupada pergunta se tem a peste? House responde:

Não se preocupe, é tratável. Ser uma vadia, no entanto…

Sleeping – problema da paciente.
Dogs – resposta para a sua doença.
Lie – essa não precisa nem dizer.

Para terminar deixei a conversa da Cameron com a Cuddy, a qual achei bem interessante. A Cameron está reclamando que o Foreman roubou seu artigo e também está sem saber o que fazer. A Cuddy não liga e diz para ela se levantar, escrever outro artigo e arrasar. A Cameron então fala:

Maravilha, vingança como motivação para o sucesso.

Cuddy:

Bem, não precisa ser o motivo. Mas certamente tem um gostinho bom.

A Cameron no final tenta resolver as coisas com o Foreman com os dois se desculpando, quer que isso não atrapalhe a amizade deles. Então ele fala que eles não são amigos e sim colegas e que não tem do que se desculpar. Duro, agora vamos aguardar a conseqüência desses fatos.

Finalmente acabei o review. Esse foi um ótimo episódio e só pelo nome do próximo já da para prever que vem coisa boa por ai. O próximo episódio vai trazer uma batalha a muito aguardada House Vs. God.

Séries citadas:

15 Comments

  1. Fer

    eu ainda estou meio abobada por causa do episódio, q foi uma porrada emocional muito forte pra mim. sabia q, depois de ter visto na TV (e sofrido horrores porque os minutos dos comerciais nunca me pareceram tão compridos!), eu ainda revi ele meia hora depois pq estava gravado pro meu roommate? nunca vi um episódio de série nenhuma q significasse tanto pra mim quanto esse. outra hora eu falo a respeito, quando conseguir racionalizar. só sei dizer q no último ano eu passei pelas mesmas coisas q a Cameron passou, por isso foi impossível para mim não entender como ela se sentiu. espero q ela aprenda q “human being” e “ass” às vezes é o mesmo.

    agora, o momento em q eu gritava pra TV (e não fui expulsa do prédio sabe-se lá por que) foi quando o House falou pra paciente q “being a bitch” não tinha cura. tava faltando esse toque para ele ser o meu House de sempre :-)

    muito boa a review, Anderson. tô esperando coisas muito boas para o próximo episódio, tbm.

  2. Fer

    huahaha, juliano. pior q a primeira vez q eu vi o nome desse episódio eu pensei na hora: “God vs himself” :-D

  3. Anderson Vidoni

    Fer, eu já tinha achado o episódio um dos melhores da temporada quando tinha visto da primeira vez, quando o revi para fazer o review gostei ainda mais dele. Ele tem tantos dialogos bons que deixei alguns ótimo de fora (o editor ia se matar de tanto colocar balãozinho.

    E Juliano, House = God, realmente está certo ;)

    E obrigado pelos elogios :D

  4. Thá

    ótimo review, parabéns. o epi em si não achei um dos melhores do house, mas o próximo ao que parece tem tudo pra arrasar.

  5. João da Silva

    Foi um grande episódio. Não só pelo que já foi dito aqui, mas por também utilizar bem a Cameron. Muitas vezes tenho impressão que a Jennifer Morrison é subaproveitada na série. O que é uma pena, pois ela é linda, e ainda é uma boa atriz.

  6. Anderson Vidoni

    João, concordo com você, só não acho que ela é subapoveitada.

    E Thá, obrigado e o próximo realmente promete, alias os 3 próximos.

  7. Anderson Vidoni

    João entendo o que falou, mas ela participa tanto quanto a maioria dos coadjuvantes e mais que outros. Por exemplo, mais que a Cuddy e o Wilson. E nessa temporada ela só perde em atenção nos episódios para o Foreman, que terá dois episódios onde ele terá uma participação bem grande.

    No caso da não participação dela em um episódio da primeira, foi após ela se demitir e mesmo assim toda aquela história de ela gostar do House e do encontro que ela tem com ele, só fez a participação dela aumentar na 1° temporada.

    O Chase teve uma importante participação no final da 1° e inicio da 2°. O Foreman terá nos próximos episódios. E pelo que ouvi falar ela terá na terceira, vamos esperar.

    É isso, tem episódios onde a participação dela será maior (como esse) e outros não, todos os coadjuvantes passam por isso. Nesse episódio o Wilson não apareceu nem 2min., por exemplo.

    Legal seu comentário, já que nem todo mundo gosta dela, um abraço.

  8. Anderson Vidoni

    Editor, se estiver por ai, tem uma coisinha que só percebi agora, o n° do episódio é 40(como no título) e aqui em cima ta 39 ;)

  9. Fer

    ah, editor, a teacher aqui tbm achou um probleminha lá em cima: tá escrito “sleeping dogs lies”, mas não vai “-s” no verbo nesse caso. tem q ser só “lie”.

    (teacher Fer, colaborando com a integridade lingüística do site ;-) )

  10. Lia

    Quando vai sair o DVD da 2a. temporada. Já nao chega estar assistindo a 3a. temporada no youtobe sem legenda. Mesmo nao entendendo ingles já deu para perceber que a 3a. temporada está super movimentada.
    Se alguem nao era fanatico vai passar a ser.
    Mas por favor me ajude, como conseguir o DVD com legenda da 2a. temporada.
    Obrigadao
    Lia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account