Log In

Opinião Reviews

Review: House – Simple Explanation

Pin it

House - Simple ExplanationSérie: House
Episódio: Simple Explanation
Temporada:
Número do Episódio: 106 (5×20)
Data de Exibição nos EUA: 6/4/2009
Data de Exibição no Brasil: 14/5/2009
Emissora no Brasil: Universal

Há muitas formas de se ler e se comentar Simple Explanation. Mas eu, sinto muito, prefiro falar daquelas que envolvem os acontecimentos de fora da câmera.

Na era da Web, do Twitter, do YouTube, dos Torrents, dos blogs postando spoilers e do jornalismo cultural ágil e também sem auto-crítica e sem noção, a televisão perdeu um rico elemento narrativo: o elemento surpresa.

Acabou, sério, não há mais como você se sentar na frente da televisão (computador, whatever) sem saber o que irá acontecer. Simple Explanation foi a prova definitiva que isto não é mais possível. Há um estraga prazeres, ali na esquina, pronto para revelar o que vai acontecer logo adiante.

Bem-vindo a era dos spoilers.

Diante de um fato irreversível, um ator pediu demissão, os produtores de House construíram um episódio chocante e, da melhor maneira possível tentaram manter os acontecimentos marcantes do episódio em segredo (ainda que alguns sites de spoilers já houvessem postado informação de que alguém ia morrer).

A Fox americana fez sua parte, promovendo de forma correta o episódio. Em termos de marketing, o promo abaixo é péssimo, porque não revela nada, mas guarda o segredo:

Boa parte da América do Norte assistiu House no dia 6 de abril e foi surpreendida, então, com o suicídio de Kutner. (Atenção para o boa parte, porque nos Estados Unidos temos a questão do fuso horário. Então, quem checou o computador antes de ligar a TV na Costa Oeste acabou cruzando com esta informação).

Nos EUA, o que foi ao ar dia 6 de abril é o tema de debate do dia 7. Naquele ponto, todo site noticioso foi atrás da informação referente aos acontecimentos do episódio. E daí veio a notícia:

Kal Penn Leaves House for the White House

Infelizmente não moramos nos Estados Unidos e, no Brasil, estamos a mercê do excesso de informação que chega através do computador e da imprensa, rápida para traduzir e postar material das agências internacionais, sem fazer nenhum filtro.

Resultado, nós não tivemos o elemento surpresa.

Eu cruzei com o afastamente de Kutner de House em uma nota da Folha Online:

Ator deixa “House” para trabalhar com Obama

ALERTA: SE VOCÊ É CONTRA “SPOILER” –TEXTO QUE REVELA FATOS CRUCIAIS DE UMA OBRA –, NÃO SIGA EM FRENTE

O ator Kal Penn, que interpreta o doutor Kutner na série “House”, deixou o programa para assumir um cargo no governo, segundo o site da “US Magazine”.

Veja bem, a Folha teve a decência de dar o aviso e de não colocar o nome do ator no título da matéria. Isto deu a chance de parte dos leitores de abortar a leitura. Mas, claro, daí podemos partir para outras questões: quem resiste a clicar numa manchete como este? E de que adianta o alerta de spoiler no texto – se a foto do ator na tela chama o nosso olha?

Pior foi o leitor do Yahoo!, que leu uma chamada discreta como esta. O problema foi que o editor de capa do portal, num momento de desatino, decidiu ilustrar a chamada com uma foto enorme de Kutner.

Outros sites deram a notícia de outras formas, todas entregando de alguma forma o tal elemento surpresa e muitos postando o spoiler diretamente na manchete. No Estrelando:

House: Saiba quem morre na série médica

A Universal então fez a sua promoção do episódio, com uma boa vinheta (melhor que a americana, mas entregando um pouco mais) que diz que um dos médicos se tornaria vítima.

Na sequência, a competente assessoria do Universal Channel soltou um press-release infeliz. O título:

Em episódio inédito de House, Dr. Kutner é encontrado morto

E, bom, quando um assessor solta uma informação, aí é que toda a turma do Control+C, Control+V da imprensa vai atrás. Baseado no release acima saíram matérias e notas contando o que aconteceria no episódio em uma dezena de veículos de comunicação, da Folha de São Paulo ao Jornal da Cidade de Pindamonhangada.

