Log In

Reviews

Review: Heroes – One Giant Leap

Pin it

Cena de One Giant Leap
Série: Heroes
Episódio: One Giant Leap
Temporada:
Número do Episódio: 3
Data de Exibição nos EUA: 9/10/2006
Data de Exibição no Brasil: 16/3/2007
Emissora no Brasil: Universal

Desde o tempo das cavernas, o ser humano se expressa por meio de símbolos. Um dos primeiros registros é a pintura rupestre, a mais antiga representação pictórica conhecida, datada do período Paleolítico (100.000 – 10.000 a.C.).

Ao observarmos o universo dos super-heróis, podemos notar a presença recorrente dos símbolos. Impossível não lembrar do “S” cravado no peito do Super-Homem, do círculo entre duas barras do Lanterna Verde ou da estrela no escudo do finado Capitão América.

Estratégias de marketing à parte, os símbolos são uma das formas de destacar os heróis das demais pessoas “normais”. Eles corroboram as características sobre-humanas, sejam elas surgidas após a mordida de uma aranha radioativa ou pela sede de vingança depois de presenciar a morte dos pais.

Segundo os gregos, simbologia se refere ao sinal de reconhecimento de duas pessoas, que possuem, cada uma delas, pedaços de um objeto partido. Quando elas se juntam, uma identidade é estabelecida.

Ou seja, diante do Flash ou do Chapolin Colorado, um homem comum sabe que está frente-a-frente de um ser especial. Ao mesmo tempo, o herói mostra aos demais, sem a necessidade de palavras, que é diferenciado.

Como os símbolos dos super-heróis não são sinais convencionais, como os números e as palavras, eles vivem da iconicidade e dos afetos que lhe estão associados. Eles substituem e compensam uma realidade ausente, mas compreensível dentro de uma determinada cultura.

Cena de One Giant LeapEm Heroes, um misterioso símbolo é apresentado no segundo episódio (Don’t Look Back) e será presença constante no seriado. Em One Giant Leap, ele pode ser encontrado:

” Na capa do livro “Activating Evolution”, de Chandra Suresh;
” Em um recorte de jornal com a foto de Nathan Petrelli encontrado no apartamento de Sylar;
” Em três fotos presas no mapa encontrado no apartamento de Sylar;
” No cordão do haitiano que trabalha para o pai da cheerleader Claire.

Há várias explicações sobre o símbolo presente em Heroes. Algumas aparecerão ao longo dos episódios e não vou adiantar por aqui para não estragar a surpresa.

Sobre as teorias levantadas por fãs do seriado, uma é bem interessante. Há uma semelhança entre o símbolo e uma estrutura de RNA, o ácido ribonucléico. Entre as funções do RNA está transportar as informações do código genético do DNA para o citoplasma, ou seja, determina as seqüências dos aminoácidos na construção das proteínas.

Como a teoria da evolução que explica os poderes está intimamente ligada às questões genéticas, a possibilidade levantada pelos fãs tem lógica. Ainda mais por um detalhe: ao comparar o símbolo presente em várias passagens de Heroes com um RNA, falta um pedaço da estrutura. Isso pode indicar onde está a anormalidade que levam os personagem a terem habilidades especiais.

Será?

Ah, para aqueles que gostam das coisas claras, bem explicadinhas e nos mínimos detalhes – como falava um personagem de A Praça É Nossa – eu achei One Giant Leap um bom episódio.

Séries citadas:

30 Comments

  1. Rubens

    O seu texto é legal de ler, Ale. O único problema é que se nao fosse o último e irônico parágrafo desse review, tanto esse como o seu review anterior poderiam ser escritos e publicados para QUALQUER episodio de Heroes. Semana que vem voce pode republicar esse texto, mudando apenas o titulo e o ultimo paragrafo, que ele continua atualissimo.

    Ou seja, o texto é otimo, mas isso nao é review DE EPISODIO, sao comentários genericos sobre o seriado Heroes.

    O titulo da matéria está errado, pois.
    :-P

  2. Tiago

    na boa….mas cade o review ???

    eu lah quero saber de símbolos !!??

  3. Thais Afonso

    Bom Ale, eu gosto do estilo das suas reviews. São completamente diferentes do que todo mundo faz, e sendo logo de Heroes que fala justamente de pessoas diferentes, é uma rima interessante. E coincidentemente eu estou lendo O Poder do Mito, e tem tudo a ver com os símbolos e a série.

