Log In

Reviews

Review: Heroes – Upon This Rock

Pin it

Heroes - Upon This Rock

Série: Heroes
Episódio: Upon This Rock
Temporada:
Número do episódio: 72 (4×13)
Data de exibição nos EUA: 4/1/2010
Data de exibição no Brasil: 13/4/2010
Emissora no Brasil: Universal

Heroes começou um episódio duplo com um prólogo até interessante. Narrando sobre a fragilidade da vida e sobre aquilo que está inserido neste assunto tão complexo, parecia que a série iria tentar encaixar os seus dois episódios dentro desta trama. Entretanto, não foi isso que aconteceu. Pelo contrário: Upon This Rock procurou desconstruir ainda mais a aura de mistério que existe em Samuel, colocando Claire Bennet na sua luta por respostas dentro do Parque de Diversões que ela resolveu chamar, por alguns dias, de lar.

A maneira frágil com que a vida estava sendo encarada, foi apenas uma maneira de centralizar a morte de Nathan Petrelli. Entretanto, o enterro só foi visto no final do episódio. Com isso, Claire continuou tentando justificar o fato de confiar ou não em Samuel. Este, por outro lado, se mostra uma pessoa sincera e reconhece todos os seus atos. Talvez esta seja a mais impressionante característica neste personagem que, mesmo assim, consegue ganhar a confiança dos outros seres especiais, atraindo-os para constituir a família que ele deseja. Mesmo assim, quais serão os planos de Samuel em reunir todas estas pessoas? O que existe por trás disso, afinal de contas? A série ainda não começou a responder estas perguntas, mas talvez comece a fazer em algum determinado momento desta quarta temporada.

Heroes - Upon This Rock

Agora, alguém consegue achar explicações para as tramas que estão sendo criadas para Hiro? Lembro da primeira temporada quando, praticamente, ele era o centro com o seu jeito meio “infantil” e que estava conquistando o telespectador. Não é a toa que a frase “Yatta” ficou tão conhecida logo quando a série estreou. Após o fim do primeiro ano, parece que os roteiristas se perderam em meio as viagens no tempo feitas por este personagem. Desde então, ele está irreconhecível. O seu jeito infantil e também de “herói”, não consegue satisfazer mais. Assim como outros personagens, ele se distanciou do núcleo central onde as tramas estão acontecendo. Afinal, qual o seu objetivo nesse momento dentro da série? Consertar os erros do passado? O roteiro peca por tratar de absurdos como estes, fazendo com que Heroes continue caminhando em uma estrada para a perdição, onde nada parece fazer sentido.

Uma coisa é certa: o Bem e o Mal continua sendo uma das motivações para a série. Mas, até o momento, ela tem funcionado apenas como um sonífero, onde é possível dormir, acordar no meio do episódio e ter a sensação de que não perdeu nada nos minutos em que permaneceu de olhos fechados. Será que, ainda assim, teremos uma quinta temporada? Me desculpa os fãs, mas a série não tem mais fôlego para isso.

* * *

Texto editado a partir de post publicado originalmente no weblog Sob a Minha Lente.

Séries citadas:

4 Comments

  1. Reinaldo

    Finalmente anunciaram a morte de Heroes. A série foi cancelada. Que descanse em paz….

  2. Ana Cris

    Já vai tarde, não aguento mais tanto “embromation”, a série tá uma caca só.

  3. juninho

    hahhahaha balanço balanço e agora c foi hahah adeus heroes rust in peace

  4. Fernando dos Santos

    Heroes foi cancelada mas o filão dos super-herois continua rendendo frutos na televisão americana.
    A própria NBC vem aí com The Cape, série onde pessoas comuns sem super-poderes resolvem se vestir de super-heróis para combater o mal.O enredo lembra o do filme Kick-Ass com Nicolas Cage.
    Já a ABC prepara No Ordinary Family, onde uma família comum adquire super-poderes após seu avião cair em um rio.Suponho que vai ser algo mais no estilo dramédia.Michael Chiklis(o Vic Mackey de The Shield) protagoniza a série.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account