Log In

Reviews

Review: Grey’s Anatomy – Stairway to Heaven

Pin it

Grey's Anatomy - Stairway to HeavenSérie: Grey’s Anatomy
Episódio: Stairway to Heaven
Temporada:
Número do Episódio: 91 (5×13)
Data de Exibição nos EUA: 22/1/2009
Data de Exibição no Brasil: 27/4/2009
Emissora no Brasil: Sony

O que gostei nesse episódio, foram as situações isoladas, que no geral formaram um episódio ótimo, mas não tão bom quanto o da semana passada.

Na minha outra review eu elogiei Ellen Pompeo, e aqui reforço o que disse. Tanto atriz, quanto personagem, evoluíram muito. Acredito que grande parte dessa maturidade da personagem seja graças as consultas com a terapeuta na temporada passada. A melhor sacada que os roteiristas tiveram para ajustar a vida de Meredith.

O ponto de comédia do episódio ficou por conta do “broken pênis” do Sloan. E se fosse em qualquer outro episódio, seria uma história interessante para ficar em segundo plano, mas não nesse. Todo o clima triste e mórbido, não combinou nada com essa tentativa de humor. Pena.

Grey's Anatomy - Stairway to HeavenNão gostei das coincidências nesse episódio. Como, por exemplo, terem achado uma pessoa em coma para doar os órgãos no hospital, ou a suposta manipulação que o assassino fez com Meredith. Porém, essas coincidências criaram duas cenas ótimas, a primeira entre Bailey e Derek na sala de operações, e por fim a execução do serial killer, tendo como a cereja do bolo, a volta da amizade entre Cristina e Meredith, que não precisou de desculpas, monólogos bobos, nada. Foi natural.

E, por fim, o Gasparzinho foi embora. Katherine Heigl reclamou ano passado sobre a falta de história para a sua personagem, mas será que ela ficou feliz com isso? De qualquer forma, ela conseguiu atuações espetaculares, mesmo falando sozinha, ou com um fantasma. Mas parece que a partir de agora que essa storyline vai ficar interessante, pois se Denny estava lá por ela, então qual tipo de doença ela tem? Qual tipo de doença tem como sintoma as alucinações? É, parece que Shonda Rhimes vai ter que surgir com algo bem criativo, para fazer todo esse arco fazer sentido.

E logo começa o crossover com Private Practice, se esses últimos episódios foram ótimos, os próximos só tendem a aumentar esse nível.

Músicas do episódio:
Emiliana Torrini, “Birds”
Bon Iver, “Blindsided”
Powderfinger, “Drifiting Further Away”

Séries citadas:

17 Comments

  1. Mica

    Senti um monte quando o Denny foi embora. Lembro que eu pensei “já? Mas assim? Sem nem me dar tempo de me despedir!??”
    Mas achei legal que ele era uma parte do cérebro da Izzie tentando fazê-la lutar. E ao mesmo tempo, era uma parte do cérebro dela tentando fazê-la deixar prá lá. E que no final ela decidiu pela realidade, por melhor que fosse a fantasia.

    Também tenho gostado muito da Meredith desde as visitas dela com a terapeuta. Quisera que comigo fosse assim tão simples quanto são os tratamentos na TV. Poucas sessões e os caras já estão tinindo :-(

  2. claudia braga

    Eu adorei o episódio, uma forte carga dramática e a amizade da Cristina e da Meredith voltando.

  3. Gui Barranco

    Lucas, não concordo com você. Eu adorei o episódio! Os destaques foram mesmo a Chandra Wilsom e a Ketherine Heigl, mas concordo que a Ellen Pompeo melhorou muuuuuuito e está muito bem no episódio. Concordo que a história do garotinho foi um pouco otimista demais, mas acho que absolutamente todo mundo estava torcendo por ele, e de vez em quando milagres acontecem mesmo.
    E graças a Deus o fantasminha camarada foi embora!!! Chega dessa história!!! Desde o começo achei que a justificativa pro Denny voltar era absurda, e até agora continuo achando isso. Fazer uso de uma alucinação pra Izzie ser avisada que estava doente foi forçar demais a barra. Melhor era usar um paquiderme rosa com uma placa dizendo “Izzie, você está doente!!!”

  4. Gilberto Dutra

    Vendo episódios como esse é que não me conformo por Chandra Wilson nunca ter ganho um Emmy….

  5. thiago machado

    Esse episódio é ótimo, o melhor da temporada até então. Mas episódios melhores virão…. o Denny some (eba!) e a Katherine Heigl ganha MUITO material para justificar uma indicação ao Emmy.

    E como se as coisas já não estivessem boas o suficiente, a Addison volta também!

  6. thiago machado

    P/ Gui Barranco
    Eu gostei da resolução da aparição do Denny ser uma doença para a Izzie.
    Eu só achei forçar (muito) a barra arrastarem a aparição dele por tantos episódios… se fossem em uns 2 ou 3, teria fluído muito melhor. Mas foram 7 episódios…. affff.