  4. Paulo Antunes

    Depois de ver o episódio fiquei pensando: se a carreira internacional do Rodrigo Santoro fracassar e ele perceber que foi um erro não ter renovado o contrato em Lost, ele vai ter a chance de colocar o rabo entre as pernas e entrar para Heroes no papel do Hero de Marabá, no Brasil. E vai poder dizer em entrevista que este personagem é uma extensão do trabalho que já vinha desenvolvendo em Hoje é Dia de Maria.

    Gente, deixem o Ale fazer o trabalho dele. Está tão bom…

  5. Mel

    Rubens e Tiago…
    Assino embaixo !
    ISSO NÃO É REVIEW DE EPISÓDIO !!!

  6. paulo fiaes

    off topic

    acho dificil Rodrigo Santoro não vingar la fora, ainda mais com esse sucesso de 300, apesar de q nao sei o quanto ele é importante na historia.

  7. Flávia

    Olá! tb acho q isso não é review de episódio! são comentários sobre a série q pode ser lido em qualquer outro lugar q não seja o review. não é a primeira vez q entro p/ ler os comentários sobre heroes e me deparo com qualquer coisa q não seja realmente um review!
    bom, fica aí a observação! espero q no próximo seja diferente!
    bjos!

  8. sandra

    Estou com os colegas acima: o texto está muito bom, vc escreve bem e deixa o leitor interessado até o fim, mas não é um review. Tenho certeza que é capaz de fazer melhor pois noto que é bastante observador.
    Estou ansiosa para ler o próximo (ou será próxima?) review.

  9. Pingback: » Heroes Review 01x03: One Giant Leap » Poltrona.TV | O blog sobre televisão » Março » 2007

  10. Netopaes

    Só pra completar, o símbolo tb aparece naquela sequência de simbolos que seriam o DNA no computador do pai do suresh.

  11. Victor Regis

    Ok, o texto tá muito inteligente, deu p/ ver que vc era um ótimo aluno de história, biologia, etc.
    Mas sério, oq eu adoro ao ler reviews é que quando eu perdia um episodio eu poderia ler o review, ter uma noção do que aconteceu no episodio e ainda ler a opinião do autor.
    Como o rubens disse, isso não é review do episodio, esse mesmo texto pode ser usado até o fim da temporada.
    E pode me chamar de “leitor que quer tudo explicadinho”, contanto que da próxima vez o artigo publiado seja um review.

  12. Lucas Barreto Gomes Leal

    “Ah, para aqueles que gostam das coisas claras, bem explicadinhas e nos mínimos detalhes – como falava um personagem de A Praça É Nossa – eu achei One Giant Leap um bom episódio. ”
    poh ainda tem esse personagem…infelizmente o ator morreu mas o Marcelo, filho do Carlos Alberto, assumiu o mesmo!
    ;)
    quanto ao texto mais uma vez um texto interessantissimo…um tanto quanto polemico pra quem não gosta desse estilo…mas eu adoro sempre
    ps sim eu vi Praça é nossa outro dia pasmem!

  13. Ana

    Concordo com as pessoas daí de cima.

    O texto é bom, mas não é review

  14. Laís

    O seu texto não está mau.. nao nos leve a mal.. mas é justamente oq o Victor Regis.. o bom do teleseries é q quando a gente perde algum epi.. da pra vir aki e nao ficar totalmente por fora!! Mas enfim.. c vc foi incubido de “falar” sobre Heroes.. então vc deve saber oq ta fazendo neh! =/

  15. Victor Hugo

    O Pior é quem perdeu o episodio…com este Review não ficará sabendo o que aconteceu…
    nada contra este estilo adotado pelo critico da série mas bem que poderiam mesclar com um comentario do que mais de importante aconteceu…

  16. Bernardo

    Como algumas pessoas já disseram, tb senti falta de comentários sobre os acontecimentos do eps. Foi por conta dos reviews de “House” do Teleséries que comecei a assistir a série – e ñ me arrependo. Os comentários do Ale sobre “Heroes” são bons, dá p/ refletir sobre a série, mas falta deixar os leitores por dentro do que aconteceu no eps (como os reviews de “C.S.I.” e tb “House”).

  17. Leonardo

    Gosto muito dos textos que tu escreve. As questões histórias citadas são muito apropriadas. Continue assim.

