Log In

Reviews

Review: Grey’s Anatomy – Dream a Little Dream of Me (1)

Pin it

Grey's Anatomy - Dream a Little Dream of Me (1)Série: Grey’s Anatomy
Episódio: Dream a Little Dream of Me – parte 1
Temporada:
Número do Episódio: 79 (5×01)
Data de Exibição nos EUA: 25/9/2008
Data de Exibição no Brasil: 2/2/2009
Emissora no Brasil: Sony

É um pouco difícil comentar apenas esse episódio, pois aqui está apenas o começo de tudo, nada teve um desfecho e poucas coisas fizeram sentido sem a conclusão, mas de qualquer forma vamos tentar.

Grey’s Anatomy sempre soube usar o melodrama a seu favor, aliás, ouso dizer que talvez ela seja a série que melhor usa o melodrama nos dias de hoje, e por mais que muito possam assumir, quando falo melodrama não quero dizer no sentido pejorativo e sim na capacidade de pegar os clichês e saber usá-los, pois o problema não é ter clichês, e sim saber manipulá-los.

E Shonda Rhimes entende disso. Seja com um hospital em risco, pois têm uma bomba dentro de um paciente, seja com a morte de personagens quase regulares, seja com casamentos que não acontecem e chegando por fim, aos relacionamentos.

Meredith passou quatro temporadas lidando com seus problemas, com seus demônios e finalmente no fim da quarta temporada ela conseguiu avançar por todos esses problemas e finalmente tentar assumir uma relação com Derek. E muitos devem estar dizendo “finalmente”. Porém foi interessante ver como a personagem dela cresceu ao lidar com esses problemas, passando de uma simples “garota do bar” à alguém realmente importante, ainda que cheia de problemas que insiste em carregar.

Esse episódio começou de onde o último da temporada passada terminou: Meredith e a casa de velas. Eu acredito que a Shonda Rhimes sempre se redime com suas season premieres e com suas season finales, e ao que tudo indica, ela acertou de novo.

Então, tudo começa com a narração de Meredith, dizendo que contos de fadas não viram realidade, pois isso só acontece com os pesadelos. E aí, surge a primeira piada, sim piada, do episódio: a seqüência de pesadelo de Meredith, achando que Derek tinha morrido no caminho de volta ao hospital para terminar com Rose. E é nela que surge a outra piada, com relação a gravidez, e tudo isso foi tão sem importância, que resolvi comentar já no início e em apenas um parágrafo.

O hospital está em 12º no ranking de hospitais. Ao que tudo indica os médicos esqueceram que precisam curar pessoas e ensinar seus alunos. Assim como os roteiristas da série se perderam no meio da terceira temporada da série e criaram a bagunça do quarto ano. Coincidência? Não. Rhimes sabia o que estava fazendo quando criou essa história para o episódio, afinal Grey’s vive de metáforas, seja com os pacientes ou com veados quase mortos.

Como quase sempre o caso da semana valeu pelo episódio inteiro. Primeiro pela escalação do elenco, Kathy Baker, Bernadette Peters e Mariette Hartley estavam sensacionais em seus papéis. Principalmente as duas primeiras que precisavam lidar com a amizade e traição. E Mariette Hartley fica com um caso interessantísmo, porém nessa primeira parte apenas a falta de memória se torna um pouco repetitivo.

Grey's Anatomy - Dream a Little Dream of Me (1)Hahn finalmente se deu conta que estava em um hospital-escola (parece que só ela se deu conta disso, mas tudo bem) e tentou ser uma professora melhor, seja observando Derek e seu explícito modo superior, achando que todos ao seu redor o obedecem, ou apenas do modo mais fácil: perguntando a um aluno.

E mais um personagem surge na série, o major Hunt, médico do exército americano. E apesar do bom ator, o personagem não acrescentou muito nessa primeira parte do episódio, pois só ser “o médico fodão do exército que não segue as regras” não é nada interessante, nem para o personagem, nem para a série.

A quedinha que Lexie está sentindo por George é extremamente irritante. Seria uma tentativa de relembrar o que o George sentia por Meredith na segunda temporada, mas em um sentido contrário? Se for, não funcionou.

E por último, as indagações de Meredith voltaram, e finalmente uma personagem disse tudo aquilo que os telespectadores sempre quiseram dizer. Cristina já estava incomodada em como qualquer assunto que surgisse com Meredith, sempre terminaria sobre ela e Derek. Então a bronca que Yang deu em Meredith nada mais é do que um toque para acordá-la e dizer: “olha, seus problemas são criados por você mesma, vê se acorda e faça alguma coisa com sua vida” e parece que vai funcionar.

Pena que o final “aqui se faz, aqui se paga” tenha sido um pouco constrangedor, mas vamos ver como será o desenrolar disso só na próxima semana.