A propósito, o TeleSéries não postou em abril que Kal Penn havia se afastado da série. E optou por não comentar o episódio na seção “Destaques do Dia” do dia 12 de maio. Queríamos muito dar a notícia, mas como o spoiler (a morte do personagem na serie) vinha antes da notícia (ator vai trabalhar na Casa Branca) optamos por não fazê-lo.

Repare que quando acontece o contrário, vem a notícia e dela se origina o spoiler, a gente acaba dando. Por exemplo, a informação de que Chad Michael Murray e Hilarie Burton não tiveram o contrato renovado em One Tree Hill é notícia (já que a informação chegou a mídia antes do episódio ir ao ar). Elizabeth Mitchell escalada para o elenco de V é notícia (curiosamente, há todo um debate rolando na web em torno do fato se ela sairá ou não de Lost, e este debate não vamos abordar aqui enquanto a temporada não terminar no Brasil). Ok, pode ser um critério tosco. Mas é um critério.

É o que podemos fazer. De qualquer maneira o elemento surpresa está perdido. Para sempre.

* * *

Tá mas e sobre o episódio. O que dizer dele?

A verdade é que Simple Explanation foi nitidamente um remendo na linha narrativa que estava sendo desenhada para este quinto ano da série. Eu, ao contrário do meu parceiro Anderson Vidoni, que estou substituindo interinamente, sou um otimista, e acredito realmente que quando a temporada acabar, se deixarmos ela repousando em barris de carvalho e depois a apreciarmos com moderação, veremos que esta foi uma das melhores safras de House dos últimos cinco anos.

Simple Explanation não me parece ser um episódio planejado da série. Quer dizer, a lógica dizia que a qualquer momento Taub tomaria um pé na bunda, ou Thirteen ficaria doente e morreria de forma trágica, mas não que Kutner fosse o primeiro membro da nova equipe a sair da cena.

House - Simple ExplanationAinda assim é elogíavel ver a capacidade do time criativo de House de fazer limonada com os limões que aparecem.

Simple Explanation é emocionante e um tremendo episódio simplesmente porque tira o foco da morte de Kutner e transforma isto numa obsessão de House. Quando entramos neste ponto da trama, o episódio fica rico, cheio de possibilidade de leituras. (É até bacana que Wilson tenha aparecido tão pouco no episódio, porque a experiência fica mais rica com a nossa racionalização, e não com a do doutor).

House sente culpa (afinal, ele nunca seguiu o “social contract” com sua equipe) e também impotência – tanto pela dificuldade de montar um quebra-cabeças sem ter as peças, como pela percepção de que não teve sensibilidade para perceber que algo estava errado com o seu funcionário.

E suicídio e culpa também foi o tema do(s) paciente(s) da semana, costurando ainda mais a história. É notável como House recuperou de forma brilhante nesta temporada um recurso narrativo que foi banalizado por Grey’s Anatomy nos últimos anos – colocar em cena pacientes e casos médicos que se refletem diretamente na vida dos personagens centrais da série.

Simple Explanation é um episódio para ser revisto.

Paulo Serpa Antunes está substituindo interinamente o colunista Anderson Vidoni.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

22 Comments

  1. angel of death

    Pena que o Kutner não matou o Taub primeiro antes de se suicidar. Aí o episódio seria perfeito.

  2. WWE

    Uma coisa para se dizer “Chocante o episódio”.

    Já vi faz tempo, na internet, mas foi mto bom episódio.

