Log In

Reviews

Review: Grey’s Anatomy – In the Midnight Hour

Pin it

Grey's Anatomy - In the Midnight HourSérie: Grey’s Anatomy
Episódio: In the Midnight Hour
Temporada:
Número do Episódio: 87 (5×09)
Data de Exibição nos EUA: 20/11/2008
Data de Exibição no Brasil: 30/3/2009
Emissora no Brasil: Sony

Shonda Rhimes disse que há uma explicação para a aparição do fastaminha camarada, mas não importa qual seja a explicação, essa história não deixa de ser estranha, beirando ao ridículo às vezes, como nesse episódio.

Por isso serei breve nessa review, afinal muito do que aconteceu nesse episódio não precisa ser comentado, pois ou foi ridículo ou foi esquecível.

Primeiro: a tentativa falha de dar uma história para os internos, que se não fosse pela Lexie, eles poderiam muito bem não fazer parte da série. Nada neles é interessante, nem a história, nem as atuações. O que é frustrante para um show que deseja ter novos personagens.

E depois a briga entre Meredith e Cristina, que no começo até que foi uma discussão adulta, mas no fim tudo parece birra, só porque uma dedurou a outra.

Apesar do lado ruim, o episódio teve momentos isolados muito bons, como Bailey conversando com Callie e falando de sua vida profissional e suas escolhas, e a mesma Bailey dizendo que está na hora dos residentes tomarem conta de seus internos e fazerem seus próprios sermões.

Grey's Anatomy - In the Midnight HourTambém teve Mark sendo mais gentil com a filha do paciente, trazendo um pouco de sua vida pessoal ao mundo profissional, além é claro da sua preocupação com Lexie, que em nenhum momento pareceu forçada.

Espero que Rhimes não estenda muito esse arco com Izzie e Denny, pois ele está comprometendo os episódios como um todo e não apenas uma parte.

Músicas do episódio:
Meiko, “Boys With Girlfriends”
Dido, “Quiet Times”
Tina Dico, “No Time to Sleep”
Lisa Hannigan, “An Ocean and a Rock”
WAZ, “Ordinary Girl”

Séries citadas:

14 Comments

  1. Simone Miletic

    Acho que o jeito é chamar os irmãos Winchester para “exorcisar” ou seja lá o que for que eles fazem (tipo achar os restos do Denny e queimar) para dar um jeito no Gasparzinho.

  2. Lucía

    Hahaha Boa Simone!!!!

    Só os winchester para salvar Greys mesmo!!

    Espero que a explicação seja boa porque essas cenas estão bem ridículas…

  3. Tiago

    O início da temporada foi fraco, mas a partir do episódio 11 ou 12 fica muito boa, talvez a melhor fase desde a 3a temporada…

  4. matheus

    do ep. 11 ate o 19 sao os melhores , muitos bons pra foi vindo um melhor do que o outro

  5. Camila Oliveira

    Esse episódio foi lamen… espere por isso … tável!

    Já não bastava o Denny enchendo o saco, ainda inventam um “clube da luta” dos internos que são todos, com exceção da Lexie, uns chatos, losers e idiotas. Enquanto isso, o George mal aparece.

    A Sadie até agora só se mostrou mala e insuportável. Só a Meredith para gostar dela mesmo. Por falar na Grey, que briga idiota entre ela e a Yang! O pior é que se prolonga.

    Engraçado é que do 11° episódio para frente, a série só melhora. Nem parece que ainda estão na 5° temporada de tão bons.

  6. Mica

    Eu gosto do fantasminha Denny. Esse episódio foi o único em que a situação me irritou (e eu já vi até o desfecho dela). E só foi por conta do exagero. Não foi a existência dele (que é maravilhosa), mas o descontrole que ele provocou na Izzie, a ponto dela ficar praticamente só na cama. Quero dizer, no momento que ela finalmente vai para a cama com Denny foi lindo, mas depois eu fiquei querendo bater na Izzie por ser tão infantil e descontrolada.
    Mas foi só. Essa foi a única vez que a situação Denny Duquet me desagradou.
    Os internos são os seres mais imbecis da face da Terra. Mas piores são os residentes que deveriam estar ensinando-os e não o fazem, forçando-os a testar em si mesmos.
    Eu adoro a Melissa, mas acho que a personagem dela está meio deslocada.
    Quanto a briga Meredith/Cristina, juro que até agora não sabia o motivo delas terem brigado (para verem como foi ridículo). Só me dei conta quando li no review.