Músicas do episódio:
Other Lives, “Black Tables”
Beck, “Youthless”
Jade McNeils, “Wins”
Emiliana Torrini, “Jungle Drum”

Séries citadas:

13 Comments

  1. Leandro

    Meredith é muito chata , muito mesmo, parece uma adolescente de 90210.

    Episódio cheio de coisas inverossímeis e bem trash.

  2. Alessandro

    Essa temporada só vai melhorar bem lá pra frente a partir do episódio 11!! O episódio 13 então pode ser considerado um dos melhores da série em todos os tempos.

    Mas enquanto isso vocês terão que aturar vários episódios chatinhos e, mais ainda, aturar a chatice da Izzie, cada vez mais insuportável!

  3. Juliane

    Tenho que concordar que os primeiros episódios da 5º temporada foram bem fraquinhos…
    Mas considerando quer a Mer eh egocentrica isso logo melhora.
    E o episódio 11 eh mto bom…O 13 eh ums dos melhores q ja assisiti relamente comovente…
    Espero q vcs tbm gostem.

  4. Rodrigo B.

    “Achei tudo muito sem graça.
    E olha que adoro Greys.
    “[2]

    Achei tudo muito fraquinho. A Shonda é das escritoras da série que eu menos gosto. Ela apela demais pro melodrama, escreve alguns diálogos super arrastados, enfim…só não foi mais arrastado porque o pessoal da Sony não viu os dois episódios em sequência.

    Detestei também essa primeira participação do Hunt. Aquela postura de “foda-se tudo” me encheu o saco. Felizmente eu vim perceber alguns episódios depois que isso tinha um propósito narrativo.

    E não acho a quedinha da Lexie pelo George irritante, mas me soa meio estranha, já que o George “já foi a Lexie”, já esteve na situação dela, já foi um bobo apaixonado. Acho extremamente irreal que ele não consiga relacionar o comportamento dela ao dele próprio no rolo com a Meredith(ainda mais morando junto com ela).

    A propósito: seja bem vindo, Lucas. Substituir o Eric é uma árdua tarefa. Espero que você a faça bem.

  5. Vanessa

    Eu na verdade estou acompanhando Grey’s pelos EUA!! Então… Já sei de MUITA coisa que vai acontecer… Adorei a crítica aqui postada… E só pra animar ou desanimar um pouquinho… Grey’s realmente começou com uma temporada fraca! Mas… AGORA… Nos 3 últimos eps’s é que parece que a série está voltando a ser GREY’S ANATOMY! A minha série FAVORITA! Quanto a Meredith, concordo com tudo o que foi dito… E não entendo quando as pessoas SIMPLESMENTE intitulam ela de ‘chata’ sem entender o que de fato É o personagem dela! Talvez eu viaje demais por ser psicóloga! Rsrs…

  6. Camila Oliveira

    “Tenho que concordar que os primeiros episódios da 5º temporada foram bem fraquinhos…
    E o episódio 11 eh mto bom… O 13 é ums dos melhores q ja assisti relamente comovente…”

    É só ter um pouco de paciência que melhora depois do hiatus.

  7. Paulo Antunes

    Lucas,
    Seja bem-vindo ao TeleSéries!

    Infelizmente não posso comentar o episódio porque só vou poder assistir na reprise. Mas realmente acho que a Sony pisou na bola exibindo ele pela metade. Seria melhor se não tivesse exibido Priv. Practice na semana passada e tivesse exibido as duas horas em seqüência.

  8. ~vivi

    Ui, Meredith não fez nada que preste nesse epi.
    Me senti traída com o pesadelo sobre o Derek, odeio quando eles usam isso nas propagandas!
    Me apaixonei no ato pelo Major Hunt huhahuahua
    Eu ri da Erica tentando melhorar.
    E eu adouro como a Shonda consegue resolver todos os problemas, quando ela viu que a Lexie não tinha nenhum amigo pra falar da sua paixonite, colocou pra desabafar com o Sloan, que não tava fazendo nada mesmo. Ela é um gênio.

  9. Aline

    Gostei da review!

    Meredith continua insuportável como sempre. E não sei como o Derek ainda tem paciência de aturá-la com suas mudanças de humor e de opinião. Em uma noite ela deixa de ser a Meredith pronta para dar um passo à frente para ser a Meredith chata de sempre. Quantas temporadas ela vai precisar para amadurecer? Tem personagens mais novos em outros seriados que são mais maduros do que ela. E por falar nisso, quantos anos a personagem tem?

    Lexie também está bem chatinha. Deve ser mau de família.

    No mais achei o episódio interessante, as participações especiais foram mais legais que os personagens da série em si. Tirando o Chief que tava muito bem no episódio.

    E por incrível que pareça achei PP melhor que Grey’s, essa semana.

  10. Adriana

    Pessoal…..
    Eu perdi os episódios 1, 2 e 3 da quinta temporada de grey’s anatomy.
    Tem algum lugar que eu possa conseguir estes episódios????
    Eu adoro grey’s anatomy.

    Valeu…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account