  3. Cristina

    A era dos spoiler? É só não ler… Embora às vezes parece impossivel. Eu sempre leio por que morro de curiosidade e quando eu não quero saber eu fico um bom tempo isolada só assistindo e graças aos spoilers eu escapei de cada roubada e fiquei conhecendo um monte de coisa boa que eu nem sabia que existia…

  4. Lia

    Impossível não ler certas coisas. Acabei de entrar num site de notícias gerais (nada a ver com televisão), e saber o ganhador de American Idol, com direito a foto na primeira página do portal. Acho legal a Sony exibir os episódios na mesma semana, mas pelo segundo ano seguido perdi a graça de ver a final…
    As pessoas que acessam o site de notícias, imagina-se que brasileiros, só podem assistir o American Idol aqui, sem baixar, na Sony. Portanto, o jornalista deveria saber que estava quebrando a surpresa. Não custava não colocar a foto e uma manchete mais neutra.
    Depois o mesmo grupo reclama quando se baixa coisa na internet…

  5. Camila Cerdeira

    Certo, tem spoiler rolando solto… Na minha casa, minha familia inteira (Eu, meus pais e meu irmão mais novo) vemos as mesmas series. Com uma diferença.
    Eu vejo episodios baixando na net e vivo caçando noticias. Então eu acabo sabendo de todas as noticias e spoiler antes. E quando a gente se reuni em casa para conversa… Sejá na hora ou ocasião que for… Eu sempre repasso tudo.Eu sou a porta-voz de spoiler.

    Todo mundo sabia da morte e de quem iria morrer… E eu que fui a primeira a saber disso, ao ver a cena da Treze e do Foraman encontrando e tentando o corpo foi tão impactante quando se eu não soubesse.
    Meu pai ficou completamente tresloucado por não conseguir assistir o episódio na reprise, por que perdemos o sinal no dia e chegou a considerar ver pelo computador, que é uma coisa que ele odeia.

    Spoiler tem, mas isso não estraga uma boa serie. Por que se a serie só pode contar com o elemento surpresa ( Lost!) então eu acho que não é exatamente uma boa serie.

  6. Mauricio

    Eu vivo fugindo do spoiler como o vampiro foge do alho, hehehe.
    Acho que um site/blog até tem o direito de noticiar spoilers, desde que avise antes, certo?
    Agora, uma coisa que me irrita muito mesmo é quando alguém começa a soltar spoilers pelo cotovelo no meio de uma série de comentários, sem ninguém ter perguntado nada. É algo tipo: “que horas passa House hoje? Alguém sabe?” Daí o cara vem e diz “Ah!! O eps de hoje, que mostra a morte de Kutner, vai passar ás 23hs!!”. Coisas assim…
    E, acredite, existem vários por aí… bbrrrrrr…

  7. cavalca

    “Elizabeth Mitchell escalada para o elenco de V é notícia”

    Mas o nome dela só foi divulgado nessa semana, depois da exibição da finale de Lost, não?

    Resposta do Editor: Não. Ela gravou o pilot em março. Desde março os sites especializados em Lost abordam o assunto e se perguntavam se o papel seria de coadjuvante ou protagonista de V.

  8. Chelsea

    Concordo com o Mauricio. O problema é que eu cometi o primeiro erro: eu deixei para ver o episódio um dia depois. Eu explico: Eu ia baixar e ver, mas decidi, por estar tarde, apenas baixar e ver na manha seguinte. No café da manha, do outro dia, minha mae estava lendo as noticias no lap top e disse: “nossa, voce viu que o Dr Kutner de House morreu?”(ela nao ve House, mas na reportagem tava escrito)”O ator foi trabalhar na Casa Branca e o personagem cometeu suicídio no episódio dessa semana”. Eu fiquei em choque: 1 – Kutner era o melhor dessa equipe nova, o único que eu gostava. 2 – Quando falaram que alguém ia morrer, eu achava que ia ser 13. Mas eu nao entendi uma coisa: porque tinham que falar COMO ele tinha morrido? Nao bastava o spoiler de que ele morreu nao?

  9. Camila Oliveira

    Eu também fui uma das que não conseguiram escapar desse spoiler. Sem querer, quando fui na comunidade do Orkut baixar o episódio, vi um tópico do tipo “saiba o por quê de Kal Penn ter saído de House” e eu fui lá na inocência e descobri que o Kutner tinha morrido. Eu sabia que alguém iria morrer, mas nem imaginava que era naquele episódio.

