Log In

Reviews

Review: Heroes – I Am Sylar

Pin it

Heroes - I Am SylarSérie: Heroes
Episódio: I Am Sylar
Temporada:
Número do episódio: 58 (3×24)
Data de exibição nos EUA: 20/4/2009
Data de exibição no Brasil: 19/6/2009
Emissora no Brasil: Universal

As multi-transmutações fizeram com que Sylar tivesse uma crise de identidade. Sem ao menos perceber qual era o seu verdadeiro lugar no meio de toda a operação criada por Danko, ele começou a nutrir informações e memórias de qualquer pessoa por meio do seu DNA, o que envolvia não necessariamente tocar no dito cujo, bastando apenas ter contato com algum objeto. É por esta mesma crise de identidade que ele se sente desafiado, uma vez que Sylar nunca foi de receber ordens de ninguém.

Danko, no entanto, começou a ditar regras para ele se transformar num determinado agente e permanecer morto, com a identidade resguardada. Durante todo o episódio, entre diálogos com a sua mãe e a sua ajuda na fuga de Micah “Rebel”, Sylar tentou se encontrar. Visitou as memórias do senador Nathan Petrelli, utilizou do seu corpo para tentar dominar o mundo sendo o Presidente dos Estados Unidos. Pretensioso demais? Não necessariamente.

Heroes - I Am SylarSylar tem o incrível dom de se transformar e de ser quem ele quiser. Obviamente, ele deseja ser o mais poderoso sem possuir poderes, mas apenas o respeito das outras nações. Eu acho esta trama realmente interessante, mas é irritante ver, por exemplo, Hiro e Ando discutindo sobre parceria à la Batman e Robin. Ou, ainda, ver Matt Parkman decidindo por não ajudá-los a invadir o Prédio 26 e, logo em seguida, se dando conta de que ele deveria derrubar Danko para poder viver normalmente.

É impressionante como o roteiro de Heroes consegue ser tão frágil, apesar dos bons momentos que este episódio pode ter tido. Ainda assim, me impressiona o fato da série perder tempo com certas coisas desnecessárias, como esta discussão citada entre Hiro e Ando, que há muito fazem apenas papel de figurantes em todo este imbróglio. Só posso louvar a Deus que a temporada já está chegando ao fim. Heroes precisa se reciclar, assim como este que vos fala. É preciso ter paciência contra a força de querer abandonar o programa no meio do caminho.

Texto publicado originalmente no weblog Sob a Minha Lente.

Séries citadas:

7 Comments

  1. Juninho

    Quando o episodio começou,pensei:
    “De novo Sylar cortando a cabeça de alguém e pegando mais habilidades o cara vai explodir desse jeito!”

    Já estava meio saturado da mesmice,mas conforme o episodio foi passando,pude assistir um excelente episodio sobre o personagem que é sem duvida o cara da série,Sylar.

    I’Am Sylar foi um dos melhores episodios desse volume,o episodio tratou desse disturbio de personalidade de Sylar,e esse medo do personagem de perder sua verdadeira identidade,por conta do seu novo poder de se transformar em quem quiser.

    Parece que os roteiristas estão mantendo a idéia de mostrar apenas três historias por episodio,mas pra mim esse episodio poderia ter sido só do Sylar,porque o resto não ofereceu nada demais.

  2. Vinicius Silva

    É exatamente por isso que eu gosto do Sylar, entendeu Juninho? Pra mim, ele acaba sendo o melhor personagem porque os roteiristas sabem tratar dos distúrbios de personalidade dele, por isso que o episódio foi bom, apesar da estória meio batida e tudo mais…

    abraços!

  3. bia mafra

    Eu também gostei muito desse e episodio, e apesar dessa temporada estar mais fraca que as demais, eu ainda nao a acho de todo ruim.

  4. Andrei

    Cara, foi angustiante todo esse “Superman” “Batman” e o caralho a quatro.

    Se bemque ficou até que legalzinha a trama deles, e ANdo realmente tem um poder legal, pesar de ser muitocartunesco, é legal.

    Mas eu ainda acho que esse psódio tera ficad muito mais interessante, se nessa mesma teporada ele ja não tivesse passad por uma criase de identidade que foi em todo o Vol. 3!

  5. Lena

    “Heroes precisa se reciclar” – ou então ser cancelada! Pq ninguém mais aguenta outra temporada irregular, como foram praticamente todas.

    Achei que Sylar foi um personagem que melhorou nesta temporada, pq já tinha cansado aquele negócio dele acumular poderes atrás de poderes de querer conquistar o mundo sozinho. Desde quando ele começou a “interagir” mais com outros “cúmplices”, a coisa ficou mais interessante.

    Foi um dos melhores episódios da temporada, Sylar é sem dúvida o melhor personagem, e Zachary Quinto é um dos melhores atores da série. O problema fica em todo o resto… Produtores e roteiristas de Heroes sempre que acertam em um ponto, erram em outros três, pra compensar :/

  6. Juninho

    Entendo sim Vinicios,Zachary Quinto é um ator brilhante,Heroes se perderia cada vez mais sem ele,engraçado uma série intitulada Heroes,ter um vilão como o preferido do publico.

    Espero que o ator não demore muito pra aparecer na Quarta Temporada,quem assistiu ao final dessa temporada sabe do que eu estou falando.

    Já sobre o Batman e Robin,ou melhor Hiro e Ando,não vejo mais o porque da existência dos personagens,parece até que os roteiristas forçam historias com eles pra manter os personagens na série.E o Matt Parkman ainda é um dos meus personagem favorito,o ator manteve o equilibrio mesmo quando suas historias não estavão lá essas coisas.

  7. Jorge

    ORRA, Mudar de forma é uma habilidade bem legal, MAS E AS ROUPAS, maior confusão…. Achava muito melhor a habilidade daquela doida da 2ª que fazia os outros verem-na como ela queria….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account