  7. Paulo Antunes

    Mica,
    Você realmente gosta do fantasma do Denny? Xi. Olha eu até acho no conceito a idéia suportável. Mas a questão é que fiquei com a impressão que sua presença do Denny será mais longa do que o necessário (não importa o desfecho, que eu não sei qual é, mas estamos na terceira semana e estou com a impressão que teremos algumas mais). E eu também acho que o tema (seja ele loucura, doença mental, encosto ou alucinação) é delicado demais para ser usado numa cena cômica, como foi a que abriu o episódio – os colegas ouvindo a Izzie transando “solo”. Isto é o que mais me incomoda.

    Este episódio foi terrível e agora entendo a queda de audiência da série na metade da temporada.

    E eu não tenho nada contra os internos. Aliás, tenho mais problemas com o fato de que no hospital aparentemente ninguém é punido.

    No fim, o programa valeu pelas cenas do Eric Dane. O que diz muito sobre o momento da série. Se coube a Sloan o papel de médico equilibrado e sensível, é porque alguma coisa está muito errada!

  8. Mica

    Mas foi o que eu disse, Paulo. Eu não gostei das cenas de sexo entre Denny e Izzie (teria sido melhor se ninguém tivesse ouvido nada e ficasse por isso mesmo), mas do envolvimento dos dois e da forma como ele vai mostrando algumas coisas para ela e está sempre presente em sua vida eu gostei muito.

    Quanto ao Sloan…interessante como ele tem amadurecido ultimamente. Cada dia eu gosto mais dele.

  9. Marcos Almeida

    Onde que uma dedurou a outra? Em nenhum momento aconteceu isso. O que ocorreu foi que a Meredith alegou desconhecimento dos acontecimentos com os internos (o que era verdade), ao invés de apoiar a Christina depois da bronca do chefe.

  10. Gabriel

    Alguém poderia apenas me dizer pq o Dr Burc(nem sei como escreve) nao volta, acho q o George nao faz tanta falta com ele faz.

    Resposta do Editor: Gabriel, houve uma série briga nos bastidores da série e todo o elenco acabou ficando contra o ator, o Isaiah Washington. Se você pesquisar no site poderá acompanhar toda a história, que cobrimos na época.

  11. marcia

    Não estou gostando desse fantasma.
    Achei esse último episódio ridículo.Espero que resolvam acabar com isso.

  12. Aline

    Eu tô com a Mica. Adoro as participações do Denny, e eu ainda não sei qual vai ser o defecho, apesar de imaginar o que seja. Acho que toda essa situação pode ajudar muito a relação de Izzie e Alex no final, porque ou eles se acertarão de vez ou se separarão de vez.

    Essa amiga da Meredith é tão chata quanto ela assim como os internos. Realmente só a Lexie é a mais legalzinha, e mesmo assim também não a acho grande coisa.

  13. Lena

    no início até achei interessante o episódio em que a izzie entrar em crise por causa do paciente que deveria ter recebido o coração que ela roubou pro danny… mas daí a usar este argumento pra voltar com ele pra série na forma de fantasma, foi a coisa mais NADA A VER! izzie está muito bem curtindo o alex e de repente dá a louca e fica apaixonada pelo fantasma do danny, que volta do além 1 temporada depois pra transar com ela… ah tá bom então… (bocejos)

    torço pra esta crise de gray’s anatomy acabe logo! pq é fantasminha camarada de um lago, amiga chata da meredith de outro (alguém tb acha q só a amiga é que é super entusiasmada com a meredith, enquanto a meredith fica com ares de “to nem aí”?), cristina sendo infantil só pq a meredith disse a verdade na frente do chefe (que ela não sabia de nada sobre os internos), sloan sendo responsável… ai tá tudo muito estranho nessa série!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account