    Mesmo assim, eu adorei o episódio. Foi ótimo ver todos os personagens em cena, a reação de cada um frente o acontecido, o Taub, como sempre, um mala até a cena final chorando sentado. Não aguentei e chorei junto. O caso da semana não teve tanto destaque (o paciente era o Meat Loaf!), mas isso já era de se esperar. Eu mesma não estava nem ligando, só queria ver a reação dos médicos. A última cena foi uma das mais marcantes da série, para mim. Amei a música, foi muito bem escolhida.

    Por último, por que os apartamentos eram todos tão empoeirados, hein?

  10. Carol

    Eu tentei fugir de td qto é forma, mas fui vítima do Yahoo! (malditos!!!!!)
    Vendo a hora em q eles começam a se perguntar se o cara não vai trabalhar, me senti vendo o ep de LOST em q/ se descobre que são duas ilhas. A Revista da TV do Globo tinha colocado esse baita spoiler e eu sem querer li! Na hora do ep foi super sem graça! Foi, tipo: “uau… são duas ilhas… (tédio)”

    No entanto, adorei o ep.! E, pela segunda vez na história de House, eu acabei chorando com um ep (na parte final)! (a primeira, logicamente, foi a morte da Amber)

  11. Carina

    Paulo, vc tem um dom de mostrar lados que não vemos ao ver episódio… na primeira vez que o vi, fiquei sinceramente triste e chateada pela morte do Kutner (o pupilo que eu gostava, da nova equipe) e, depois de saber sobre a ida do mesmo para a Casa Branca, me perguntei se não haveria uma forma mais “amena” para a saída do Kal penn. Mas, por questões criativas, os produtores assim decidiram e, espero, as conseguências do suicídio sejam intensas e criativamente construtivas e impactantes para a série.
    Eu ainda acho esta temporada irregular mas tivemos ótimos episódios! pena nem todos perceberem isto por se focarem tanto nas críticas e no ódio à 13.
    E como vc disse Paulo, o mais interessante são as nuances e possibilidades da obssessão de House em encontrar uma explicação para o que houve.

  12. Luiz Marcelo

    Não gostei do episódio. Tá, saber o que acontece estraga mesmo, mas mesmo assim ainda podemos ter um certo impacto, o que foi ruim é não ter uma explicação, por mais ridícula que seja, do suicídio. O cara era um dos mais ponderados da equipe e do nada mete uma bala na cabeça? Não me convenceu. A cena na casa dele da 13 e do Foreman tb não foi impactante, não mostraram nem o corpo direito.

    Pra mim seria mais interessante que tivesse um motivo, do jeito que foi feito parece foi apenas mais um mistério para o House tentar resolver, e isso já vemos em todos os episódios da série. Isso acabou desviando o foco onde ele teria que enfrentar a morte propriamente dita e ao invés disso foi o House de sempre: procurando uma causa plausível, a peça que falta do quebra-cabeça em todo lugar.

    E vamos ser sinceros: depois de tudo que o House passou, principalmente com a Amber, ele não evoluiu em nada. Achei absurdo ele ir lá culpar os pais adotivos do Kutner, acho que até House nessas horas teria um pouco mais de sensibilidade.

  13. Ricardo S

    É quase impossível fugir dos spoilers. Hoje o site do jornal O Globo escancarou quem venceu o American Idol. Eu não me importo, mas não deixa de ser uma sacanagem

    O episódio foi ótimo. Chocante!

    Uma última coisa a dizer: ODEIO O TAUB!

  14. Cristina

    Poxa Luiz eu li os spolier e e nem liguei de saber a forma como Kal morria na série, mas tinha que dizer como eu queria assistir seu mala!!!!!!!!!!!!!

    Você faz parte da tribo que fala pelos cotovelos…

  15. Mariana

    E achei bem legal de parte da série fazer com que a saida do Kal fosse marcante. Realmente ele saiu com chave de ouro, ia ser decepcionante se ele tivesse sido simplismente demitido ou tivesse largado o emprego.
    Taub daqui a pouco pelo que parece vai ir embora e 13 daqui a pouco também não vai ficar
    Será que teremos tudo isso na 6ªT e na 7ª serão novamente só o House e os antigos pupilos?