  18. Sergio

    Não dá para entender o tratamento que o Universal dá a House e a Heroes,House é muito melhor,tem o dobro de audiência e ele é que devia ser exibido as 9 da noite,Heroes passa episódio e episódio e não acontece nada e não vai melhorar não.

  19. Darth Cesar

    Pra quem não viu o ultimo episodio, o Hiro provou ao seu amigo que realmente tem poderes e os dois seguiram para os EUA, chegaram a LA pelo jeito, e agora estão indo pra Las Vegas???!!!

    O problema dessas historias em arco é a paciência, parece os gibis da Panini, tudo é dividido em 3 partes, 4 partes… será que a temporada toda vai ser s/ a explosão em NY?

    To achando aquela amiga do Mohinder muito suspeita!!! MUITO INOCENTE, RSRSR

  20. Cesar

    Gostei muito do episódio. Achei o melhor dos 3, porque as coisas começaram a acontecer.

    Dois momentos são marcantes: o salvamento feito por Hiro, quando ele encarna, de fato, a figura de um herói; e a cena final, quando Claire acorda no IML, toda “aberta”.

    Além disso, gostei muito do desenvolvimento de Isaac (a relação dele com as drogas é um contraponto forte entre “ilusão e realidade) e Matt (a cena onde ele “ouve” a esposa é ótima).

    Enfim, um bom episódio. E o texto do Ale continua inteligente, leve, agradável. Eu gosto.

  21. Brutus

    Caramba!Eu perco o episódio,fico desapontado, me animo ao lembrar dessa pagina na Web que faz um Review de cada episódio de Heroes e me desaponto de novo ao ver que não fala nada do episodio exceto esse barato do simbolo!E todos os outros Review foram a mesma coisa!COMENTA O EPISÓDIO PORRA!

  22. Eduardo Sales Filho

    Terceira tentativa de ler um review sobre Heroes… mais uma vez frustrada.
    Os textos do autor não são ruins (o primeiro foi massante, mas este terceiro está bem mais legal) só que isso não é um review.
    Sugiro ao editor do site que reveja o nome desta seção. O autor dos textos pode fazer colunas sobre Heroes, sem necessariamente enquadrá-las como review.
    Todos aqui sabem, incluindo o próprio autor, que não é este tipo de texto que as pessoas procuram quando vão ler um review.

  23. Mica

    Será que tem algum jeito de matar a Claire? Picando-a em pedacinhos e queimando!??? Ou será que regenera??

    Gosto dos reviews, mas também sinto falta de um comentário um pouco maior do episódio em si.

    Quanto a House….por incrível que seja, adoro o horário, pq é muito raro ter outra coisa no mesmo horário para me atrapalhar, ou outra pessoa disputando a televisão comigo. Só não assisto se alguma coisa totalmente imprevisível acontece (como por exemplo, eu esquecer e dormir..arf!).

  24. Nany

    Eu adorava ler as reviews de The OC por esse site, pois eu assisto por pc e as vezes ficava meio perdida por não conseguir ver todos os episódios. Lendo pelo teleseries eu conseguia entender tudo, as reviews são ótimas! Agora com Heroes também. Vim aqui à procura de ler sobre os episódios mas não foi bem isso que eu achei.. achei um monte de opiniões sobre a série..

  25. Paula

    Ai, tava crente que ia saber oq aconteceu no episódio! O texto tá muito bem escrito, mas falta contar oq acontece, né? Sugiro pro Ale dar uma olhadinha num site chamado televisionwithoutpity; lá eles fazem reviews tão maravilhosas que é quase como se estivéssemos assitindo o programa, e eles ainda colocam comentários pessoais para as cenas,tudo de bom. Só que me dá preguiça de ler em inglês de vez em qdo, daí…suspiros, vou ter de ir lá mesmo. Ale, muda aí seus próximos reviews, tá?

  26. Pingback: Heroes Review 01×03: One Giant Leap · Poltrona.TV | O blog sobre televisão

  27. Lu

    Gostei, de novo, do comentário. Não tinha reparado na presença do símbolo em tantos lugares! Aliás, só fui mesmo notar o símbolo num episódio mais adiante. Espero que, apesar das críticas, os reviews mantenham esse ritmo. Existe um outro ótimo site, o Heroes Brasil, que já cuida de fazer sinopses (muito boas, por sinal).

  28. Pingback: ‘Heroes’ (S01E03): ‘One Giant Leap’ | Poltrona.TV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account