  7. Luiz Marcelo

    Creio que o assassino não fez nenhuma manipulação com a Meredith. Ele queria de fato morrer, só que na hora “h” acabou se arrependendo e, para dar uma de durão, quis dar a entender que estava manipulando ela. Pelo menos foi isso que eu entendi.

  8. Mica

    Thiago, concordo. Eu gostei da participação do Denny, mas teria dispensado os episódios focados no sexo, etc e tal. Ou se as aparições fossem mais esporádicas no início (ela só o vendo de longe, meio alucinando mesmo) e depois ele começando a falar com ela e fazendo-a refletir mais profundamente. Do jeito que ficou, ela realmente só foi perceber que era uma doença no final, pois ele dominou tanto a mente dela com sua possessão apaixonada, que não deu tempo dela perceber que só estava enxergando-o por estar muito, muito doente.

    Luiz Marcelo, também concordo com você. Não acho que o cara estivesse manipulando a Meredith. É como os suicídas que tentam se matar, mas na hora H se arrepende, mas as vezes já é tarde.

  9. Angel

    eu discordo…
    eu acho que esse episodio melhor que o anterior.
    E tanto eu quanto a Meredith, achamos que o paciente não estava manipulando, ele queria salvar a criança, o por quê eu não faço nem ideia, mas que ele queria isso ele queria. Porem morrer não é algo facil, muito menos da forma como ele tinha que fazer. Ele era acima de tudo um covarde, por isso matava mulheres. Ele não conseguia aceitar o fato de que era inferior ( e depois desse comentario eu tenho certeza que vejo criminal mind demais).

    A Bailey está dando um completo show nessa temporada, das historias que eu consigo lembrar imediatamente estão incriveis. E não sei se ela ira ganhar algo por essa temporada, mas que ela ira merecer isso é um fato.

    O arco do fantasminha pra mim inicialmente pareceu bobo e perda de tempo. Mas no final das contas até que fez um certo sentido.

  10. Matheus

    Que cara louco!
    Foi o melhor episódio da temporada se não o melhor da série.
    A única coisa que eu mudaria era a história do broken penis. Colocaria em um outro episódio e deixaria esse ep totalmente over.

  11. Aline

    Por favor um Emmy para a Katherine e um Golden Globe para a Chandra! Ou vice e versa! Essas duas arrasam demais.

    Pra mim o melhor do episódio foi a Bailey, nossa ela se tremendo e desabando completamente. Foi muito bom. Cena fantástica.

    E essa história do Denny, eu fiquei confusa. Porque eu acho que a idéia era fazer tudo parecer ser uma alucinação da Izzie. Mas com toda essa história de céu e inferno, acabou ficando uma coisa mais espiritual. A cena ficou mais parecendo ser o Denny vindo a Terra tentando proteger a mulher que ele amava (e toda aquela história de quando alguém morre e dizem pra gente “ele vai estar lá em cima, cuidando de você” me veio a mente) e passando por uma espécie de limbo, do que uma simples alucinação da mente dela. Eu acho que se tivessem puxado mais pra esse lado, reforçado isso, ficaria mais interessante. Porque ficaria um contraste entre a lógica prezada pelos médicos e a ciência e o espiritualismo, religião e fé que acabamos por nos agarrar quando passamos por uma situação difícil.

    Luiz Marcelo, concordo com você, também acho que o cara não estava manipulando a Meredith. E adorei vê-la na cena da execução dele. Um ponto positivo pra personagem. E principalmente adorei o fato de Meredith e Derek não terem uma briga idiota (como de custume) só por terem opiniões diferentes. Mostrou maturidade tanto dos personagens quanto dos roteiristas.

    Essa história do pênis quebrado ficou rídicula, não combinou em nada com o episódio.

  12. Rafaela

    A Bailey está arrasando!! E já era tempo do Denny ir embora…
    Outra coisa, alguém lembra de um tal de George O`Malley??? totalmente sem função nessa temporada!!uma pena

  13. lucas

    Por que diabos não tocou Stairway to heaven no final do episódio?

  14. Any

    Nossa chorei litruz nesse episódio.
    Nunca achei que fosse conseguir gostar da Meredith, mas ela realmente tem me surpreendido ultimamente. E a cena dela reconciliando com a Cristina foi ÓTIMA.
    Denny demorou pra ir embora, e eu sabia que a Izzie só podia tá doente. Espero que pelo menos venha um ótimo drama sobre isso pra compensar.
    E Bayle sem comentários. Sempre achei ela a melhor personagem do seriado, mas nessa temporada ela tá se superanto a cada episódio. Amo!

  15. Patrícia

    Finalmente o fantasma foi embora! Não aguentava mais ele, desde o começo achei sem sentido essa aparição e o envolvimento da Izzie com ele, e agora que foi mostrado a razão, continuo achando que a participação do Denny foi dispensável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account