  16. Luiz Marcelo

    Cristina com todo respeito, mas se vc não queria saber como ele morre por que entrou nesta seção do site?

    É óbvio que irão comentar sobre como foi o episódio aqui, é exatamente esse o objetivo de um review. E isso nem é mais spoiler já que o episódio foi exibido aqui e nos EUA.

  17. Anderson Vidoni

    Eu fui pego pelo Yahoo. Já sabia de tudo antes de ver o episódio. E já no meio do capitulo eu estava achando aquilo tudo uma grande bobagem e uma perda de tempo.

    Achei o episódio um dos mais fracos da temporada. Foi um grande revés para a série, que vinha melhorando nesta reta final de temporada.

    Eu mantenho minha opinião de que essa temporada é a pior da série e não acredito mesmo que uma revisão dela a faça melhorar tanto.

    Mas acredito que daqui um tempo eu possa enxergar o episódio como o Paulo fez. Vi algumas dessas qualidades, mas as coisas não me desceram bem dessa vez.

    E o texto está ótimo mesmo e eu to gostando de em alguns casos especiais dar lugar para uma nova visão sobre os episódios e a temporada.

    Parabéns, Paulo.

  18. Regina Monteiro

    Meu mantra: Odeio spoiler.
    Aquela vontade de clicar quando a manchete estimula o bichinho da curiosidade, eu seguro. Spoiler é a pior desgraça que já surgiu para acabar com o impacto de uma história.

    Mas os spoilers vieram para ficar e no mundo da comunição acelerada à enésima potência é o roteiro e o argumento que têm que se colocar à prova de tudo. Bons roteiros e argumentos, apesar do festival dos spoilers, conseguem produzir impacto, aquele buraco no estômago, aquela angústia insuportável, aquela vontade incontrolável de ver o momento seguinte, mesmo quando já deixou de ser simplesmente óbvio para se tornar uma certeza sacramentada pelo spoiler.
    Para mim esta sétima temporada de 24 Horas é um exemplo típico desta qualidade roteiro/argumento.
    Mesmo sem os spoilers já se sabe o óbvio, com os spoilers transforma-se em certeza, mas quando se dá conta disso o anzol já está lá fincado bem no meio da boca e não adianta se debater, nós simplesmente fomos fisgados. Mérito indiscutível da dupla roteiro/argumento.

    Quanto a esse episódio de House, eu só vi as chamadas do Universal. Não tinha nem idéia de que alguém ia morrer, muito menos de que era o Kutner. E talvez depois de guardar vários anos em um barril de carvalho eu venha a mudar de opinião, mas concordo com o Vidoni: esta é uma das piores temporadas de House e esse episódio foi um dos mais fracos da temporada.

  19. Bernardo SA

    Esse negócio de fugir de spoiler é complicado, especialmente quando o pessoal que dá as notícias ñ tem o mínimo de cuidado ao fazê-lo. House foi um claro exemplo (e um dos mais extremos) pq eu tb vi a nota do Folha Online e de outros sites dizendo no próprio portal que o personagem tinha morrido pq o ator ia trabalhar pro Obama.

    Mas o que dizer do pessoal que vive de dar notícias sobre as séries? Ausiello mesmo deu uma mancada pesada comigo (que sou fã de Smallville) – nos EUA já estava rolando uma discussão sobre baixas no eps fim da temporada há tempos e a especulação rolando solta. Eps passou nos EUA (e eu evitando spoilers enquanto baixava o eps) e fui no site do Ausiello e ele postou na página geral de notícias que ia comentar a morte de um dado personagem … ele ñ entregou no texto (disse p/ clicar p/ ler a notícia completa), mas estampou a chamada com uma foto da pessoa (era a mesma foto da página da notícia completa). E em Grey’s, como sempre, rolam “coisas mais elaboradas” (p/ ñ entrar muito em detalhes) e ele entregou na chamada da notícia – vi o eps, senti o impacto da notícia, mas avaliando como ela seria dada no eps, ñ simplesmente por descobrir na hora.

    É muita falta de semancol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account